Power Rangers
Filmes - Ação, Aventura
Power Rangers (2017)
(Power Rangers)
  • País: EUA
  • Classificação: 10 anos
  • Estreia: 23 de Março de 2017
  • Duração: 115 min.

Power Rangers | Crítica

Heróis coloridos ressurgem no cinema à base do drama adolescente

Na Hollywood dos super-heróis, acertar o tom de um filme de repente virou uma das maiores preocupações de um fã e a maior prioridade de um estúdio. É "sombrio e realista" para lá, "lúdico e cômico" para cá. É filme alcançando classificação para maiores de 18 anos em busca de um suposto respeito ao material original. Em sua nova versão para o cinema, Power Rangers faz dessa obsessão um exercício de excelência.

Afinal, é em "acertar o tom" que reside o maior desafio da nova adaptação, que propõe uma atualização para 2017 deste frankenstein criativo de cenas de luta japonesas e atores ocidentais sobre um grupo de heróis coloridos que, apesar da popularidade incontestável, sempre teve um quê de brega em sua essência. Muitos fãs queriam o caminho hiperviolento de filmes como Logan e o Batman de Christopher Nolan. Já outros preferiam a manutenção da essência juvenil mostrada na televisão.

O longa de Dean Israelite consegue unir um pouco de cada visão, mas não para sustentar um equilíbrio, e sim para contar uma história que, apesar de não parecer, também tem tudo a ver com os rangers: a de auto-descoberta e crescimento. Em busca da mesma explosão que catapultou ao cinema um gênero literário representado por Jogos Vorazes e Divergente, Power Rangers faz da adolescência o seu tema central e peça-chave para as cinco histórias de origem contadas em tela.

Em uma preocupação com o desenvolvimento de personagens vista raras vezes na franquia (e menos ainda nas primeiras temporadas da série), o filme reserva uma quantidade de tempo fora do comum para mostrar quem são Jason (Dacre Montgomery), Kimberly (Naomi Scott), Zack (Ludi Lin), Trini (Becky G) e Billy (RJ Cyler, rouba a cena).

Jogados à margem da vida escolar, cada um à sua maneira, os cinco se veem unidos na descoberta de um poder misterioso em uma mina de ouro, mas logo descobrem mais coisas em comum do que imaginam no desafio de vencer seus dramas pessoais.

Mas, no caminho, haja sofrência. Embora exista uma certa naturalidade para tratar temas como bullying, a perda de entes queridos e homossexualidade, também há uma boa dose de dramas escolares. Ao redor disso, o filme vai estabelecendo também a mitologia dos Rangers, subvertendo o que for necessário para fazer tudo caber dentro da narrativa e criando conexões rápidas e simples entre os demais fios da trama - a ligação entre Zordon (Bryan Cranston) e a vilã Rita Repulsa (Elizabeth Banks) aparece na primeira cena e é bem o que os fãs teorizam há tempos.

A tacada de mestre, entretanto, está no fato de os jovens precisarem criar vínculos reais de amizade para conseguirem, de fato, assumirem o título de Rangers. Antes de se transformarem em heróis, eles precisam abandonar a insegurança, o que une os dois "lados" do filme de forma simples e competente. De resto, as referências servem ou para o velho e bom fanservice, ou para preparar o terreno de uma continuação - a Lionsgate, braço financeiro do projeto, não esconde a vontade de ter um novo universo cinematográfico em suas mãos.

Em sua prioridade ao contar as histórias dos cinco Rangers e em estabelecer um universo, o filme acaba pecando no que mais chamava a atenção dentro da série original: as sequências de ação. Seja por decisão criativa, seja por economia no orçamento, fazem falta mais sequências de luta, em especial com o grupo de heróis vestindo seus trajes.

O que é mostrado, entretanto, consegue o incrível equilíbrio tão buscado quando se fala em "acertar o tom" de uma adaptação. Ainda que os efeitos especiais não sejam um primor, o filme acerta um bocado nas raras vezes em que os Rangers entram em ação, com coreografias espalhafatosas em seus uniformes berrantes. O mesmo não acontece com tanta eficácia nas lutas dos Zords, que por muito pouco não passam por uma versão genérica de Transformers.

Mesmo com estes tropeços, a missão dos Rangers (e da adaptação) tem êxito. Equilibrada entre duas visões radicalmente diferentes de um público que ansiava há tempos por uma releitura moderna da franquia, a equipe de heróis coloridos ressurge com uma sólida história de origem.

Nota do crítico (Ótimo) críticas de Filmes
 

O parâmetro, enquanto princípio, deve ser base sólida e imutável para servir de fonte de comparação. A opinião alheia, e mais do que isso, a opinião de um grupo isolado de críticos, é subjetiva e parcial, não é parâmetro para nada e não deveria ter tanta importância na formação da sua própria opinião, dona Martha.

Foi bom pela nostalgia, mas não vale 4 ovos não. Não mesmo. O fanservice salvou o filme, na minha opinião, os 10 segundos da música clássica da série foi a melhor parte. Ou talvez eu já estou velho demais pra isso.

Salvou o filme!

Concordo. Ou talvez deve ser porque já tenho 29 anos. 4 ovos tá de brincadeira. Mas pra não dizer que o filme é ruim, os 10 segundos da música clássica salvaram o filme.

Acho que você não sabe o significado da palavra parâmetro. O parâmetro é o princípio o qual vou comparar com a minha opinião.

Você esqueceu que o Jason David Frank também aparece junto com a Amy Jo Johnson

Só posso dizer que a demora pra vestir o uniforme me fez ficar cada vez mais vidrado no filme.. E quando aconteceu, até chorei... top demais! A propósito... alguém percebeu que a verdadeira Kimberly aparece no finalzinho do filme?

achei ótimo a questão do desenvolvimento dos personagens, e não ser só tiro, porrada e boba, até porque é só o filme 1, tinha q ter introdução, origem, essas coisas, se não fica superficial e não funciona. Achei muito bom, inclusive a maravilhosa rita repulsa e zordon como fizeram, os dois com muita veracidade e credibilidade, e mesmo assim com traços da série.

E de repente eu estava sentado no cinema com cinco anos de idade de novo... E segurando o melhor balde de pipoca já criado (muito obrigado Cinemark!!!). Power Rangers foi o seriado mais importante da minha infância e como estou feliz com o que fizeram com este filme... Criaram uma mitologia muito rica e construíram personagens com profundidade e personalidade. A série clássica é conhecida pela diversidade dos protagonistas e aqui mantiveram a representatividade com direito a um personagem autista e uma homossexual, o que não é necessariamente a principal característica deles, mas faz parte do que são, achei muito bem colocado. Zordon tem muita presença em seus minutos de tela graças ao grande Bryan Cranston e deixa de ser só uma cabeça num tubo passando a ter uma história mais aprofundada e também suas próprias intenções. Rita Repulsa é interpretada perfeitamente pela atriz Elizabeth Banks, que dá alguns toques de horror e também de humor em suas cenas sem parecer caricata demais, sendo o seu melhor momento o primeiro encontro dela com a Trini ("Eu mostro a minha se me mostrar a sua", alguém mais percebeu o duplo sentido?). Infelizmente os defeitos do filme estão nos seus poucos minutos de ação (claramente uma consequência do orçamento do filme), que deixam uma vontade de querer ver mais. A sequência na pedreira é muito curta e a edição tem muitos cortes, realmente ficou devendo. O momento em que os Zords surgem é legal e não tem como não ficar contente ouvindo o tema clássico "Go Go", mas é outro momento curto que poderia ter durado mais, assim como a batalha contra o Goldar. O potencial para essa franquia é enorme e realmente espero que o filme consiga conquistar o público e fazer uma boa bilheteria. Agora que fomos introduzidos a esses personagens e a esse universo chegou o momento de expandir e mostrar mais. Afinal, Angel Grove tem um novo aluno, e nome dele é Tommy Oliver. É hora de morfar! PS: Que cena maravilhosa aquela em que os rangers surgem caminhando após a morfagem, a trilha sonora fez eu me arrepiar todinho!

Eu to de cara e muito feliz do quando esse filme é bom <3

Juro, tenho certeza que você dá a toba na esquina.

Porque ofender os atores... vagabundos? O que sabe deles? Vagabunda é gente azeda que se acha um máximo e adora postar porcaria em site de cinema jurando que é cinéfilo!

Ótimo! Fale por você, não envolva outros fãs só porque você não gostou!!! Sempre fui fã e esse filme superou inclusive séries antigas!

Aliás, tem muito filme Oscar por aí que é um saco!

Pois o filme cumpre esse papel, acreditem você ou não. Conseguiu divertir e muito! E ainda conseguiu mostrar muito dos personagens. Se a série antiga não estava nem aí para isso, o filme teve esse cuidado, acostumem-se.

Um filme ser épico ou não vai de gosto pessoal. As pessoas em suma terão de dificuldade de assumir que o filme pode ser excelente. O que para mim foi a melhor experiência de ida ao cinema em tempos... como antigo fã da primeira fase dos rangers, fica o meu "excelente".

Até agora o melhor filme de super heróis de 2017 (Muito melhor que Logan :D) RANGERS!!!! ps: A dublagem tá uma bosta e a mixagem de som está horrível, assistam legendado.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk É verdade.

Engraçado que o público que vi nos dois, joga por terra essa sua afirmação!

Jura?

na verdade sim.

Ui!

ja adiantando eu assisti e curti pacas, acho que vale o seu precioso tempo, só pela curiosidade.

Não foram só os críticos.

Cara eu sou muito fan da serie e daria 5 ovos só pela nostalgia kkkkk, o bruno foi bem mais modesto e técnico com a critica dele.

quê de brega? Falou o omelete, defensores de tanta coisa brega!

adoirei power rangers com certeza valeu o meu dinheiro, agora o negócio e economizar para Ghost in the Shell.

faz isso não o filme é ótimo vai valer o precioso tempo e dinheiro.

Bom o filme não se leva tão serio assim, a luta final tem dois momentos comicos que provam issu. Se eu fosse vc tiraria suas próprias conclusões no cinema. Na minha humilde opinião o filme é ótimo 5 ovos.

faz isso não o filme é ótimo, não é que tenha pouca luta e sim que queriamos ver muito mais daquilo.

Não viaja o filme é bom para quem não conhece, e ótimo quando te pega na nostalgia. a enxurrada de noticias é meio obvia, afinal um filme dos power rangers hoje em dia é no minimo curioso.

o meu valeu o preço de 3 ingreços kkkkk

Eu achei ótimo

com certeza é baita filmão da seção da tarde só contribuiu mais para a minha nostalgia.

Fui ver o filme e como fan eu daria 5 ovos só pela nostalgia kkkkk, o bruno foi bem mais técnico

eu sou fan e daria 5 ovos só pela nostalgia kkkkk, acho que ele foi bem mais tecnico.

Acho que a molecada pode curtir esse filme, se fosse meu ja teria muito boneco por ai.

é uma pena por que o filme é ótimo. Fiz isso com um tal de guardiões da galaxia e me arrependi de não ter ido no cinema.

Assite a noite já diminui bastante

Concordo realmente a cocorrencia ta dificil, e vai influeniar nas bilheterias. Uma pena porque o filme é ótimo.

principalmente nos filmes kkkk

kkk exatamente como o alonso disse o 1º tem que ter menos ação mesmo dexa as porradas para as sequels. "Ele não explicou o motivo" kkkkkkk

logan não tem coisas gigantes, monstros e cidades sendo distruidas, é normal o orçamento ser um pouco menor. No mais goistei demais do filme, os personagens foram muito bem trabalhados. Estou esperando uma sequencia agora kkkkk.

Isso não da pra negar, chega a ser triste dizer que fui no cinema e assiti uma versão capada e confusa do filme.

O filme é muito bom para quem nunca assitiu um power ranger antes, mas cara se um dia vc assistiu a serie original, vc precisa ve issu no cinema.

Ja vi, se pegar na sua nostalgia como pegou na minha é 5 ovos na certa

Não espera tudo isso não, se você gostava de algum power rangers, é certo que vai adorar esse. Minha irmã de 15 anos que nunca deu bola para as series tambem adorou o filme.

Caramba adorei o filme, fazia muito tempo que não me empolgava tanto assim, claro que grande parte disso se deve a nostalgia e ao fato de eu não ter visto absolutamente nada dos materiais promocionais depois do 1º trailer kkkk. Enfim sai com da sala com vontade de assistir de novo.

pra mim foi melhor que logan

Exatamente, a galera (assim como o kra abaixo) acha que tem que ser o filme todo porrada e tiros. Isso que vc citou foi importantissimo, pois é algo que nao acontece em momento algum em toda a serie dos Power Rangers, que é o desenvolvimento e profundidade de cada personagem. Unica coisa que não me agradou muito foi a interpretação dos atores, pra mim o Billy foi o melhor,e tambem o design do Mastodonte,,, eu demorei pra identificar kkk. Mas de resto foi muito bom, agora é esperar o Segundo filme com o Lordd Zed entrando em ação

O que muita gente não gostou foi um ponto positivo pra mim, que foi o desenvolvimento muito bem feito dos personagens.Quando o filme acaba da até aquela sensação como se você tivesse acabado uma serie que acamponhava por dez anos. Apego define. Não senti falta de cenas de ação apenas de melhor qualidadw nas que aconteceram. Muito bom

Chegou um momento em que achei que as cenas dos jumentos transformados em Power Rangers teriam sido gravadas apenas para os trailers. Achei fraco demais o filme, respeito a opinião de quem gostou, mas para mim não tem Megazord que salve essa equipe de chorões, só faltou tocar a música da Malhação... espero que para a continuação coloquem mais brigas (afinal, é um filme dos Power Rangers) e menos chororô.

Breve crítica do filme https://www.youtube.com/watch?v=wYj_vmONKp4

Com esse pensamento deixaremos de ter uma continuação que esse filme com certeza merecia. O filme é bem legal e a sala onde eu vi tava bem vazia. DIficilmente terá uma continuação e s ó quem perde é o fã o/

De fato o filme carece um pouco de cenas de ação. Mas assistam sem medo, principalmente se você cresceu com Power Rangers. O filme tá beeem legal. Pega bem na nostalgia! Fiquei triste apenas que a abertura dele não foi boa nos EUA. E a sala em que eu assisti estava extremamente vazia, ainda mais para um sábado (não devia ter 20 pessoas lá). Espero que role uma virada aí na bilheteria, pois eu com certeza gostaria de uma continuação!

Dois momentos que não me segurei MESMO. (sp0il3rs) - É hora de morfar. - *toca a musiquinha*

O filme me fez gritar no meio do cinema INÚMERAS vezes!!! Que isso gente?? É esse o verdadeiro poder da nostalgia? #MORTA

Vi o filme hoje gostei. Senti falta de mais cenas de lutas mas no geral o filme foi muito bom. Agora que os personagens já estão estabelecidos espero que no próximo filme tenha mais ação.

VERDADE, odiei esse filme. Mas os críticos como sempre acham isso uma obra-prima do cinema

Quando se trata de uma releitura ,não tem que ficar repetindo tudo da serie para ser bom ,o mais interessante , prevaleceu que foi a essência quê apareceu com toda maestria, teve alguns erros! teve mais nada que estrague a nostalgia de rever Power Rangers.

vocês reclamam dos efeitos do reboot, mas o elenco atual tem muita sorte com eles, pois a Amy Jo Johnson revelou em um artigo que ela fez pra Variety que na época que fazia a Ranger rosa por conta do baixíssimo orçamento do seriado as filmagens das cenas de ação da série não tinham segurança

Filme muito bom!!! Surpreendeu demais!!! Trilha sonora fenomenal. História bem trabalhada (dentro do que se pode esperar de um filme sobre 5 heróis coloridos, hehe) e sim, os efeitos poderiam ser melhores, mas acho que se o retorno de bilheeria for bom, deve ter mais orçamento pros próximos investirem nisso.

Filme muito bom, surpreende e gostei demais do rumo tomado. Só achei os efeitos especiais fracos mesmo para um filme de baixo orçamento.

vou pagar com o MAIOR prazer :) muito mais que logan, com certeza.

pq quem paga ingresso pra power rangers dá vergonha alheia

com os anuncios grandes no site, não estranho a critica boa mesmos endo um filme sobre uma baboseira

Eles não são roteiristas do Power Rangers. Omelete sempre noticiou errado.

Vale a pena... muito bom o filme, mas quem for ao cinema, vá ver como se fosse um filme piloto de teste para novos filmes como foi o primeiro X-men de 2000... A trilha sonora em uma parte foi fodástica com uma regravação de uma música famosa. Eu saí com um sorriso de orelha a orelha...

Entrei cantando na sala kkkkkk

O filme é muito bom. Realmente, não tem muita ação, no entanto a história não é entediante ou chata. Os personagens são carismáticos desde os garotos passando pelo Zordon, Alpha e a rita que tá sinistra. Os megazords ficaram estranhos no design mas isso não afeta tanto assim. Assistam pois vale a pena. Tem cena pós-crédito.

Não sou hater, apenas assisti ao filme sem o olhar de "fã cego". Esqueça a nostalgia e me diga com sinceridade se esse filme realmente foi bom como estão dizendo!?

Pense...1995 e 2017... com todos os recursos de hoje, você ainda acha que o CGI desse filme ficou legal?

Não é o Changerman que a gente merece, mas é o tokusatsu que a gente precisa.

é porque a crítica foi escrita pelo Bruno, e ele diz aqui exatamete o que fala no veredito, quem fala besteira é o hessel e o thiago, ainda bem que não foram eles que escreveram a crítica

Não entendi deram 4 ovos para o filme e meteram a lenha no veredito. Vou ver o filme hoje e tirar a minha conclusão.

Tu viu o veredito? Por lá foi 2 ovos.

Pelo veredito dele em VIDEO é 2 ovos.

Pelo veredito dele em VIDEO é 2 ovos.

n foi orçamento kk custou 100 milhões us .. mais que Logan até, desenvolver os personagens foi idéia do diretor!

Tem a música da Sandy Jr? (Modo ironia ligado)

O filme e muito bom!

aqueles efeitos e aquele humor caricato não funcionariam nesse reboot Se queres ver isso tem a temporada atual que tem uma Ranger rosa brasileira

Power Rangers sem efeitos galhofas, não é Power Rangers, esse de hoje é puro nutella.

Power Rangers tem a mesma classificação que Logan? Não vi o filme mas tenho certeza que eu não sirvo pra fazer carreira como crítica mesmo!

Filme feito para os fãs, se eu não conhecesse os Power Rangers, nem entenderia o que são os Zords, que foram completamente jogados no filme.

Dar quatro ovos para um filme do Power Rangers é o atestado da tristeza e desilusão de uma geração que não acompanhou Changeman, Flashman, Cybercops, Jaspion, Jiraiya, Jiban e até o Lion Man na TV Manchete!

Ainda bem que foi o Bruno que escreveu, se fosse outro...

Igual ao Quarteto Fantástico. A diferença é que Power Rangers ninguém dava a mínima e surpreendeu. E o Quarteto todo mundo tinha uma grande expectativa e deu no q deu. A expectativa fode com tudo

Eu gosto das críticas dele,me parece um apreciador sincero de cinema.Mas achei que ele pegou pesado dando aquela nota pro filme.Eu que nunca fui muito fã da série,achei que fizeram um bom trabalho nesse filme.Daria uma nota,sei lá,7.5.

O que?????????????????????????????????????????????????????? Quatro ovos?????

Gostei muito do filme, queria ver mais cenas de lutas dos rengers, mas o que apareceu ficou bem parecido com a série sem as faíscas, mas bem legal, história bem legal, e as piadas são muitos boas hahahahahahahaha

Concordo.

Estou com muita vontade de ver sabendo que muitos fãs de longa data(assim como eu) estão curtindo. O problema é que o cinema daqui está sabotando a exibição, pois o filme só possui UMA mísera sessão legendada em cada sala e é apenas a última do dia(que termina lá pela meia-noite), o restante são todas dubladas. O pior é que isso não acontece em outros filmes, onde as sessões são bem divididas.

Já leu os comentários? Estamos falando deles. Não da critica.

toca com uma pega de rock

verdade

tem a do nerd rabugento tb, acho q ele mandou bem

pq ? Hehehe

Já era meio óbvio que o RJ Cyler roubaria a cena...

Também acho. Gosto muito das críticas dele, parece ser um cara que entende realmente de cinema, porém, acho ele chatinho as vezes

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus