Assista Agora

Amanhecer Violento | Crítica

Remake do filme de 1984 já nasceu velho

Marcelo Hessel
28 de Fevereiro de 2013

Amanhecer Violento

Amanhecer Violento

Red Dawn
EUA , 2012 - 93 minutos
Guerra

Direção:
Dan Bradley

Roteiro:
Carl Ellsworth, Jeremy Passmore

Elenco:
Chris Hemsworth, Josh Peck, Josh Hutcherson, Adrianne Palicki, Isabel Lucas, Connor Cruise, Edwin Hodge, Will Yun Lee, Jeffrey Dean Morgan, Brett Cullen

Ruim
red dawn
amanhecer violento

Quando o remake de Amanhecer Violento (Red Dawn) foi rodado, em 2009, Chris Hemsworth ainda não era o Thor e Josh Hutcherson continuava o adolescente pré-Jogos Vorazes. O lançamento do filme primeiro atrasou por causa da bancarrota da MGM, depois porque não caia bem colocar os chineses, hoje os principais parceiros internacionais de Hollywood, como vilões da história (na pós-produção os chineses foram transformados em nortecoreanos).

De qualquer forma, Amanhecer Violento sempre estaria deslocado nos anos 2000, porque é um filme com cabeça de velho. O original de 1984 respondia aos anseios belicistas do governo Reagan, mas hoje, por mais que a Coreia do Norte provoque a comunidade mundial, nada parece mais antiquado - pós-Columbine, pós-Aurora - do que achar que crianças armadas são a salvação.

Hemsworth assume o papel que foi de Patrick Swayze no original, Jed, o veterano de guerra e irmão mais velho de Matt (antes Charlie Sheen, agora Josh Peck). Quando a pacata vizinhança de Spokane, perto de Seattle, acorda um belo dia com paraquedistas e tanques nortecoreanos por todo o lado, Jed organiza uma guerrilha para atacar os invasores.

Os milicianos sem barba na cara pegam emprestado o nome do time colegial local de futebol americano, Wolverines, mas se eles se chamassem "The Fast Food Guerrilla" daria na mesma, porque Amanhecer Violento reza sob a cartilha do consumo - esse que era o último bastião do orgulho americano até a crise financeira, a capacidade de consumir e gastar sem culpa.

Então o filme dirigido por Dan Bradley parece menos uma convocação à coletividade do que uma reafirmação da individualidade, do crédito pessoal. Como diz Jed, identificar a melhor arma (o melhor "produto"), é um dom. Um personagem prova sua primeira garrafa de cerveja e isso soa como uma pequena vitória do capitalismo. E se a indústria de carros está em crise, e a indústria das armas está na mira do governo, por que não colocar uma metralhadora em cima de um carro popular para ver se isso não revigora o mercado?

Peck, péssimo ator, é o canal da mensagem. Faz o quarterback que perde a partida de futebol no começo do filme mas vence a guerra com altos saltos, corridas e piruetas, para fazer valer sua predestinação. Se a minoria latina sofre porque Matt é egoísta, paciência. Se a minoria negra é largada no meio do caminho, é porque a lógica do consumo é uma deturpação darwinista - o que vale é a vontade da maioria.

Hollywood parece ignorar que as guerras dos EUA hoje, ao redor do mundo, são lutadas por seus negros e latinos, mas enfim... É 2009 e temos aí esse Chris Hemsworth, ele tem tudo para se tornar um grande produto, com seus olhos azuis.

Amanhecer Violento | Cinemas e horários



Comentários (63)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

João Luiz João Luiz (24/04/2013 03:24:05)   3 0
Filme muito bom, cheio de ação.. e gostei da atuação de Josh peck já que n esperava nada dele..


Recomendo Filme Muito bom!



Jefferson José Jefferson José (23/04/2013 14:23:40)   1530 1
Até o original é melhor, mas a ideia dos norte-coreanos invadindo os Estados Unidos é divertido e diferente, já que na maioria das vezes são os EUA que invadem outros países. Merecia uma produção melhor. E o elenco jovem se esforça... só se esforça.

2#5



sem avatar Igor (12/04/2013 16:23:10)   0 0
Não gostei muito do filme,pois tem um roteiro muito apressado,ou seja,a ação acontesse desenfreadamente e que acaba não criando um aprofundamento no psicologico dos personagens.



Heleno Heleno (30/03/2013 22:44:12)   49 0
Desde o Assalto ao Banco Central,que eu não vejo um filme tão mal realizado.O elenco é péssimo,o roteiro é super-apressado,ilógico,a direção é uma das piores que eu já vi.O filme mal começa,personagens são jogados na cara do espectador,sem desenvolvimento algum,mal ficamos habituados com os mesmos,e lá vem a Coréia,feliz da vida,invadir os states,como se fosse a coisa mais simples do mundo.Pior ainda,o governo americano fica passível com a invasão,não retalia,não contra-ataca,cabe a um bando de moleques,sem treinamento ou preparação alguma,esboçar alguma reação.Com poucos minutos,lá estão os fedelhos organizando ataques a bombas,e mandando bala nos norte-coreanos.Os personagens são tão apáticos,que não despertam torcida,simpatia,porcaria nenhuma.O mínimo que se podia esperar seriam umas boas sequências de ação,mas nem isso,é só corre-corre,uma explosão aqui,outra ali,e mais nada.E o final?o que é aquilo,pelo amor de Deus? Ponto positivo? O filme tem menos de 1 hora e 30 de duração,ainda bem.Relapso,incompetência,idiotice e falta de respeito ao pessoal que paga sua entrada no cinema,são as palavras que resumem essa porcaria.Ou então eles acham que somos retardados.


Emanuel Emanuel (21/05/2013 12:35:50)   16 0
Eu ia escrever minha opinião, mas é quase a mesma que a sua. Esse Roteiro é muito ruim de engolir mesmo assim como muitos filmes que estão saindo esse ano.


Anderson Anderson (27/03/2013 00:08:41)   -3 1
Duas palavras para definir os dois filmes de uma unica vez: POBRE/PODRE

Depois alguém joga uma bomba em terreno norte-americano e todo mundo não saberá o porquê! IRÔNICO!

Honestamente, ao assistir a primiera e segunda versão de RED DAWN - Amanecer Violento, me lembra muito a forma como nos tornamos alienados em torno de todas as produções hollywoodianas que tem como o tema a guerra!
Quem não lembra de filmes como Rambo e Bradock? Quem não lembra de como Hollywood tentou nos convencer de que o governo norte americano sempre foi o mocinho enquanto que vietnamitas e soviéticos eram os vilões da história?
Aqueles que foram crianças, assim como eu, na década de 90, consegue lembrar que em muitas brincadeiras de "guerra" ou de "mocinho e bandido" a policia sempre era o americano e o vilão era o vietnamita, e isso nós nunca entendiamos direito, apenas faziamos conforme eramos educados diante da TV. Até nos jogos de guerra, em video games e computadores, sentiamos "orgulho" por sermos "norte-americanos" pelo menos na ficção.

Pois é! O unico sentimento que sinto ao assistir a nova versão de Red Dawn é unicamente INDIGNAÇÃO, porque depois de mais de 30 anos Hollywood ainda acha que pode comover, impressionar e convencer os meros mortais não norte-americanos de que a causa e motivo dos E.U.A para se fazer Guerra com outro país sempre é uma causa justa! E querem saber!? ISSO AINDA FUNCIONA!!! Não importa o quanto nossos livros estejam mais desenvolvidos, não importa o quanto usamos e abusamos do nosso direito de expressão, não importa o quanto as redes sociais são informativas e educativas, ainda vemos os atuais "inimigos" dos norte-americanos como "nossos inimigos".

Vamos aos filmes:
O primeiro, Red Dawn - Amanhecer Violento, de 1984, curiosamente anunciado primeiramente pela tv brasileira como "A Invasão da América", estrelado por nomes que posteriormente irião se tornar muito famosos como C. Thomas Howell, Lea Thompson, Charlie Sheen(em seu primeiro filme) e o casal sensação de Dirty Dancing - Ritmo Quente, Patrick Swayze e Jennifer Grey. O filme mostra a invasão Soviética em cumplicidade com Cuba, na época os principais inimigos dos E.U.A, que tomam uma pequena cidade e fazem dela uma espécie de quartel general, no exato momento em que o governo norte-americano perde vinculo com todos os seus aliados e numa época em que a ONU é extinta, coisa muito dificil de se imaginar na realidade atual.
Existem pontos muito mas muito negativos em torno da história, os quais não se consegue entender no decorrer do filme. Primeiro: o exercito "inimigo" fixa seu dominio na pequena cidade e permanece durante cerca de 5 meses sem o necessário controle em torno dos moradores que foram aprisionados, ou seja, embora tenha uma especie de "campo de concentração" o exercito decide permitir que muitos moradores mantenham sua rotina diária mesmo com os ataques dos rebeldes, NÃO DÁ PRA ENTENDER! Segundo: os rebeldes, denominados de "Wolverines" são adolescentes sem nenhum treinamento militar que aprendem "na marra" como sobreviver naquela situação, tornando-se eximios atiradores num espaço de tempo muito curto. Terceiro: os mesmos rebeldes se escondem na região montanhosa daquela cidade com um amplo espaço verde, entram na cidade na hora que querem e atiram nos soldados inimigos sempre que aparecem e o exercito dominante não toma uma atitude inteligente se quer em torno dessa problemática. Todo mundo sabe, estrategicamente falando, que em uma situação extrema como esta, a primeira atitude do novo governo seria prender todos os civis nos campos de concentração, sem falar em matar os suspeitos, sendo a segunda atitude, devido o poder bélico que a Russia e Cuba sempre tiveram, era bombardear toda região montanhosa, não importando os gastos com armas! Quarto, ultimo e mais absurdo: politicamente falando, é deveras dificil mas muito dificil mesmo pensar que potências, até mesmo como o Brasil, deixassem, sem nenhum protesto, uma das suas ricas fontes de recursos materiais e econômicos afundar violentamente em torno de uma guerra, mesmo com a extinção da ONU. Prova disso foram as inúmeras guerras que a humanidade sofreu, nas quais os paises afetados sempre tiveram aliados que seriam prejudicados se aquela guerra afetasse a economia daquele país. É por esse e outros motivos que, atualmente, seria burrice uma nação declarar guerra contra outra de forma direta e sem medir as consequências. É por esse e outros motivos que os ataques terroristas existem, que é uma forma de enfraquecer a economia e deixar vulnerável a integridade bem como o humanismo daquela nação, ou seja, isso geraria revolta, raiva e aquela nação afetada seria taxada por outras como sendo uma nação impiedosa e agressiva, ironicamente, é como a nação norte-americana é vista hoje.
O pior meus amigos aconteceu! Essa porcaria de filme de 1984 virou clássico! Pasmem!
Não há muito o que se falar do remake. Eu geralmente, diante de uma ficção alienante, aprecio, pelo menos, os efeitos técnicos, neste caso nem isso eu achei divertido. O segundo filme se difere da primeira versão, uma vez que o inimigo é a então tenebrosa Coréia do Norte, a atual ameaça à Segurança Nacional.

Hollywood já mostrou o que acontece quando nações como a Inglaterra, Iraque, Afeganistão, União Soviética, Cuba, Alemanhã, Japão e Vietnan estão em guerra com os E.U.A, ou seja, 99% de suas produções os E.U.A são os mocinhos da história e sempre tentam aparecer como reais vencedores, nunca reconhecendo, ou pelo menos discretamente, a derrota para os vietnamitas na década de 70 por exemplo. Agora vá alguém tentar transparecer o contrário! Lembremos da impressão negativa do governo americano em relação ao filme "A Hora Mais Escura".
Olha... com o que já vimos nestes anos, podemos dizer que ainda bem que o Brasil não é governado por partidos que se dizem comunistas como o Psol e PSTU, porque se isso tivesse acontecido muito provavelmente já teriamos sido taxados de "inimigos" da humanidade.

Uma coisa é certa amigos, muito da história aceitamos e entendemos do jeito errado. Com a consciência e entendimento que temos hoje, podemos evitar que essa alienação chegue até nosso filhos, para fazê-los entender que nem tudo é um mar de rosas, nem todo filme que assistimos explica o certo, assim como nem tudo que assistimos na televisão explica a realidade nua e crua, e sim estou falando da nossa querida nação, a qual nunca teve a coragem de realizar uma produção cinematográfica explicando os reias motivos de guerras, sem o menor fundamento, como a Guerra do Paraguai, nem nunca teve a coragem de explicar o real interesse dos E.U.A em apoiar Ditaduras Militares tanto no Brasil, como na Argentina, Chile e outras partes do mundo que resultou na morte e desaparecimento de muitas pessoas inocentes. Isso nós brasileiros não temos a coragem, muito menos o interesse de mostrar, mas apreciar e defender os filmes que citei acima isso nós fazemos com o maior prazer! Não estou certo?

Não sou comunista, antes que alguém me pergunte. Só não aguento mais assistir tanta baboseira comprometendo o meu tempo. Fazer o que?! Sou um cinéfilo e tenho que assistir para assim criticar e criticar mesmo!


jesuan jesuan (01/05/2013 17:47:45)   14 1
Colega,
o que te leva a escrever um texto tão grande?!
Escreve isso no seu blog cara. Isso aq é so pra comentários e não um texto dissertativo.


O omelete deveria limitar esses textos pra tornar os comentários mais dinamicos. Daqui a pouco estão tomando o espaço dos redatores do site. Fica a dica

sem avatar Cesa (19/02/2014 19:00:18)   0 0
Só falou besteira.
Sugiro ler mais sobre politica e estrategia militar,pois,nunca que a primeira medida de um exercito é o bombardeio desnecessário.

O filme retrata bem o patriotismo americano,coisa que falta e muito aqui no Brasil,o que realmente entendi com você falando foi isso "olha gente,sou cult e anti-americano".

"Hollywood",se tornou anti-americana já a muito tempo.Desprezando seus conceitos e valores,o filme,só foi um remake,mas claro,a mentalidade "politicamente correta",fala nesse momento.

Talvez,se o filme mostra-se uma guerra dos EUA vs Israel,os senhores(da omelete e você)estivessem a soltar fogos.
E claro,o país não é governado por partidos comunistas(da vontade de rir nessa hora)

Serei sincero,você falou besteira(para não xingar)é anti-americano e o tipico clássico cult brasileiro.
Anti-americano,humanista secular,esquerdista e fantasioso.


Menandro Menandro (19/03/2013 11:32:32)   88 0
Esse é mais um remake jogado fora...




Rodrigo Rodrigo (09/03/2013 01:54:04)   5 0
O filme é fraco, mas funciona como passatempo. Achei que a temática que ficou muito adolescente. A ideia do filme (Coréia invadir os EUA) é sensacional, mas poderiam trabalhar melhor em cima e sei lá, colocasse o Rambo lá que ele resolvia kkkkkkkk

Destaque negativo para Josh Peck, ô atorzinho ruim. Muito forçado!

E Hessel, parabéns pelas divagações ideológicas, identificando elementos do American Way of Life. Não tinha reparado mas agora vejo o filme com outros olhos.



sem avatar Fernando (08/03/2013 01:03:24)   0 0
O filme é fraco, a história antiquada e péssimas atuações. Ninguém se salva!



sem avatar Vinícius (05/03/2013 02:58:30)   51 0
Nossa, o que o Hessel fez com a galera? huuhauha Apesar de nem sempre concordar com ele nas críticas cada um tem o direito de achar o que quer. Nesse filme por exemplo, eu concordo com ele.

Sobre o filme, o "Red Dawn" original era datado e esse filme hoje em dia não faz sentido algum, eu vi o filme e senti tudo deslocado. Acho que a coisa mais interessante foi eles terem trocado a nacionalidade dos vilões na pós-produção.



DR. Zaius, ministro da ciência e defensor da fé! DR. Zaius, ministro da ... (05/03/2013 01:00:10)   1030 1
Coréia do norte? Tenha dó...ainda se fosse a Al Qaeda...



Publicidade
sem avatar Pedro (02/03/2013 10:02:34)   33 0
Um ótimo review para se ler na frente da lareira todo agasalhado, bebendo vinho e usando aquela touquinha de crítico cult e intelecutual....rsrsrs......


sem avatar Pedro (02/03/2013 10:03:18)   33 0
*intelectual


sem avatar r (02/03/2013 00:15:56)   0 0
Pior do que o filme só a crítica "socialmente consciente" do senhor Marcelo Hessel. Para o autor da proeza, uma mensagem: obrigado pelos momentos de humor involuntário que me proporcionou, senhor crítico "engajado"!
Seus comentários são dignos do site Vanguarda Popular (procure no Google).
É impressionante.
Nem mesmo o excelente OMELETE escapa da ladainha socialistóide...


sem avatar Thomas (02/03/2013 13:18:02)   1 1
Ihhhhh!!! Mais um paranoico que acha que a Guerra Fria não acabou...Esse filminho está sob medida para histériocos como você!

sem avatar r (08/03/2013 09:00:02)   0 0
Thomas: é evidente que meu comentário parece "histérioco" para você.

Seria surpreendente se não parecesse...:P

sem avatar r (08/03/2013 10:49:47)   0 0
Só mais um detalhe, Thomas: em nenhum momento falei de "guerra fria". Além de desconhecer a realidade política atual, você demonstra profunda incapacidade para interpretar um texto e/ou um contexto.
Outra coisa: a sua ofensa foi gratuita e desnecessária. Argumente (se for capaz).


sem avatar Juan (01/03/2013 20:50:11)   41 0
eu estou fazendo este comentário antes mesmo de ler a crítica do Hessel.
Recentemente eu assisti Red Dawn original na netflix que apesar de interessante de ver atores em inicio de carreira como Patrick Swayze e Charlie Sheen, o filme é simplesmente HORRÍVEL de BIZARRO.
É a caricatura da guerra fria no seu auge!!
É daquele tipo de filme que estes mesmos atores que fizeram Dirty Dancing (Patrick) e Platoon/Wall Street (Charlie Sheen) devem ter feito questão de esquecer que atuaram nele.



Kick Ass Kick Ass (01/03/2013 17:28:05)   -79 -1
O mais incrível disso é o povo levando este filme a sério, uma produção escapista, besta e com um roteiro absurdo. E o sociólogo Hessel, que consegue ver metáforas e simbolismos?? Essa da arma sobre o carro foi uma pérola, nunca li nada tão hilário no Omelete. Cuidado, pessoal, este filme pode causar uma crise diplomática, talvez a terceira guerra mundial. Em termo de polêmica, Argo que se cuide...



Leão Leão (01/03/2013 15:03:12)   158 0
Se o filme mostrasse a invasão da Coréia do Sul pela Coréia do Norte até ficaria calado seria um filme de tensão e drama que poderia levar o mundo a uma 3º Guerra Mundial mais no entanto o filme que abordar uma invasão norte-coreana dentro de território americano sendo que os Estados Unidos é que tem um dos maiores exércitos do mundo um efetivo de : 1 414 000 soldados enquanto a Coréia do Norte tem o sexto maior exército do mundo com um efetivo de 1 082 000 soldados ou seja só um louco invadiria os E.U.A sem ter uma aliança militar com algum país adversário dos Ianques!

O filme só tem um objetivo aumentar ainda mais o patriotismo exacerbado dos americanos,impedir que as leis de vendas de armas de guerra seja proibida e mirar em cima dos países do eixo do mal (como disse George “Diabo” Bush) que são Irã,Coréia do Norte e China e alguns países árabes (vamos tirar o Iraque da jogada que essa já é carta fora do baralho pelo menos por enquanto).




Leão Leão (01/03/2013 14:45:27)   158 0
Nome bonito “Amanhecer Violento” para um filme meia boca a intenção na verdade desse filme para os dias de hoje é simplesmente incentivar a venda de armas dentro dos E.U.A usando como pretexto que os Estados Unidos tem que estar prevenidos de ameaças externas no futuro!



Eva Sald, the Lady Stoneheart Eva Sald, the Lady ... (01/03/2013 13:39:16)   -764 0
Esse Chris é tããão hot, lindo, tesão.
Mas atua mal. =(



nilton nilton (01/03/2013 10:43:02)   -2152 -1
nao acho a trama absurda, ainda depois que gente que vive nas cavernas conseguiu derrubar as duas torres mais importantes do mundo

em 2009 faria mais bonito com certeza pois so os classicos resistem ao teste do tempo o que nao é o caso desse filme e que mais um pouco sera o caso de G.I joe

pelo trailer achei os efeitos fracos, ja que resolveram lançar deveriam ter caprichado mais, mas a impressao é que deixaram assim mesmo esperando que as tietes do thor e do crepusculo das selvas la paguem



sem avatar Carol (01/03/2013 10:25:45)   65 1
Provavelmente assistirei esse filme, para tirar minhas próprias conclusões. Mas vou esperar chegar na locadora (se demorou tudo isso para ser lançado, que são mais alguns meses?).
Mas devo dizer que gostei muito dessa crítica. Acho importante quando os críticos vão além de dizer "tal ator tá bom" ou "a câmera tá blábláblá" e vê a história e o contexto em que o filme se insere. Nesse caso, basta ler "O original de 1984 respondia aos anseios belicistas do governo Reagan, mas hoje, por mais que a Coreia do Norte provoque a comunidade mundial, nada parece mais antiquado - pós-Columbine, pós-Aurora - do que achar que crianças armadas são a salvação".
Ou ainda "Hollywood parece ignorar que as guerras dos EUA hoje, ao redor do mundo, são lutadas por seus negros e latinos, mas enfim..."
Parabéns Hessel por mostrar para que serve um crítica.



Daniel Daniel (01/03/2013 10:17:16)   34 0
O original não era grandes coisas mas era um filme divertido.

Mas o Grito de guerra era maneiro!

WOLVERINES!!!!



Publicidade
Daniel Daniel (01/03/2013 10:15:30)   261 1
O plano de fundo da página do Omelete promovendo o filme parece mais uma divulgação do saldão de DVDs de R$9,99 vendidos nas Lojas Americanas...


Tércio Felipe Tércio Felipe (01/03/2013 20:39:18)   187 0
Pois é rapaz. O pior é que esses banners são chatos pra caramba. Ah esse mundo capitalista voraz...


Eric Eric (01/03/2013 10:06:25)   11 1
Poder falar mal do produto que está anunciando deve ser bem legal.


Danilo Danilo (01/03/2013 20:08:22)   220 2
Isso se chama liberdade de imprensa


sem avatar Pedro Ivo (01/03/2013 09:27:04)   247 2
Passo longe desse filme. Nem os americanos foram engambelados por essa porcaria, já que Amanhecer Violento foi um tremendo fracasso de bilheteria, passou quase despercebido. Não serviu nem para consumo interno deles. Só pelo pôster retrô, já dá para sentir o caráter idiotizante dessa obra.
Quanto ao Chris Hemsworth, ele não é nenhuma maravilha, mas geralmente dá conta do recado dentro do tipo de papel a que é escalado, e seu teste de fogo será "Rush", onde interpreta (vamos ver se ele interpreta) o piloto James Hunt.
Já o tal do Josh Hutcherson, pergunto até quando vamos ter que aguentar esse cara de bunda fazendo filme?



Kestrel Kestrel (01/03/2013 06:23:02)   300 1
AHHNN ESTADOS UNIDOS DA AMERICA NA DECADA DE 40,50 ERAM OS ALEMÃES, 70,80 VIETNAMITAS E RUSSOS, 90 ARABES E CHINESES 2000 AFEGÃOS E AGORA OS NORTE COREANOS. FICO QUEM SERA O PROXIMO PAIS INIMIGO DOS AMERICANOS....


Leão Leão (01/03/2013 14:37:40)   158 2
Na próxima vão colocar os cubanos como ameaça e tendo como aliado MacGyver que fara uma bomba superpoderosa usando como pavil cabelo de suvaco!


Kestrel Kestrel (10/03/2013 00:02:49)   300 0
kkkkkkkkkkkk boa


sem avatar Marco A (01/03/2013 05:33:21)   686 1
Só a premissa já não me dá vontade de ver...



sem avatar Roberto (01/03/2013 03:40:31)   36 1
Pior disso tudo é que o filme dá toda pinta de continuação.
Além do original,tinha uma série chamada América que tratava do mesmo assunto.
Isso sem falar no filme do Chuck Noris que eu esqueci o nome.
No caso dos dois,eram os soviéticos quem invadia a querida America.


Leão Leão (01/03/2013 14:40:06)   158 2
o nome do filme do Chuck Norris é A Invasão do USA (Invasion USA-1985).


sem avatar Roberto (02/03/2013 05:25:40)   36 0
Ah sim!
Valeu !


Alex Bauer Alex Bauer (01/03/2013 01:17:20)   83 1
Filme que tem Chris Hemsworth no elenco está fadado a ser uma merda. Exceto, é claro, em Os Vingadores, que tinha estrelas bem maiores para levar o filme.
Ele sempre com essa cara de merda, de arrogante.


Eva Sald, the Lady Stoneheart Eva Sald, the Lady Stoneheart (01/03/2013 13:35:09)   -764 1
Não julgue as pessoas antes de conhecê-las.


sem avatar Jamil (01/03/2013 00:48:17)   6 1
Esse Josh Peck é bem ruim. E segundo esse filme, soldados coreanos são todos cruéis e malvados e adolescentes que recebem treinamento militar precário em poucos dias se tornam uma força de elite melhor que qualquer exército bem armado e mais numeroso!

E sim, rola aquela cena com música épica e bandeira americana



Gustav Klimt. O Zumbi que gostava de sonetos, sangue e cerejas. Gustav Klimt. O Zumbi ... (01/03/2013 00:09:17)   1900 2

"Amanhecer Violento" e "Dezesseis Luas".

Uma pena que dois títulos tão bonitos tenham sido usados em filmes tão ruins (segundo o Omelete).

Se bem que eu conheço gente que escolhe o filme ou o livro pelo título...



Thiago Thiago (28/02/2013 23:59:53)   420 0
Aquele ali não é o Liam Hemsworth do Mercenários 2?!


Claudia Claudia (01/03/2013 09:10:48)   2 0
Não o Liam dos Mercenários é irmão do Chris que é o Thor.


Publicidade
Willie Willie (28/02/2013 21:24:55)   796 0
1 ovo??? Merecia 0! Algum filme já levou 0 aqui no omelete?


Raul Raul (28/02/2013 22:19:33)   1069 0
Não. O mínimo de Ovos é SEMPRE 1.


Daniel Daniel (28/02/2013 21:24:10)   178 -1
na boa, alguém me explica qual é a da implicância com o Chris Hemsworth?


Kestrel Kestrel (01/03/2013 06:18:09)   300 1
Pq? vc é a fim dele?


Daniel Daniel (01/03/2013 18:10:14)   178 0
você tem quantos anos, Kestrel? 12?

Kestrel Kestrel (10/03/2013 00:10:02)   300 0
Nem so não gosto dessa gente defensora ferrenha de artistas, não pode falar um "a" que um monte de gente fica se doendo. Tipo:

"Não entendo o que essa gente tem implicancia com a Kristen, Justin Bieber,Robert Pattinson etc.." ou os argumentos idiotas "Ah, isso é inveja" e por ai vai

se voce gosta do ator exponha seus argumentos do porque

Embora eu particularmente não tenha nada contra o Chris e ate acho ele um ator razoavel fez um Thor muito bom e trabalhou bem nos vingadores. É isso

Daniel Daniel (10/03/2013 00:27:01)   178 0
cara, eu só fiz uma pergunta retórica em um espaço de comentários, você que tá se doendo e dando ataque de pelanca infantilóide à toa.


sem avatar Miss Scarlett (28/02/2013 21:16:05)   407 1
Desculpem os fãs, mas acho O Chris Hemsworth tão fraquinho.



Pedro Pedro (28/02/2013 19:37:18)   694 0
Nem sabia que esse filme iria estrear! Nem vi nenhum trailer....credo....



Rodrigo Rodrigo (28/02/2013 19:19:05)   220 0
Não achei ruim não, me entreti por uma hora e pouco.



jf jf (28/02/2013 18:10:41)   21 2
consegue ser mais ruim que o primeiro de 80??.....nossa o 1 foi ruim demais e o final parecia que tinha acabado a $ e tinha um cara falando a moral da historia,Horroroso!!!!!!!



sem avatar Santos D. (28/02/2013 18:06:08)   1260 0
O filme original trazia o Charlie Sheen em seu primeiro papel de destaque no cinema.
Nos anos 80 ele era um ator mais ligado a trabalhos dramáticos.



SONNY CHIBA SONNY CHIBA (28/02/2013 18:03:55)   56 2
ja sabia,a trama e absurda,um pais de esfomeados invadindo a (ainda)maior potencia do mundo ,o amanhecer violeno original da era reagan era uma patriotada mas ao menos tinha um diretor competente e elenco carismatico e atrama embora dificil de engolir nao era assim tao absurda.



vagner vagner (28/02/2013 18:02:42)   16 0
Concordo esse Peck manda mal..



Daniel Daniel (28/02/2013 17:49:39)   261 2
Saquei o número de ovos pelo belíssimo pôster...


sem avatar Maran (28/02/2013 19:07:37)   1379 2
Muito criativo.


Publicidade

Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.