Crítica: Código de Conduta

Gerard Butler é o Charles Bronson da era Jogos Mortais

Érico Borgo
05 de Novembro de 2009

Código de Conduta

Código de Conduta

Law Abiding Citizen
EUA , 108 - 0
Ação / Suspense

Direção:
F. Gary Gray

Roteiro:
Kurt Wimmer

Elenco:
Jamie Foxx, Gerard Butler, Colm Meaney, Bruce McGil, Leslie Bibb, Michael Irby

Regular
Código de Conduta

Pobre general Carl von Clausewitz.

O militar prussiano que viveu entre os séculos 18 e 19, considerado um dos grandes teóricos da guerra, é citado mais de uma vez em Código de Conduta (Law Abiding Citizen) pelo personagem principal. É curioso, porém, que apenas parte de suas filosofias sobre conflitos armados em grande escala e política sejam adotadas na trama, que convenientemente ignora a mais importante delas: a guerra deixa de ser ética quando o inimigo é morto quando poderia ter sido apenas desarmado.

A ideia é completamente oposta aos temas do filme. No roteiro de Kurt Wimmer e David Ayer (ambos de Os Reis da Rua), um promotor público (Jamie Foxx) se vê perseguido por uma vítima do sistema judiciário (Gerard Butler), um homem devastado ao saber que o assassino estuprador de sua mulher e filha será solto.

O problema é que o homem torna-se um vingador a la Charles Bronson, mas com métodos dignos da era Jogos Mortais. Não satisfeito em ter todas as pessoas que considera culpadas pela sua desgraça em suas mãos, ele as mata com requintes de crueldade. Esquartejamentos, explosões e até uma violentíssima mutilação com um osso de filé estão no cardápio do assassino injustiçado.

Discusões filosóficas à parte, o filme de F. Gary Gray (Uma Saída de Mestre, Be Cool) começa bem, com sua violência realista e discussões sobre o sistema de justiça dos Estados Unidos e a arrogância dos promotores-superestrelas. Os primeiros ataques da vítima (Butler) são interessante pela maneira como são construídos, na inteligência e habilidades do executor.

O problema é a velha mania de terminar as histórias de maneira espetacular... o clímax, explosivo e pirotécnico, perde o foco. O personagem de Butler ganha perfil de supergênio do crime com direito a tecnologia de ponta. E toda aquela sutileza bacana do início se perde, literalmente, na fumaça.

Não há suspensão de descrença que aguente a sucessão de informações implausíveis que o filme oferece. Fica a certeza que Wimmer e Ayer tiveram uma boa ideia de início, mas não souberam resolvê-la.

Assista aos clipes do filme
Saiba onde o filme está passando



Galeria de vídeos

Comentários (13)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

sem avatar Ivo (23/03/2014 23:23:40)   0 0
Ora essa..
do que estão reclamando?

Tudo no filme foi perfeitamente explicado.
O cúmplice do Clyde foi ele mesmo!

Tudo o que aconteceu antes dele ir pra solitária foi premeditado e armado por ele bem antes.
O que aconteceu depois que ele foi pra solitária, foi ele mesmo que fez, saindo por aquele túnel e voltando logo em seguida assim que terminava o que tinha de fazer. Aquele controlando o robô no cemitério era ele mesmo.
Simples.
E não achei o final de todo ruim.
No fim, o Clyde conseguiu o que queria, jogar na cara do Nick como o sistema e falho e corrupto. ate ele mesmo se corrompeu pra assim conseguir para-lo.
No fim, o Rick não seguiu o "código de Conduta".



sem avatar Dakota (11/01/2014 17:56:33)   7 0
Tinha tudo pra ser O filme. O roteiro se perdeu que nem o protagonista. O que era pra ser uma grande crítica ao sistema judiciário e suas vergonhosas injustiças, acabou virando um jogo de gato e rato que tirou o foco do sistema judiciário e tornou a vingança do protagonista em algo sem sentido algum lá pelo meio do filme. Se Chuck Norris estivesse nesse filme, Butler tinha matado. Afinal, o que ele queria? Explodir a cidade inteira?



sem avatar Thales (27/01/2013 21:45:01)   4 0
no minimo 3 ovos.......



Flavia Flavia (22/12/2012 13:45:27)   3 0
confesso que detestei o filme porque eu torci para o Clyde o tempo todo..
Achava que a loirinha não deveria ter morrido..
O namorado misterioso dela poderia ser o Clyde..
e o Jamie Fox ir preso no final e ele se tornar uma vítima do Sistema Judiciário..



sem avatar Célia Maria (05/08/2012 17:14:20)   0 0
Quem era o cumplice dele no filme ? Era o Cleyde ? filme 10



sem avatar Whellder (18/10/2010 14:28:23)   1 1
Achei a análise feita pelo site muito coerente, assitir a esse filme no sábado (16/10), por indicações de colegas e sinceramente fiquei muito decepcionado... Na verdade eu estava achando o filme espetácular, até o momento em que ele assassina o colega de cela, a partir dali percebi que o filme tomaria um rumo muito diferente do que eu pensei que seria. Se o filme conseguisse manter o suspense, as surpresas e especialmente as sacadas genais de Clayd (a lá Death Note), seria realmente excelente, mas coisa que infelizmente não conseguiu se manter.



sem avatar everton (03/10/2010 00:02:26)   0 0
Um filmaço....
Achei INJUSTIÇA o Butler ter morrido.
E o Promotor corrupto ter escapado,e ainda sair como o Heroi da história.
Jamie Fox o tempo todo preocupado com filha dele e nem se preocupoi com a filha de Butler....
Achei que no minimo o FOX deveria ser morto no final !!!!



sem avatar Juliana (10/06/2010 22:13:12)   0 0
Acabei de assitir ao filme. Quando vi que era com Gerard Butler, até me animei. Mas realmente o filme perde o foco do que diz o próprio título do "código de conduta". Um super genio quase um Scofield mas com táticas de Jogos Mortais. Concordo plenamente. O que era pra ser justiça, torna-se um filme sem pé e sem cabeça.



Eduardo Eduardo (04/06/2010 04:49:31)   10 0
achei injusta a classificação do omelete para este filme, o filme é muito bom! com boas atuações e uma boa história. Apenas 2 ovos???? brincadeira né???!!!


sem avatar Célia Maria (05/08/2012 17:12:29)   0 0
Eduardo eu vi seu comentário e achei que você tem a mesma opnião minha mas uma pergunta sobre o filme que eu fiquei na duvida , quem era o cumplice ? É o Cleyde ? ou é o velho que era promotor ?

sem avatar Célia Maria (05/08/2012 17:21:44)   0 0
Desculpe ,eu errei no nome , mas quem é o cumplice do Cleyde ?


sem avatar Klinger (12/04/2010 09:50:26)   0 0
Filme Excelente,,,,;....



Publicidade
marcelo marcelo (23/03/2010 18:40:27)   2 0
Vi esse filme ontem e o que seria uma grande crítica ao sitema judiciário americano,se torna uma grande banalidade,fazendo com que o personagem,de vítima se torne mais um psicótico sanguinário.




ver todas ↓

Imagens (3)


Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.