Assista Agora

DVD: Final Fantasy VII - Advent Children

DVD: Final Fantasy VII - Advent Children

Érico Borgo
24 de Abril de 2006

Final Fantasy VII
Advent Children
Japão, 2005 - 101 min
Animação/Ficção

Direção: Tetsuya Nomura e Takeshi Nozue
Roteiro: Kazushige Nojima

Elenco e vozes no original
: Takahiro Sakurai, Shotaro Morikubo, Toshiyuki Morikawa, Toru Ôkawa, Keiji Fujiwara, Taiten Kusunoki, Yûji Kishi, Kenji Nomura, Shogo Suzuki, Masahiro Kobayashi, Kazuyuki Yama, Yumi Kakazu

Em 2001, o estúdio Square colocou nas telonas o aguardadíssimo Final Fantasy, longa de animação que tinha a proposta de substituir atores de carne e osso por modelos digitais perfeitos. Caríssimo, o filme naufragou nas bilheterias com seus bonecos inexpressivos - que só eram lindos nas fotos, estáticos! - e roteiro fraquinho, que ignorava totalmente a rica mitologia da longeva série de videogames da qual o filme levava emprestado o título.

Pois a Square aprendeu a lição. O recém-lançado Final Fantasy VII: Advent Children (2004), filme que chega direto em DVD, resolve os dois principais problemas do projeto de 2001. O roteiro mergulha fundo na trama dos games e a computação gráfica aparece aperfeiçoadíssima, com uma qualidade nunca vista antes!

Se os bonecos 3D de antes limitavam-se a poucas expressões, sem sutilezas, os novos personagens têm mais vida que muitos atores de verdade por aí. São movimentos quase imperceptíveis de músculos faciais que dão enome credibilidade às atuações dessas criações virtuais. Os produtores foram muito felizes também ao não tentarem recriar humanos perfeitos. A proposta aqui é manter a estética do animê - com seus cabelos bizarros, lutas impossíveis (Matrix parece briga de rua perto das possibilidades que esta nova técnica explora) e rostos andróginos - replicando no filme as personagens dos games, registradas com ângulos e movimentos de câmera típicos dos jogos eletrônicos.

Entra aí também o outro ponto resolvido por Advent Children. São mais de vinte heróis e vilões velhos conhecidos dos fãs numa aventura que é seqüência direta do jogo Final Fantasy VII. Na direção e produção, profissionais veteraníssimos que ajudaram a solidificar a franquia de fantasia e ficção futurista, como Tetsuya Nomura e Takeshi Nozue.

Tamanha fidelidade à trama, porém, tem seus pontos negativos. Qualquer pessoa que nunca tenha jogado a série terá enorme dificuldade em compreender a história. Afinal, ela não é baseada ou inspirada nos games, mas sim uma continuação linear do que acontece nos consoles. Confesso que entendi muito pouco do filme e perdi montanhas de referências - e olha que assisti ao vídeo a história até aqui, que vem como extra do DVD. Trata-se de um filminho com quase meia hora de duração com cenas importantes da série. Mas pela própria natureza da solução - cenas gravadas do jogos -, a narrativa fica extremamente prejudicada. Uma pequena seqüência animada com cinco minutos de duração narrando os acontecimentos prévios poderia ter obtido mais sucesso nessa recapitulação.

Os fãs, no entanto, não devem ter problema algum em acompanhar o herói Cloud deixando o auto-imposto exílio para encarar uma nova ameaça. Dois anos depois do cataclisma que atingiu a cidade de Midgar, deixando imponentes ruínas como um atestado dos sacrifícios realizados para que a paz fosse mantida, o mundo enfrenta uma misteriosa doença que está se espalhando rapidamente. Junto com as manchas escuras que se alastram pela pele de algumas pessoas, volta um trio de inimigos cheio de recursos. Seu intuito é trazer de volta o poderoso Sephiroth, algo que Cloud, que se afastou da vida de herói para viver em solidão, não deixará acontecer.

Basta uma rápida análise da sinopse acima para que se tenha a certeza de que a Square é dessas empresas 8 ou 80... ou ignora completamente os fãs, ou só dá atenção exclusiva a eles. Uma adaptação cinematográfica das aventuras de Final Fantasy, que agradasse a ambos os públicos, teria sido muito mais proveitosa e poderia até expandir a série de games para outras mídias. Como não foi o caso, cabe aos não-iniciados - eu mesmo preferia outros RPGs - aproveitar apenas o verdadeiro delírio visual que Advent Children proporciona. É realmente incrível.



Publicidade

Comentários (0)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.