Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
Filmes - Ação, Aventura
Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)
(The Dark Knight Rises)
  • País: EUA
  • Classificação: 12 anos
  • Estreia: 27 de Julho de 2012
  • Duração: 165 min.

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge | Crítica

Christopher Nolan encerra a sua trilogia de forma grandiosa e já deixa os fãs com saudade

Ao fim de Batman - O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight) a grande dúvida era como superar aquilo? Além de muita ação e uma trama impecável, o segundo filme dirigido por Christopher Nolan dentro do universo do Homem-Morcego tinha ainda a melhor interpretação já feita para o Coringa (Heath Ledger), capaz de colocá-lo no olimpo dos vilões, ao lado de Darth Vader e Hannibal Lecter. A saída criada por Chris, seu irmão Jonathan Nolan e o co-roteirista David Goyer foi trazer para as telas o personagem responsável por quebrar o herói nas histórias em quadrinhos, Bane (Tom Hardy).

Pessoalmente nunca fui fã do vilão, criado pela oportunidade mercadológica de desbancar um de seus maiores ícones e assim vender mais gibis - saída que já havia sido utilizada pela mesma DC Comics com Doomsday, inventado meses antes para matar o Superman. Piorou a minha relação com ele quando Joel Schumacher o colocou em Batman & Robin (1997), em uma versão inflável, descerebrada e totalmente descartável (que ainda atormenta meus piores pesadelos). Mas, como dizem os fãs, "In Nolan We Trust" (no Nolan, nós confiamos). Já na primeira cena do filme vemos um sujeito enorme e frio, que tem todos os movimentos calculados como um bom enxadrista e impõe nos seus oponentes o mesmo medo que o Batman conseguiu espalhar pelo submundo de Gotham City.

Seus motivos vão ficar mais claros com o desenrolar da trama, que apresenta ainda três novos personagens: o policial John Blake (Joseph Gordon-Levitt), a magnata filantropa Miranda Tate (Marion Cotillard) e a gatuna Selina Kyle (Anne Hathaway). Sexy, ágil e dissimulada como a ladra de joias, Anne Hathaway se mostra capaz de fazer muito marmanjo esquecer a lambida que Michelle Pfeiffer deu em Michael Keaton no segundo batfilme dirigido por Tim Burton. Já Gordon-Levitt engrossa a voz, ganha peso e cara de homem, e comprova a posição alcançada em A Origem, como potencial astro de filmes de ação - com a vantagem de ainda saber atuar. Quem sai no prejuízo é Cotillard, que surge como o ponto fraco do elenco, com atuação muito aquém de sua já reconhecida e premiada capacidade.

Outra novidade, desta vez entre os veículos, é a aparição do Morcego, uma espécie de Tumbler voador. Sua agilidade no ar é comparável com a capacidade de luta do Batman e o poder de seus motores é ensurdecedor. Apesar de preferir usar efeitos práticos, Nolan prova nestas cenas que domina também a computação gráfica, com uma perseguição aérea entre os prédios de Gotham City digna de qualquer filme de super-herói voador. E o efeito IMAX - a imersão na gigantesca tela, com sequências filmadas em película 70mm - faz o resto. Se em Batman - O Cavaleiro das Trevas as seis sequências (28 minutos) IMAX se destacavam quando entravam em ação, neste novo filme, com quase metade de seus 164 minutos de duração no formato, as transições ficam menos visíveis e, consequentemente, temos um motivo de dispersão a menos com que nos preocupar.

Quem também tem pouco com o que se preocupar durante todo o arco inicial é o Comissário Gordon (Gary Oldman). Depois da morte de Harvey Dent - no desfecho de O Cavaleiro das Trevas - Gotham vive dias de paz, mas sua consciência o perturba. O Batman assumiu a morte do ex-promotor e virou alvo da polícia local e Gordon tratou de esconder o fato de que Dent havia se transformado no Duas-Caras, mantendo assim sua figura imaculada. A maior consequência disso é uma lei que praticamente zerou a criminalidade no local e levou o Batman à reclusão.

Cabe então a Bane trazer novamente o caos à cidade.

A trama toda se desenvolve de forma linear e é detalhadamente explicada, com direito a vilão fazendo pausa antes de seu ato final para contar ao herói os motivos que o levaram até aquele ponto - algo digno da série dos anos 60 estrelada por Adam West e Burt Ward, acredite! E entenda isso como uma homenagem, assim como a citação de outros personagens conhecidos dos leitores dos quadrinhos do herói mascarado. É a desforra dos Nolan contra os que sempre diziam que sua Gotham era muito distante da vista nas páginas mensais das revistas.

Mais do que um filme

Encarar Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises) apenas como mais um filme, tirando-o do contexto da trilogia seria um desserviço à história do cinema. Se ele é melhor ou pior do que Batman Begins ou Batman - O Cavaleiro das Trevas, pouco importa agora e cada um vai julgar à sua maneira. O que precisa ser notado e elogiado de forma incessante é a forma como ele encerra magistralmente a série, fazendo referências a falas e pensamentos que foram proferidos há 7 anos, na estreia do primeiro longa.

Se não fosse também a trilha incessante de Hans Zimmer, principalmente no segundo e terceiro filmes, não seria tão impactante o silêncio que norteia a sinfonia de socos e chutes esmagando carne e ossos, na luta mais tensa (e intensa) de toda a trilogia, quando o Batman acha alguém à sua altura técnica e a cabeça no lugar, cenário perfeito para enfrentá-lo e, quem sabe, derrotá-lo. E se isso acontecer, tudo bem, porque como dizia e repetia Alfred (Michael Caine) desde que Bruce Wayne ainda tinha seus pais, é preciso cair para aprender a se levantar.

Ver Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge vai trazer aos rostos dos fãs mais sorrisos do que o gás do Coringa, mas assistir à trilogia completa vai além. É um combustível que vai manter o batsinal funcionando por muito tempo, quer aconteça ou não o futuro que Nolan deixou escrito nos últimos minutos de sua batsérie.

P.S. Esta crítica está livre de spoilers. Se você quiser saber mais sobre a trama e as surpresas do filme, veja o vídeo abaixo, em que nós contamos TUDO o que acontece no filme.

Entrevistas e visita ao set de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Leia mais sobre Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Nota do crítico (Excelente) críticas de Filmes
 

Capaz

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

“Para prender o Lula, vai ter que matar gente” (Gleisi) Por alguma razão, tive um impulso de afiar minhas facas de sushi agorinha...

kkkkk Essa do vinho é ótima.rs Mas concordo com você. Já passou da hora das mulheres serem respeitadas, e agora que a confusão em Hollywood ganhou a atenção das p3ssoas, o que precisam é mostrar do que essa luta realmente se trata e mostrar que não é um monte de frescura como muitos ainda acus4m.

Olha aí Augusto https://m.youtube.com/watch?v=HhasE6Glc6U Revisado: Isso que é espírito político http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/politica/nacional/noticia/2018/01/16/para-prender-lula-vai-ter-que-matar-gente-diz-presidente-do-pt-324115.php E ai, não é incitação não ?

Contra argumentos assim só me resta aceitar.

Até aí tudo bem, povão gosta de ver bund@ e são eles que pagam por essas idiotices, mas... dá pra essas Anittttttas da vida pelo menos... cantarem? Isso lá é música? Vai malandra an, an É tá louca, tu brincando com o bumbum An, an tutudum an, an Tá pedindo, an, an Se prepara, vou dançar presta atenção An, an tutudum an, an Perto disso, o cantor do Grupo Molejo é Pavarotti cantando “E Lucevan Le Stelle”.

Mudança comportamental, adeque-$e ou $uma.

Pois é, do tempo em que cantoras cantavam, e muito. Triste ver artistas musicais se tornando sinônimo de glúteos, “vai malandra”, twerking, essas tosqueiras.

Voz incrível de se escutar.

RIP Dolores O’Riordan, a vocalista do Cranberries. “Linger” parece que foi ontem, nunca saiu da memória. Ela tinha uma voz gostosa de ouvir, era uma gata naquela época, tinha personalidade. Foi cedo (46 anos, morte súbita). Tá sobrando alguém dos 90? Todo mundo indo embora. Complicado.

Eita rs Lugar bom. Saudades daquelas bandas.

Não. Minas.

@Guido quer um trap mais bonitinho segurando o desenho desta vez. Boa caçada! 😝

Cê foi pra aonde? Amapá?

O @Ninja é que nem o Kiko do Chaves: se contam uma piada pra ele num velório, ele só vai entender e rir no dia seguinte, no fim do enterro.

...engraçado, aconteceu o que eu não esperava: feminista brigando com feminista rs saiu um editorial dedo-na-fuça no New York Times com o título “Aziz Ansari é culpado de não ler mentes”, onde a autora, feminista, detona essa garota pela postura vitimista. E que o que aquele site fez é um disserviço às causas do #MeToo e do Time’s Up. O The Atlantic descreveu o artigo do Babe como “3000 palavras de revenge p0rn”. De fato. A suposta vítima chegou a reclamar que, no jantar, o ator “lhe impôs beber vinho branco”, apesar de preferir vinho tinto. Crime hediondo. Olha, apesar de tudo, dou razão ao que está acontecendo nos EUA (e segue o resto do mundo). Feminismo é direito das mulheres sim. Mas “feminismo” não é um termo consolidado. Cabe a elas mesmas definirem o que é o feminismo real. Auto-vitimização não é feminismo. Supremacia das mulheres em detrimento de homens não é feminismo. E não é por imprensa marrom ou pelo twitter que as mulheres serão ouvidas como se deve.

Vai demorar um pouco o desenho, estou colorindo

O site do Omelete saiu do ar?

E pior que o início do Mundo Sombrio é bem interessante, fica até a impressão de que foi outra pessoa dirigindo.

Esse desenho é antigo.

Blz, é válido

o seu desenho foi genial

Carnaval não. Se é pra ser um lugar diferente, posso tirar no meu estágio :P (arriscado, mas válido)

Que foi rapá??

Já sei, em um bloco de carnaval.

Tá que nem uma garota que eu conheço, que depois do Momoa ter feito aquela brincadeira envolvendo 3stupr0 em Game of Thrones, agora fica fazendo c4mp4nha pra b01cot4r Aquaman, independente dele já ter pedido d3sculpas. E ela sequer viu a história toda, só os títulos da m1d1a.

Só dela admitir que só se mostrou contra depois do ocorrido, já era pra deixarem de lado. Senão daqui a pouco até um cara beijar alguém com mau hálito já vai virar cr1m3.

"só as mesmas platitudes, trivialidades e inutilidades de sempre" A verdade está lá em cima. Bem vindo de volta, anyway.

HAHAHAHAHAHHAHAHAA

Beleza hahahaha Alguma sugestão de site pra eu disponibilizar a imagem?

Uma jornalista escreveu uma resenha no The Atlantic defendendo Ansari. Aliás, tem muita feminista defendendo ele, tentando separar o joio do trigo. Essa idéia do #MeToo é algo crucial, necessário. Mas daí para uma má noitada qualquer virar estupro e fazer uso do movimento para prejudicar alguém é canalhice pura. O ator alega que foi ato consensual, e de fato é o que parece ter acontecido. Mas a imagem dele já se marcou.

Mas é grande. Tão grande que parece que nunca acaba.kkk

Por isso d3f3ndo que p3ssos f.. d.. p.. existem independente do s3xo, 3tnia, cl4sse sociaI, r3Iigião... E o probl3ma começa quando tentam jogar tudo em cima de um grup0 só e lavar as mãos. Nesse caso, que começou por algo s3rio, já desandou pros d3fensores de "tod4s as muIh3r3s são s4nt4s e t0d0s os hom3ns são m0nstr0s", e enquanto br1gam, nada de f4to m3Ihora.

Ninja, estou fazendo um desenho, vai ser a tua vez de tirar uma foto. Tem que seguir a tradição, o Augusto tirou a foto com o cosplay que ele vestiu na feira nerd, eu tirei Na minha em casa. Agora é tua vez!

A verdade está lá fora!!

Tem um comentário meu por aí dizendo que essa história toda é palhaçada, outra modinha para a mídia. EDITADO: Olhem esse troço http://rise80.webnode.com/sobre-mim/ kkkkkk

Certo... agora é com o comediante Aziz Ansari (de quem sou fã desde Parks & Rec). Aziz conhece uma garota numa festa. A princípio, ele a evita, mas conversa vai, conversa vem, ambos trocam telefones e combinam de sair juntos. A garota, toda entusiasmada, divulga pra amigos o “peixão” que ela fisgou. Os dois saem para jantar, se embriagam, vão para o apartamento dele, ela fica nua e lhe faz sexo oral, Aziz obviamente quer mais e... ela começa a recusar, não, pára, não tô a fim. E ele pára. Ela chama um Uber vociferando o bordão “vocês homens são todos iguais”. No dia seguinte trocam mensagens, ela diz que se sentiu enojada, violada, blá, blá. E o ator responde, desculpando-se, honestamente arrependido e triste com o ocorrido. No ano seguinte, Aziz ganha o Globo de Ouro de melhor comediante do ano por Master Of None. Dois ou três dias depois da premiação, uma certa “Grace” denuncia, via entrevista para o site Babe, que sofreu assédio sexual do comediante. O twitter e a internet explodem com mais uma via-crúcis de um ídolo caído. Isso só não virou um circo porque simplesmente só tem palhaços(as). Ridículo.

Bom, eu não disse que sou inútil, mas você está confessando que é inútil em algum tipo de grau. E tá até falando pelos outros que, apesar de concordar com você, não me lembro de terem tido que eram inúteis também.

Vocês viram a propaganda da Globo sobre o Mundo Sombrio? Pra quem não viu parece até um grande filme :) EDITADO (bloqueio imposto no trabalho) Olhem esse comentário: "Bom 2018, Barça e leitores! Desde o "Cavaleiro das Trevas", tenho percebido que em boa parte da imprensa crítica a necessidade de encontrar algo a mais, além de simples diversão e explosões, em filmes blockbusters. Qualquer filminho que antes assistíamos como bobaginha, agora lemos com palavras como sombrio, psicológico, significados, grandiosidade, mensagens escondidas, evolução da franquia... então, corre o risco de você ler que em bombas, como A Era do Gelo, algo como: o filme tem caráter social, e uma forte mensagem subliminar, a noz do esquilo representa a nossa busca pelo ideal e ao mesmo tempo um pertencimento compulsivo... Off: eu fico imaginando "Curtindo a vida Adoidado" sendo lançado atualmente. Ia chover mimimi, pois o cara faz os pais, amigos e o inspetor de otário, o filme inteiro, e no final ainda se dá bem. O politicamente correto iria obrigar os roteiristas e o estúdio a incluir uma lição de moral no fim do filme..." Ele veio daqui dessa matéria: https://blogdobarcinski.blogosfera.uol.com.br/2018/01/15/jedi-virou-kane-a-infantilizacao-da-cultura-chega-ao-auge/

Nós somos menos inúteis quando o time está desfalcado. Agora não está mais,

Vai dá uma de "coach" nesses cursos de Gestão da vida e vem se sentindo o mestre do MBA. Tsc!

Disponha!

Bom saber que eu posso viajar pra outro estado, ficar 4 dias fora porque, como de costume, eu não vou perder nada de interessante nesta lista: só as mesmas platitudes, trivialidades e inutilidades de sempre. Bom saber disso. Vocês não me surpreendem. Nem desapontam.

Com Ovos Secreto ?? Será? !! https://screenrant.com/captain-marvel-secret-x-men-crossover-dark-phoenix/

Mas é engraçado seres diversos interagindo com humanos.

Xiu, ninguém pode exigir coisas desse nivel em filmes da Marvel, esqueceu?

Inglês é o idioma oficial de 99% de todos os uniformes da ficção.rs Mais um pouco e até o Predador é capaz de fazer um cursinho para aprender.

E eu detesto mais a Última Jedi

Cara... como eu od31o essas modas de hoje em dia... Tudo padronizado pelo povã0 entre a garotada, e essa garotada que se acha fod@ pois usa Nike... E o problema não é nem usar, mas acreditar que a roupa ou o corte de cabelo que apareceram na novela já te fazem incrível.

A defesa está fazendo o que é paga pra fazer, mas atacar o juiz é pedir pra ser condenado.

Não querendo ser chato, mas o inglês é o idioma oficial das galáxias existentes no Universo Marvel?

Quanto mais eu vejo Rogue One, mais eu acho esse filme espetacular.

Essa é do tempo em que o meu interesse nas mulheres começava pelos olhos https://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://m.youtube.com/watch%3Fv%3DgvlhHJNppQg&ved=0ahUKEwj1hqHOrtXYAhUCD5AKHVHhAY4Qo7QBCB0wAA&usg=AOvVaw3JbNQ6BnGh_4ui6Cc2E8xz

Sei, falou o pai das bananinhas que pinta o cabelo.

De dia, né? Porque à noite você se transforma!🤩🤩🙀

Não uso, nem a do flamengo. Não gosto de usar nada que chame a atenção.

Cê usa, admite aê kkkk Mas não é xenofobia... seria mais uma homofobia canarinha. É, tem mais a ver🤔

Tô zoando... sou fã dela. O que seria da Raquel no Vale Tudo se não fosse a Tracy Chapman cantando no fundo😌 BABY QUE AMARROU O FIO DE NYLON

Ainda bem que não uso ! Ou seria vítima de xenofobia canarinha da tua parte :)

Kkkkkkkķkkkkk

Ué, tá em Minas Gerais! Tracy Chapman e Milton Nascimento são a mesma pessoa!

Usar camisa da seleção cria imunidade ao simancol, o sujeito perde o senso de ridículo. Pode ver. Camisa de seleção, stick de selfie, instagram, facebook, aquele frenesi quase de drag queen... é mais ou menos como pendurar uma melancia verde-e-amarela no pescoço. É um quê de narcisismo, exibicionismo, onanismo, uma saída de armário cultural. Por isso é bom um blitzkrieg moral, tipo um 7 a 1 em casa, pra conter essa abestagem. Mas mesmo isso aí só dura uns meses (em outros países, é de 4 em 4 anos). Qualquer coisinha, voltam a vestir a camisa amarela. É o comichão de vestir camisa amarela.

É bem por aí. ..

A pergunta que não quer calar: - Por onde anda Tracy Chapmann?

Chaaa too

É muito bom quando tem alguém usando camisa da seleção por essas bandas. Só de avistar aquele amarelão de longe é um aviso pra mudar de calçada sem constrangimento. Camisa de seleção, óculos Oakley, tênis Nike de molinha, boné de mano e meio vidro de perfume são coisas usadas juntas. A versão feminina do mano-camisa-de-seleção é a mina vestida com roupas cheias de cordinha, fica igual aquela mortadela de bola amarrada, que ficava pendurada na vendinha. Como se não bastasse, ainda tem o Brazilian Day, onde centenas de brasileiros se fantasiam de... brasileiros! THE HORROR... THE HORROR...!

Quando chegar no hexa até Maluf vai merecer perdão. É só tirar foto com a camisa da seleção.

Exato! O penta é a panacéia pra todos os males, mas... dá pra melhorar! O hexa! Precisamos chegar ao hexa a qualquer custo enquanto o Galvão ainda tá vivo!

Que importância tem se não há médicos no p4ís se temos o Penta, né não!?

Achei legal, mas não vou confiar até ver uns 2 episódios para ver o nível do roteiro.

Época excelente pra fazer maratona de filmes e ignorar tudo que a tv aberta oferece. 👍🏻 Ou então só jogar bastante.kk 🎮🎮

Ninja, isenção é sinônimo para ato de inocentar ? https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2018/01/12/defesa-de-lula-diz-que-moro-nao-e-isento-e-que-espera-tratamento-cordial-da-2-instancia.htm

Não sei se daria certo... você sabe que o Japão é uma nação unificada sob uma condição “anormal” (homogeneidade cultural e racial), certo? Além disso, na prática, é como se o Japão de hoje fosse um pequeno país “socialista” (desculpe usar esse termo, mas o Japão tem uma população com menos disparidades econômico-sociais que a de fato socialista China, por exemplo) enclausurado no meio do Pacífico. E o Japão por si já tentou ser grande, levando suas características intrínsecas na ponta da baioneta... e deu no que deu. Isso que a gente vê hoje é o Japão Made In USA... ressurgiu no pós-Guerra subsidiado e protegido pelo Tio Sam. Com credor fácil e cão de guarda, tudo fica mais simples. É muito mais difícil administrar um país como o Brasil, penso eu. Porque o Brasil é um país gigantesco com muito mais amplitude, mais complexidade social. E não dá pra simplesmente separar o que funciona do que não funciona e forçar todos os lados a aceitar um consenso. Democracia é um conceito ainda inviável para o Brasil (quem sabe no próximo século...). Mas a longo prazo, o Brasil sobrevive. O Japão já está vivenciando sua decadência.

Fico imaginando por exemplo um país como o Japão com a extensão territorial do Brasil e suas potencialidades.

Idem pro futebol brasileiro. Futebol é um esporte. Homens adultos correndo atrás de uma bola. Mas porque o Brasil ganhou 5 vezes uma competição de homens adultos correndo atrás de bola, o brasileiro acha que Brasil é mais relevante que EUA, Rússia, China etc. Que o Brasil é uma superpotência global e merece respeito acima de todos. Até Coréia do Norte tem armamento nuclear mas não, o Brasil tem Neymar, Ronaldinho, Pelé etc. O Brasil é tão phoda que é capaz de interferir na geopolítica mundial, no ecossistema, no continuum espaço-temporal graças ao talento de brasileiros de chutar bola. A Índia manda sondas interplanetárias para explorar o universo mas o Brasil é penta. Quantos laureados Nobel o Brasil têm? Não interessa, o Brasil é penta.

Cara, eu não me importo se tem um bando de gente agindo feito p (u)t♡ e achando que é comportamento cultural. O que me incomoda é "brasileiro" achar que ficar sambando(como se todos soubessem sambar nesse purgatório) e gringo nāo é algo relevante. Estão na m€rda mas sambar os torna especial. É a versão contrária do Complexo de Viralata!

A essa altura, achei que as mulheres iriam mostrar até o útero, feito um exame de papanicolau, nesses desfiles de escola de samba. Povão pira. Se bem que os americanos tem a versão deles do rebolar de bund@, o chamado “twerking”. Não sei se é um alívio saber que não estamos sozinhos em termos de ser ridículo rs 😅

Si-nis-tro https://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://m.youtube.com/watch%3Fv%3DmB09ulk5dbE&ved=0ahUKEwj2msLkx9HYAhVIk5AKHdquCUkQtwIIHTAA&usg=AOvVaw0Pv1hI1vEl8Nq_wJ5Jjveg

Espera julho então, mês de copa

Achei estranho o visual dele kkkkkkkk talvez tenha alguma explicação (espero)

E do Adam?

Achei muito boa pra uma série do Syfy. Tô até pensando em acompanhar.

E finalmente está chegando o período em que brasileiro bate no peito e joga na cara dos gringos que eles não sabem sambar... Grandes m£rd@ !

Teve que vir umas "mulheres" pra dizer que assédio é sim um ato execrável mas que isso que estão fazendo na mídia americana é exagero.

Uai, seus cílios!!!

https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQKCpQhrbWFL5STEVqrYt3PJyTFg0AgEc6R6p8itXreUmk8T7aLgIMFt-pDZA https://i.pinimg.com/564x/00/dc/b9/00dcb91cda29aa110dd06626a979afaa.jpg https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQZv640pXdbNiFqn4IXl8KY9BbnfiLSEG2IWfkHKS_6beVfFhXJJl3ES6gCOw https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR0CpoMA0E44XLd-LV7N-sz2nGsrJce-7f0lkFHNGzob8muB8Xvevu9XU0H https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQkLHVWVC-0RNAqthLpuM8eXWT2LFYvsjEOP50rbhnKr3AKl4aDHihhYskWeg https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRa1dOWdYpoTJ4lxUE_ShFLQFiHSQ2ZpesvB-Pg8B-aLK3vyXT40CIT5MNI http://bioweb.uwlax.edu/bio203/f2013/desmet_emil/red-fox.jpg http://amadorasvideos.com.br/Img/conteudo/filmes/capa/grande/tras/23.jpg http://amadorasvideos.com.br/Img/conteudo/filmes/capa/grande/frente/23.jpg https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTgYrxGlAbRenao9d65iLJstpJr5rJy7-v8x2_7Umif8R6cEhnrfgBvH8eT https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR3UHGN-7W87MHIJMvdn_tzcO2BaQUWO3EeIpHpTuIIpFv9E01W

O que acharam do trailer de Krypton?

https://www.youtube.com/watch?v=-aquL_FP4Z4

Velho, se existe essa tosqueira é porque tem muitos que acham isso bonito.

É, Brasil não tem mais jeito mesmo🤣🤣🤣

Putta que Pariu😠

Tem coisa pior... https://www.youtube.com/watch?v=UF18mFPgTbk kkkk

Viu o vídeo que o Wilson postou ?? O nível das músicas é bem por aí. Isso porque o brasileiro é taxado como criativo. Agora me responde, quem desses "artistas" que usam favelas como bandeira promocional mora nessas zonas de guerra ??

Engraçado que ser fã de Gretchen, Carla Perez etc era “guilty pleasure”, povão gostava mas escondia pra não passar vergonha. Hoje não, se você fazer piada com essa Anittttta vem uns abestados te encher o saco no Omelete. Incrível. Tem gente que se orgulha de ser fã da Anittttttttta. Sério que o Brasil elevou essas tosqueiras ao patamar de referência artística e cultural? rs

Já, e mais de uma vez. Não sei de detalhes e quem foi deixou de ser meu amigo rs Por aqui aparecem esses cantores fim-de-carreira (como Luann Sannntttana, Gustttavo Limma, Anitttta etc. Aliás, pra quê repetir consoantes nos nomes? Fica idiota. Como se diferenciasse no Brasil, fingindo que é gringo, sei lá. Tosqueira total). Aliás, nem sempre aparecem. Tem uns picaretas que se dizem “promotores” e até anunciam nas revistinhas locais da comunidade (Alternativa e Vitrine) que artista tal vêm, compre djá seu ingresso. Aí os fãs caipiras abestados compram ingresso antecipado e o promotor some. Não tem show, obviamente. Já aconteceu várias vezes e o povo não aprende. Não sei explicar esse fenômeno.

A Anitta já fez show aí no Japão, @Lucky?

Isso sempre teve, o problema é que a mídia vive tentando enfiar goela abaixo da população a Anitta como se ela fosse uma grande artista, com talento musical. Algo dessa proporção nunca houve. Mulher Melancia e similares eram reconhecidas por aquilo que elas realmente eram.

Falta de grana. É muito filme saindo no ano e pouco dinheiro sobrando. Daí só vou ver os que mais me chamam a atenção. Tipo O Rei do Show.kk

Por quê?

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus