Assista Agora

Melancolia | Crítica

Nada é sagrado para Lars Von Trier, com a exceção do sofrimento

Marcelo Hessel
04 de Agosto de 2011

Melancolia

Melancolia

Melancholia
Dinamarca / Suécia / França / Alemanha , 2011 - 136 minutos
Drama / Ficção científica

Direção:
Lars Von Trier

Roteiro:
Lars Von Trier

Elenco:
Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg, Alexander Skarsgaard, John Hurt, Stellan Skarsgaard, Kiefer Sutherland, Charlotte Rampling

Bom
melancolia
melancolia
melancolia
melancolia

Por algum alinhamento dos astros, a competição do Festival de Cannes deste ano teve dois filmes que colocam dramas humanos sob a perspectiva do cosmos, A Árvore da Vida e Melancolia (Melancholia). Filmes que têm a mesma disposição de combinar a sinfonia dos planetas - a dramaticidade da música clássica com efeitos visuais que logo remetem a 2001 - com as dores das coisas mundanas.

São dois filmes, porém, com fins opostos. A Árvore da Vida nos coloca nessa perspectiva grandiloquente para sacralizar a existência. Já para Lars Von Trier, como é de esperar, nada é sagrado - com exceção do sofrimento.

O filme-catástrofe narra o fim do mundo em duas partes, ao som de Richard Wagner. Na primeira, acompanhamos o casamento de Justine (Kirsten Dunst), organizado com zelo por sua irmã, Claire (Charlotte Gainsbourg). Na segunda, ambientada nas semanas que sucedem a festa, já é possível notar no céu a aproximação do planeta Melancolia, que passou séculos "escondido" atrás do Sol e agora se aproxima ameaçadoramente da Terra.

Dunst levou o prêmio de melhor atriz em Cannes pela sua atuação, mas é a segunda parte de Melancolia, dedicada à personagem de Charlotte, que traz uma sensibilidade renovada à já previsível misantropia de Von Trier.

Na primeira parte, temos um cenário que lembraria Festa de Família, com sua lavagem coletiva de roupa suja, mas a encenação do dinamarquês está mais próxima do humor negro e da criação fake de situações de O Grande Chefe. O cinismo fica pontuado nos diálogos - já sabemos da catástrofe iminente, e o texto não nos deixa perder a escala ("o wedding planner mais caro do mundo", "o homem mais sortudo do mundo") - mas o tom farsesco dos encontros de Justine com seus convidados (especialmente a subtrama do slogan publicitário) tira dessas situações sua gravidade.

Von Trier parece organizar as cenas da primeira parte não por seu peso dramático, mas por seu potencial de constrangimento. Quando todos se despedem e temos, na segunda parte, a atenção voltada apenas para as irmãs e para o astrônomo John (Kiefer Sutherland) - casado com Claire e cunhado da noiva - o filme fica mais focado e se torna, enfim, melancólico de fato.

As ironias ainda estão lá ("temos que confiar nos cientistas"), mas agora têm uma função dramática. A segunda parte se organiza de forma pendular com Claire ora antevendo a destruição (quando se aproxima da depressiva Justine) ora acreditando na salvação (quando cai para o lado do marido "que estuda coisas"). A câmera na mão de Von Trier, que antes procurava por close-ups cômicos, agora se atenta aos detalhes do paternalismo do marido, a forma como John toca e lida com Claire para confortá-la.

Há mais honestidade, crê Von Trier, na forma como Justine esculacha sua irmã com frases de efeito ("o mundo é mau, ninguém vai sentir a falta dele") do que na complacência "científica" de John. Não se esperaria outra coisa de um pessimista espetaculoso como o roteirista e diretor, é claro, mas Charlotte Gainsbourg se entrega a esse jogo de um jeito insuspeito, e seguimos com ela.

É notório o processo de depressão que o dinamaquês atravessou enquanto filmava Anticristo, e Melancolia foi desenvolvido, em boa parte, para que ele lidasse com essa depressão - pela qual Kirsten Dunst também passara. Fazem os dois, aqui, uma sessão fúnebre de terapia, que abraça a derrota porque a entende, mas Melancolia não é só fatalismo. Embora tenha começado como circo em família, aos poucos torna-se um justo retrato de uma irmandade - irmãs que Von Trier respeita porque são unidas pela dor.

Melancolia | Assista a cenas
Melancolia | Cinemas e horários



Vídeos relacionados

Comentários (81)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

sem avatar Victor (10/06/2014 04:40:09)   0 0
Péssimo. Joguei a expectativa lá no alto depois de ler a sinopse e ver o elenco. Dizer que foi decepcionante é pouco.
Melancolia é um filme que teve a intenção de passar um monte de mensagens e acabou se esquecendo de uma coisa muito importante: cativar o público. Não consegui entrar na mente de nenhuma das personagens, mesmo com ótimo elenco e boas atuações.
Ao tentar passar as "mensagens" no filme, foram criadas várias cenas completamente irrelevantes e algumas até deixaram pontas soltas.
Filme horrível. Assisti esperando melancolia e só recebi tédio por um bom tempo. Depois o tédio virou frustração e por fim, raiva. Duas horas da minha vida completamente desperdiçadas.
Pra completar, vou repetir o que alguém já comentou por aí: "Na primeira hora você tem vontade de cortar os pulsos. Na segunda hora você se arrepende por não ter os cortado".



Leo_Kent Leo_Kent (25/12/2013 14:29:47)   30 0
Achei o filme interessante. Literalmente melancólico do início ao fim. O interessante foi que conseguiu prender minha atenção durante o filme todo. Teve um visual interessante, a musica também.



sem avatar Edemundo (18/08/2013 23:57:32)   8 0
Olha eu daria 2 ovos pra esse filme, eta filme chato.

Eu gosto de filme parado só que esse filme passou dos limites, não tem nada de ação....Super, super inferior a filmes do mesmo genero, não ouse comparar esse filme com 2001 ou mesmo Arvore da Vida. Esses filmes apesar de serem parados tem um pouco de movimentação como os dinossauros em Arvore do Vida e a inesquecível IA de 2001 .

Mas acontece não é só isso de ruim no filme, não sei se não entendi a mensagem que o filme queria passar ou se ele deixou muitas coisas sem explicação mesmo, tipo pq não dava pra sair da fazenda, como e pq Justine simplesmente "sabia das coisas" ( achei essa explicação a coisa mais ridícula do filme, Justine é oq??? um Et sabido???). E ainda por cima não consegui me identificar com a personagem, que vontade de dar um tapa na cara Justine e fazer a vadia acordar.

Olha não sei se perdi alguma coisa do filme e fiquei encafifado com essas duvidas na cabeça, mas na moral que filme chato!!! Oque se salva no filme são as cenas da colisão do planeta no começo e no fim do filme, além do belo elenco claro. Bom como disse antes 2 ovos talvez 2,5 ovos. 3 nem ferrando...




G. brucew G. brucew (30/07/2013 21:16:00)   1478 0
uma das melhores críticas do Hessel, até melhorou o filme...



Vinicius Vinicius (24/09/2012 15:06:34)   21 0
Eu achei um filme lento. Vi pois me disseram ser genial e tudo mais. Até me prendeu o início, em que aparecem os conflitos familiares e tudo mais. Mas não sou um cara de muita paciência, ainda mais para segunda parte, prefiro resoluções mais rápidas. Acho que não gostei também por não me identificar com os personagens. Enfim, não consegui entrar no clima da obra. Boa sorte pra quem encarar as duas horas, eu acabei perdendo as minha. Lamentável.



Carlos Carlos (22/09/2012 02:19:27)   1821 0
Angustiante, essa seria a definição perfeita para o filme.
Muito bem filmado, com uma estética e trilha ótimas... A melancolia realmente predomina desde o início do filme.
A Kirsten Dunst mandou muito bem na atuação, mas Charlotte Gainsbourg foi muito melhor em cena.
Bem dirigido, pesado e deprimente... Um bom filme.



sem avatar Fernando Morais (19/06/2012 00:04:41)   7 0
O filme é excelente,e tenho que dizer quem nao gostou é porque realmente nao entendeu ou é do gosto de cada um, tipo tem pessoas que so curtem filmes movimentados,filmes parados nao sao com elas, quando baixo um filme pra ver com minha mulher por exemplo sei que devo procurar filmes que nao sao parados, nem tentei ver Melancolia com ela porque sei que ela iria reclamar que o filme é parado e talz deve ser a opiniao da maioria que rejeitou o filme, eu curto Lars Von Trier, vi Anticristo e curti a fotografia e o jeito dele conduzir o filme, e confesso que vi quis ver Melancolia pelo tema fim do mundo que me agrada demais, ao fim do filme nao via a hora de ver como ele mostraria a catastrofe ou simplesmente terminaria o filme em mostra a destruiçao, fiquei satisfeito com o final alem de ter fico com o filme todo



Raul Raul (14/03/2012 22:26:27)   1069 2
Filme chato pra caralho! O que pra mim não significa ser ruim. Longe disso. Agora, o cara tem que assistir com atenção e BASTANTE paciência, pois realmente não é fácil de se gostar. Eu gostei, mas pelos comentários da pra ver que MUITOS não. Não conheço a fundo o trabalho de Lars Von Trier, e por um bom tempo continuarei sem conhecer.


sem avatar Olive (30/04/2012 03:53:16)   -252 0
Dogville é melhor.

sem avatar Edemundo (19/08/2013 00:02:02)   8 0
Concordo cara, nossa que filme chato e sim Dogville é melhor, mas sei lá não gosto muito dos filmes de Lars Von Trier... Sem falar que ocara é um otario em entrevistas...


Caio Caio (23/01/2012 11:20:00)   51 0
Perturbador.



sem avatar (12/01/2012 04:55:33)   0 0
Td bem que pode ser que eu não tenha conseguido entender a genialidade do diretor, afinal um cara que é capaz de entender as motivações do Hitler deve mesmo ser extremamente inteligente, mas achei chato. Entendo perfeitamente o contexto, os subtextos, os elementos estéticos usados, a fotografia realmente é muito bonita, mas só. Achei o filme chato e muito chato. Agora se a intenção do diretor era remeter ao sentimento " MELANCOLIA" da certo,pq da uma tristeza na gente assistir, não só pela mensagem ser super deprimente mas pq o filme é monótono.Se o expectador estiver levamente triste corre o risco de sair do cinema e cortar os pulsos.. rs


sem avatar Olive (30/04/2012 03:53:53)   -252 0
Ele só foi irônico com a história do Hitler.


Publicidade
fabio fabio (04/12/2011 16:57:57)   17 -1
vi o filme hoje,e a única coisa legal no filme é o visual porque ele é exatamente o que diz o titulo; melancólico.
imagine um filme de mais de 2 horas onde nada acontece,até o final do filme é chato.



sem avatar ivana kelly de lima (15/11/2011 18:19:02)   1 -1
Pior filme que tentei assitir este ano porque para mim foi impossivel continuar depois dos 20 minutos em que nada acontece, tem que ter saco e muita paciência, eu daria meio ovo...kkkk



marcilio marcilio (08/11/2011 02:16:22)   -2 -1
Achei o contrário do hassel, achei o Arvore da Vida bom e o Melancolia ótimo...

Acho que como você vê sua sua pode influenciar e achar eu ou o outro melhor

E você qual dos dos filmes achou melhor?



CalRaiden CalRaiden (07/11/2011 19:23:08)   31 0
na 1º hora voce pensa em cortar os pulsos, na 2º hora se lamenta de não ter cortado eles.



sem avatar bruno (23/10/2011 11:06:02)   0 0
é engraçado um boçal como vc dando nota para lars von trier. vc simplesmente nao ve conexao alguma entre as duas partes do filme e isso é comico, pq conta a historia do filme como uma redaçao de quinta serie: vem isso depois vem aquilo e depois vem aquilo outro. colega ou vc vai estudar e adquirir um pouco de cultura universal ou va fazer uma outra coisa da sua vida "pendular" abraço


sem avatar Gustavo (03/11/2011 00:58:49)   -2 0
Cinco ovos pra você, Bruno!


Cthulhu Cthulhu (05/10/2011 09:33:28)   21 0
Considero o Hessel o melhor critico do Omelete mas nao gostei, especificamente, DESTA crtica. Nao sei se ele estava com preguica de escrever ou se simplismente nao captou todo o simbolismo que o filme possui.

Abraco.

Em tempo, gostei mais de "Melancholia" do que de "A Arvore da Vida" que tambem eh um filme excelente.

http://bugslifebr.blogspot.com/



sem avatar Ricardo (04/10/2011 22:43:20)   1 2
Impressionante a capacidade do Hessel em escrever, escrever e não dizer NADA.
Você não consegue dizer por que ele gostou ou não gostou do filme... :/



sem avatar Fernando (19/09/2011 22:17:12)   -8 0
Gostei bastante do que vi, é um filme complexo, mas interessante de se ver e nos faz pensar que papel teríamos no longa. Recomendo e falei mais sobre ele no blog: http://temumcoelhonocinema.blogspot.com/2011/09/melancolia.html



sem avatar Evandro (17/09/2011 23:28:16)   -4 2
É melancólico ver que o omelete assinalou apenas três ovos, só bom ? É excelente!!!



sem avatar Evandro (17/09/2011 23:07:20)   -4 2
Um dos melhores filmes do ano de longe e talvez da década, belo, poético e sim, sofrido, bem sofrido! O filme não fala só de dor, mas também de máscaras e de "redenção". Quanto a ponte que não se cruza (simbologia), penso que possa ser um obstáculo da qual muitas pessoas tenham medo de encarar, como por exemplo o de ver o mundo e as pessoas de um modo diferente (lembrem-se que aldeia fica do outro lado), menos alheio e sem o olhar petrificado de dogmas(religião), mais racional e justo consigo mesmo. O final do filme é arrebatador, uma verdadeira experiência. Filmão!!!



Publicidade
Demetrius Demetrius (11/09/2011 21:47:23)   24 0
O filme é bom mas não é excepcional.

Só não entendi a questão da ponte, que nem Justine nem Clarie conseguem passar. Vai ver não é nada.

Outra coisa. Esse filme me lembrou muito Douglas Adams, especialmente no ultimo livro da saga do mochileiro, bem melancólico por sinal.


ARS ARS (13/09/2011 21:46:54)   58 -1
É verdade, Demetrius, não ficou explicado isso. Os cavalos se recusaram a cruzar a ponte.
Outra coisa que não ficou explicado é o agito dos cavalos que de repente cessou. Fica difícil acreditar que foi por causa da simples presença do John.

Demetrius Demetrius (17/09/2011 02:52:05)   24 0
Os cavalos não passam pela ponte e além disso o carro de golfe morre no mesmo local. Me pareceu algo do tipo "Os Outros" como se já estivessem mortos e aquele fosse o limite do limbo. Mas essa é a explicação cliche pra qualquer coisa que a gente não entende. rssss.

A questão dos cavalos, não sei se seria por causa do John, mas talvez porque o planeta já estava tão próximo que eles "entenderam" que não tinha mais nada a se fazer, desistiram de lutar e se entregaram, como o dono. Foi isso que entendi.

sem avatar Evandro (17/09/2011 23:31:18)   -4 0
Lembre-se do nome do cavalo, qual era mesmo? O nome vai remetê-lo a resposta.

Demetrius Demetrius (24/09/2011 02:59:00)   24 2
@Evandro

Não consigo lembrar o nome do cavalo de jeito nenhum. Até procurei na internet pra todo lado. Não achei nada. Mas acabei tropeçando no site oficial do filme que é um show a parte. Vai o link pra quem se interessar. http://www.melancholiathemovie.com


ARS ARS (11/09/2011 20:35:40)   58 1
A Kirsten Dunst está ótima.
E Charlotte Gainsbourg, mostra porque tem sido a preferidinha do Lars.

Hessel, o filme não fica melancólico de fato na segunda parte...desde a primeira parte ele já é melancólico, quando está focando na noiva.



sem avatar Brenner (19/08/2011 06:15:55)   3 3
Achei muito bom o filme! O final é literalmente de arrepiar!

~ SPOILER ~

As personagens no final do filme nos mostram um retrato curioso de como seriam as reações no momento do fim do mundo:

O desespero. O suicídio de John.
A fé. Marcada pelos olhos fechados do garoto dentro da cabana.
A indiferença. Pois o mundo é mau de fato, sendo assim, ninguém vai sentir falta dele.
O medo. Marcado pelo choro e angústias de Claire.
A união. O padrinho falta ao trabalho para poder ficar com a família e todos da cabana permanecem de mãos dadas no apocalipse.



Leo_Kent Leo_Kent (25/12/2013 14:40:37)   30 0
Também achei o final e arrepiar, na verdade o filme todo faz pensar. Mas o final, ainda estou com ele na cabeça e vi o filme ontem. Achei o simbolismo do filme fácil de interpretar. Filme muito bom.


@alexeyhonorio @alexeyhonorio (11/08/2011 07:39:35)   21 1
Alerta: pequeno spoiler abaixo!






Sobre a cena nua da Justine, eu vi desta forma: tomando um banho de Melancolia e se renovando.


sem avatar Evandro (17/09/2011 23:41:29)   -4 1
ou talvez uma declaração explícita de amor à melancolia! rs rs rs rs rs!


@alexeyhonorio @alexeyhonorio (11/08/2011 07:34:36)   21 0
Fui assistir Melancolia ontem à noite e olha...um dos melhores filmes que já vi na vida. Lars Von Trier acertou a mão. Filme lindíssimo.

A Charlotte Gainsbourg está genuinamente convincente, uma linda atriz, de uma beleza diferente, que consegue passar todo o drama que a situação exige.

Imagens lindíssimas casando muito bem com a música.

5 ovos! o/


sem avatar Evandro (17/09/2011 23:17:53)   -4 0
Concordo plenamente! Até para quem não entender muito do filme, deixando apenas se levar pela música e as cenas maravilhosas, já vale pelo filme e pela experiência.


Nilsinho Nilsinho (11/08/2011 01:55:42)   7 -1
Boas atuações de Kirsten Dunst e Charlotte Gainsbourg... e só! Lars Von Trier é um filho da puta e o filme não tem nada de mais, a maioria que fala de Lars ai abaixo, devem ser fã ou coisa do tipo.



sem avatar Isadora (08/08/2011 18:04:25)   52 0
A premissa desse filme é boa, mas como é algo que saiu da mente do Lars Von Triers, já estou imaginando diálogos enfadonhos e cenas que não levam a lugar nenhum.



Rafael Rafael (06/08/2011 22:11:42)   29 0
O Oscar de melhor filme pra 2012 vai para Lars ( ainda não vi a árvore da vida) mas Melancolia me surpreendeu. Foi o primeiro filme onde eu morri no cinema! Fantástico.

PS: alguém me explica o numero 19 por
favor!?

PS: merecia mais ovos! X(



sem avatar Fernando (06/08/2011 09:15:12)   171 0
vixe... nada como não entender um filme... Terrence não tentou exaltar a existência com as cenas cósmicas e músicas clássicas. Isso ele fez ressaltando a relação entre os irmãos... Aquelas cenas demonstram a "ordem" com a qual todos os fatores da existência caminham de for indelével em direção ao caos... A música clássica e as nebulosas estão lá justamente para demonstrar isso, criar contrapontos entre duas coisas lindas, uma que agrada e outra que pode te matar...



Gene Gene (06/08/2011 01:25:47)   778 0
Vi o filme hoje e aconselho; vale cada centavo do ingresso.



Publicidade
DR. Zaius, ministro da ciência e defensor da fé! DR. Zaius, ministro da ... (05/08/2011 22:16:11)   1030 0
Alguém dê prozac para esse cara e o convide para a night...



Gustavo Gustavo (05/08/2011 14:55:13)   652 0
O pior de tudo é saber que os administradores dos cinemas aqui do interior acreditam piamente que só existem crianças por aqui, que o interior do estado é a própria Neverland (sem o Michael Jackson, diga-se de passagem).
Me interessa ver este filme, mas quais são minhas opções? Ou vou pra São Paulo ou vou pra pirataria na net. Não me agrada ver filmes feitos clandestinamente nos cinemas, as qualidades de imagem e som são péssimas.
Seria demais pedir um pouco de diversidade?

Desculpem o desabafo.

Inté.

P.S. só pra não perder a piada, outro dia alguém dizer que o Von Trier havia sido expulso de Cannes após afirmar que tinha entendido o final de Lost.
hehehe



Daniel Daniel (05/08/2011 13:12:28)   57 0
Na minha opinião, os quatro melhores diretores de cinema do mundo, atualmente:

Lars Von Trier
Abbas Kiarostami
Michael Haneke
Paul Thomas Anderson

Não necessariamente nessa ordem, claro. Mas do ponto de vista narrativo/estético, considero estes os mais geniais. São os Bergmans e Kurosawas da nossa época.

Aliás, to louco pra ver esse Melancolia!



sem avatar edu (04/08/2011 23:36:08)   3 -1
Hj o blablabla foi profundoo...



Massayuki Massayuki (04/08/2011 22:10:13)   184 1
Quero ver esse filme só por causa da Charlotte Gainsbourg. Amo as músicas dela e sou fã do pai.



luiz luiz (04/08/2011 20:55:38)   0 0
Gostei do filme, mas é um "filme menor" se comparado aos outros do Trier...

Vale notar também q essa é uma "crítica menor" se comparada a outras muito mais bem fundadas que o Hessel já fez

As vezes tenho a impressão que o Hessel deu uma lida em Vogler e saiu encaixando os elementos do filme na teoria...



luiz luiz (04/08/2011 21:01:18)   0 1
Desculpa ae se pareci meio rude
:P

sem avatar Paulo (13/08/2011 00:03:53)   0 2
Concordo em parte com o comentário do Luiz sobre ser um "filme menor" se comparado aos outros do Trier. Mas, como filme menor esta entre aspas já se nota a ressalva.

Dos quatro filmes de Trier que assisti, esse foi o que menos gostei, apesar de não ser um filme ruim: a fotografia, os efeitos, o slow-motion, a musica clássica; são lindos.
Entretanto, fiquei interessado em ler a critica, por ver pessoas que saiam do filme sem entender e, para comparar minha visão com a de outros.

Qual a minha visão do filme?
Gostei do filme, pois, acredito que ele consegui um das coisas para a qual se propõe: transmitir melancolia, nos deixar tristes durante todo o filme.

Para mim, as mensagens principais no filme são: 1. A FELICIDADE É INADEQUADA, o único momento feliz do filme é quando os noivos estão em um carro branco (metáfora da felicidade) que não pode passar pelo mundo estreito no qual vivem;

2. As RELACõEs HUMANAs NOs CONDUZEM A INFELICIDADE,são os pais que transferem a infelicidade do seu casamento para o dos filhos, como se não houvesse possibilidade de casamento feliz, é o cunhado que a "obriga" a noiva a ser feliz, só por ter gasto muito dinheiro no casamento, é o chefe que só se importa com sua empresa, sua campanha publicitaria, a mãe rabugenta que distribui groseira, o pai que nao escuta os apelos da filha por dialogo e atenção, a noiva que abandona o noivo, enfim, todos são egoístas, a terra é má;

3. É NECEssARIO UMA CATAsTROFE PARA NOs FAZER ACREDITAR NOs sONHOs E sE UNIR As OUTRAs PEssOAs? No filme foi, apesar do cunhado da noiva escolher a fuga, é só a catástrofe que conduz os personagens a união: seja no caso do mordomo que nunca faltou ao trabalho, mas nesse dia decide ficar com sua família; ou das irmas e da criança, que só se unem de verdade na "cabana dos sonhos" e instantes antes do fim.

sem avatar (12/01/2012 05:15:49)   0 0
Acho que os subtextos e as metaforas do filme ( ou seja o que vc entende do filme) acabam sendo muito melhores que o filme em si. Achei chato, monótono e cansativo. Mas de qualquer maneira o diretor alcança o objetivo com certeza, da uma tristeza depois de assistir.. rsrs .


May May (04/08/2011 19:51:13)   568 1
Poético apocalipse.



Pedro Pedro (04/08/2011 19:30:33)   8 3
Não acho que Von Trier queira apelar criando polêmicas desnecessárias em seus filmes e muito menos que anticristo seja uma "putaria desenfreada", é certo que muitos não gostam dos seus filmes, por não entendê-los ou por não aguentarem a atmosfera ácido-violenta de seu cinema..
Há muito Von Trier provou ser um diretor competente que não se resume em polêmica como alguns vem tentando provar. Ainda não assisti Melancolia pois o filme não tem data prevista de estréia em Fortaleza, mesmo assim aguardo ansiosamente.

Observação: A composição artística de Dogville e Manderlay é muito mais que um artifício estranho, é uma forma eficiente de mostrar o ponto de vista do diretor a respeito da nação americana, afinal, não é preciso ir aos EUA para conhecer os EUA.


sem avatar Jack Júnior Júnior (05/08/2011 00:45:47)   -203 -1
Se não gostou, é porque não entendeu...mimimimimimimi...final de Lost...mimimimim

Eu não gosto dos filmes desse cara por um só motivo: os acho umas bostas.

sem avatar (12/01/2012 05:03:57)   0 0
Não assisti aos outros filmes desse diretor, mas não acho que as pessoas não gostam por não entenderem, Melancolia por ex, que foi o que eu assisti, entendi perfeitamente. Os artificios, inclusive estéticos usados no filme, os contextos e subtextos, bastante óbvios para um filme de título "MELANCOLIA" inclusive. Mesmo pq definição é "didáticamente" mostrada no filme repetidas vezes, se vc não entender os desenhos que a personagem espalha pela biblioteca, certamente entende a definição que a outra personagem acha on line(rsrs).Ainda assim o filme é monótono, cansativo e sonolento. Chatinho ... eu achei.


sem avatar Paulo (04/08/2011 19:04:03)   323 2
Eu estou curioso para ver esse filme, mas, Von Trier tem problemas sérios com mulheres. Todo filme, ou ao menos a maior parte deles, (Dançando No Escuro, Dogville e Manderlay) contem alguma cena de violência seja física ou sexual com alguma personagem, parece paranoia do cara. Vou ver de qualquer maneira, mas, com minhas desconfianças, e o Dogma 95 é uma tremenda brincadeira...


Marlos Marlos (04/08/2011 19:18:33)   457 1
Acho o dogma 95 um exagero, nem mesmo dogville segue fielmente ele, mas Melancolia não segue o dogma 95 como as fotos mostram claramente.


Ricardo I Ricardo I (04/08/2011 18:54:53)   -634 -2
O Trier sempre foi um pouco picareta, sua tática é apelar pra alguma polêmica (como a putaria desenfreada no Anticristo) ou algum artifício estranho (como o cenário no Dogville e Manderlay). Esse Melancolia, se fosse feito por algum diretor desconhecido, nem passaria nos cinemas. Por mim são duas estrelas.


Carlos Carlos (04/08/2011 19:00:17)   205 1
Lars von Trier machucou você?

Marlos Marlos (04/08/2011 19:20:16)   457 0
Um dos motivos que me levou a adorar Dogville foi justamente os tais ''Artificios estranhos'', acho que se o filme fosse mais ''comum'' ele não seria tão bom quanto o é, acho excelente a utilização do cenário em dogville.


luiz luiz (04/08/2011 21:08:59)   0 0
Melancolia, se fosse feito por um diretor desconhecido, não seria nada parecido com o que é. O ponto forte do filme é sem dúvida nenhuma a direção.
Pode não gostar, mas Trier é um put# diretor.

Hobo Hobo (08/08/2011 01:20:19)   2 0
Não consideraria usar uma polêmica picaretagem.
A base do filme não era o evento.

O que poderia ser, no máximo, considerado "exagero" seria o apelo por meio da música clássica na cena da Justine nua.
E mesmo assim, não foi uma cena totalmente sem sentido, se for relacionada com a cena da discussão da Justine e da Claire sobre a destruição da Terra.

sem avatar Olive (30/04/2012 04:00:51)   -252 0
Pelo menos não tá apelando para a tradicional burrice do público.


Publicidade
Matheus Albano Matheus Albano (04/08/2011 17:27:32)   133 0
Defendo o Von Trier desde que eu vi Dogville. Não posso negar a baixa qualidade de Anticristo mas ainda acho ele um ótimo diretor para filmes dramáticos e Melancolia parece bem interessante. Pretendo assistir.



Joel Schumacher Joel Schumacher (04/08/2011 17:25:58)   444 1
Pra vocês que gostam de polêmica com os ovos.
3 OVOS É BOM!!!


Gabriel Gabriel (04/08/2011 17:45:37)   43 5
EU odeio quando eles fazem isso. Parece que os leitores são todos retardados a merce de uma pessoa que entende mais. "Viram crianças 3 ovos é BOM"

Igor Igor (05/08/2011 08:22:16)   217 0
Tem gente que nem lê a crítica, olha direto a nota e vai reclamar. É f*da. Agora a polêmica com os ovos só deve aumentar. Hahaha


sem avatar Gabriel (04/08/2011 17:18:25)   121 0
eu já discordo do Hessel. Achei a primeira parte (que mal lida com o planeta) infinitamente mais competente.



Spider-girl Spider-girl (04/08/2011 16:50:47)   104 0
Este parece ser um filme interessante. vou conferir.



sem avatar Gabriel (04/08/2011 16:48:04)   121 0
curti a nova definição dos ovos.

e sobre Melancolia, assisti e achei OK. Von Trier já fez melhor, mas também já fez pior.



Ad Samp Ad Samp (04/08/2011 16:33:47)   181 -1
E a fotografia, direção de arte, efeitos?


Satantango Satantango (04/08/2011 16:51:56)   281 -1
Crie um site pra você brincar de crítico e falar sobre tudo que ninguém está interessado em saber.

Ricardo I Ricardo I (04/08/2011 18:43:44)   -634 4
Eduardo, a crítica é algo subjetivo e pessoal, não existe uma cartilha obrigando a falar de todos os elementos que compõem o filme. Se você se diz cinéfilo ou "amante da sétima arte" (puts, que brega) então vai ver a p-o-r-r-a do filme, construa o seu próprio juízo de valor e não encha o saco de quem fez o review.

Carlos Carlos (04/08/2011 19:03:12)   205 0
Ricardo I, muito bem dito.

Joel Schumacher Joel Schumacher (04/08/2011 19:27:48)   444 1
Deve ser a primeira vez que o Ricardo I faz um comentário sensato.

Rafael Rafael (04/08/2011 20:25:58)   152 2
Sensato? Má educação virou sensatez? As pessoas estão perdendo o bom senso mesmo.

Ser crítico de cinema exige muito mais do que opinião pessoal. É necessário sim destacar os elementos técnicos, pelo menos aqueles que mereçam algum, seja um destaque positivo ou negativo.

Ser crítico exige muito mais do que subjetivismo.. se fosse assim, era só assistir os vídeos do Maurício Saldanha e tava tudo certo.

O Ad Samp fez uma simples pergunta... se não gostaram, porque perdem tempo em responder?? E pior: pra que responder dessa maneira? Não seria melhor trazer algo à discussão em vez de ficar com rispidez?

Mas pior do que a má educação de uns, é ler outros aplaudindo a "sensatez" do mal educado. O mundo tá ficando estranho mesmo...

Hobo Hobo (08/08/2011 01:19:13)   2 0
Concordo com as 3 colocações do Eduardo e também parabenizo o Ad Samp pelo questionamento.

O Hessel não fez uma crítica ruim.
Mas como fechar uma avaliação que é baseada somente no roteiro e teorias sobre a fase do Trier?
É injusto não ter explorado os aspectos técnicos (direção de arte e fotografia foram fantásticas).
Especialmente quando estes são elementos vitais que deram sentido ao título do filme.
Entre uma série de outras coisas, eles definiram a introdução, as divisões e nível dos diálogos.
Infelizmente, parece coisa de quem não assistiu o filme.




Filipe Filipe (04/08/2011 16:17:35)   52 -1
Muito curioso para ver esse filme. Infelizmente, Anticristo foi decepcionante. Espero que o gosto amargo de outrora se desfaça agora com melancolia.




Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.