Assista Agora

A Pantera Cor de Rosa | Crítica

A pantera cor de rosa

Marcelo Forlani
16 de Fevereiro de 2006

A pantera cor de rosa
The Pink Panther
EUA, 2006
Comédia - 95 min

Direção: Shawn Levy
Roteiro: Len Blum, Steve Martin, Michael Saltzman

Elenco: Steve Martin, Kevin Kline, Beyoncé Knowles, Jean Reno, Emily Mortimer, Henry Czerny

No ótimo filme A vida e morte de Peter Sellers (2005) há uma reconstituição do momento em que o ator inglês cria o personagem que lhe tornou famoso no mundo inteiro, o inspetor Jacques Clouseau. Seu visual, com um enorme bigode, foi tirado de um homem que ilustrava uma caixa de fósforos. O sotaque saiu de um porteiro que ele conheceu em uma visita à França. Já a atitude era 100% Sellers.

Inicialmente escrito para Peter Ustinov, o papel do gendarme foi oferecido a um relutante Sellers, que só atendeu ao apelo do seu agente quando viu a chance de ganhar fama e fortuna em Hollywood. Com suas trapalhadas, mas sem nunca perder a pose, Clouseau roubou as cenas e de coadjuvante no filme de 1963, passou a ser peça-chave na série criada por Blake Edwards.

No encarte da coleção A pantera cor-de-rosa (2004) a seguinte frase de Edwards é citada: "Os comediantes realmente talentosos não iam querer se meter nessa história. Eles não iam querer competir com Sellers".

O que dizer, então, de A pantera cor de rosa (The pink Panther, 2005), cuja série de erros culmina no título em português, que não usa os hífens pedidos pela regra? O Clouseau criado por Steve Martin não passa de uma caricatura da caricatura imaginada por Sellers. As piadas sobre o seu sotaque não têm a menor graça e servem apenas para mostrar a gigantesca diferença entre o inspetor original e este xerox borrado e sem cores.

O Clouseau de Sellers não era estúpido. Ele até poderia fazer coisas estúpidas, mas era incrivelmente inocente e apenas (bastante) atrapalhado. Já o personagem de Martin é patético, um reflexo do emburrecimento da comédia atual. Prova maior é o uso mais que batido da flatulência, elemento cômico que leva, no máximo, adolescentes ao riso.

O sumiço da Pantera

Desta vez, o diamante conhecido como Pantera cor-de-rosa está na mão do técnico de futebol da seleção francesa, que é morto na comemoração da vitória que classifica os bleus à final de um campeonato qualquer. Para investigar este assassinato, o inspetor Dreyfus (Kevin Kline) nomeia Clouseau como forma de despistar a atenção da mídia enquanto ele mesmo investiga quem realmente foi o culpado pela morte e pelo desaparecimento da jóia.

Quem deveria ser preso, no entanto, é o diretor Shawn Levy, que já começa o filme cometendo um afronte contra o nobre esporte bretão. Além de ter os logotipos dos patrocinadores invertidos ao redor do estádio no início do filme, Levy filma o derradeiro gol dos franceses em uma jogada absurda, mistura de capoeira com circo e o evidente despreparo de quem não teve o cuidado de pesquisar sobre o assunto. O chute é uma pseudobicicleta em que o jogador dá uma voadora para trás com os dois pés ao mesmo tempo.

A boa notícia é que logo em seguida entram a animação da Pantera Cor-de-rosa e a clássica trilha sonora de Henry Mancini, que servem de desculpa para mostrar os créditos iniciais. Excetuando esta seqüência, o filme só tem mais dois bons momentos: a participação especial de Clive Owen e a surpreendente forma como todo o mistério é resolvido.

Agora, divido com você leitor uma curiosa cena de bastidores que nada tem a ver com o filme em si, mas serviu para coroar a exibição do longa para a imprensa paulistana. Antes de começar a sessão, houve um atraso de quase meia-hora e quando as luzes se apagaram foram exibidos cinco trailers dos futuros lançamentos da Fox. Seria até normal, se dois deles - Shop girl e Date movie - não tivessem sido exibidos duas vezes! Parecia até que o próprio Inspetor Clouseau (o do Steve Martin, claro!) estava na sala de projeção, fazendo um aquecimento para as trapalhadas sem-graça que veríamos a seguir...



Comentários (0)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.