Filmes

T2: Trainspotting 2 | Da Frigideira

Continuação aposta na comédia e na clipagem e divide o Festival de Berlim
-

Lançado sem alarde no Reino Unido, há cerca de dez dias, T2: Trainspotting 2 vai ter sua sessão de gala no 67º Festival de Berlim nesta sexta, onde passa fora de competição, e o longa já foi exibido à imprensa na Berlinale - dividindo opiniões.

Danny Boyle revisita o cult de 1996 sobre heroína, vazio existencial e consumismo e mantém os três pilares nesta continuação, baseada no livro Pornô e em outros escritos de Irvine Welsh. Gargalhadas contínuas de parte da plateia celebravam o fato de o reencontro de Renton (Ewan McGregor) com seus parceiros de agulha e de porre ser ainda mais divertido que o filme de 1996. Já a frieza e a sisudez com que a outra parcela do público encarou a estética videoclipada de Boyle demonstravam que a estrutura dramatúrgica daquele balanço geracional - centrada em uma maracutaia envolvendo Renton e uma jovem búlgara - parece não impactar tanto quanto certas cenas do primeiro longa, sobretudo a famosa sequência do engatinhar de um bebê durante um transe de heroína de Renton.

Trainspotting 2 começa com Renton tendo uma espécie de parada cardíaca numa esteira de academia. Seu coração dá tilte no momento em que seus colegas de juventude Spud (Ewen Bremner), Simon (Jonny Lee Miller) e o bandidão Franco (Robert Carlyle, o diamante mais reluzente do elenco) estão afogados em fracasso. Sua primeira atitude é deixar sua vidinha em Amsterdã e voar para Edimburgo, onde será recebido por imigrantes eslavas, estranhando tudo à sua volta. Ele vai procurar cada um dos amigos e se mete com eles em uma série de confusões, de novo envolvendo drogas e dinheiro... dos outros.

Tudo isso se passa ao som de Queen, Frankie Goes to Hollywod e Iggy Pop, que embalam uma edição febril, de cortes ligeiros, onde nem sempre se entende com perfeição o que se passa. Mas se ri de tudo. E muito.

Boyle fala com os convidados da Berlinale na tarde de sexta logo após a coletiva de imprensa do filme brasileiro Vazante, de Daniela Thomas, descrito como uma espécie de mistura da estética da cineasta argentina Lucrecia Martel (de O Pântano) com a obra sociológica de Gilberto Freyre em Casa Grande & Senzala. Nada se sabe sobre a trama do filme, que aborda a escravidão no Brasil.

Originalmente, Trainspotting 2estrearia em 16 de fevereiro no Brasil, mas foi adiado e deve ganhar uma nova data de lançamento.

Leia mais sobre Trainspotting

T2: Trainspotting
(T2: Trainspotting) Direção: Danny Boyle Estreia em 16/02/17
sobre o filme
Galeria de imagens (28)

Quero muito assistir, é uma pena que a estréia foi adiada. =D

Fórmula marvel

Nã nã. He he he...

ne não!?

Aí é justo!...desses só quero mesmo ver John Wick 2 no cinema.

Filme superestimado demais, o que podemos esperar em uma sequencia? Um monte de tiozões usando droga? Já deu!

Danny Boyle is a Genius.

o insuperável sempre será o Spud..

Acho melhor.Iria estrear junto de A Cura,John Wick 2 e Lion.E quero assistir os quatro.kkkkkkkk

Cade o app pra mobile?

O original é um clássico. E já tinha montagem frenética, cheio de firulas. Sem falar no humor negro.

"o bandidão Franco" O nome dele é Begbie.

Essa matéria foi escrita às pressas né? Ela já começa sem sentido nenhum kkkkkkk "Lançado no fim de janeiro ser despertar o alarde esperado..." ?????

Adiado????? Putz...............

Ok...Pode ser na continuação e, até mesmo, no filme original mas Carlyle ser melhor ator que McGregor? Hum...Sei não...

Que legal.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus