Star Wars - O Despertar da Força
Filmes - Aventura, Fantasia, Ficção Científica
Star Wars - O Despertar da Força (2015)
(Star Wars - The Force Awakens)
  • País: EUA
  • Classificação: livre
  • Estreia: 17 de Dezembro de 2015
  • Duração: indisponível

Star Wars - O Despertar da Força | Crítica

J.J. Abrams faz a alegria dos fãs em filme que respeita o passado, mas mira no futuro

O desafio de Star Wars - O Despertar da Força era extremo. Rejuvenescener a franquia quase quarentona Star Wars, apresentando-a para uma nova geração sem esquecer dos fãs maduros, que continuam mantendo-a uma das maiores e mais lucrativas que já existiram. Mas J.J. Abrams e a equipe da Lucasfilm fizeram escolhas corretas para esse reposicionamento.

Acompanhado do roteirista de O Império Contra-Ataca, Lawrence Kasdan, o diretor parte da estrutura essencial estabelecida em Uma Nova Esperança, a "Jornada do Herói" de Joseph Campbell. Rey (Daisy Ridley) é o Luke Skywalker da vez. Uma jovem abandonada em um planeta deserto, aguardando sua hora pacientemente. Um androide carregando um segredo, porém, cruzará seu caminho - assim com R2-D2 e C-3PO cruzaram o de Luke, dando início à aventura estilo ópera espacial com direito a mestres, vilões mascarados, dilemas familiares, aceitação de seu próprio destino... tudo seguindo à risca o que foi estabelecido em 1977. Até o estilo de introdução dos stormtroopers, Kylo Ren (na posição do tabuleiro que foi de Darth Vader) e a Primeira Ordem (o novo Império) é idêntica.

A novidade fica por conta dos personagens jovens. Rey é a heroína que os tempos de Katniss Everdeen exigiam. Star Wars sempre teve uma personagem forte no centro, a Princesa Leia (Carrie Fisher), mas nunca deu a ela o protagonismo. Aqui, Rey é a figura ao redor da qual a trama se desenvolve. Suas cenas repercutem em vários níveis, fazendo uma inclusão que a cultura geek, hoje tão abrangente e necessitada de direcionamento pelo preconceito, precisava desesperadamente. E Daisy Ridley talvez seja a melhor atriz que já passou pela saga - já que a excelente Natalie Portman foi subaproveitada sob a direção desinteressada em atuação de George Lucas. Daisy simplesmente domina a tela.

O mesmo pode ser dito de John Boyega. Ator negro, no foco dos holofotes, entregando uma mistura de pânico e alívio cômico que ele transforma em determinação intensa. É o parceiro ideal para Daisy.

Do outro lado da moeda, Adam Driver tem o papel mais difícil do filme. Seu Kylo Ren é uma figura trágica, mas que tem pouco espaço para ser explorada devidamente, já que mal aparece sem o capacete. É fácil confundir seu vilão em desenvolvimento com um personagem mal-desenvolvido. Há potencial ali e muito a ser explorado nos próximos filmes.

O elenco clássico é mais representado na figura de Han Solo (Harrison Ford), que faz piadas voltadas aos fãs e serve como o mentor/explicador e a figura paterna que foi Obi-Wan Kenobi (Alec Guiness) no original. Ele, Chewbacca e a Millennium Falcon estabelecem a conexão que os fãs esperavam com o passado e fornecem o desejado (e nada gratuito) fan service que honra a devoção dos seguidores da criação de Lucas.

O filme não é isento de problemas, porém. E os mais graves deles também são derivados dessa necessidade de repetição. No Star Wars original e suas sequências, há uma série de soluções bastante apressadas e demasiadamente inocentes para problemas muito maiores que os protagonistas. Aqui não é diferente. No momento que a resistência da Nova República descobre a existência de uma arma capaz de fazer empalidecer a Estrela da Morte, bastam 5 minutos e a opinião de um operador de saneamento para que se descubra exatamente como destruí-la. Engenheiros distraídos continuam sendo o grande problema do Reich Espacial, aparentemente.

Além disso, não há grande gravidade nos atos da Primeira Ordem - organização que apesar de seguir os passos do Império surge sem grandes explicações, algo que deve ter sido pensado para não alienar demais os potenciais novos fãs. Devastações colossais parecem corriqueiras e não têm o mesmo peso do original. A morte é sempre meio apressada em O Despertar da Força e dá pra sentir falta de Sir Alec Guiness explicando poeticamente como é sentir um "distúrbio na Força, como se milhões de vozes repentinamente gritassem em terror e fossem inediatamente silenciadas". A Força, esse componente fundamental a Star Wars, definitivamente despertou, mas ainda está esfregando os olhos.

O universo Star Wars, por sua vez, segue mais vivo do que nunca na mistura espetacular de efeitos práticos e computação gráfica que J.J. Abrams fez questão de alcançar. O futuro envelhecido e gasto da Trilogia Original ressurge aqui ainda mais coberto pela pátina do tempo. Pequenas coisas, como as marquinhas de batida em um detonador termal, fazem abrir um sorriso. Tanto que sequências que carregam demais em CGI (como as que envolvem a alienígena Maz Kanata) parecem estranhas. Mérito da equipe de produção, que devolveu a qualidade palpável sobre a qual Star Wars foi construído.

Problemas à parte, Star Wars - O Despertar da Força é o Guerra nas Estrelas que esperávamos desde O Retorno de Jedi. Um filme que honra o passado, enche o peito para lidar com o presente e estabelece uma base sólida para o que virá a seguir... inspirando juntos os fãs antigos e, esperamos, uma nova geração.


AVISO: Spoilers do filme já estão sendo discutidos na área dos comentários. Evite-a se não quiser saber de detalhes da trama.

Nota do crítico (Ótimo) críticas de Filmes
 

O filme é uma cópia mal feita de Uma Nova Esperança. Decepção total

Muito ruim esse o despertar da cópia, pura decepção caça níquel

Filme ruim ???? Claro episodio vl tbm era considerado ruim na epoca, assim criou uma moda de criticar todos filmes de star wars que n sejam perfeitos igual episodio v. Parem que ta chato pela amor de yoda!

Deixou a desejar.

Mas como não teve intriga política?? Jar Jar é realmente a pior ideia dentro do enredo. Mas não podemos negar que na verdade o foco do primeiro filme foi contextualizar toda a origem de Anakin. O episódio VII bem que tentou a um ritmo de resumão fazer o mesmo, mas tornou a história vazia e fora do contexto.

Mas aí é que está o problema, por todos os seus defeitos a Ameaça Fantasma se encaixava no contexto. Episódio VII é fora do contexto.

Ó Episódio VII é um filme adulto imaturo. É ruim de ser um roteiro sério.

mas o sangue do George Lucas criou o Epi 1, que é de longe o pior de todos.

Só deu você meu querido, Star Wars é Star Wars, eu amo todos os filmes da saga e esse tem um lugar especial no meu <3.

Depois de ler os comentários, eu só posso chegar a uma conclusão, tenho cada vez mais orgulho de pertencer a geração em que originou Star Wars, nunca desmerecendo o futuro porque ainda farei parte dele mas olhando como um todo vemos sem sombra de dúvidas que Original será sempre original, pra haver uma boa continuação não bastam grana e boas intenções, precisam mais que isso, precisa haver sangue jedi nas veias dos criadores em se tratando da série ,assim como havia em George Lucas. Esse negócio de fazer um novo star wars com novos atores, para mim e dizer "o velho ja era! façamos algo novo e melhor!", se é assim então façam Star Wars "uma nova Era" e ai descartem tudo do anterior e partam do zero. Me perdoem mas o despertar da força nada mais é que um novo filme de ficção adaptado com elementos star wars para dar mais credibilidade, não me prendeu em nada. Quando eu tiver meu filho, vou apresentar star wars pra ele e dizer, filho: Esta é a saga star wars 1,2,3,4,5 e 6. do 7 em diante filho é outra história star wars. :)

A morte do Han Solo realmente sem emoção, decepcionante...

Uma grande decepção! Quem assiste Star Wars não quer saber dessa baboseira de amor, pai e Filho brigadinhos, orfãozinhos abandonados e com complexidade... O Kylo Ren ser derrotado pela menina que não sabe nem segurar um Sabre de Luz é totalmente idiota e ela já sair dominando mentes e puxando sabres enterrados por aí é no mínimo patético, a não ser que a força agora já faça o Jedi ficar pronto sem treinamento...Kylo Ren no começo do filme: Magnifico! e do meio pro fim um patético vilão com complexo e sem a máscara um cara comum que tá mais pra um simples soldado que pode ser derrotado facilmente... Esse filme tá mais pra um Remake juntando a Trilogia original do que um super lançamento pra quem esperou 10 anos quando viu o surgimento de Darth Vader em 2005... A minha torcida fica que pro próximo lançamento reecontrem o caminho que perderam nesse Filme... Só mesmos os críticos que não gostam de filmes de ação pra avaliar positivamente esse Filme pq tenho certeza q os fãs de verdade se decepcionaram com algumas falhas grotescas... Mas essa é uma opinião pessoal e respeito as opiniões divergentes...

Filme pra encher linguiça. Muito fraco. Roteiro no estio Disney ultra infantil. Descaracterizou a saga completamente. Péssima interpretação dos atores e atrizes. O que a princesa Leia veio fazer nesse filme? Meu Deus. Horrível a interpretação. Impossível justificar um rapaz, que nunca foi treinado com o sabre, ou nas artes Jedi, sequer lutar 10 segundos contra um aprendiz de Sith, mesmo com o braço ferido. Concordo com o Douglas: O vilão sem a máscara fica cômico. Também porque a moça (Rey) surgiu do nada super poderosa, mestra em uso do sabre e telecinese sem nenhum treino. Acessaram um complexo gigantesco monitorado e não foram notados - nem pelo Kylo Ren que sentiria a presença da força - e se encontraram numa boa várias vezes. Feriram o Kylo Ren com um tiro, sendo que logo no início ele para um raio com sua mão só com poder cinético. Filme cansativo demais. Só efeitos especiais mesmo são nota dez.

Fala meu velho. Também sou coroa (tenho 41), e já vi e revi um monte de vezes os episódios da saga (e você sabia que muitos desses meninos que começaram a ver agora a saga nem sabem que o Lucas mudou várias coisas nos três filmes originais? Tô velho mesmo, rs rs). Sobre o Despertar da Força, meu palpite é que o diretor e o roteirista resolveram ir na boa, repetir na prática o roteiro do episódio IV (Uma Nova Esperança), mas agora com o espetacular avanço tecnológico, com efeitos especiais tremendamente superiores etc. O resultado foi mesmo um filme Disney. Do ponto de vista de um antigo fã de Star Wars, o resultado foi um reboot meio forçado, em que forçaram o encaixe de homenagens diversas à série original. Confesso que esperava mais do JJ Abrams, porque ele fez um grande trabalho na reativação da franquia Star Trek, resultando em filmes muito legais. Deixando de lado o lance do reboot, temos alguns problemas de roteiro. Aquele camarada por exemplo, o piloto rebelde, que foge com o Finn etc. Poxa, aquele cara ficou sumido quase o filme todo! Fora que a trama dava sono em alguns momentos. Temos problemas também relativos à coerência com o universo Star Wars. A Rey simplesmente não poderia aprender a usar a Força sozinha, oras, e ainda mais ser capaz de dar um pau no Kylo Ren, que era um ex-jedi e sith treinado! Banalizaram, assim, a lógica da formação dos jedis. E como raios o Finn podia ser um stormtrooper, se os stormtroopers são clones do Jango Fett? Enfim, por aí vai. Abraços.

Cara! Enfim alguém que, como eu, viu e reviu vaááárias vezes todos os episódios da saga nos últimos... 30 anos, sei lá (tenho 47). Concordo com você em gênero, número e grau. Esse filme É DISNEY! E ponto final. Uma bela fotografia, uma excelente produção, etc. Mas do ponto de vista do universo que envolve a saga, é muito ruim, bem desfocado mesmo. Parece que o roteirista sequer conhece os contextos de tudo o que já ocorreu. Nem vou exemplificar, pois você já disse quase tudo. Está mais para um filme de sessão da tarde. Só mesmo os novos fans pra não enxergarem isso. Mas é normal...provavelmente, quando eles já tiverem visto a trilogia original uma centena de vezes e a segunda trilogia outro tanto, talvez também cheguem à essa conclusão! Um grande abraço a todos.

O filme é até meio confuso em alguns aspectos. Como foi dito num comentário anterior, roteiro preguiçoso, além da protagonista ser bem estilo da Disney. Fico com pena do Obi-Wan Kenobi e do Luke Skywalker, que roeram um osso para chegarem a condição de mestres Jedi e ela só teve que fechar os olhos e fazer três pedidos, que já ganhou de um mestre e lutou com maestria com sabre de Luz, com direito a telecinesia. Isso desmerece até a questão da igualdade de gênero. Estou rindo do vilão, é muito caricato. Talvez melhore na sequencia... Fantástico foi a friendzone da heroína e seu parceiro Flin. Ela beija de língua um Wookie mas não dá um selinho num negro. Vai entender?? Do resto, visual fantástico, as referências aos filmes anteriores brotam e de forma sutil. Quando o filme pende para a mão do J.J Abrams cria folêgo e corpo, mas desfalece e mingua quando apela ao sentimentalismo meloso e heroísmo exacerbado, característicos da Disney

Falta contexto para esta cena da morte de Solo pelo filho. Comparemos com outra situação de luta entre pai e filho, mas agora bem contextualizada e desenvolvida. Nos episódios V e VI, Luke e o pai, Vader, lutaram longamente, tiveram chances para um liquidar o outro, debatiam enquanto lutavam, hesitavam, alternavam raiva e compaixão etc. A morte de Vader (indiretamente, pelo próprio filho) foi a conclusão de um processo bem mais longo e rico. Compare isso com a morte simples e rápida (uma cena de míseros 4 minutos!) do Solo. Não sabemos quem é o Ren, nem o que Solo pensa dele, nem o que aconteceu entre os dois antes do momento em que o filme rola. Não sabemos o que de fato Solo sabia ou não sabia a respeito do próprio filho, do que o filho fez já enquanto lorde sith, etc. Na disputa Luke x Anakin havia um contexto bem mais rico, um tentava convencer o outro sobre a superioridade do seu lado, Luke via bondade em Vader, Vader via ódio em Luke etc. A cena de Solo x Ren não foi bem trabalhada, porque não foi antecedida por um desenvolvimento e uma contextualização necessárias. Foi rápida e boba. Um Solo irreconhecível, pois que velho, cansado e ingênuo - o que Solo nunca foi, depois de velho resolveu ser? Um Ren adolescente psicopata e chiliquento (as cenas dele cheio de raivinha arranhando o cenário com o sabre são bobocas). Uma cena fraca, uma conclusão boba para o personagem de Solo, que merecia muito mais.

Ele foi morto pelo próprio filho, isso não é mixuruca. O Han acreditou no filho dele, ele tinha esperança de que o Kylo voltaria para a luz, que pai não faria o mesmo? Ele confiou no próprio filho e não pensou que o mataria, qual é o pai que pensaria nisso?

Bem, tem muita gente dizendo que esse filme foi ruim e muito superficial, eu não achei. Star Wars, na minha opinião, caiu um pouco na segunda trilogia lançada, os filmes não me trouxeram os mesmos sentimentos que a original trouxe, os efeitos de computador foram usados em excesso e o romance foi desnecessariamente meloso. O que o J.J fez com episódio 7 foi bom, claro que tiveram coisas um pouco absurdas, como a fácil destruição daquele planeta/arma, a facilidade da Rey de conseguir fazer quase tudo e a facilidade de resolver os problemas do filme - mas convenhamos, esse último e o primeiro é típico até da trilogia original, então se quisermos reclamar também temos que reclamar do original! - Estão reclamando muito do personagem Kylo Ren, mas deveriam se dar conta de que ele não teve tanto tempo de tela para construir o personagem meio psicótico com grandes problemas de personalidade e conflitos internos, pois esse era o objetivo, mas eu consegui perceber isso com suas atitudes alteradas, até na cena quando ele "conversa" com Darth Vader mostra o quão confuso ele se sente. Darth Vader não é Kylo Ren e Kylo Ren não é Darth Vader, mas tem muitos fãs que estão comparando-os, e isso não faz sentido, de que que adianta ter vilões parecidos? Para mim Kylo tem potencial para ser um vilão poderoso e pertubado. Também achei o início do filme parecido com o do Luke e os droids, eu também queria que o diretor e os produtores tivessem utilizado um pouco mais da imaginação e criatividade nessa hora, mas tirando essa do encontro da protagonista com o BB-8, eu achei o resto da história bem criativa e original. As cenas de luta entre sabres foram incríveis, assim como os efeitos que não foram exagerados e bastante reais, eu fiquei boquiaberta com os momentos de confronto! Tem gente reclamando da luta da Rey contra Kylo ter sido muito fácil, mas não foi! Na primeira vez que eles se encontraram ela perdeu feio e ainda foi sequestrada, na segunda ele estava ferido e a Rey já havia recebido um ensinamento sobre a força da Maz, a Rey tem a força e naquela hora ela a usou - vale lembrar também que a Rey tem um bastão e com certeza já o usou em confrontos anteriores, ela sabe manusear uma arma! Então não é um absurdo ela ter conseguido manusear um sabre de luz. O que estou dizendo é que este filme levantou meus ânimos com Star Wars, estou ansiosa pelo próximo.

Concordo em quase tudo. JJ Abrams mandou muitíssimo melhor na franquia Star Trek, com dois ótimos filmes. Despertar da Força é um filme fraco - se não pertencesse à franquia Star Wars, poucos dariam bola, porque o filme em si é ruim. Concordo totalmente que o roteiro foi preguiçoso, optaram por repetir quase tudo do Episódio IV. Entre os muitos problemas do filme, a questão da continuidade e do lapso entre o que se passa no episódio VI e o VII para mim é das mais graves. Vejam que, no fim dO Retorno de Jedi, Luke e os rebeldes venceram, os Sith sumiram, o império implodiu, voltou a república etc. Mas, em menos de 30 anos, surge sabe-se lá de onde a Primeira Ordem, o Kylo Ren, fizeram (?) um planeta-arma, os rebeldes voltam a ser rebeldes e o Luke desaparece a ponto de os personagens novos (Rey e Finn) ficarem perguntando se a "lenda" da Força era verdadeira? Não deu nem tempo de o Luke, a Leia, Han e os rebeldes saborearem a vitória sobre os vilões? Poucos anos (se tanto) apos vencerem no episódio VI, os rebeldes foram novamente derrotados e todo aquele esforço que fizeram em 3 filmes (episódios IV, V e VI) virou água? E o Império, que demorou também 3 filmes e longas guerras (episódios I, II e III) para ser construído, reapareceu duma hora pra outra com o nome de Primeira Ordem? Ridículo isso, gente. O John Boyega é engraçado, mas no filme as piadinhas ficaram forçadas. A Rey nem precisou ser treinada por um jedi para começar a usar a força? Enfim, o episódio VIII vai ter que ralar muito para superar todos os problemas e a ruindade que foi o Despertar da Força.

A morte de Solo foi pouco valorizada. Afinal, ele sobreviveu a inúmeras aventuras, à vida de contrabandista, a caçadores de recompensa, à gangue do Jabba, ao Império, ajudou Luke a explodir a Death Star e a derrotar o Império, para no final ter uma morte tão fácil, tão mixuruca?

Muita fantasia sim, a misticidade da Força na trilogia original é muita fantasia. Esse povo de exatas é neurótico O.o

Você realmente está querendo reclamar de física em Hollywood??? Boa sorte amigo O.o

A morte do Solo não trouxe emoção nenhuma???? Eu quase morri de chorar naquela cena, o pessoal do cinema brigou comigo porque gritei de frustração e tristeza kkkkkk Trouxe sim

MUITO LEGAL ESSE TEXTO QUE FALA SOBRE A IMPORTANCIA DESSE FILME EM NOSSAS VIDAS: http://mixsea.com.br/2016/01/precisamos-falar-sobre-star-wars-o-despertar-da-forca/

Adorei o filme tbm. Me divertiu, emocionou e tem sacadas ótimas. Sou fã mesmo e adorei o fan service. Gostei do teu rewiew.

Perfeita essa sua analise do Kylo Ren. O bicho tem acessos de raiva e começa a quebrar tudo... Tipico aborrecente rebelde sem causa.

Sem duvida, mas como eu disse para o MarcioOoJunio, ficou parecendo desenho animado. Claro que a nossa realidade nunca vai se aplicar, mas a coisa tem que ser um pouco plausivel. Já não bastou o roteiro mal elaborado, tipo filme de adolescentes. Parece que a Disney quis transformar Star Wars em em um produto deles.

Não estou discutindo nada. Se você se ofendeu, problema seu.

Resposta atrasada. Olha , não digo que esses detalhes chegaram a estragar o filme. Só acho que deveriam ter tido mais cuidado na produção. Ficou meio que desenho animado, Mas você há de convir que parar um tiro de laser com a força,,, George Lucas não usou esse artificio.

Revi o filme longe do hype e em casa, e conclui: 1) Direção muito boa, filme lindo. Ter trazido a guerra de naves para perto do chão foi genial (cena da destruição do "bar" da Mas Katana), à exceção da cena da morte do Solo, que não passou emoção nenhuma.... 2) Roteiro extremamente preguiçoso. Talvez a pressão na retomada de uma franquia tão valiosa fez com preferissem o caminho mais comodo. Chega a chamar o telespectador de idiota, repetindo soluções infantis, como se não tivesse havido qualquer evolução no público desde a trilogia original. Me perdoem os entusiasta, mas o roteiro dos FILMES de Star Wars nunca foi bom, já o universo expandido sempre teve mais conteúdo. Enfim, era hora de mudar, mas optaram por repetir (e sinceramente acredito que esse atua boato pode salvar) 3) Trilha sonora mediana, todo mundo esperava mais por sempre ter sido tão marcante em Star Wars, e não tem sequer um momento que arrepie... 4) Atuações boas, inclusive do Adam Driver. Mas o ponto vergonha-alheia foi do H. Ford, visivelmente desmotivado (e tlvz isso tenha influenciado na patética interpretação de sua morte) Concluindo, apesar do filme ser um ENORME fan service, me divertiu mais do que comoveu... 06/10

Parabéns a Borgo e ao Omelete por usarem ênclise... Cansa esse jornalismo barato que existe por aí que subestima a inteligência do leitor.

Não acho que exista tantos segredos também. Só que seria mais fácil criar em cima dos livros uma vez que eles não tinham tanto tempo para rodar o filme. ..Mas entre a pareidolia e o ceticismo eu fico com o otimismo juvenil :)

Ainda mas acho que são estruturas rochosas se parecem com uma lápide. A partir dos 0:22 fica bem mais nítido isso. https://www.youtube.com/watch?v=JGlBYMAjhFQ Ben se rebela e mata os alunos de Luke e tentar terminar a missão de Darth Vader de acabar com todos os Jedis. Luke deixa Rey em Jakku Kylo ren mata Mara Luke desaparece para não acharem Rey. Lembre-se do primeiro trailer (the Force is Strong in my Family): https://www.youtube.com/watch?v=OJJu1OV88dY. Enfim, dezembro de 2017 saberemos.

concordo, se fosse pra ser uma merda, era nem pra ter continuação estragaram, o vilão parece um moleque virgem de 12 anos

Esse Despertar da Força poderia ter ficado na gaveta, fraquíssimo! Vários personagens sem nenhum carisma, em situações mal explicadas e cenas do tipo MacGyver... O vilão (?!) é nada menos que um moleque brincando de jedi e nem de perto vai ter o carisma do Darth Vader, do nada aparece um stormtrooper revoltado e medroso que tenta se salvar com piadinhas sem graça, a desativação do sistema de defesa do que seria a maior máquina de guerra do império pode ser feita facilmente puxando pequenos objetos em caixinhas espalhadas pela nave por uma pessoa que nunca pisou em tal lugar... se for para continuar tentando lucrar com porcarias desse tipo eu prefiro que parem a sequencia...

É sério que vc quer discutir física em uma ficção cientifica??? Menos né?

Concordo plenamente. JJ Abrams vem sendo muito superestimado e eu nem estou falando da trama, pois sei que o Mickey Mouse não deixa ninguém opinar, falo mesmo da maneira que as cenas ocorrem e tudo fica sem a dramaticidade que um épico que pertence a saga Star Wars necessita

Infelizmente temos mais um reboot nos cinemas e a culpa é de todos nós espectadores que passamos a gostar do que já conhecemos e não nos sentimos confortáveis em ser desafiados como novas histórias. A trama é bastante mal explicada, tudo acontece meio que forçado e com muitas coincidências e soluções rápidas. O que mais me deixou chateado foi o fato dos primeiros 30 minutos de filme prosseguir sem demonstrar a motivação dos personagens para realizar suas ações, vide o personagem Finn que resgata um inimigo e logo estão fazendo piadinhas juntos, sem contar que esse arremedo de império tem o sistema de segurança mais falho da galáxia e é impressionante como uma cena de fuga de uma base hostil possa parecer fácil e não lhe passar o clima de apreensão necessário para uma situação de perigo e incerteza absoluta.

Concordo convosco Deivid, pois esse Star Wars tudo acontece meio que forçado. Os primeiros 30 minutos do filme são uma sequencia de coincidências e coisas sem explicação, acho que eles atropelaram demais a trama.

além de entrar mudo e sair calado, desperdiçaram um personagem interessante, que poderia ter sido bem melhor utilizado na trama, exterminando-o logo no mesmo filme, assim como fizeram com o Qui-Gon Jinn...

kkkkkkkkkk!!! Perfeito, Talles!

O fato de conseguirem ver a explosão do planeta em tempo real também é um "absurdo" como vc diz, mas sério que isso estragou o filme para vc? É Star Wars cara, acho que criticas como essa são relevantes em filmes como interestelar.

Que fantasia nada cara. Fantasia é pra desinformados que nem você.

De tudo que você falou eu só concordo com a parte destruição dos planetas da republica, o resto é conversa furada. Você falou ali sobre o Luke ser o escolhido, mas na verdade o escolhido da profecia era de fato o Anakin. A profecia dizia que o escolhido traria equilíbrio a força, logo existiam muitos jedis e poucos sith e Anakin fez com que houvessem apenas dois jedis e dois siths. Equilíbrio perfeito. "Uma profecia mal interpretada pode ser" By Yoda.

Pleno 2016 e você quer vir falar de física em Star Wars?Ficção científica,cara.Filme de fantasia.Pelo amor

é muito idiota nesses comentarios cara o filme tinha que ser assim por que é o primeiro filme de uma nova trilogia tinha que deixar pra mudar nos proximos

Realmente J.J. Abrams não entende nada de Star Wars. Só gostaria de registrar o que pra mim foram os dois maiores absurdos do filme: 1º. Kylo parando um tiro de laser no ar. É pura Física; ele não poderia ser mais rápido que a luz. Se ele tivesse detido o tiro com mão como o Vader fez em O Imperio Contra Ataca (mesmo ele não tendo uma mão mecânica), ficaria mais palpavel. 2º. o Tiro da Starkiller se dividindo em 4 no meio do caminho. Outra vez, pura Física; como energia pura pode se dividir e os raios serem direcionados para alvos distintos? Seria como uma larabera solar sair do nosso Sol, se dividir em 4 e atingir Los Angeles, Nova York, Londres e Moscow. E não adianta dizerem que lá a tecnologia é mais avançada que isso simplesmente não cola.

Outra coisa que não entendo que pessoas ditas fãs da saga, viram mais de uma vez esse filme. Eu aço o filme razoável e dispensável. Daqui a us meses nem vou lembrar dele. Só deve servir pra continuar a saga. E que venham filmes melhores do que esse.

Fala aí, Alguém percebeu que tem uma lápide ao lado do Luke no final do filme? Pode ser a da Mara Jade provavelmente morta pelo Ben ( Kylo Ren).

Pensando através da ciência atual que conhecemos, morrer da forma a qual ela morreu é bem estranho( tipo um arquivo -X), mas se imergimos no universo Star Wars e levar em consideração toda a mitologia e os mistérios da " Força", não é difícil imaginar um ser se entregando a morte, por acreditar estar morrendo de tristeza, tipo um efeito nocebo.Agora se formos pensar logicamente, a forma que ela morreu não será aceitável, assim como a de Obi-Wan, que até hoje não sei se ele levou um golpe do sabre do Vader e desapareceu, ou se ele decidiu morrer e se "auto-desapareceu" segundos antes do toque do sabre. O estranho é, pq ele sumiu? Darth Maul levou um golpe parecido e foi cortado ao meio, já o Ben teve um final místico... para não ficar louco de dúvidas, melhor pensar que fora mais um dos mistérios da Força!

com certeza, não vejo problema mesmo, alem do mais qual o problemas que vocês veem nisso?

pra mim o filme foi fraco, muito coisa sem sentido, a historia em si é muito fraca, um reboot da primeira trilogia, Claro a trama poderia ser reaproveitada, mas na boa eles acabaram estragando tudo, sem falar no fator DRAMA!, que no filme não existe...eu achei incrível que a personagem acabou com o império em um dia,e fez isso tudo sem treinamento nenhum!!, ta certo que eles querem mostrar ela é uma personagem forte, que consegue vencer todos os desafios mas eles bem que poderiam, conteúdo colocar algo mais palpável na personagem, o que sem graça é por que ela se garante em tudo que faz, o engraçado, que isso não aconteceu com os outros (Luke e Anakim), e sem falar na StarKiller, em outras palavras estrela da morte!, foi bem fraco!, a primeira durou mais, e essa daí, foi tão fácil de destruir, não demorou nada, eu esperava mais do filme. só quero saber como eles vão arruma isso nos próximos filmes!

Achavam Vader fodão mas ele nem conseguiu arrancar os segredos da Princesa Léia. Foi o GM Tarkin quem conseguiu. Aliás, quem assistiu "Uma Nova Esperança", viu que Tarkin mandou Vader ficar quieto e este baixou a bola na hora. Grand Moff Tarkin é o Cara!!!!

O que fez star wars ser tão foda foi a inovação dos primeiros filmes, que foram visionários em sua época, tanto que foi inspiração para muitos outros filmes e histórias... Agora este último só tem uma definição, "caça níquel"... Não tem nada de inovador, não tem preocupação com roteiro, preza somente a ação... Cara o Kylo Ren leva sufoco até do Fin, na luta com sabres =x ... Não tem densidade política nenhuma... Sei lá, os próximos podem até me calar, mas falta muito para ser algo do patamar de Star Wars, não é comparar com os primeiros, é comparar o que o expectador sentiu ao assistir os primeiros com o que se sente vendo mais um filme de sessão da tarde, e não adianta dizer que a expectativa é irreal, é como dizer que atualmente não há nenhum filme realmente bom, que surpreende o espectador. Talvez seja uma visão muito ranzinza, mas o filme tem poucos pontos altos, tirando a Daisy que ficou ótima como protagonista, bb8 ^^ e o velho e bom Harrison Ford... Vamos ver os próximos, mas agora com uma pulga atras da orelha, vão precisar se superar para compensar ^^

Keine Lust!!! (Rammstein)!!! Foda pra CaraLh... mas.. sou mais (Mein TeiL).. é nOiS brother!!!

Filme fraco!!! nada novo!!! rebOOt de uma nova esperança!!! sei lá. Não é um filme ruim, só que eu esperava por algo novo e Foda!!! tipo aquela sensação que você sente quando assiste O império contra ataca pela primeira vez!!! espero que a continuação de o despertar da força nos entregue o que Star Wars realmente é... (Um Filme Foda) e não esse emaranhado de baboseiras repetidas e clichês intermináveis!!!

Concordo!!! achei esse (FiLme) basicamente uma cópia de (uma nova esperança).. não que seja um FiLme ruim!!! apenas na minha opinião não traz nada de inovador a uma saga que sem dúvida alguma é ótima!!!

FILME DECEPÇÃO DE 2015

Realmente, nada a ver comparar MAD MAX com SW. O novo MAD MAX é obra de um artista com pleno domínio de sua criação, um filme que diz muito com pouco. Já SW é obra de um nerd sem sensibilidade. Porra! o cara mostrou os dedos do Cheewbacca!

O filme é uma salada típica do diretor JJ. Sinceramente acho este o diretor mais superestimado dos últimos anos. Lí em algum lugar que ele é um protegeé de Spielberg, o que explica muita coisa... O filme não possui originalidade alguma, o design, a estética do filme é preguiçosa (não espere ter um deleite visual) a estória é completamente previsível (é claro que a heroína é irmã do vilão e já até vejo o episódio IX como uma redenção do irmão mimado, matando o vilão supremo - supremo líder snoke). Um típico produto de um grande estúdio que não quer errar no faturamento de bilhões de dólares, não se importando com inovações ou ousadia. Mas acho que os fãs merecem esta bomba, pois foi culpa deles, com as inúmeras reclamações sobre os EPs I a III que empurraram o George Lucas para esta sinuca e que por fim resolveu vender sua maior obra para um estúdio como a Disney. Tem muito maluco por aí que não consegue entender que envelhecemos e a sensação causada por um filme de 1977 não poderá se repetir em 2016. Culpem o G lucas de mal diretor de elenco ou roteirista mas jamais poderão acusá-lo de tentar algo diferente dentro do universo de SW. Pelos comentários emitídos por Lucas nos últimos meses dá para notar que ele se arrependeu muito do que fez. Mas... c´est la vie! Filme ruim (obs.: Sou um grande fã da série clássica, mas com os pés no chão) Deleitem-se com o óbvio...

Treinamento jedi eles ficam meses treinando e ela aprendeu sozinha... fora a força possuindo ela a ponto de ela derrotar aprendiz do Luke... pisaram em toda a cultura criada pra fazer um filme B. Eu achei sofrivel ver metade pro final... não vou ver o proximo no cinema, isso concerteza.

Concordo

Fui ver hoje... não gostei. Personagens sem profundidade... vilão é um moleque mimado que sabe la por que agora é vilão, o stormtropper é um personagem comico mostrando 0 treinamento militar... o folego e piadinhas do han solo salvou boa parte do filme... simplesmente achei clone wars mais filme que este e olha que foi ruim tb.

Concordo com ela, foi tiro no pé. A unica personagem com profundidade é a Rey, nem o stormtropper tem profundidade, chega a ser comico o papel dele no filme todo. Fez dinheiro por que todos, como eu, estavam curiosos... vou ver denovo no cinema o proximo? concerteza não.

Nossa, o filme é horrível por causa dessa frase ? kkkkkkkkkkk Bom mesmo é o novo filme. Com a heroína overpower, que baixa conhecimentos jedi direto pra mente via wi-fi. Enfim, não vou ficar metendo pau no novo filme pq não achei horrível, mas está longe de ser o filmão que a maioria fala. Sendo que os mesmos menosprezam o episódio III

"Anakin... Você está partindo meu coração". Com uma frase tosca dessas no momento crucial do filme você vem me dizer que o Episódio III é melhor? Fora o exagero absurdo em CGI, que superou em muito os demais da nova trilogia (até o coitado do R2D2 virou computação gráfica em muitas cenas). Kkkkk, ok, talvez você seja fã dos Teletubbies, já que eles usam frases e situações similares, onde não é preciso pensar. Kkkkkkkkkk, rindo até 2030!

Nem de longe lembra a trilogia? Uai... O que Han Solo, Chewie, Millenium Falcom, Luke, Leia e sabres de luz têm em comum se não for a própria saga? Kkkkk, cada um tem sua opinião, mas acho que não foi o roteirista que andou fumando não, viu?

Luke e Leia são irmãos... eles se beijam na trilogia clássica

O tiro no pé pode não ter sido financeiro, mas pra os fãs de Star wars não vi muita empolgação. O povo ta indo assistir pq tem uma fantasia por trás disso. O filme é fraco, cheio de buracos, falhas e nem de longe lembra a trilogia.

Cris, você ter odiado o filme é natural, é sua opinião e você tem suas razões. Agora, me diz onde foi o tiro no pé? Um filme que já fez 2 bi em bilheteria? kkkkkk Ah, como eu gostaria de dar um tiro no meu pé desses...

Caramba, será que só eu acho que o Kylo Ren não matou o pai? Pra mim, foi o próprio Han Solo quem acionou o sabre de luz, se sacrificando pelo filho... É o que eu acredito, pois minha impressão é de que o Solo tenta puxar o sabre e o Kylo Ren tenta segurar... Mas sei lá, só esperando para ver...

A Leia não lembra da Mãe como se estivesse conversando com a própria num chá da tarde antes de assistir Vale a pena ver de novo. Ela mesma fala que as lembranças delas não passam de sentimentos e sensações, ou seja, meras especulações de quando ela era bebê. E no epi III reconstruíram muito bem o que a Leia diz sobre a Pádme no epi VI, que era bondosa e bonita porém triste (exatamente do jeito que ela tava no dia que eles nasceram). Nego leva tudo ao pé da letra. Ai fica difícil mesmo. Mas concordo que a morte dela foi idiota, ninguém desiste de viver de uma hora pra outra e simplesmente para de respirar pq cansou.

Odiei o filme, não é digno de ser tido como a continuação do Retorno de Jedi, pra tirar a má impressão que fiquei, revi os episódios clássicos e realmente quem fez o roteiro tava fumando muito, pois é sem pé e sem cabeça. Um verdadeiro tiro no pé para a Lucasfilm.

Realmente! Poderia se chamar: The Empire Strikes Back...Again.

Concordo, a Vingança dos Sith é de longe, muito melhor que O despertar da Força.

Ronaldo! você falou em destruir planetas e me fez lembrar de uma coisa! A parte politica da historia é um fiasco! pois 30 anos depois a resistência continua uma resistência? se não, como é que o império construiu uma arma do tamanho de um planeta sem que ninguém soubesse!? decepção esse filme! Um sith treinado por Luke e todo mundo da testa nele! e uma garota que só conhecia os jedis por lendas sem disciplina e sem treinamento vence no combate um sith que aparou um raio no inicio do filme!? Lamentavél.

Gostei muito do filme, não me decepcionou em nada, perfeito nenhum filme é. Claro que tem falhas mas com certeza os acertos são infinitamente maiores do que os erros. Deixo aqui o link para um review que fiz sobre o filme e minhas impressões. Um grande abraço e que a força esteja com todos. http://www.jecasabre.com.br/2016/01/star-wars-o-despertar-da-forca-isso-sim.html

Prezados, sugiro o seguinte texto sobre o filme: https://cinematographecinemafilmes.wordpress.com/2015/12/18/star-wars-o-despertar-da-forca-2015/ Abraço

Esse é exatamente o ponto...ele matou o pau pra nada, já mostra o desequilíbrio da mente do rapaz, ele estava louco para se provar pro snoke, ou seja, vinha sendo aliciado, como o proprio anakin foi pelo Palpatine, não enxergando um palmo a sua frente

Vai TER que explicar nada, larga de ser mimado. Desde que a Disney anunciou que as HQs e o universo expandido como um todo são cânone, os filmes não são obrigados a serem autônomos no que querem passar; porque o que tá nas HQs conta pro mesmo universo dos filmes. É uma história multi-mídia.

Mais uma coisa que tava pensando aqui. A Rey não tem que ter grau de parentesco algum com ninguém. Se ela for, será mais para estabelecer dramaticidade na narrativa do que por integridade da história. Afinal, como todos sabem, mestre Yoda era primo de segundo grau do Palpatine. Todo mundo fica especulando antecedentes e ligações familiares... se ela é filha do Skywalker, neta do Kenobi... bom, ela pode ser prima do Chewbacca ou sobrinha do Jar Jar Binks e ainda ser usuária da Força. Essa coisa dos novos personagens terem que ter linhagem me soa meio clichê... e Finn? Sobrinho-neto do Lando Calrissian. Se for pra ter sangue azul, que seja uma Kenobi então, que teve relações com um clone do sexo feminino do Jango Fett após as guerras clônicas. Fica um menos "lugar comum" do que Skywalker.

Você tem razão, mas no episódio IV ele fica cara a cara com a Leia e usou a tortura de dentista nela. Assim o que o Vader levou 6 filmes pra fazer, Ren já chega usando. Isso, pra mim, é furo de roteiro.

Sobre o controle de mentes. No episódio 6, Vader "descobre" que Luke tem uma irmã gêmea em meio aquele confronto dos dois, sem que ngm falasse nada. Isso não seria leitura de mentes?

Kra, evidentemente forçaram, E MUITO, a barra pra essa continuação($) , já que o final da trilogia original é redondinho. A surgimento dessa 1ªordem é bizarro, era mais fácil dizer que o império continua.

Tem mto mongolóide que mete o pau nesse filme, mas esse exalta O Despertar Da Força como uma maravilha cinematográfica. A vingança dos Sith é mto mais filme.

Final feliz ? Finn ferido, Rey triste, Chewbacca perde seu companheiro na vida, Léia perdeu seu amor e seu filho ao mesmo tempo e HAN SOLO M-O-R-R-E-U !!! Cadê a felicidade nisso????????

Eu também achei que a Padmé morrendo fosse um furo justamente por essa cena da Leia contando para o Luke sobre a mãe. Mas eu fiz minha cabeça aceitar que naquela cena, Luke não sabia que Leia tinha sido adotada, e que Leia se referia à mãe adotiva quando a descrevia. Tanto que o planeta natal dela é destruído. No filme Uma Nova Esperança, a reação dela é meio sofrível, não dá pra sentir que ela se importava. Mas eu também perdoo essa falha ao considerar que era um filme que tinha um futuro muito incerto e estava bastante desacreditado antes de ser lançado. Nem mesmo o George Lucas tinha noção do que viria a ser. Agora algo mesmo imperdoável é a falta de cuidado com a série num geral. Acho o George Lucas um grande idiota, se quer minha opinião, porque às vezes me dá a impressão de que ele finge que Star Wars não tem o tamanho que tem, e por isso ele age sozinho, deixando os fãs completamente alheios. Honestamente eu acho que a única coisa realmente decente que ele fez pelos fãs foi vender a franquia pra Disney, assim deu a liberdade de que ela fosse explorada dentro da grandeza que tem. Por fim, eu gosto muito das duas trilogias, mesmo com suas falhas particulares.

MERECE 3 OVOS 000 - NÃO MAIS QUE UM FILME PRA ENTRAR PRO SESSÃO DA TARDE

Típico filme da Disney com final feliz, isso não é Star Wars. O próximo filme vai ter que explicar muita coisa ou vai cagar tudo de vez.

Sem comentários, não achei esse filme dos melhores, mas falar "organização que destrói planetas", não sabe de nada e não entende nada, esse filme é um episódio 7, possui 6 filmes que o antecede...

disseram que a vingança dos sith foi ruim.. sinceramente , ao seu tempo , a única coisa ruim mesmo foi a mprte da Padmé sem pé nem cabeça, teria sido mais interessante se o Imperador fosse atrás dela e a matasse , deixando mais forte o ódio do Vader.. fora que naõ liga com a história contada pela Leia que disse lembrar da mãe...já essa história foi bem fraca e ficou previsível, os fãs não são tão bobos como eram antigamente...apesar de que o pessoal lotou os cinemas ...mas a safra de filmes anda fraca mesmo

Unica critica até agora que eu gostei!!!

Galera, eu tenho um canal no youtube, e fiz alguns vídeos de "Star wars - o despertar da força". Espero que vcs gostem, e se gostarem se inscrevam no canal, e deixem o like. https://www.youtube.com/watch?v=0A54R5FezlY

Pra uma sessão da tarde ta bom...Historia fraquinha, personagens totalmente sem graça e forçados( Uma organizaçao que destroi planetas, nao consegue pegar uma guria e um robozinho)...E pra piorar em 3D, ideal pra encher linguiça em filme fraco!!!

Nada como viver no mundo da lua ou melhor para ser mais exato no espaço.

Achei brilhante seu ponto de vista. Sou uma pessoa que gosta muito dos dois temas, e achei o Mad Max super fiel a todo o plot do personagem e com uma proposta nova ao mesmo tempo, provando que sim, é possível criar o novo e manter uma identidade. Infelizmente com o SW eVII não conseguiram. Na minha opinião acabaram focando no público mais teen. Dá para perceber claramente a ênfase. É um bom filme, mas para quem já possui o plot da série em mente te acaba deixando um certo desconforto.

Acho que você precisa rever o filme, a atriz da Rey é uma das melhores coisas do filme. A maior prova é como a expressão dela muda completamente na hora que ela usa a força na luta contra Kylo, ou a própria cena do uso dos poderes da força para escapar da cela.

Talvez ela não seja autodidata. Talvez ela estivesse em treinamento quando o filho do Han Solo pirou e tenha sido mandada para aquele planeta para ficar segura escondida. Quando ela encontra a Maz não sei das quantas, ela tem umas visões misturadas de recordações e premonições que abrem essa porta.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus