Hulk


Hulk 1, ainda cinza

Hulk 2, já verdão

O acidente que transformou
o Dr.Banner no Hulk

Em uma de suas mais
recentes versões

Ao lado dos Vingadores

Ultimate Hulk

Hulk foi criado em 1962 por Stan Lee e Jack Kirby inspirado no Monstro de Frankenstein e O Médico e o Monstro.

No início da década de 60, o roteirista Stan Lee e o desenhista Jack Kirby inovaram os quadrinhos de super-heróis renovando seus fundamentos. O gênero, às moscas desde o final dos anos 40, adquiriu novo alento em 1961, quando a dupla deflagrou a hegemonia da editora Marvel Comics no mercado de HQs americano, lançando a primeira edição de Fantastic Four, gibi em que estrelava o Quarteto Fantástico. No ano seguinte, foi a vez do Homem-Aranha e o resto... bem, o resto é história.

A diferença dos heróis Marvel para os seus predecessores é que eles tinham facetas humana bem destacadas. As histórias de Batman e Superman, de então, preocupavam-se quase exclusivamente com suas proezas, deixando de lado os homens por trás das máscaras. Sob a batuta de Lee e Kirby, a coisa ficou mais equilibrada: havia a intenção de mostrar o Homem-Aranha quebrando o pau com o Dr. Octopus, mas também ressaltar as dificuldades de Peter Parker no seu dia a dia.

E foi, com essas diretrizes em mente, que, em 1962, Stan Lee criou mais uma personagem para solidificar as bases do emergente Universo Marvel. Ele queria algo que fosse tão diferente do Quarteto e do Aranha quanto esses dois conceitos foram de seus predecessores. Pensou no Hulk, um protagonista dotado de força sobre-humana, mas não tão nobre, sábio ou infalível quanto suas demais criações. Além disso, esperava que o herói lembrasse tanto o Monstro de Frankenstein quanto Dr. Jekyll e o Sr. Hyde (de O médico e o monstro). Daí, veio a idéia de um cientista que, de alguma forma, se transformava em monstro. Essa criatura seria grande, volumosa, meio desajeitada e não muito esperta.

Com isso em mente, faltava só um nome. Não deve ter sido difícil (pelo menos pra ele e Kirby cuja língua pátria é o inglês). Hulk era quase óbvio. Afinal, este adjetivo inglês é usado para definir algo grande, bruto e volumoso.

A primeira aventura do Hulk

Definidas as características básicas do novo astro da Marvel, Stan Lee e Jack Kirby estavam prontos para apresentar o Hulk ao mundo, em mais uma de suas clássicas origens:

Robert Bruce Banner era um cientista nuclear que trabalhava para o exército americano no desenvolvimento de uma nova arma, a Bomba Gama, um artefato tão poderoso que faria a bomba atômica parecer um mero brinquedo de criança.

Quando o artefato estava prestes a ser testado, Banner percebeu que um garoto havia invadido a área onde se realizaria o experimento. O cientista pediu que a contagem regressiva para a detonação fosse interrompida a fim de que pudesse retirar o menino, Rick Jones. Seu pedido, no entanto, não foi atendido e, apesar de salvar o rapaz, Banner sofreu todo o impacto da explosão. Ele não morreu, mas, ao cair da noite, transformou-se em um estranho monstro cinza, que logo deixou claro a que veio. Destruiu tudo em seu caminho. Quando o dia raiou, Banner voltou ao normal.

Mais tarde, Banner soube que seu assistente, Igor, não interrompera a contagem regressiva pois era um espião soviético (Nota: Para os muito jovens, é bom lembrar que a primeira aparição do Hulk deu-se no auge da Guerra Fria). Seu objetivo era justamente sabotar o teste da Bomba G, capturar seu inventor e levá-lo para a Rússia. Mesmo preso, Igor conseguiu alertar seu superior, o Gárgula, um homem deformado por experimentos radiativos. Os soviéticos, então, capturam a criatura, mas, durante a viagem, ela voltou a ser Banner. Graças a seus conhecimentos, o cientista conseguiu reverter a mutação sofrida pelo Gárgula, devolvendo-lhe a forma humana e, assim, conseguindo escapar.

Do cinza ao verde, Hulk

A idéia original de Stan Lee e Jack Kirby era que o Hulk fosse uma criatura cinzenta. No entanto, devido a problemas de impressão, a primeira edição de The Incredible Hulk trouxe o anti-herói com tons que variavam do cinza muito escuro ao marrom, passando até mesmo pelo verde. Então, por força do acaso, já na edição seguinte o monstro assumiria a cor esmeralda com o qual ficou mundialmente conhecido.

Em suas primeiras aparições, o alter ego de Bruce Banner parecia uma versão humanizada do Monstro de Frankenstein. Com o passar do tempo, porém, a semelhança tornou-se menor. Além disso, sua transformação, no início, não era atrelada ao estresse emocional. O cientista mudava de forma assim que a noite caía, independente de outros fatores. Somente depois, a alteração passou a ocorrer toda vez que ele perdia o controle de suas emoções.

Nesses primeiros anos, o Golias Esmeralda da Marvel travou seus combates mais memoráveis com alguns dos pesos pesados da Editora - como Coisa e Thor - e cunhou a frase que é sua marca registrada: Hulk esmaga!

As muitas fases do Hulk

Em seus quarenta e um anos de história, o visual do Hulk já passou por diversas fases. Ele já foi cinza e meio inteligente, verde e descontrolado, um amálgama destes dois e chegou a viver algum tempo com Bruce Banner no comando da transformação, tornando-se o Hulk a seu bel prazer e ainda mantendo seu intelecto.

Personagem do primeiro escalão da Marvel, foi um dos fundadores da equipe Vingadores, ao lado de Thor, Homem de Ferro, Vespa e Gigante. Mais tarde, tomou parte de outro supergrupo conhecido como os Defensores, atuando ao lado de Dr. Estranho, Surfista Prateado, Namor e Valquíria.

Hulk supremo

Mais recentemente, o Hulk foi recrutado por Mark Millar e Bryan Hitch para integrar a versão dos Vingadores para o universo Ultimate, os Supremos. Neste universo, que tem o objetivo de reinventar as personagens clássicas da Marvel para uma nova geração, sua origem foi um pouco modificada.

Nesta versão, Banner é um dos encarregados de decifrar o soro do supersoldado que gerou o Capitão América. Ao aplicar uma variação desse soro em si mesmo, transforma-se num monstro que lembra a versão clássica do Hulk verde e descontrolado.

Mais tarde, quando o soro é aparentemente eliminado de seu sistema e o governo começa a recrutar os Supremos, ele decide se injetar novamente a fórmula, desta vez misturando uma amostra do sangue do Capitão. O resultado é o surgimento de um Hulk cinza e meio inteligente que, aparentemente, tem sua transformação detonada toda vez em que Banner se enfurece.

Hulk no cinema

O Incrível Hulk

Hulk nos quadrinhos

Hulk na Televisão

Notícias Hulk

Ver mais ▼

temas relacionados

materias:

Foram encontrados 363 resultados para Hulk

10/02/2015
CONTINUE LENDO
05/02/2015
CONTINUE LENDO
20/01/2015
CONTINUE LENDO
Publicidade
Publicidade
16/10/2014
CONTINUE LENDO
03/10/2014
CONTINUE LENDO
30/09/2014
CONTINUE LENDO
15/09/2014
CONTINUE LENDO
26/07/2014
CONTINUE LENDO
23/07/2014
CONTINUE LENDO
30/06/2014
CONTINUE LENDO
26/06/2014
CONTINUE LENDO
23/06/2014
CONTINUE LENDO
17/06/2014
CONTINUE LENDO
14/06/2014
CONTINUE LENDO
05/06/2014
CONTINUE LENDO
22/05/2014
CONTINUE LENDO
20/05/2014
CONTINUE LENDO
08/05/2014
CONTINUE LENDO
07/05/2014
CONTINUE LENDO
06/05/2014
CONTINUE LENDO
05/05/2014
CONTINUE LENDO
14/04/2014
CONTINUE LENDO
09/03/2014
CONTINUE LENDO
03/02/2014
CONTINUE LENDO
24/01/2014
CONTINUE LENDO
19/01/2014
CONTINUE LENDO
06/01/2014
CONTINUE LENDO
03/09/2013
CONTINUE LENDO
23/08/2013
CONTINUE LENDO
20/07/2013
CONTINUE LENDO
18/07/2013
CONTINUE LENDO
16/07/2013
CONTINUE LENDO
11/07/2013
CONTINUE LENDO

Comentários

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus

GALERIAS RELACIONADAS

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade