Planeta dos Macacos: A Guerra
Filmes - Ação, Drama, Ficção Científica
Planeta dos Macacos: A Guerra (2016)
(War for the Planet of the Apes)
  • País: Estados Unidos
  • Classificação: 14 anos
  • Estreia: 3 de Agosto de 2017
  • Duração: 142 min.

Planeta dos Macacos: A Guerra | Crítica

Filme de Matt Reeves vai muito além da promessa de conflito do título

Ironicamente, Planeta dos Macacos é uma das franquias mais humanas da cultura pop. Sua discussão sensível sobre evolução, intelecto e dominação toca fundo nas falhas da humanidade. A ascensão dos símios e a decadência dos homens leva à reflexão sobre esses erros e a uma torcida sincera contra a própria espécie.

Em Planeta dos Macacos: A Guerra, Matt Reeves conclui o prelúdio para a história do filme de 1968 (baseado no livro do francês Pierre Boulle) com as mesmas urgências dos longas anteriores (A Origem, de 2011, e O Confronto, de 2014). O tom, porém, é diferente, em uma mistura bíblica de conflito e recomeço. É o ápice da evolução de César, mais articulado e calejado pela responsabilidade de proteger o seu bando. Os símios vivem com medo, reféns de um combate que não parece ter data para acabar.

O avanço da tecnologia de captura de performance e da computação gráfica tornam a experiência visceral. É possível ver Andy Serkis nos olhos de César e, ao mesmo tempo, esquecer completamente do elaborado processo necessário para que o personagem ganhe vida. O que se vê é de fato um chimpanzé que ama sua família, precisa guiar um povo e vencer um conflito na busca por uma vida civilizada. Serkis transcende camadas de equipamentos e entrega uma emoção genuína, com um grau de expressão e domínio do corpo impressionantes.

O peso das atuações em Planeta dos Macacos: A Guerra também está no elenco de apoio por captura de performance - o sábio orangotango Maurice (interpretado por Karin Konoval), os guerreiros Rocket e Luca (Terry Notary e Michael Adamthwaite) e o novato Bad Ape (um timing cômico preciso de Steve Zahn) - e no lado humano do conflito: a jovem Nova (Amiah Miller) e o Coronel (Woody Harrelson). A menina representa o retorno a uma condição mais primitiva e inocente (o bom selvagem), enquanto o personagem de Harrelson vai ao coração das trevas encontrar o Coronel Kurtz de Marlon Brando para mostrar a decadência do homem civilizado.

A influência de filmes como Apocalipse Now, A Ponte do Rio Kwai e Os Dez Mandamentos é explícita. Nessa amálgama de gêneros, Reeves, que assina o roteiro com Mark Bomback, conta uma história épica sem cair em maniqueísmos e vai muito além da promessa se guerra do título. O Coronel não é mero vilão na sua oposição a César, assim como o herói não é perfeito ou infalível. O encontro dos dois expõe a natureza complexa que determina a “humanidade” na busca pela sobrevivência. Relações embaladas com imponência pela trilha de Michael Giacchino, que alterna brutalidade e leveza em uma jornada de muitas camadas.

A trama emocional de A Guerra vem acompanhada de sequências de ação grandiosas. Reeves prova que sabe não só como usar todo o espaço da tela, mas posicionar sua câmera de forma a descentralizar o olhar do espectador. Mesmo quando trabalha com bandos, a ação não se torna maçante e nem perde o foco. A câmera acompanha os personagens, sem que a vida se perca em meio a tiros e explosões. O ritmo é construído alternando tocaia e conflito, drama e humor, em uma composição que nunca perde a força - as duas horas e vinte minutos do longa passam voando.

Planeta dos Macacos: A Guerra é uma experiência cinematográfica de qualidade técnica e alcance dramático. É o retorno do cinema clássico em embalagem tecnológica, feito para entreter, mas sem menosprezar seu público. A história de César não vai embora com o rolar dos créditos. 

Nota do crítico (Excelente) críticas de Filmes
 

A questão é que não necessariamente deveria ser o pai dela, era apenas um soldado. Nunca foi dito que era o pai dela.

Os filmes nunca foram filmes com ação ou batalhas desenfreadas. Se você gosta de filmes assim, corra quando vir o nome de Planeta dos Macacos. É pra quem curte filme paradão mesmo.

verdade, filme da porra de ruim, ta loco

Não era impressão minha kkkkk. Os antigos filmes também exploravam esse lado religioso e filosófico.

Assisti hoje, que decepção... É sem dúvida o pior dos três. O filme até começa bem, apesar de arrastado, com uma ideia geral de história interessante. Mas, meu Deus, o que fizeram com o roteiro a partir do momento que Cesar chega a base militar??? É horrível, horrível... O que explica uma garotinha andando dentro de uma base militar preste a ser atacada sem nem ser notada? Ou então aquela macacada andando de uma jaula para outra de boa? E aquele soldado que entra sozinho no meio da noite em uma jaula com centenas de macacos? Mas o pior de tudo foi Donkey inexplicavelmente salvando Cesar, por favor... O macaco ajudou a matar os semelhantes aos montes, deu chicotada e traiu Cesar desde o inicio do filme e de repente ele se sente culpado e decide virar o mártir da macacada?! Ah, eu estava esquecendo do final em que Cesar espera estrategicamente depois de chegar "em casa". O macaco me leva uma flexada nas costelas, consegue atravessar a neve e o deserto e espera para morrer no momento exato! Que isso, parece que depois de um tempo os roteirista ficaram de saco cheio e resolveram chutar o balde... Final deprimente para uma trilogia que teve os 2 primeiros filmes tão bons.

Por isso que eu sempre torci para os Macacos.

A explosão gigantesca causou uma avalanche achei plausível, e ainda fez um paralelo com o Mar se fechando entre os Hebreus e os exércitos de Faraó como em Êxodo. Filme e trilogia perfeita.

Vocês não estão levando em consideração que a doença afetou a menina e também estava afetando o soldados, né? O próprio coronel foi vitima dela. E ninguém garante que a menina era filha daquele cara, não sabemos o background da menina, se aquele cara tratava ela bem ou não

Rapaz... Não sei se lembra, mas o próprio coronel cita que eles iriam ser punidos pela própria natureza.

Fraco......

Lendo a critica e os comentários parece que são dois filmes totalmente diferentes. Enfim, eu concordei com a critica e considero o filme muito bom. Acho que ao contrário da maioria dos comentaristas, ao ver o título "Guerra" eu esperava muito menos do filme, com ação desefreada e diálogos pobres, e entendo a frustração da maioria. Matt Reeves conduziu uma história sobre guerra de um ponto de vista psicológico e sensível. Mostrou os horrores da guerra e especialmente seus efeitos sobre os dois antagonistas, Cesar e o Coronel. O filme tem soluções fáceis? Sim, e considero falhas do roteiro, porém menores em relação à história que foi contada. Méritos aos efeitos muito apurados. Ver as cenas de close dos macacos me impressionou muito e mostra como a tecnologia evoluiu desde o primeiro filme. E mais do que isso: permitiu ver a grande atuação de Andy Serkis (sua melhor atuação em minha opinião) e também de Karin Konoval (Maurice). Ver suas expressões de perto foi um experiência surpreendente. Ponto positivo também para a câmera: no início do filme, enquanto Cesar e seus companheiros seguem em direção a seu acampamento você se sente fazendo parte da cena. A atuação dos humanos também está acima de críticas, com Woody Harrelson e Amiah Miller mandando bem. E as partes em que muitos criticaram, de lentidão, enquanto os macacos conversam entre si, foram essenciais. Nenhuma frase desnecessária e as expressões dos gestos coreografadas de forma natural, realista e que transmitiam a mensagem, melhor que em palavras.

faz melhor idiota

Filme horrível, podre! uma grande decepção com relação aos 2 primeiros.

Neste caso há um perdão. Não se pode concluir que é filha, mas pode ser apenas alguém que o soldado estava cuidando. Além disto, afetada pelo vírus mutante, seria a "boa selvagem", alguém que se encontrou mais nos símios do que num humano.

A primeira metade é exageradamente arrastada. Realmente, de dar sono. É um filme de ritmo péssimo. Mesmo quando melhora, não tem um ritmo adequado.

Crítica exagerada. O começo é exageradamente arrastado. A segunda metade é melhor, mas há pouca ação (para uma "guerra" no título), o ritmo oscila muito e algumas escolhas do roteiro são desnecessariamente exageradas ou simplesmente ridículas. Esperava mais e saí do cinema um tanto decepcionado.

O filme tem muitas "saídas fáceis" é fato, não obstante a isso, como fã de longa data dessa franquia, saí muito satisfeito do cinema. A trilogia foi fechada e não me deixou insatisfeito ao contrário de outros prelúdios que vi nos últimos 20 anos. Falhas de roteiro sempre terá aqui e ali , mas consigo vê-la como continuidade dos filmes antigos sem conflito e nem desgosto.

acho que a graça desse site tá em discordar com a critica, pq quando o autor acha o filme ruim os comentarios acham o filme bom e quando o autor gosta do filme os comentarios sao detonando. Eu achei exatamente isso aí que a Natália falou, sem tirar nem pôr. Vários macacos e humanos morreram, isso antes mesmo do confronto final q teve a avalanche, e tem gente reclamando q queria ver MAIS guerra?? Definitivamente o ser humano eh o animal mais nojento desse planeta, pq nao tem coisa mais pavorosa do que pedir guerra. E sim teve guerra na porra do filme, só prestar atençao no tanto de apes e homens q morreram.

Eu me amarei no filme. As atuações estão fantásticas, Steve Zahnm, Woody Harrelson e Andy Serkis interpretam no mais alto nível. No caso do Serkis então essa é na minha opinião a melhor atuação de sua carreira. O CGI dos macacos é simplesmente absurdo, nem consigo imaginar algo melhor do que eu vi no filme, para mim é digno de Oscar de efeitos especiais. E a qualidade do CGI é fundamental para nós aproveitarmos melhor a atuação e nos conectar com os personagens. Outra coisa bela é fotografia do filme que nos deslumbra a maior parte do tempo. A trilha sonora melancólica cai como uma luva também. Quanto ao enredo, se trata de um filme diferente dos anteriores, principalmente em relação aos anteriores, pois é uma obra mais filosófica, que exige que o espectador se conecte com a história do Cesar e seu povo. Tem muitos momentos tocantes, momentos que me arrepiaram. E nesse filme o Cesar consegue crescer mais ainda como personagem, não tem como não sair do cinema e não achar esse macaco foda. Não é um filme para qualquer um, tu tem que está no clima porque não é uma experiência de fácil digestão. Exige mais do expectador do que um blockbuster costuma exigir. O filme tem seus furos de roteiro, mas eu os acho irrelevantes para proposta do filme. Talvez o maior problema não seja do filme em si, e sim como ele foi vendido. Eu quando entrei no cinema esperava ver algo BEM diferente do que me foi apresentado, só que no meu caso a quebra de expectativa foi positiva. Se eu tivesse que dar uma nota seria 9/10

alem dos citados: buraco magico, soldado entrando sozinho em cela de macacos inteligentes, macaco que foge sem explicar como, coronel não matar cesar , e a enrolação no meio do filme que também me deu sono. mas oq mais me chateia foi o final, pronto matamos os humanos ruins e agr oq faremos com os outros humanos que vieram do norte? resposta: junta tudo e mata todos com uma avalanche e pronto fim da humanidade, na boa para primeiro de conversa,uma base localizado naquele lugar, que poderia ter uma avalanche desastrosa assim, nem existiria.

sim, podia ter uma meia hora de filme a menos... Os outros filmes da série eram bem mais ágeis neste sentido, mantendo ou com qualidade maior.

São muitas e muitas INCONSISTÊNCIAS no roteiro: buraco mágico para o grupo de fora resgatar os macacos, o coronel não ter matado logo César, centenas de macacos sumido e ninguém percebe, soldado entrando sozinho na cela com as centenas de macacos, todos sabem que os macacos se comunicam muito bem, além de serem muito inteligentes e ninguém se importa com isso e para fechar, semanas ou meses de jornada dos macaco e só então César morre. Tudo podre...

Preste atenção ao roteiro quando reassistir, e cresça também para ter mais criticidade.

São muitas e muitas INCONSISTÊNCIAS no roteiro: buraco mágico para o grupo de fora resgatar os macacos, o coronel não ter matado logo César, centenas de macacos sumido e ninguém percebe, soldado entrando sozinho na cela com as centenas de macacos, todos sabem que os macacos se comunicam muito bem, além de serem muito inteligentes e ninguém se importa com isso e para fechar, semanas ou meses de jornada dos macaco e só então César morre. Tudo podre...

Corroborando com o Jurssa Santos, muitas e muitas INCONSISTÊNCIAS no roteiro: buraco mágico para o grupo de fora resgatar os macacos, o coronel não ter matado logo César, centenas de macacos sumidos e ninguém percebe, soldado entrando sozinho na cela com as centenas de macacos, todos sabem que os macacos se comunicam muito bem, além de serem muito inteligentes e ninguém se importa com isso e para fechar, semanas ou meses de jornada dos macaco e só então César morre. Tudo podre...

ROTEIRO PREGUIÇOSO. MUITAS E MUITAS INCONSISTÊNCIAS NA HISTÓRIA(ROTEIRO). [2]

ROTEIRO PREGUIÇOSO. MUITAS E MUITAS INCONSISTÊNCIAS NA HISTÓRIA(ROTEIRO).

O objetivo do filme foi mais filosófico e uma tentativa de dar o ponto de vista do macado-líder na luta de macacos contra humanos. Mas o que vi foi um filme moroso, entediante, maniqueísta e excessivamente apocalítico no final. No meio do filme, me deu sono e quase saí do filme. Muita paisagem e diálogos lentos com macacos se comunicando com mímica.

Super concordo!!! Esse terceiro filme, poderia ter sido diferente...mas infelizmente não fechou com chave de ouro!! To tentando fazer igual a voce: tentarei fazer de conta que o terceiro filme não existiu, indignação!!

Concordo!!! Primeiro e segundo filme foram excelentes, pra cagar no último!! Criei expectativas e achei super maçante e cansativo de assistir, na poltrona do cinema pensava: agora vai, agora vai...e nunca ia...e acabou nao indo!! BO-RING!

É isso ai meu querido não tiro uma virgula do que vc disse...

Por este ponto de vista da comparação entre os dois filmes, há o que discutir realmente... O Confronto é disparado melhor da franquia (por coincidência, a maioria dos segundos filmes de cada franquia são os melhores: Spider 2 do Raimi, O Cavaleiro das Trevas do Nolan, Star Trek: Além da Escuridão, Soldado Invernal, Dias de Um Futuro Esquecido, Terminator: Julgamento Final e por aí vai) Prosseguindo... apesar de eu ter concluído o filme como "sensacional", consigo ver a crítica que você tenta expor, Jurssa, na verdade consigo entender a agonia das pessoas na conclusão deste filme! Até eu esperava algo mais, uma outra conclusão ou algo do tipo. Mas bom, pra fechar a discussão: o filme é ótimo, mas não mais que seu antecessor, isso seria forçar realmente u.u

De verdade o que o filme me passa que eles fizeram o filme pro Andy ter uma aspiração ao Oscar...se é certo ou errado não julgo mas faltou tanta coisa que eles construirão nos outros dois primeiro,que esse terceiro filme por conta disso o oscar ou pretensão pode ter ido para o espaço...A introdução da nova no filme eh muito confusa... sem nenhum apelo sem nenhuma influencia sobre o roteiro..

Na metade do filme eu tava desistindo de ficar na sala. Diálogos extensos de macacos fazendo "uh, uh!" e com legenda em baixo, cenas abertas de paisagens, progressão lenta e desinteressante. Começou rápido, e foi ficando lento, quase parando, até tomar um pouco de velocidade no final. O papo de filosofia e humanidade aí do texto é verdade, mas não quer dizer que isso foi usado enquanto filme e entretenimento. Nem o macaquinho leite-com-pêra fazendo piadinha salvou. BO-RING!

ha ha ha...também achei, claro que seriam visto.

Também achei estranho a menina nem ligar quando mataram o pai dela...e depois chorar quando o macaco morreu...

mas nem questiono que não seja uns dos bons filme do ano... como vc citou sim pode ser considerado um dos melhores do ano mas veja o que a gente ta dizendo se vc acha que confronto é melhor e de fato é ... O Confronto recebeu 4 ovos ... como esse que eh inferior pode ter 5 ovos eh disso que a gente ta falando ... ninguem ta cravando que o filme é ruim e sim esse exagero na critica colocando como uma obra de arte ele não é longe disso o filme se perde em varios aspecto mas não deixa de ser um filme excelente no que propõem mas como a serie vinha numa crescente e o terceiro eh mais fraco que os antecessores eh por isso que acho que foi decepção pleo sentimentalismo que temos com a franquia o que não é errado pq se não tivéssemos esse sentimento e carinho pela serie estávamos torcendo pelo seu fracasso o que não é o caso...

"Era de Ultron" mandou abraços aheuahushauehua

Melhor filme do ano pode não ser, mas faz parte do TOP 5 junto com Logan, Fragmentado, Dunkirk e vou deixar o suposto "quinto" reservado (talvez Wonder Woman)... Continuo achando "O Confronto" o melhor da franquia, mas infelizmente pra muitos, terei que discordar que o filme foi fraco por si só (pode ser fraco apenas se comparado ao restante da trilogia), esse tal sentimentalismo barato que muitos mencionam aqui, atraiu minha atenção e me cativou (coisa que não ocorre desde Logan). Filmes designados como "filmaço" tais como Velozes 8, Alien, Guardiões Vol 2, Spider, não passaram de meramente "bons", mas enfim... Opinião é opinião!

Ele só perde pra Logan e Fragmentado entre todos lançados no ano! Nem Mulher-Maravilha, Alien, Guardiões da Galáxia 2 e Spider que eu coloquei tanta fé (e não passaram de filmes meramente bons), atingiram meu ápice da emoção. "A Guerra" segue ao menos no Top 5 de 2017 u.u

Quem sabe vem um quarto por aí?! Ou aquilo tudo foi só referência aos primeiros mesmo. Tipo, agora que você viu como tudo começou, veja os filmes originais... Quem sabe?!

Pô cala, eu andei pensando, e vi que não ela uma boa ideia :c

Excelente filme, sensacional!

problema que era vigiado sim ateh porque tinha um eminente ataque e ali não era um macaco qualquer na cela era o macaco era Cesar o macaco que eles passaram o filme todo tentando matar...E soldado fazendo corpo mole??? os cara estão ali dando a vida pelo coronel e tão fazendo corpo mole??? em qual cena do filme vc viu um soldado fazendo corpo MOLE???

Jurssa é o seguinte: a menina pode sim circular pelo local que convenhamos, não era tão bem vigiado assim e os caras poderiam fazer corpo mole e não vasculhar tal local.

e Guy não é falando mau do filme que ainda eh sim um bom filme mais muito inferior aos outros dois e deixa um gosto de decepção pelo crescente da serie no cinema.. O filme construiu muitas situações que teve as resolução fraquíssima e uma dela eh do General...O General no começo do filme quer o fim dos macacos ateh então não sabemos o motivo...a primeira incursão da errado e ai o general pessoalmente vai atras de cesar e isso da a conotação pessoal, que os dois tem uma treta, e no começo do terceiro ato é revelado o motivo porem ai que o filme se perde pois se o cara quer o fim dos macacos pra que reunir os macaco e força-los a construir um muro que não serve pra nada pq não matar todos e não matar cesar na frente de todos essa era a pergunta que me fazia quando ouve o levante de cesar, porem eu pensei ah ta vindo uma guerra, vai ver o coronel não sendo burro vai propor uma aliança e eu achei que rolaria isso meu inimigo se torna meu aliado contra um inimigo em comum... então esperei a famosa aliança entre o macaco que perdeu a familia pra salvar a familia que lhe resta e o algoz de sua especie... tava ali desenhado o desfecho da guerra...mas o que acontece... nada disso o coronel morre de forma patetica os macacos ficam no meio da guerra sem saber o que fazer .. uma avalanche da fim na guerra sendo que eles estavam em uma floresta e logo depois estavam numa montanha de neve, tipo foi fraco infelizmnete e por ter sido fraco esse roteiro sem nenhuma profundidade creio eu que o Andy nem vai ser cogitado pro oscar o que seria uma pena pois de longe foi seu melhor papel e personagem...

Filme tem muitas cenas piegas e uma trama que não se encaixa... Os macacos perdem o peso a medida que vc entende que a guerra eh entre os Humanos tipo os macacos só estão no meio disso tudo... e vc percebe que o acaso sempre fez o filme... mas nesse terceiro ficou meio que bizarro a menina andando no meio do campo de concentração e ninguém ve ela... um buraco próximo ao muro o coronel manda os seus soldados vasculhar a area acho que o pessoal não foi um metro alem do muro e disse ta ok... uma menina colocada no meio do filme sem nenhum proposito a não ser um fã service sem serventia...muitas coisas no filme se ressalta por ser brilhante como atuação do Andy e dos outros que deram vida de forma brilhante para seus personagens mas alguns personagens foram tosco como o general como aquele soldado que teve sua liberdade pela mão d césar ele não teve relevância nenhuma só teve a derradeira cena final que foi prolongada e com um desfecho que não se entende... e outra coisa que não se entende eh pq construir um muro contra helicópteros, aviões, bazucas e misseis???

Comparar esse filme com esses clássicos... você só pode estar de brincadeira.

Então você deve ter odiado DANÇA COM LOBOS, CORAÇÃO VALENTE, APOCALIPSE NOW.

Meu pensei em você esses dias!!! KKKKKK Lembra num outro tópico que eu falei que era capaz da Disney abrir um streamings só dela???? Não deu uma semana e soltaram essa notícia! Só não fazia ideia de como te achar pra comentar isso. Mas aqui está você!

Curiosidade: Por que vc não gostou? Se disse que achou muito parado não vale.

É filme... releva... hehehe Na hora que eles vão atrás dos humanos à cavalo, minha esposa perguntou: "Mas eles precisam seguir tão de perto?" Faz parte.

É uma lástima que só pode ver sessões 3D. Assisti ao filme normal e não notei nada em que o 3D fosse interessante.

Por que você não gostou. Fiquei curioso? Só não vale dizer que achou parado demais.

"A influência de filmes como Apocalipse Now, A Ponte do Rio Kwai e Os Dez Mandamentos é explícita." Tambem achei. E achei o mpaximo! Grande filme. teve horas que também lemre de DANÇA COM LOBOS e até mesmo CORAÇÃO VALENTE! Belo filme!

Parece que a Maldição do terceiro filme pavoroso atacou novamente. Filme terrível. O que é uma pena pois os dois anteriores são excelentes. Farei de conta que esta terceira fita não existe, é muito ruim!

Fotografia: 10 Trilha: 10 Atuações: 10 Direção: 10 Roteiro: 9 Efeitos: 9,5 3D: 1

Achei o filme top ,mas os dois filmes primeiros são melhores Alguém sabe dizer se o final de todos os filmes é aquele de antigamente que os humanos vão até outro planeta?

Ele não vai além do título, ele não chega lá.

achei razoavel...alguem me explica como pode mudar de ambiente tao rapido...de praia pra nevasca e vice versa...isso nao entendi...rsrs

Vi ontem, e achei sensacional, sei que teve gente que se decepcionou por ''falta'' da guerra do titulo, mas o filme é a guerra em si, que nao é só tiro, porrada e bomba, é uma batalha psicológica também.

traduzindo literalmente o título é Guerra pelo Planeta dos Macacos. Ou seja quem reclama do titulo não leu o texto inicial e não prestou atenção no "I`m not started this war" que o César diz. Portanto eles já estavam em guerra e o filme começa justamente num clima de guerra Obs: eu senti que o muro que o Coronel constrói nesse filme foi uma crítica ao Muro do Trump

mas no livro e no filme original além do remake de 2001 os macacos eram coadjuvantes

Filme excelente! Parabéns pela crítica da Natalia, sem medo de ser feliz!

kkkk Fui o primeiro a falar que o filme não era tudo isso e fui detonado...falaram que eu assisti outro filme mas agora aparece mais pessoas dizendo a mesma coisa... os mesmo ponto...ou seja o filme tem muitas falhas e as falhas são muito nitidas... pena que o OMELETE só faz média...

Isso foi de doeer mesmo!!! Graaaaaaaaande plano!! Filme muito bem feito, mas essa do guarda foi de lascar!

Filme fraco, da franquia o melhor é o segundo, que surpreende o espectador.

Ótimo esclarecimento. Eu precisava mesmo ter esse retorno. Quem detestou o filme pensou que muitos elementos no filme foram colocadas de forma gratuita, que não possuía conexão alguma com os clássicos.

sim ,muito bom o filme um dos melhores

são divididos em 2 grupos ...o que odeiam e os que se odeiam lendo a critica dele

Amigo esse Cornellius deste filme não é o mesmo do filme de 68. O filme original se passa em torno do ano 3000 e alguma coisa. Contudo este novo está cheio de referências aos clássicos como o simbolo do exército alpha e omega que eram os símbolos das armas nucleares em Retorno ao planeta dos macacos de 1971, os soldados em formação com aquele mantra que parece referenciado ao povo subterraneo que possuia as armas nucleares tambem no filme de 71. O local onde os macacos são torturados (madeiras em X) são identicos aos "espantalhos" colocados ao redor da zona proibida no filme de 68 para espantar os macacos. A boneca tambem faz referência a uma boneca achada nas escavações arqueológicas no fim do 1o filme original.

Quando o titulo do filme é um "clickbait"

Amigo é só uma referência. O filme original de 68 se passa no ano 3000 e alguma coisa, os astronautas viajavam próximo a velocidade da luz e aceleraram no tempo. O macaquinho Cornellius também não é o mesmo logicamente, assim como Maurice não é o mesmo macaco cientista do filme de 68.

Espero que seja ironia.

Esse filme é um enlatado mal disfarçado de "reflexão".

Filme horroroso. Tudo que tem de ação nele é banal, tudo que tem de drama é fraco, forçado, com dilemas óbvios e emocionalismo barato. Quem escreveu essa crítica nunca deve ter visto um drama de fato.

Excesso de Velho Testamento, Coluna de fogo e a onda cobrindo os soldados inimigos enquanto os macacos buscam sua terra prometida.

Teve... só ir lá e ver o filme de 1968. Que se passa muitos anos depois desse que retrata a guerra, onde mostra o Cornelius bem velho.

putz! Ai iria cagar de vez o filme. Essa sua descrição seria o pior final possível.

Uma cena do novo filme homenageia um cena do filme de 1968 com a personagem Nova

EXCESSO DE EX-MACHINA

Bingo!!!!!

Eu gostaria de ver uma continuação na base da cine-série anterior. Uma nova trilogia. Começaria com A Conquista do Planeta dos Macacos. Sem a liderança do pacifista Cesar, os símios poderiam partir para o ataque, buscando seu lugar no mundo. Depois veríamos um frágil equilíbrio na convivência entre as duas espécies. E finalmente a tomada de poder pelos símios e a involução e inevitável perda de fala dos humanos.

Bingo!!!!!!!!

CHEIO DE EXMACHINA SP0IL3RS ABAIXO: O caba entra na cela dos macacos sozinho e baixa a guarda por causa de bosta na cara plmdeeusss. E os caras colocam dois tanques inflamaveis atrás de uma parede de pau q receberia ataque aéreo de todo jeito. Todos os guardas desse filme são cegos. Uma avalanche chega na hora q o outro exercito chega dps q prenderam só três carinhas restantes kkkkkkkk pqpppp e eu gostei muito do segundo.

Esperava mais do filme pensei que teria algumas guerras emocionantes. Nada disso... Filme melancólico demais, muita enrolação, uma guerra entre homens sem pé e nem cabeça, e os macacos como coadjuvantes. Poderiam diminuir 1 hora do filme. Valeu a pena os 2 filmes anteriores, o terceiro nota 1. Aff...

Filme esplendido, merece sem ´duvidas nota máxima! Diverte, emociona, cativa e te prende com uma história inteligente e com um protagonista muito forte! Desde Gollum eu nao me encantava tanto com um personagem em CGI. Vi o filme faz 5 dias e até agora me vejo pensando nele, está na lista dos melhores dos últimos anos.

Eu esperava mais para fechar a triologia ( e que guerra teve? ) e cara já tá virando rotina ver o trailer do filme uma coisa....e quando VC ver é outra,o filme vale a pena concerteza PODE IR ,mas aconselho que não veja na última sessão pois vc vai sai meio pu@&% ...pq o filme tem um desfecho que maioria não vai concordar e na boa cansativo ver soldados (que se achavam da "elite" ) serem tão bobos e ao mesmo tempo não terem mira para acertar Cezar , já o vilão tem seus "motivos" mas tentou parecer mais que do "apocalipse now" e vc no final pensa " trabalhão todo ..para nada,arrastou bobos para o conflito iminente ? p q?" foi um esse exagero clímax do filme.....e nada ,já o filme achei meio também forçado chegando a virar novela mexicana..,só um detalhe....o povo símio foi para a China ?...ou impressão minha,já q que notei "sobras " da muralhas da China ? ...pois tive impressão que sairam do canadá foram para o alaska e passaram pelo deserto (gobi) indo para a china ..

Meio forçado a nota, mas tudo bem.

O primeiro é bem fraco! kkkkk

Nossa, dar excelente pra esse filme é forçar muuuuuito. Achei o pior de todos. A história não te prende nem surpreende. Achei que aqueles que estão perdidos no espaço voltariam no final e nos daria, ao menos, alguma emoção. Mas nem isso.

Vai atras do livro cara, ta com uma edição bem bacana da aleph com um preço camarada, o livro é bem o enfoque dos astronautas

Espero que tenha sequencia, lembro que no primeiro filme o "a origem", num radio fala do astronauta e no final desse "a guerra", o filme termina a câmara filmando o céu.

Aquela menina salvou a vida do Cesar, ele tava exausto/morrendo e congelando, ela foi la e deu água pra ele e ração, tanto que quando o coronel foi na jaula dele ficou surpreso em ver ele vivo, nao presta atenção no filme ai vem aqui bostejar.

Parabéns Natália! O último parágrafo foi uma bela síntese. Realmente um dos melhores blockbusters dessa nova leva e tem muito a ensinar aos filmes enlatados de heróis... Torcer pelo batman do Reeves... Promete...

A Guerra ou Resquícios da Guerra? Diferente de Fragmentado, em que o trailer mostrou uma coisa e a projeção mostrou outra, esse novo filme dos macacos não me surpreendeu positivamente... Vamos lá, adorei os efeitos especiais, a fotografia e mensagem que a película quer passar, sem falar que o 3D funciona (yay!), e em alguns momentos me emocionou, mas em termo de ação e roteiro achei fraco, o desenvolvimento é lento, quase monótono, para uma película que carrega "Guerra" e a conclusão de uma trilogia como suporte. Eu esperava algo épico, mas infelizmente, não vi muita coisa, não a ponto de me prender na cadeira com aquela tensão que se esperava (vide o trailer). Não sou contra a sair do óbvio, contra a busca de uma narrativa diferente, mas assim como qualquer película, ela precisa funcionar como um todo, e não apenas em partes. A cartada pro épico, que seria justamente o choque entre as espécies, ficou subjetiva demais! Os 2 primeiros filmes (principalmente o 2º) prepararam bem o terreno para o 3º, uma pena que desperdiçaram o potencial... Um bom filme que poderia ter sido excelente.

"O Confronto" foi melhor mesmo.

Acho que ele empata ali com o primeiro... Mas perde fácil pro segundo.

De fato, o desenvolvimento é demasiadamente lento, mas o roteiro até que traz algumas surpresas. Pena que essas não coloca o filme no patamar que merecia. 3 ovos é o suficiente mesmo.

Acabei de voltar do cinema! Put4 filme! Um dos melhores do ano, pra mim só perde pra Fragmentado (que é do ano passado mas só assisti esse ano). Esse mês lavei a alma com Dunkirk e Planeta dos Macacos!

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus