Assista Agora

Carregando player...

As Vantagens de Ser Invisível | Omelete Entrevista Emma Watson e Stephen Chbosky

Atriz e diretor falam sobre a adaptação do livro para filme

20 de Outubro de 2012

Nosso correspondente de Hollywood, Steve Weintraub, conversou com Emma Watson (Harry Potter) e o diretor  Stephen Chbosky, durante o Festival de Toronto, sobre o filme As Vantagens de Ser Invisível (The Perks Of Being a Wallflower). No bate-papo, ele falaram sobre como era estar no Festival de Toronto, a colaboração entre o trabalho dos dois e cenas deletadas.

Como vocês estão hoje?

Stephen Chbosky : Ótimo.

Emma Watson: Tão bem.

SC: Sim.

EW: Este é o meu primeiro festival de filmes. Pode acreditar nisso?

SC: Sim, o primeiro festival.

EW: Estou tão empolgada por estar aqui com este filme.

SC: Sim.

Faz sentido, mas eu não pensei nisso.

EW: Certo. Tudo bem.

SC: Ela teve muitos primeiros neste filme.

EW: Sim.

SC: Sim.

EW: Muitos primeiros.

Eu vou começar dizendo: parabéns. Eu amei o filme.

SC: Obrigado.

Todos estão muito bem no filme. É... Falem um pouco sobre... Vamos começar com estar no Festival de Toronto. E o que significa, para vocês dois, fazer parte deste festival de grande prestígio?

SC: Para mim... eu já estive em Toronto muitas vezes. Eu tenho amigos aqui. E eu amo a cidade. E eu simplesmente amo o fato que... não é tanto sobre o hype. É apenas sobre o amor pelos filmes. E como este é o motivo que nos levou a fazer este filme. Eu não gostaria de estar em nenhum outro lugar. Este é o lugar.

EW: Para mim... Nós filmamos este filme no verão passado. Então, basicamente há um ano. Então, eu sei quanto este filme é incrível por 12 meses. E eu fiquei… Eu simplesmente não esperava a hora de ser lançado. E finalmente ouvir o que as pessoas acharam quando viram o filme. E ter uma noção do burburinho do lançamento. É a melhor coisa. Então…

Estou curioso... Falem um pouco sobre a colaboração entre vocês dois... na realização do filme. Vocês me entendem. Porque o que está no livro, às vezes não funciona no filme. Vocês me entendem. Falem um pouco sobre como vocês colaboraram juntos para torná-lo tão acreditável.

SC: Eu vou começar dizendo que, para mim, não foi difícil colaboram com Emma, porque nós estávamos... Foi como uma ligação instantânea. Ela me entendeu, e eu a entendi. E ela me desafiou. E ela disse uma coisa para mim... que me fez um diretor melhor. Ela disse: "Eu quero que você seja o tipo de pessoa que... É 1h da manhã, todos querem ir para casa, estão todos cansados, mas se a cena não estiver certa, você tem que nos manter lá." E eu não acreditei que a minha protagonista diria isso. Falaria para eu ser tão exigente quanto necessário. Mas, no final das contas, eu não tive que fazer muito isso, porque ela se importava, e todos se importavam. E, tudo que eu tive que fazer para Emma foi, eu acho, foi dar permissão para ela dizer: "Está tudo bem. Você pode ser uma pessoa completamente diferente." E ela foi, brilhantemente.

EW: E, depois... E, só para dizer algo sobre Stephen. O que foi muito legal foi que ele entendeu que quando um livro é traduzido para um filme... a natureza dele tem que mudar. Deve ter uma vida própria. E ele foi tão aberto, e generoso e prestativo... sobre... Ele falava: "Não, estamos fazendo o filme com isso." O espírito é importante, mas não precisa... Ele não estava confinando ou reduzindo, que precisava ser... Eu não sei, foi muito estranho, e eu... Mas eu realmente acho que nós captamos... o que é o livro, na sua essência. O que foi ótimo.

Eu tenho que terminar com vocês, mas bem rapidamente. Eu sempre fico curioso sobre cenas deletadas. Houve muitas cenas deletadas no filme? Os fãs podem esperar por alguma coisa?

SC: Há algumas. Porque, como um romancista, eu não percebi como filmes podiam ser tão literais, que não tinha espaço para um flashback de Charlie com seu melhor amigo Michael. E não tinha espaço para um história coadjuvante com a irmã de Charlie. Eu filmei essas cenas. Individualmente. Ficaram lindas. Nina Dobrev estava muito bem naquela sequência. Mas, no final do dia, eu tinha que contar esta história. E eu acho que nós fizemos as escolhas certas.

Legal. Muito obrigado aos dois.

SC: Obrigado.

EW: Obrigada.

Estas entrevistas são tão curtas. Você vai adicionar essas cenas ao Blu-ray? Ou...?

SC: Sim, cenas deletadas no Blu-ray, absolutamente.

Você sabe quantos minutos?

SC: Talvez 15 minutos.

 

As Vantagens de Ser Invisível estreia 19 de outubro nos cinemas.

Leia mais sobre As Vantagens de Ser Invisível

Vídeos Relacionados

1 de 3 >

Últimas novidades

1 de 993 >

Comentários (1)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

John Q. Public John Q. Public (21/10/2012 08:04:51)   1 0
No site de relacionamentos "Skoob" ta rolando o sorteio de 10 livros "As vantagens de ser invisível". Não sei se é permitido mandar links aqui, mas é só procurar la em [Cortesias],ler as regras e tentar a sorte ;D
PS : Faltam 3 dias pra rolar o sorteio.




Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.