Invasão Zumbi
Filmes - Ação, Suspense, Terror
Invasão Zumbi (2016)
(Busanhaeng)
  • País: Coreia do Sul
  • Classificação: 14 anos
  • Estreia: 29 de Dezembro de 2016
  • Duração: 120 min.
  • Direção:
  • Roteiro:
  • Elenco:

Invasão Zumbi | Crítica

Despretensioso, sucesso sul-coreano se faz no crescendo das reações

O fato de zumbis terem sido esgotados como metáfora política e social pela cultura pop, no mundo todo, talvez explique um pouco por que Invasão Zumbi (Train to Busan) parece desinteressante de início. Na trama do sucesso sul-coreano, Seok Woo é um desalmado gestor de investimentos que precisa pegar um trem para levar sua filha até a casa da ex-mulher, de Seul a Busan - percurso de 450km que será dificultado por um apocalipse zumbi que de um instante a outro contagia o país.

Mais próximo de O Expresso do Amanhã do que dos filmes de zumbi de George Romero, o terror do diretor Yeon Sang-ho trabalha com as ideias mais imediatas do humanismo de hoje em dia, criticando os endinheirados que se encastelam nos vagões da primeira classe, em prejuízo da classe média (o casal à espera de um bebê), dos idosos (as duas velhinhas envoltas em uma sugestão de um relacionamento gay), dos colarinhos azuis (maquinista, tripulação) e do "futuro" da Coreia (os jovens do time de beisebol).

O fato de Seok Woo encontrar como duplo um tipo egoísta assim como ele, e que mais cedo ou mais tarde se tornará seu antagonista, é o único elemento dramatúrgico de que Invasão Zumbi precisa para consumar o arco dramático do seu protagonista - uma escolha que Yeon faz pela simplicidade, uma vez que a narrativa do seu filme é ditada pela ação. Nesse sentido, Invasão Zumbi se filia ao bom cinema pop que é feito no país, sempre preocupado primeiro com a fidelidade ao gênero e suas regras. (É óbvio que se espera que um bom filme de ação tenha sua história contada através de ação.)

Então quando percebemos que Invasão Zumbi não vai mesmo trazer nenhuma novidade em relação à interpretação que se faz dos zumbis como sintoma de um mal social, o filme parece se emancipar desse tipo de expectativa. O que sobra, a partir da metade do trajeto, é uma escalada de desespero que sabe suprir as carências de ação grandiloquente (os efeitos em CGI não são o ponto forte) com muita dinâmica de corpo a corpo - um jeito de filmar que, à moda sul-coreana, flerta o tempo inteiro com os limites do melodrama.

Das panorâmicas em câmera lenta dentro do vagão, com pianinho acompanhando, aos planos posados do elenco cabisbaixo, passando pelos cruciais planos-detalhes (imagens de mãos retesadas, olhos tensos, cabelos molhados, o choro da criança), tudo em Invasão Zumbi evoca uma teatralidade que talvez nos pareça estranha às vezes, acostumados que somos com os marrentos blockbusters americanos. Não há carão possível no filme de Yeon Sang-ho, apenas a postura reativa, primal, de quem se vê diante de uma realidade que testa todas as suas concepções sobre empatia e civilidade.

No cinema de ação é essencial entender o valor da reação. No fim, à falta de uma grande conclusão sobre o estado do mundo, Invasão Zumbi se faz no crescendo dessas reações, um tipo de dramaticidade e de entrega que tem pouco a ver com o triunfalismo que estamos habituados a acompanhar no cinemão ocidental.

Leia mais sobre Invasão Zumbi

Nota do crítico (Ótimo) críticas de Filmes
 

se voce só consegue ver "monstrinhos e sua vontade insaciavel por carne humana" em Extermínio e Guerra Mundial Z, olha, veja denovo e presta atenção dessa vez, principalmente extermínio, perfeita ambientação, uma imersão absurda de um completo apocalipse, e o melhor, retrata o quão ruim e doentio a humanidade poderia ser após um surto desse (como por exemplo, os militares insanos que queriam sequestrar mulheres pra "repovoar" o mundo ). Agora me fala 1 coisa inteligente desse filme de zumbi no metrô com os personagens sem carisma, tirando motivações do além, que o filme cria o background do personagem em 40 segundos e ele ja se mata tentando dar um drama na história KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ta argumentando que nem 1 aborrecente desmiolado. Fanboy jkkkkkkkkkk Não me confunda com sua orientação política, alias só tendo graves disturbios psicológicos como o seu pra se engajar em política nesse país. Tenho nada contra gay, mas já que vc ta preocupadinho com tal fato é mais que certo que tu seja bumbum guloso

Fanboy do Omelete? Certeza que deve ser um lacrador comunista esquerdista.

Kkkkkkk ok

Sem sacanagem, já assisti a todos esses e são todos sacos de esterco comparado com esse. Claro que pra 1 bom amante de filme de zumbi, como vc, a grande preocupação é com os monstrinhos e sua vontade insaciavel por carne humana. MUhahahahaha Parece as mesmas preocupações que eu tinha qnd Resident Evil 1 pra video game foi 1 sucesso, que no caso eu era uma criancinha, e tudo q eu queria era ver trucidação e carne despedaçada. 1 filme inteligente mesmo nesse gênero escroto passa longe de ser algo bom pra vc. HAHAHAHA

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK que comentário horrível SOCORRO

Não adiantar tentar elaborar sua crítica pra tentar, inutilmente, mascarar a sua preocupação central. Em vez de avaliar de forma justa a crítica, prefere praticar desonestidade intelectual, só pq o cara de forma equivocada achou que as irmãs eram 1 casal gay. Vc associou isso a uma suposta tentativa do autor da crítica, de avaliar segundo suas crenças pessoais e ideológicas, quando na verdade é VC que está avaliando a crítica dele por esse motivo. Essa sua crítica foi uam das mais nojentas que eu já li. Deu até vergonha alheia. Lembre-se que por mais que vc tente maquiar sua ignorância através de uma tentativa de elaboração complexa, NUNCA se passa batido por todos. Seu animal.

A sua preocupação com esse fato foi tanta que bateu uma cegueira insaciável em vc. Primeiro, se já foi bom pq ta aqui? Já começou errado. Segundo vc baseou toda sua avaliação da crítica em cima de 1 comentário. Ser coerente realmente não é sua praia e fazer 1 review justo do review menos ainda. nota 0 pra vc

Descredibiliza o que? A desatenção do crítico foi tão crucial assim pra vc? Vc ta preocupado com o clichê referente a "alguem tem q se sacrificar" ou "nem todos os mocinhos irão sobreviver" e ta defecando essa crítica pelos dedos? Essa foi uma crítica de baixo nível cognitivo. Passar bem mesmo assim.

Invasão zumbi superou todas as minhas expectativas de filme sobre zumbi justamente por não ser aquele filme com os famosos clichês que tanto estamos acostumados com filmes desse gênero, alem de levantar uma forte opinião sobre individualismo, relação entre entes queridos e de como aproveitamos tão pouco nossas vidas e é claro até onde chegamos pra salvar aqueles que amamos. indico muito o filme, você não sente a trama parar, tem uma ótima continuidade na historia, além de ser muito envolvente ao ponto de você se emocionar com a trama dos personagens

Provavelmente você só assiste filme americano e brasileiro. Aí quando aparece algo Oriental acaba achando estranho e sem sentido. Eu era assim também, mas há 10 anos atrás.

Só uma pergunta: Esse Hessel é gay? Se for, tá explicado a chatice dele.

É exatamente por isso que não perco mais tempo com o Omelete. Isso aqui já foi bom, muito bom, mas há 8 - 10 anos atrás. Em nenhum momento do filme deu a entender que era um casal gay e sim duas irmãs ou duas amigas, mas a vontade de colocar gay onde não tem só para agradar uma minoria, é maior do que ser coerente e fazer um bom review.

Além de tudo isso que eu já comentei, ele não abusa tanto de jumpscares, como muitos dos atuais filmes de Terror e Suspense

Não vou nem comentar o "romance gay" porque a velhinha deixou claro que a outra era sua IRMÃ. Mas um ponto negativo que descredibiliza o autor dessa crítica. Enfim, sobre o filme, eu estava gostando DEMAIS até próximo do terço final. Chegou um dado momento em que eu achei que as coisas estavam acontecendo sem necessidade. Digo, lógico que em um apocalipse zumbi nem todos os "mocinhos" irão sobreviver. É necessário e até clichê que em histórias como essa alguém tem que se sacrificar, alguém tem que se despedir emocionadamente e tals, mas eu achei que o filme exagerou muito nesse quesito. Se tivesse terminado com uns 30 minutos antes, teria sido genial, perfeito, não precisava de mais do que ja havia sido mostrado. Realmente, o filme parece uma mistura de Expresso do Amanhã com Guerra Mundial Z, pega o melhor dos dois filmes (o clima de tensão que Invasão Zumbi me proporcionou foi absurdo). No final das contas, é um bom filme, mas poderia ter sido ótimo se não fossem todos os fatores que eu já citei, que pra mim prejudicaram o filme.

"Acho que a transformação depende aonde foi a mordida, pessoas que foram mordidas nas pernas e nas mãos demoraram mais a se transforma enquanto os que são mordidos no pescoço é quase instantâneo." Não. Tem mordidas em outras partes do corpo q transformam a pessoa rapidamente. E eles escutam muito bem, cara. Se no vagão se consegue escutar o som deles no outro, entao no vagão deles se consegue escutar sons. Mas tem muitos furos desse tipo. De qq forma, faz tempo q vi, entao nao tem como eu te dar detalhes pra comprovar o que eu disse.

Acho que a transformação depende aonde foi a mordida, pessoas que foram mordidas nas pernas e nas mãos demoraram mais a se transforma enquanto os que são mordidos no pescoço é quase instantâneo. Eles tb ouvem o som, mas vagões tem isolamento acústico e com a porta fechada acho que eles não conseguem ouvir o que se passa em outros vagões. O cara que passou por vários sabia lutar, se não fosse ele nenhum daqueles 2 teriam passado, até pq nenhum zumbi morreu ali, eles continuaram levantando e correndo atrás deles.

O filme é bao sim...assisti pensando que seria mais um filme B de zumbis mas ele prende a atenção até o final. Algumas poucas cenas sao influenciadas por guerra mundial z e a grávida é bem resistente pra alguem na condição dela rsrsrs...mas no meio de tanta porcaria zumbi incluindo aí um seriado famoso, este filme se sobressai.

A vontade de dizer que tem gay em tudo é tanta que duas irmãs se transformam em um casal gay

As críticas de Hessel são chatas porque ele sempre busca elementos, nos filmes, que estejam de acordo com suas crenças pessoais e ideológicas! Essa forçada de barra dele (relacionamento gay de duas irmãs) mostra isso! Ele deve também ter gostado quando uma figura inusitada vira herói, enquanto outras figuras se mostram vilões nojentos! No entanto, o crítico não lembrou de algumas sacadas brilhantes e surpreendentes do filme, como aquele fato que acontece, em uma cena imensamente tensa, que deixa os zumbis cegos... Filmaço!!! Um dos melhores do gênero!

O filme é bem legal, pode não ser um espetáculo, mas é bom sim, recomendo!

Sem sacanagem, se colocar esse filme na categoria trash, encaixaria perfeitamente, pq mano do céu

Cara, assiste outros filmes de zumbi como Extermínio, REC 1 e 2,Guerra Mundial Z e outros pra você ver a brutal diferença de filme fraco como este pra um bom filme de zumbi

Filme ótimo, nao consigo entender esse pessoal que detonam o filme, nao sabe nem gravar um curta de 2 minutos e ja se acham o critico, quer se aparecer, estude, lute e corra atrás pra virar um roteirista oi diretor, ai sim pode detonar um filme excelente desse.

Fabricio só achei ruim por que virou algo do tipo game of thrones ou akame ga kill. Os Coreanos estão na mesma linhagem de pensamento dos Japoneses. e o final foi fraco, poderia manter o gordinho vivo e o pai da guria, pra poder prosseguir a historia em uma possível continuação e além disso aquele empresario escroto nem teve um final tão ruim, normalmente ele deveria ter um final terrível e diferenciado.

sim elas são irmãs. kkkkkkkkkkkkkk viaje desse povo

Não sabe ler e eu que sou idiota? "Não consigo ver em que aspecto (técnico, artístico) onde Train to Busan conseguiu ser superior a Esquadrão Suicida:"

Nossa, você avalia os filmes pela história, roteiro, atuações, fotografia e etc, ou avalia só pra ver se tem representatividade e diversidade? KKKKKKKKK que comentários mais idiotas.

KKKKKKK deve assistir a pouquissimos filmes então, pra achar isso. Sempre tem um querendo aparecer, criticando o que todo mundo ta adorando.

Gay? Talvez tenha sido a legenda do filme que eu vi, mas para mim elas são é irmãs...

Ótimo filme! Os zumbis de The Walking Dead precisam evoluir para esses do filme se quiserem botar medo na turma do Rick! Kkkkk Além do mais, me emocionei mais no final desse filme do que em qualquer drama que já assisti até hoje... Chorei mesmo! 😓

vc falou tudo man gostei, ou seja resumindo uma verdadeira porcaria

...Salve. Filme espelho. Um thriller ferroviário de tirar o folego. Trajeto onde extremos antropofágicos são os passageiros. Do mais novo ao mais velho. Reflete o que há de mais sublime e mais escroto em nós, seja por natureza ou por influência do meio em que vivemos...

Um dos piores filmes que já vi. Ultrapassa em muito a barreira do trash. Não consigo entender essa crítica sob nenhum aspecto. Interpretação, efeitos especiais, roteiro, todos com defeitos bizarros. Parece filme de primeiros períodos de faculdade de cinema.

Excelente análise. Concordo com tudo.

ridiculo mesmo

i.p.

Preciso ver!!!

O que quebrou o filme para mim foram alguns "zumbis Michael Jackson" e o maniqueísmo em alguns momentos, bem típico daquele gênero ridículo chamado dorama. Eu daria 3 ovos para esse filme.

o filme é muito bom. tenssaço. assistam. tem na web ;)

i.p.3

Uma delas fala isso explicitamente. Quando as velhinhas se separam uma grita: Minha irmã! Hessel viajou! E no começo do filme, as velhas estão assistindo notícia sobre manifestação e uma diz: Hoje em dia, as pessoas fazem manifestação por qualquer motivo. Se fosse antigamente, eles iriam receber um corretivo. ora, se ela fosse gay, ela nao iria criticar manifestações (tendo em vista que algumas são por direitos gays etc)

Esquadrão Suicida que é um filme fraco, só pela diversidade do elenco (ne gros, brancos, pardos, mexicanos etc), já é muito superior a este filme. Só por ter uma mulher com um bastão de baseball destruindo os inimigos, já e muito superior a este filme (onde apenas os homens atacam os zumbis com bastão de baseball). Não consigo ver em que aspecto (técnico, artístico) onde Train to Busan conseguiu ser superior a Esquadrão Suicida. Sem contar os furos e conveniências gritantes: A transformação é rápida quando é conveniente pro roteiro. Quando eles precisam que o personagem fale algo antes de se transformar, eles fazem ela ser lenta. A primeira mulher contaminada a entrar no trem fica falando sozinha, depois é socorrida por uma tripulante, pra só então, muito tempo depois, virar zumbi. Então ela ataca a mulher que prontamente vira zumbi. A mã e do cara liga pra ele e conversa com ele... até virar zumbi. O marido da gravida é mordido, mas fica consciente pra poder segurar a onda de zumbis. E por aí vai... Com pouca luz eles não enxergam, mas ouvem que é uma beleza. Curiosamente, no primeiro contato que eles têm com os zumbis, eles fecham a porta que possui um vidro e do nada o cara fala: eles só atacam quando eles nos veem. Como diabos ele concluiu isso, sendo que momentos antes ele estava correndo atrás de um zumbi de costas para ele, mas o zumbi olhou pra trás, o que só pode ter acontecido pq o zumbi ouviu ele??? E entao uma mulher cola jornais no vidro. E eles ficam tranquilos la conversando. Como se os zumbis nao pudessem ouvi-los ao lado da porta. Enttão, talvez os zumbis não escutam direito, já que o cara disse q eles só atacam quando os veem. Porem, num momento posterior, o vagão está escuro e caem bolas de baseball e os zumbis se viram em direção ao barulho. Em outro momento, eles usam o toque do celular pra atrair os zumbis que avançam em direção o som. Então, fica claro que eles partem pra cima estimulados pelo som tb. E em outro eles escutam o cara pisar numa latinha. Eles caem de helicopteros e levantam correndo, mas 3 homens conseguem derrubar e passar por vários. Convenientemente, um desses homens, o mocinho, é mordido depois lutando contra apenas um, pra criar a cena da menina chorando implorando para o pai não abandona-la, com direito até a pianinho ao fundo e pra apelar mais ainda, cena dela bebê. Fala sério, gente... O mais escrotão, o "vilão", tem que morrer pelas mãos do mocinho do filme. Mas grávidas nem crianças podem morrer. Aliás, o mocinho se sacrificar para salvar as donzelas em perigo é bem clichê tb. Isso acontece com o marido se sacrificando pra defender a esposa e o pai se sacrificando pra proteger a filha. Convenientemente, um soldado recebe ordem de atirar e não atira...

Imagina o filme sendo feito nos EUA com o elenco todo branco, com efeitos visuais precários beirando o cinema trash, com atuações ordinárias, recheado de clichês, conveniências e furos de roteiro, esteriótipos, com as personagens femininas basicamente no papel de donzelas em perigo, e emocionalmente apelativo: Ia ser massacrado pela crítica. Porém, faz esse mesmo filme na Coréia do Sul com todos os problemas, clichês e vícios do cinema comercial e coloca pro ocidente avaliar: filme ótimo! kkkkkkkkkkkkkkk Enquanto em Hollywood vc tem a falta de diversidade e representatividade sendo constantemente atacada pela crítica, curiosamente, esse filme que não tem um negro, sequer de figurante, passa batido. Aparentemente, não tem ninguém de aparência ocidental. Não é pra menos: uma pesquisa realizada em 2013 pelo Washington Post revelou que a Coreia do Sul é um dos países menos racialmente tolerantes do mundo, ou seja, são racis tas mesmo! "Sei que existe o preconceito racial no mundo todo, mas enfatizo aqui porque os coreanos não o “escondem” ou se esforçam para mudar isso". (depoimento de uma garota brasileira morando na Coreia do Sul) Sem contar o empoderamento feminino que no filme é nulo! As mulheres só estão lá basicamente pra serem resgatadas e protegidas pelos homens. Como se não bastasse que os homens são os únicos capazes de lutar contra os zumbis, as decisões importantes são todas tomadas pelos homens. Não faz sentido cobrar empoderamento feminino, diversidade e representatividade em filmes ocidentais e abraçar um filme de uma sociedade mais conservadora nesses aspectos, sendo que nela essas questões se fazem mais urgentes até.

kkkkkkkkkkkk quanta raiva, meu jovem! Não tem tantas palavras difíceis não, po! Mas ao mesmo tempo que ele usa grandiloquente e triunfalismo, ele usa pianinho e cinemão que são usadas mais em linguagem falada, informal. De qualquer forma, é bom aumentar o vocabulário. Algumas palavras chatas resumem uma ideia que usaria uma frase pra se descrever a mesma coisa.

i.p.3

i.p.2

i.p.

Escreve mais alguma coisa, vc é a piada daqui, vc me faz rir muito kkkkkkkk

Acabei de conhecer um burro de olho puxado.

Primeiro, como ja falei, deixe de se achar. Ninguem, incluindo eu, dá a mínima para o que vc acha ou não. Coloque-se no eu lugar.

Rafeco, olha só: sou muito cetico em relacao a filmes de tubarao. Desde que foi criada a arte do cinema nunca fizeram pelo menos 10 filmes do subgenero tubarao que presta! Os unicos filmes de tubarao assistiveis que já surgiu foram: Jaws 1 e 2, deep blue sea, open water, the reef e o overrated the shallows. SO ESSES! Nenhum mais. Como meg vao utiliZar bastante CGI nao vou apostar minhas fichas nao.... Alias, esse ano de 2016 tivemos CAGE DIVE e IN THE DEEP; 2 filmes independentes de tubarao bastante elogiados, mas ainda nao assisti....

cara eu acompanhava noticias do MEG la em 2007, tinha altas esperanças de lançarem rsrsrs, ficava imaginando quao grandioso seria o tubarão

é o G-man! kkkkkkkkkkkkkk

O mesmo digo do Som ao Redor, que p*ta filme chato, sem sentido e sem sal! Consegui ver até o final esse que citei, mas depois de uma semana, assistindo um pouco por dia, e como o diretor do Esquerdarius é o mesmo, eu pulei fora, nem vou perder tempo.

foi na cena que a menina sexualizada vira zumbi e continua sexualizada, aí o resséu deu -1 ovo pro filme

Texto chato da porr*, impossível de ler isso com essas palavras chatas. Escreve direito, pô, como todo mundo. VC não fala assim nos vídeos, pra que escrever desse jeito? Tá parecendo aluno de mestrado querendo agradar a banca..

Muito bom! Tenso e emotivo, mas temos de lembrar que na literatura oriental em geral as interpretações são mais exageradas que no ocidente, para nós parece quase caricato, mas qualquer um que ve animes sabe do que estou falando. Muita ação e com bom desenvolvimento da historia, otimo final.

finalmente em hessel

Eu achei muito legal o filme, típico de filme coreano, tem o dramalhão, as reações exageradas e por vezes caricatas retratam bem a diferença de cultura existente. Além disso o filme caminha com perfeição entre gêneros que a gente imagina que não podem andar juntos, em momentos que variam de tensão pra drama, pra comédia e puro gore. O final poético é bem típico dos filmes orientais e fecha com chave de ouro esse que é um dos melhores filmes de zumbis que já vi. Aliás os próprios zumbis são um show a parte, será que todos os atores eram contorcionistas?

Cada um vê o que quer ver.

Seja pelas interpretações fantásticas de Yoo Gong e Soo-an Kim, ou por ser um dos filmes mais eletrizantes do subgênero zumbi, se não o mais, Train To Busan é definitivamente uma obra prima de puro entretenimento. Me entristece ver que um filme como este não ter o reconhecimento merecido simplesmente por ser uma produção coreana, talvez o fato de ele quebrar as regrinhas de Hollywood tenha algo a ver com isso?. Protagonista super defeituoso, personagens coadjuvantes com subtramas bem escritas, realismo em cenas de ação, entre outros detalhes que dão um soco na boca do estômago de filmes marqueteiros que infelizmente existem de monte hoje em dia. Neste longa dirigido por Sang-ho Yeon, uma vez que a ação começa o filme não perde seu ritmo, sem a preocupação nenhuma de explicar o que aconteceu para pessoas saírem devorando umas as outras, o que deixa o filme mais interessante e livre de clichês desnecessários. Outro ponto positivo são os zumbis maratonistas que dão o gás necessário que o filme precisa, com um visual um tanto único e coreografias aterrorizadamente empolgantes.Outro show a parte é como o filme consegue ter tantas personalidades fortes de todas as idades, estabelecendo carisma com tanta fluidez que fazem muitas produções grandes parecerem feitas por crianças. Train To Busan abusa um pouco dos efeitos visuais, principalmente no ato final, mais falando de um filme que se arrisca tanto e entrega um resultado final que faz cair lágrimas, eu diria que isso não incomoda. Um filme para ser apreciado, e que nos mostra o quão bom um filme pode ser sem jogar a trama na cara do expectador, nos fazendo pensar sobre nossas escolhas e passando uma emoção palpável que nos toca dentro da alma. Bom, eu acho que esta bom para um filme de zumbi.

Hessel tá prestando atenção no filme asuhsauahaus

Um dramalhão com zumbis!

Prefiro muito mais guerra mundial z, achei o filme chato, tem umas partes de comédia, e os zumbis quase que uma copia do filme citado, e odeio quando matam quase todos ou todos os personagens do filme, muito previsível este final. Preferia não ter gasto meu tempo e dinheiro para vê-lo.

Na real a bruxa é mais um filme de horror, mas sim é classificado no brasil como terror. O que importa é que são filmes profundamente diferentes, invasão zumbi é feito pra ser um terror pipoca, e é eficaz neste aspecto, a bruxa já tem uma pegada de cinema autoral, e a premissa esta mais ligada ao horror/mistery.

Sabugosinha! Daqui pra frente, só pra não deixar você ser o último a dar a palavra - vou escrever "ip"... e você já vai saber do que se trata, assim espero - burro do jeito que é... é bem capaz de não entender!

De ULTRASEVEN (Toru Uata) para Visconde Sabugosa (Juninho)! Nenhum banho, nenhum perfume, nada vai tirar a sua ignorância petulante - SIM! MEU COMENTÁRIO FOI EXCLUÍDO e como sou inteligente, sei até o motivo disso - comentários longos, são avaliados e dependendo do texto excluídos, é só isso VISCONDE SE SABUGOSA! Vamos ver se esse vai passar?.... OPA! Passou!

ESTUPIDO hessel sugerir relacionamento homoafetivo, elas eram irmãs!! Affff

Vc entendeu isso pq elas são irmãs. Hessel é doido

assisti ontem e amei o filme e olha que nem sou fã de filme de zumbi

Excelente! Amo filmes de zumbis e esse foi um dos melhores que já vi. "as duas velhinhas envoltas em uma sugestão de um relacionamento gay"... Eu entendi que elas eram irmãs.

não é? kk

Ia ficar legal..

se diminuisse os 20 milhoes que o 'pitt batedor de criança' deve ter ganho pelo filme dava p trocar todo zumbi de cgi por zumbis atuados por humanos de verdade. imagina a bagaceira!! montao de figurante empilhando um encima do outro!! kkk

essa praga falsa chamada cgi destruiu jurassic world! world war z é entupido disso

Sim, erro meu.. Essa noite eu assisti novamente e ela diz que e' irmã..

Se fosse sua irmã, ou mesmo seu melhor amigo(a), seria diferente?!

Mas ficou meio claro q se tratava de um casal, tanto q a outra ficou com muito peso na consciência e raiva do pessoal por terem contribuído para a morte dela..

Mas Guerra mundial Z e' cheio de CGI, fora ser um filme de zumbi sem sangue.. Os zumbis la eram bonecos com forca sobre-humana.. Fora aquela queda de avião e conveniências para o Jesus Brad Pitt.. Esse filme do trem e' usado um monte de figurantes, so faltou um pouco de emoção, mas isso pode ser justificado pelo fato de tentar mostrar a cultura coreana..

Mas Guerra mundial Z e' cheio de CGI, fora ser um filme de zumbi sem sangue.. Os zumbis la eram bonecos com forca sobre-humana.. Esse filme usam um monte de figurantes, so faltou um pouco de emoção, mas isso pode ser justificado pelo fato de tentar mostrar a cultura coreana.. Achei um filme muito bom, ele so se alonga um pouco mais do q deveria...

E' um filme muito bom, eles usam uma grande quantidade de figurantes, coisa q deveria ter sido feita no filme "guerra mundial Z", neste ultimo ficou tudo falso.. Eu não entendi a questão falada na critica q os "endinheirados se encastelam", ali não eram pessoas de um mesmo vagão, depois q eles saem do trem todos meio q se misturam, aquele pessoal chato foram mistas q entraram na primeira porta aberta no trem. Sim tinha endinheirados, mas não eram todos, tem enfase no executivo da ferrovia (ele influenciou os outros).. O mesmo do pai da menina, ele não pareceu um desalmado como eu esperava depois de ler sinopses brasileiras, o único desalmado era o executivo da empresa trens..

Sei la, depende.. Eu so vi 3 ou 4 filmes brasileiros bons.. Posso estar enganado, mas o problema e' q o cinema so tem um grande produtora, a globo. Td q forem produzir seria meio engessado e pasteurizado.. Tem ou tinha a produtora do Padilha, mas ali deve ser um esforço monumental..

Filme bom e vi que já estão lutando pelo direito de fazer um remake em hollywood

Estou desconfiado!!! Acho que o "Tatu" fez figuração de zumbi!!!

De quem foi mesmo o comentário ignorante que foi excluído? Me faz rir mais um pouquinho.

O que te é aterrorizante portanto?

4 ovos significa que é ótimo, tá entre parênteses do lado.

Terror para o senhor então deve ser esses filmes de boneco amaldiçoado ou os enlatados do James Wan.

O Filme é excelente! Pra mim os momentos em que o CGI fica forçado é claramente uma tentative de agradar os fãs de hollyood. Explode o que tem que explodir, sem exageros, sem carros e prédios voando pra tudo qto é lado as coisas acontecem no momento oportuno, o filme é o melhor do genêro que ja vi até agora . Ps:"as duas velhinhas envoltas em uma sugestão de um relacionamento gay". De onde vc tirou isso?! São irmãs, elas dizem isso claramente!

Uma bosta. E o melhor filme de terror de 2016 continua sendo A Bruxa.

Under the Shadow é um filme excepcionalmente melhor do que esse...e também não é uma produção tradicional e nem norte americana.

Voltei ao filme depois de um break e pude ver o choro da menina no final: a única expressão de horror mais ou menos genuína em qualquer filme de terror dos últimos tempos. Infelizmente, o resto do filme é uma lástima incrível, a começar pelos estranhíssimos zumbis e a terminar pela péssima abordagem de uma questão social ao fundo do argumento principal.

Gostei pra caramba do Gong Yoo nesse papel e me surpreendi com esse filme ,pq é um dos poucos que tem zumbi que curti de vdd ...

Rudi! Eu respondi o seu comentário, mas pelo jeito o OMELETE não gostou do que escrevi e deletou o meu comentário, tudo bem - como disse antes, você não me incomoda - você está protegido pelo site! Isso é Brasil... mas de certa forma, entendo o site, gente ignorante tem mesmo que ser protegida!

Aquarius foi bem avaliado, mas não consegui passar dos primeiros 10 minutos.

A única coisa boa que tem no filme é o choro da garotinha: uma dimensão do horror sentido pela personagem. Entretanto, a produção é sofrível ao tentar representar esse horror por meio dos ridículos zumbis.

Meu querido Ultraseven, acorda, ninguém está nem aí para vc. Tome seu rivotril.

Para mim, de todas as obras que vi, este foi o melhor filme do ano!

Já ouviram falar no efeito projeção? Em psicologia, projeção é um mecanismo de defesa no qual os atributos pessoais de determinado indivíduo, sejam pensamentos inaceitáveis ou indesejados, sejam emoções de qualquer espécie, são atribuídos a outra(s) pessoa(s)- Fonte: Wikipedia...kkkkkkk

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus