Assista Agora

Branca de Neve Depois do Casamento

Um lamentável desperdício de recursos

Érico Borgo
18 de Setembro de 2008

Branca de Neve Depois do Casamento

Branca de Neve Depois do Casamento

Blanche-Niege, la suite
Bélgica / França / Reino Unido / Polônia , 2006 - 80
Animação adulta / Comédia

Direção:
Picha

Roteiro:
Picha

Elenco:
Cécile de France, Rik Mayall, Jean-Paul Rouve

Ruim
branca 2

É surrealista a empolgação (dos distribuidores pelo menos) em torno da "nova obra-prima de Picha". O sujeito de nome esquisito em questão é o mesmo diretor de Tarzan - A Vergonha da Selva e, novamente, se apropria de um conto clássico para deturpá-lo com doses de malícia.

Nada contra a deturpação, que fique claro. Adoro versões estranhas de contos-de-fadas estabelecidos, como a história em quadrinhos Fábulas (essa sim merecedora da alcunha "obra-prima") ou aquele clássico desenho pornô animado dos Sete Anões. Mas Branca de Neve Depois do Casamento (Blanche-Niege, la suite, 2006) é simplesmente intragável.

O filme é uma seqüência de Branca de Neve e os Sete Anões, imaginando que as coisas talvez não tenham corrido tão bem depois do casamento da alva personagem com seu Príncipe Encantado.

O humor da co-produção da Bélgica, França, Reino Unido e Polônia, simplesmente não funciona. São piadas pré-adolescentes que só fariam rir mesmo a turminha do fundão da quinta-série. A animação acompanha. Tosquíssima, só funcionaria se houvesse algum estofo narrativo que nos fizesse ignorar a má qualidade artística. Não é o caso.

Nem na malícia Picha acerta. Há uma ou outra cena mais picante - uma princesa de peito nu aqui, outra ali - mas nada remotamente sensual. Ora, se quer mostrar uma orgia de contos de fadas, que mostre! É ou não é uma animação adulta, afinal? Pra quê esconder com silhuetas e insinuações o que todo mundo na platéia é suficientemente adulto pra ver? Pelo menos seria mais divertido.

O único ponto realmente positivo são as vozes. A dublagem da fantástica atriz Cécile de France, ao lado de Rik Mayall e Jean-Paul Rouve, entre outros, é ótima. Mas como ninguém vai ao cinema só pelas vozes, Branca de Neve acaba mesmo sendo 80 minutos de besteirol que você nunca mais terá de volta.



Comentários (0)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.