Assista Agora

Desenhistas e fãs criticam cenas sensuais das HQs usando Gavião Arqueiro

Herói da Marvel vira piada contra sexismo

Érico Assis
12 de Dezembro de 2012

The Hawkeye Initiative é o nome do Tumblr que há uma semana está fazendo sucesso entre fãs de quadrinhos em torno de uma piada só: como o Gavião Arqueiro ficaria nas poses mais esdrúxulas que os desenhistas de HQs botam as super-heroínas?

Ou seja, um monte de "costas quebradas" - a pose clássica em que heroína consegue contorcionar-se para mostrar peito e bunda - e outras impossibilidades anatômicas a que as personagens femininas são submetidas, repensadas para o corpo nada sexy de Clint Barton - com direito a mudanças reveladoras no uniforme do herói. Confira na galeria.

Iniciado pela quadrinista Noelle Stevenson, o Tumblr ganhou diversos colaboradores em poucos dias. "Achei que seria um jeito de interessante de fazer as pessoas prestarem atenção na forma como fazem as poses das super-heroínas, em comparação aos super-heróis. Mas acima de tudo é uma bobagem. Acho incrível que tanta gente se inspirou para colaborar!", disse Stevenson em entrevista à Wired.



Publicidade

Comentários (71)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

sem avatar Nerdbully (18/12/2012 09:46:14)   -5 0
Para quem curte quadrinhos: http://quadrinheiros.wordpress.com/



Maldi♱☯ Kakar☯♱♱☯ Maldi♱☯ Kakar☯♱♱☯ (14/12/2012 01:51:15)   1264 2
REALMENTE SEMPRE ACHEI RIDÍCULO AS HEROÍNAS E VILÃS DOS QUADRINHOS ANDAREM POR AÍ DE ROUPA INTIMA.

Ñ TEM NENHUM SENTIDO, SÓ PARA ATENDER FETICHISMO MESMO. OLHA O TIPO DE AMEAÇAS Q ELAS ENFRENTAM EM SUAS HISTÓRIAS SE FOSSE NA VIDA REAL ELAS SAIRIAM DESSAS BATALHAS TODAS DESPIDAS E TALVEZ JÁ TIVESSEM SOFRIDO TODO TIPO DE ABUSOS.

ESSE NEGÓCIO DE MARCHA DAS VADIAS É A MAIS PURA ENGANAÇÃO Q JÁ FOI FEITA ATÉ HOJE.

MULHER Q É LIVRE E SE RESPEITA COMO MULHER Ñ SE TORNA OBJETO E NEM PRECISA SE INSINUAR PARA TER SEU ESPAÇO NA SOCIEDADE.

ESSA MULHERES Q ACHAM Q TIRANDO A ROUPA EM PÚBLICO COMO PROTESTO, SENDO VULGARES E ESSA COISAS ESTÃO MOSTRANDO O PODER FEMININO SÃO NA VERDADE AS Q MAIS ESTÃO SE SUBMETENDO AO MACHISMO E DOMÍNIO DO HOMEM.

SERIA ATÉ HILÁRIO SE Ñ FOSSE TRÁGICO E LAMENTÁVEL VULGARIDADE E OBCENIDADE MASCARADA COMO UMA BUSCA PELA LIBERDADE

ESSA MULHERS SE JOGANDO NO LIXO ACHANDO Q ESTÃO SENDO INDEPENDENTES.




Virgilio Virgilio (14/12/2012 01:10:44)   2 1
Tem duas coisas que a galera esqueceu;
a) Esse estilo de HQ (mulher peituda e gostosa) é uma linha de desenhistas que copiavam de HQs antigas como Vampirella, que a historia era uma bobagem só pra poder ter uma gostosa de biquininho por ai. Daí adolescentes norte americanos nao podiam comprar pornografia pura (lá, nos anos 70, o puritanismo era mais hard do que imaginamos) e resolviam suas fantasias com HQs. Hoje não tem necessidade disso, então o único motivo de aparecer tanta nega em poses sensuais e até bizarras é um só; quem cuida do desenho em HQ são homens e na maioria das vezes ainda tem a cultura de ver mulher como objeto, acabam reproduzindo isso em seu trabalho.
b) Quadrinhos são idealizações, para um adulto não faz muita diferença, mas uma criaça ou adolescente pode e constantemente é muito influenciado por essas idealizações. Um exemplo é o teste da boneca: http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=nLCd16xHDiYum - Um vídeo sobre como a idealização relaciona juízo de valor com cor da pele, padrão de beleza, etc... e pior, como as crianças compram estas ideias. As idealizações que tratam de naturalizar o racismo funcionam de modo similar com as que consideram mulher um pedaço de carne, um mero objeto de desejo.



Dylan Dog - Dylan Dog - (13/12/2012 14:18:09)   1358 0
Taí uma coisa que nunca entendi:falam que a Mulher Maravilha é símbolo da mulher independente,forte,guerreira e tal.Mas porque ela se veste como uma p...?Se eu exijo igualdade de sexos e respeito me vestiria de uma forma em que não olhassem só pro meu decote(caso eu fosse mulher).Na minha opinião a Diana é quase uma personagem fetiche,nada além disso.


sem avatar Thomaz (13/12/2012 15:21:09)   5 2
a resposta é bem simples e no próprio movimento feminista você vai encontrá-la: quando você diz que ela "se veste como uma p..." você está reproduzindo um discurso machista (movimentos como a 'marcha das vadias' tentam combater precisamente isso). A mulher maravilha é um exemplo independente de heroína que é motivada por razões próprias e que foi criada em uma sociedade que prescinde de homens e se veste e impõe respeito ignorando os padrões sociais de que as mulheres são frágeis e devem se comportar decentemente desde a década de 40. Quando todos os heróis eram considerados pelos intelectuais como más influencias - pelos reacionários- e como escapismo - pelos progressistas - a mulher maravilha já era encarada como um modelo positivo de feminismo por vestir-se como queria e defender os valores em que acreditava sem precisar do auxílio de nenhum homem nem adotar o modelo de moça comportada.

Hancock Hancock (13/12/2012 16:01:17)   125 0
@Thomaz.Obrigado pelos esclarecimentos.

Foca Foca (13/12/2012 16:35:30)   112 0
VLW Thomaz.Eu tinha uma opinião sobre a Mulher Maravilha,mas esse seu comentário me ajudou a mudaá-la.

Orlando Orlando (13/12/2012 17:59:14)   1993 0
sempre gostei dessa visão da Diana... ela é daquele jeito porque é independente, é livre, não está sujeita as pressões e convenções que os homens impõe ao sexo feminino, é um espírito livre, bonito, sensual e ciente de sua força em todas as frentes: física e mental

Diana pra mim é o máximo da mulher de verdade, bela, independente, sensual e ciente de tudo isso, ao mesmo tempo livre das amarras de sua beleza física porque possui na abeça um cérebro funcionando, e muito bem diga-se.


Orlando Orlando (12/12/2012 17:22:13)   1993 3
esse povo é engraçado, falam da herotização feminina, mas os personagens masculinos são também assim.

em HQ é isso mesmo, todo mundo é idealizado, tendendo para arquétipos estéticos e psicológicos, afinal de conta, são fantasia e fuga da realidade...

para ver coisas mais reais há hqs adultas e de tons mais sérios, mas querer cobrar certas coisas das hqs de heróis é besteira, porque isso é idealização, escapismo... as heroinas são feitas para serem gostosas, boazudas, sensuais mesmo, assim como os caras são todos sarados e de rostos bem definos e tudo isso aí.

se eu quiser ver realidade eu não leio quadrinhos, basta por a cara para fora da janela que tá tudo aí: mulher feia, burra, vulgar, sem noção, inteligente, gordinha, baixinha, mãe, tia, prima, irmã, colegas de trabalho, bem vestidas, mal vestidas, legais, engraçadas, chatas, fofoqueiras, saradas, flácidas, peitudas, com peitinhos e por aí vai.

agora que ficou engraçado ficou


sem avatar Bruce (12/12/2012 17:44:42)   141 -1
Homens sexy em HQs: não recorrente; o apelo tem mais a ver com a idealização masculina, pois esses heróis servem de "inspiração" aos leitores.

Mulheres sexy em HQs: recorrente, mesmo ubíquo; fomentado para atrair o "olhar masculino" (termo lacaniano).

Sinto muito, cara, mas uma coisa é ser bem-definido, musculoso, atlético, etc. Outra é você jogar na cara do leitor isso não só porque é interessante, mas também por conta do apelo. Se você visse o Batman de bunda empinada na capa, sob o seu ponto de vista, você compraria a revista? Alguém aqui compraria a revista?

Sensualizar aqui ou lá? Beleza, mesmo para personagens masculinas. Mas fazer isso de uma forma que chegue aos limites do absurdo? É como aquela paródia que fizeram de "As Panteras", onde no terceiro filme elas atuariam nuas do início ao fim. (Vamos e convenhamos: a sensualidade de ambos os filmes foi pra lá de forçada, bem como os casos das capas criticadas pelos fãs que levaram ao Hawkeye Initiative.)

Orlando Orlando (12/12/2012 18:06:03)   1993 2
é, mas tem uma coisa aí que ninguém leva em conta, homens heterossexuais não rebolam, não se empinam e não ficam mostrando a bunda ou o peito, nem quando dançam...

o que se mostra de sexismo nas heroínas é algo que normalmente é da sensualidade de uma mulher...

vide dança do ventre, não é vulgar, mas é herótico. a sensualidade é inerente ao sexo feminino... por isso não tem herói empinando bunda nem peito em hq, mesmo quando estão com as roupas rasgadas e peitos a mostra e musculos definidos e tals...

Débora Débora (12/12/2012 18:30:03)   1525 1
Não,Orlando
O sexismo não está no fato de mostrar características inerentes ao sexo feminino e sim de tornar obrigatória a necessidade de mostrar essas características(ou seja,evidenciar sempre peito e bunda nas cenas).

Orlando Orlando (12/12/2012 18:36:14)   1993 1
obviamente não estou dizendo que é normal ou comum que uma mulher fique semi-nua ou com trajes rasgados se empinando e mostrando peito e bunda por aí, só estou dizendo que a sensualização da figura feminina é mais comum, frequente e, obviamente, bonita...

claro, é obvio também que nas hqs tudo isso é elevado a enésima potencia e por vezes de forma vulgar sim, mas como disse, quando quero ver coisas não idealizadas ou arquetípicas, eu ponho a cara na janela e olho para a rua...

sem avatar Bruce (12/12/2012 19:06:28)   141 -2
@Orlando

E por que será que você vê isso na rua, hein? A mídia exibe isso o tempo todo, quer que vejamos as mulheres sempre de um ponto de vista machista (olhar masculino, Lacan diria). Essas mulheres que se comportam dessa maneira veem isso como modelo de comportamento - bem como os homens que falam grosserias, tomam whey, curtem filmes com Vin Diesel, etc. A sociedade vende pacotes de idealização - e as pessoas não contestam.

Você diz que uma mulher rebolando é natural, mas por que não um homem? Isso é uma visão machista. Há mulheres que acham homens que rebolam bonito - não é unanimidade, bem como garanto que o rebolado feminino não é unanimidade entre os homens.

Mesmo que seja arquetípico, não precisamos continuar com essa tendência, podemos muito bem quebrá-la. Já fizemos isso com as crenças do passado, com a história da manga com leite, etc. Padrões de comportamento e idealização sexual podem ser muito bem o próximo passo.

Orlando Orlando (12/12/2012 23:57:02)   1993 1
repito, o dia que eu quiser ver gente como gente é no mundo real eu meto a cara na janela e vejo isso de graça, nas hqs, filmes livros e games eu quero ver outra coisa...

diversão é diversão, entretenimento é entretenimento, não é uma bundinha empinada numa hq que vai estragar anos de conquista feminista, o que estraga isso é falta de educação e de amor próprio de muita mulher mal amada e mal comida.

as pessoas passam tempo demais se batendo com a ficção enquanto a bosta do mundo real fica mais bosta ainda

o dia que hqs retratarem somente o que o mundo é de verdade, nesse dia eu paro de comprar hqs, porque de merda e problema a vida real tá cheia.

obrigado.

Orlando Orlando (13/12/2012 00:01:34)   1993 0
ah, repetindo, eu disse que é normal a sensualização da mulher, não sua vulgarização, e quando digo que vejo na rua, eu digo que vejo pessoas normais e de todos os tipos, não só vulgares. ok?

tanto é que está lá vários "tipos" de mulheres

sem avatar Bruce (13/12/2012 09:40:43)   141 -2
@Orlando

Uma dica: o mundo não está restrito ao seu quintal. Queria ver sua mãe ser retratada da mesma maneira pra ver se você não ia se incomodar.

Obs.: Nada contra sua mãe. O foco aqui é questionar até onde aceitamos a exploração do outro quando não nos colocamos em seu lugar.

Orlando Orlando (13/12/2012 16:23:42)   1993 0
me desculpe meu caro, mas este seu último comentário foi de uma imbecilidade abstrata...

não é minha mãe, nem a sua, nem a de ninguém, caso você, em sua sapiência, ainda não tenha notado, uma dúzia de heroínas com peitões e bundões empinados sequer representa 1% do gênero feminino... e claro que o mundo não se resume ao meu quintal, mas meu quintal não deixa de ser uma amostragem da realidade, uma rua movimentada numa segunda-feira qualquer contém muito mais diversidade de mulheres que todas as hqs já publicadas no mundo.

mas vá lá, falar asneiras é um direito de todos, meu e seu, inclusive.

Orlando Orlando (13/12/2012 16:28:48)   1993 0
ah, anstes que eu me esqueça, demonizar meios de entretenimento por causa de questões maiores é um meio reducionista para o real problema de qualquer sociedade: falta de educação...

mulheres sensuais, feias, bonitas, sedutoras, putas, santas, donas de casa, ladras, princesas e rainhas são representadas desde que o mundo aprendeu a escrever... muito do que se clama das mídias de entretenimento hoje é discurso vazio, falácia e melindre, pois a falta de educação e conhecimento são muito mais prejudiciais do que qualquer periguete representada numa novela da globo ou num gibi da dc ou marvel.

sem avatar Bruce (13/12/2012 17:07:31)   141 0
@Orlando

"não é minha mãe, nem a sua, nem a de ninguém, caso você, em sua sapiência, ainda não tenha notado, uma dúzia de heroínas com peitões e bundões empinados sequer representa 1% do gênero feminino... e claro que o mundo não se resume ao meu quintal, mas meu quintal não deixa de ser uma amostragem da realidade, uma rua movimentada numa segunda-feira qualquer contém muito mais diversidade de mulheres que todas as hqs já publicadas no mundo."

Ahá. Então você questiona minha amostragem, mas respalda a sua, hein? Quer ser mais anti-ético que isso? E é claro que nem a sua mãe nem a minha representam 1% do gênero feminino, mas me impressiona que alguém que conheça semiótica não perceba que toda obra de arte está inserida dentro de um contexto social e histórico. Logo, mímese é o que há e uma representação sexualizada que reforce o machismo é sim algo a se questionar.

sem avatar Bruce (13/12/2012 17:10:43)   141 0
@Orlando

"ah, anstes que eu me esqueça, demonizar meios de entretenimento por causa de questões maiores é um meio reducionista para o real problema de qualquer sociedade: falta de educação..."

Na verdade faz parte da questão mimética: a relação entre arte e sociedade, o que vem a inspirar o que. Dá uma lida em "O Cemitério de Praga" ou "O Pêndulo de Foucault" pra entender do que estou falando - ah, pra quem quiser ler, é divertido e bacana, sim.

"mulheres sensuais, feias, bonitas, sedutoras, putas, santas, donas de casa, ladras, princesas e rainhas são representadas desde que o mundo aprendeu a escrever... muito do que se clama das mídias de entretenimento hoje é discurso vazio, falácia e melindre, pois a falta de educação e conhecimento são muito mais prejudiciais do que qualquer periguete representada numa novela da globo ou num gibi da dc ou marvel."

Mas ninguém está discutindo como são representadas, mas a própria representação - ou seja, o ideal machista.

Orlando Orlando (13/12/2012 17:11:43)   1993 0
não questiono a sua e respaldo a minha, só afirmo que achar que toda mulher vai ser difamada porque uma duzia de hqs mostra peitos e bundas é reducionismo sim... falo que minha amostragem é valida porque sim, em uma rua movimentada você realmente vai encontrar muito mais representação feminina do que em qualquer obra de arte.

e não, não é um peituda gostosona de hq que vai fazer alguém desrespeitar minha mãe ou a sua, daí a imbecilidade de seu exemplo.

Orlando Orlando (13/12/2012 17:19:58)   1993 0
ah, antes que eu esqueça mais uma vez, isso tudo é melindre porque quadrinhos são um meio de entreteinmento, muitas das vezes, considerado menor, se respaldo algum, abaixo da literatura, do cinema, da pintura e das artes plásticas em geral, então é fácil tascar algum "quê" de demoníaco e desmoralizante neles...

mas quando a putaria é na literatura, na pintura e a figura da mulher é tratada como objeto sexual ou mero belo corpo nu a ser representado ou fotografado que seja, aí não tem nada de errado.

repito, melindre e no português claro: frescura mesmo.

acho tudo isso um tanto de hipocrisia e falácia vazia para condenar um forma de entretenimento que está, bem ou mal, na crista da onda... contem mais uns anos aí e logo, logo essa falácia toda vai se voltar para os games e seus modos de representação apenas por estarem em evidência.

isso tudo é aquele mesmo e velho discurso de que se não podemos culpar a raça humana por suas mazelas e erros, então vamos culpar a literatura, o cinema, as hqs, os games e sei lá mais o que. é mais fácil

tem exageros? tem sim, concordo com isso desde de lá de cima... tem erros grotescos em prol da sensualização das heroínas? tem sim, também concordo com isso, mas também tem muita frescura e papo furado nisso tudo.

mulher nua em quadro e em foto é nu artistico, empinando bunda e peito em gibi de herói é desvalor ao sexo e genero feminio... relativiso apenas, por isso acho frescura demais para efeito de menos.

sem avatar Bruce (13/12/2012 17:21:08)   141 0
@Orlando

"só afirmo que achar que toda mulher vai ser difamada porque uma duzia de hqs mostra peitos e bundas é reducionismo sim... falo que minha amostragem é valida porque sim, em uma rua movimentada você realmente vai encontrar muito mais representação feminina do que em qualquer obra de arte

"e não, não é um peituda gostosona de hq que vai fazer alguém desrespeitar minha mãe ou a sua, daí a imbecilidade de seu exemplo."

Mas isso é lógico, você tá convivendo com o real! Contudo, por que só se apresenta a idealização masculina? Por que as heroínas/vilãs estão resumidas a isso? Por que o foco tem de ser esse? E sim, mostrar mulheres dessa maneira dá brecha à difamação - bem como qualquer cara que posar nu ser chamado de gay. Quantas mulheres não posam nuas e são chamadas de biscates? E ainda que seja nu artístico (de verdade)?



sem avatar Bruce (13/12/2012 17:30:52)   141 0
@Orlando

Você postou um texto longo e eu vou resumir o argumento:

1) Os games já estão sendo discutidos. Procure por Feminist Frequency.

2) Alguém lá embaixo citou arquétipos, mas considerando que há anos já superamos alguns, o que tem de mais desfazer-se de outros?

3) A representação do nu em obras de arte não é monopólio machista - pintava-se e esculpia-se tanto nus femininos quanto masculinos.

4) Considerando que toda obra se insere em um contexto, qual sua razão de existir? Choque, reflexão, mercado? Vide que apenas HQs de mercado são questionadas aqui. Por que? Porque o mercado é maciçamente masculino. Já disse antes: ninguém fala do Manara, Pratt ou Moebius porque há um "pacto narrativo". O mesmo se dá com a Mulher-Maravilha e com Red Sonja - o subtexto deixa claro a sensualidade e sexualidade femininas.

Orlando Orlando (13/12/2012 17:35:00)   1993 0
a verdade é que isso aí só vai mudar em duas situações:
1 - a mais efetiva e a mais negada pela nossa sociedade: através da educação de verdade
2 - a mais rápida e menos efetiva: quando houver mais mulheres escrevendo e desenhando hqs para por nelas as suas visões, já que hqs são, sobretudo, entretenimento masculino desde seu surgimento, logo contam com muito mais homens nas profissões desse ramo

Orlando Orlando (13/12/2012 17:45:40)   1993 0
quando digo "se voltar para os games", não me refiro ao fato de ainda irem se debruçar sobre os mesmos, eu sei que já estão fazendo isso.

me refiro ao fato de logo vão culpar os games também pelo "machismo" e por todas as outras mazelas que existem na humanidade apenas porque tem ali uma ou outra representação que desagrada esse ou aquele grupo


IgorLiraVox IgorLiraVox (12/12/2012 16:26:25)   1860 2
po todos os heróis são ultra super sarados e as heroínas super gostosas.....

Não da nem pra perceber se eles estão erotizando, é tão comum......

ah a galera do mau também são tudo boazudas e bombadões.....

ou seja, pra onde tu olhar.....

tem sexo????

besteira....



Aline Aline (12/12/2012 14:24:36)   427 2
Penso eu o seguinte, hoje o publico que lê hqs é dos dois sexos. Então é normal, nós garotas, reclamarmos de hqs onde as personagens funcionam apenas como auxílio masturbatório.

Não acho que não possa ter personagens bonitas nas histórias, é a maneira que elas são postas que incomodam.


ThiagoSalt ThiagoSalt (12/12/2012 15:24:40)   1627 0
Ta mas os herois funcionam tb com sex simbols tb, não?

sem avatar Bruce (12/12/2012 17:45:30)   141 0
@ThiagoSalt

Se colocarem o Clark Kent de cueca na capa, você compra? :D

ThiagoSalt ThiagoSalt (13/12/2012 11:51:48)   1627 1
bruce seu malandrinho...asuhuhsa

O que quis dizer é que as heroinas sensuais funcionam para mim como um heroi masculo funcionam para as leitoras...


ahsahhashas

mas foi engraçado tua trolada...

sem avatar Bruce (13/12/2012 13:11:44)   141 -1
@ThiagoSalt

Mas um herói másculo não é necessariamente um ideal feminino - é principalmente um ideal masculino. Vide que Clark Kent e Bruce Wayne estrearam em HQs voltadas para o público masculino, e desde sempre foram considerados ícones masculinos. Quando consideramos a história das HQs, vemos que ser um homem forte e atlético diz mais sobre representar a visão do macho alfa que considerar o olhar feminino. Superman está na mesma categoria que Jeremiah Johnson ou Daniel Boone - uma figura que represente o homem ideal filho (pretenso) do solo norte-americano. Logo, os heróis masculinos são fortões porque são uma inspiração para os próprios homens. Isso é normal, vide que muitos fisiculturistas se espelham uns nos outros e nem por isso há algo de erótico - mas há algo de representação da autoridade do gênero.

Agora, como é que fica para as mulheres que leem HQs e que não se enxergam ali ou enxergam uma visão distorcida da "mulher ideal"? É isso que está sendo criticado - a mulher na HQ como apenas um recurso pra fapar, não pra realizar algo de relevante à trama - vide que as feministas não têm nada contra Sonja, Druuna, etc., justamente porque o pacto narrativo de desenhistas e autores como Pratt, Manara, Howard, envolve o uso da sensualidade e sexualidade femininas. O objetivo deles é claro. Contudo, como estamos de HQs com um público amplo - e pra um mercado maciçamente masculino e jovem -, é preciso, sim, questionar a forma como é passada a impressão que o leitor tem de uma "mulher ideal".

Mas você não respondeu, Thiago: você compraria a revista com o Clark Kent de cueca na capa? Por que o uso de um chamariz como esse? Pode parecer besta, mas como a Arte é uma representação de um momento histórico - à despeito do fantástico -, a forma como um gênero é vista é algo a ser pensado e discutido.

ThiagoSalt ThiagoSalt (13/12/2012 15:22:48)   1627 0
Bruce,

Compraria uma revista que tivesse o superman na capa, de uniforme.

Se ele estivesse de cueca não compraria pq sou hetero e não gosto de homens nus, mas acho que essa discussão proposta pelo autor dessas artes não tem nada a ver, ja que como tu disse é voltado para um publico masculino.

Mas a mulher maravilha por exemplo:
Se veste perfeitamente para os farpadores farparem, mas conheço muitas garotas que se espelham nela como ideal feminino e feminista, e conheço garotas que gostam de quadrinhos somente pq acham o super, o thor, o aranha uns brotos...


Mas enfim, acho que tem coisa muito mais util pra discutirmos no assunto quadrinhos...


Ok?


Abrasss velho...

sem avatar Bruce (13/12/2012 17:16:52)   141 0
@ThiagoSalt

"Se ele estivesse de cueca não compraria pq sou hetero e não gosto de homens nus, mas acho que essa discussão proposta pelo autor dessas artes não tem nada a ver, ja que como tu disse é voltado para um publico masculino."

Errou, pois as HQs há muito deixaram de ser objeto de leitura apenas dos homens. Contudo, a representação máscula deles nas HQs tampouco foi criada com o intuito de atrair a mulherada, mas antes pra ressaltar o que um homem de verdade deve ser - subconscientemente, digo. É assim que funcionam as séries de TV e filmes de ação - o que se espera de um homem de verdade.

"Mas a mulher maravilha por exemplo:
Se veste perfeitamente para os farpadores farparem, mas conheço muitas garotas que se espelham nela como ideal feminino e feminista, e conheço garotas que gostam de quadrinhos somente pq acham o super, o thor, o aranha uns brotos..."

O modelito dela foi mudado com o tempo, viu? Mas qual é a origem dela? Que papel ela desempenha nas tramas? Antigamente, ela era mais ativa como heroína - hoje ela anda mais pra sidekick. Ou seja: não se espera de uma mulher que ela salve o mundo. Na década de 1970, por exemplo, recriaram a história dela (MYTHOS) mas focaram muito no olhar masculino. Ela foi criada como uma mulher de ação, alguém em quem se inspirar. E ninguém está reclamando de fapar com personagens assim, mas as HQs as retratam de uma forma que elas só sirvam pra isso - pra fapar, e não pra se espelhar.

"Mas enfim, acho que tem coisa muito mais util pra discutirmos no assunto quadrinhos..."

Tudo é discutível. E pode ter certeza: esse é um assunto muito relevante, mas daí depende da disposição do camarada em querer discutir.

Um abraço.


Vini Vini (12/12/2012 09:30:46)   134 0
Se fossem todas assim, eu até leria huahuah

Não tenho nada contra as poses femininas forças, isso é uma boa marca do anos 90 em que tudo se resumia a pose, o problema é que muita gente nem respeita a anatomia mais, Lifeld e seus seeguidores, ae a coisa sai de forçada e fica simplesmente errada.




Remdiel Remdiel (12/12/2012 09:22:06)   666 3
Eu racho é de rir da galera "se revoltando" com esse hawkeye initiative kkkkk...

No dos outros é refresco, né marmanjo?! hoaihaoiahioaha...

Tá certo, tá certo... Ah, quer saber, é muito é válido, deve ser um SACO ter 99% das representantes do gênero da pessoa numa mídia servirem exclusivamente como fan-service, e os outros 1% terem uma desculpa esfarrapada prá estarem alí enquanto servem de fan-service.



Letícia Letícia (12/12/2012 08:49:01)   123 0
Que merda



Publicidade
Débora Débora (12/12/2012 08:15:01)   1525 3
O problema é que essas cenas não são sensuais,são caricatas e vulgares.A ideia não é nova,mas não acho que a quadrinista quis bancar a feminazi,só quis mostrar o quanto esse exagero fica chato.Se tem tanta gente colaborando,é sinal de que ela não é a única a pensar assim.Eu não entendo o porquê dessa necessidade de retorcer as personagens em poses esdrúxulas.As capas do Manara,estas sim,são sensuais e delicadas.Custa fazer um desenho mais natural e bacana?


Alexandre Alexandre (12/12/2012 11:39:45)   106 0
É isso aí.
E as roupas que se rasgam estrategicamente em lugares sensuais?
É vulgar e mal desenhado.
É apelativo.
É machista.
Se alguém discorda, então pensa como seria bom para um machinho de plantão ver o Hulk sem calça...

Débora Débora (12/12/2012 12:11:37)   1525 2
Pois,é.E se a gente reclama da roupa rasgada justamente no fiofó da personagem o povo diz que a gente é chata,feminista mal amada.É duro,viu!


Zé (12/12/2012 06:02:57)   2481 0
Eu já sabia que ia ter alguma "arte" do Greg Land na galeria.


Emissário Emissário (12/12/2012 08:27:02)   764 1
Eu já imaginava que iria ter do lixofield. kkkkkk.




sem avatar Rodolfo (12/12/2012 02:33:30)   -4 0
Super Heroi do sexo masculino anda sem camisa e mostrando os músculos a toda hora.

Alguma pessoa fica excitada com isso?


Débora Débora (12/12/2012 07:55:19)   1525 -1
#ASMINAPIRA!!

Vini Vini (12/12/2012 09:27:23)   134 0
Oh Yes!!

sem avatar Bruce (12/12/2012 09:53:41)   141 0
Uma boa forma de explicar qual é o problema com tal representação feminina nos quadrinhos:

http://www.shortpacked.com/comics/2011-12-02-sexy.png

Aline Aline (12/12/2012 14:25:59)   427 0
Super herói sem camisa? Não mesmo no meu caso. É só um desenho. E essa tira do sexy, postada pelo Bruce é a mais pura verdade.



Omeletop : quadrinhos

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.