As Bonecas Safadas de Dasepo - Festival do Rio 2007

Adaptação da história em quadrinhos de internet mistura Porky´s com A Garota de Rosa Shocking

Mario "Fanaticc" Abbade
25 de Setembro de 2007

As Bonecas Safadas de Dasepo

As Bonecas Safadas de Dasepo

Dasepo Sonyeo
Coréia do Sul , 2006 - 112
Comédia

Direção:
Lee Jae-yong

Roteiro:
Lee Jae-yong

Elenco:
Kim Oak-bin, Park Jin-woo, Lee Kyun

Bom
1
2

Nos últimos anos o cinema sul-coreano vem ganhando destaque no cenário internacional com produções de gêneros diversos, com grandes cineastas como Park Chan-wook (Oldboy) e Kim ki-Duk (A Casa Vazia). Agora, As Bonecas Safadas de Dasepo (Dasepo Sonyeo, 2006) deve entrar para a lista das produções cultuadas do país.

O filme é uma comedia anárquica, melodramática e surreal, que aposta seu humor em situações de sexo. Uma inusitada combinação de Porky´s com A Garota de Rosa Shocking com uma seqüência inicial antológica, que não deve demorar para que seja copiada por alguma produção ocidental.

Na história conhecemos o colégio Museulmo. O estabelecimento é marcado pela total liberdade sexual, onde todos buscam formas de obter prazer, inclusive o diretor, que forma com o vice um casal sado-masoquista. No entanto, mesmo numa instituição tão livre, existem os que fogem da "tradição", como a excluída Poverty Girl, que sustenta sua família prostituindo-se com homens mais velhos, e Cyclops, o único virgem da escola. Há também o belo Anthony, por quem Poverty Girl se apaixona, mas ele só tem olhos para Double Eyes, que ele acredita ser uma menina. As cenas envolvendo as dúvidas de Anthony são hilárias.

Junto com esses personagens surge uma dezena de outras figuras engraçadíssimas, mas explicar seus papéis dentro da trama estragaria as piadas. O diferencial desta para as comédias norte-americanas é a ausência de seqüências escatológicas ou contendo nudez - por mais estranho que isso possa parecer dentro da trama. Outro fator interessante é a não exploração gratuita do erotismo feminino. Todas as opções sexuais têm participação equilibrada. As seqüências mais divertidas envolvem situações estapafúrdias, mas cotidianas, justamente apimentadas pela diversidade sexual.

O roteiro, baseado na história em quadrinhos para a Internet Dasepo, ainda flerta com números musicais em que o espectador pode acompanhar as letras das canções como estivessem participando de um karaokê. O diretor Lee Jae-Yong dosa bem esses momentos com cenas melodramáticas e o elenco está afiado com as idéias estranhas dele, com destaque para Kim Oak-Bin em uma interpretação engraçada e sentimental.

A mensagem por trás do humor reside na tolerância e faz ao mesmo tempo uma crítica à sociedade sul-coreana. Além de fazer rir, Jae-Yong apresenta um painel divertido de como aceitar as diferenças, sejam elas sociais, intelectuais ou sexuais. Com isso a produção dialoga com todos os tipos de público. Interessante que a casualidade aliada à bizarrice resulta em um conforto necessário para que o espectador possa apreciar sem pecados uma comédia politicamente incorreta.

O filme apresenta uma queda na terceira parte quando investe nas tradições orientais e perde o ritmo. O tom farsesco é substituído por uma necessidade de que todos os elementos apresentados tenham uma conclusão. Com isso a narrativa se alonga e a trama dura quase duas horas. Uma meia-hora a menos traria mais benefícios à obra. Mas nem esse deslize prejudica essa divertida experiência.



Comentários (0)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.