Filmes

Shrek Para Sempre: Omelete Entrevista Cameron Diaz

Atriz que dubla a princesa Fiona fala sobre a série, parelelos com a personagem e pijamas
-

Desde que apareceu em O Máscara dançando ao lado de Jim Carrey, Cameron Diaz não parou mais de brilhar. Virou uma das mais bem pagas atrizes de Hollywood, participou da adaptação de As Panteras para o cinema e decidiu se pintar de verde e virar a mais anti-Disney das princesas dos contos de fadas.

Na entrevista abaixo, ela fala sobre como Fiona mudou nestes dez anos, as similaridades que ela tem com a personagem e até sobre... pijamas!

Ontem você participou daquela coletiva de imprensa com todos os atores. Isso é uma coisa que você gosta de fazer?

Cameron Diaz: É ótimo, na verdade, porque reunir todos do elenco é uma coisa só fazemos a cada dois anos. Especialmente nesse filme, que é nosso último. Aprendemos muito um sobre o outro dessa vez, porque já que está acabando, falamos muito sobre a experiência de fazer o filme. Estamos aprendendo agora o que esse filme significou para cada um de nós. É muito legal ouvir como foi a experiência do Eddie, do Mike... E descobrir que é muito parecido com tudo que eu passei nos últimos 10 anos. Passamos os últimos 10 anos fazendo um filme juntos, e tem sido ótimo, muito divertido e ao mesmo tempo meio triste também.

É bom ir ao estúdio e não ter que sentar na cadeira do maquiador? Você vai de pijama ou...?

Não. Eu acho que ninguém deveria sair de casa de pijama. Essa é uma regra muito rígida que eu tenho, na verdade. E é a única coisa que digo para meus sobrinhos e sobrinhas. Digo que se eles algum dia saírem de casa de pijama, vou deserdá-los, hahahahaha. Mas, sim, esse é um dos lados bons de ser dublador: é tudo mais rápido. Você não precisa chegar lá e sentar para fazer cabelo e maquiagem, e depois ir para o figurino... Obviamente, não tem nada a ver com seu visual. Mas é preciso tomar cuidado, porque eles nos filmam mesmo assim. Com umas câmeras que estão escondidas em todos os lugares, hahahaha. Nesse último filme, por algum motivo, sempre que eu interpretava Fiona eu queria estar de batom vermelho. Sempre passava meu batom vermelho, que por algum motivo achei que era apropriado para Fiona dessa vez.

Esse filme parece muito legal para as garotas. Você poderia falar sobre o lado guerreira da Fiona?

Sempre senti que Fiona era uma guerreira, sempre a vi dessa maneira. Sempre achei que ela era alguém que lutaria fortemente pelas pessoas que ela ama, sua família e seu reino. Sempre achei que ela era aquela força que aterrava todas as histórias e que todos podiam contar com ela. Sempre vi nela essa qualidade guerreira, mas neste filme acontece que as circunstâncias são diferentes e ela realmente é uma guerreira. E ela é capaz disso por causa da pessoa que ela é e da personalidade dela. Acho que você pode dar qualquer desafio para a Fiona e ela aceita, não fica questionando porque é assim que ela é.

Tem muito de você na Fiona?

Bem, com certeza acredito que sou uma guerreira. Tenho essa confiança em mim mesma. Joga a carga nas minhas costas que eu carrego montanha acima, sabe? Ela também é uma força estável e carinhosa e sei que também tenho esse papel em muitos dos meus relacionamentos, com minha família e meus amigos.

Já que você é uma guerreira, quais são as grandes batalhas que você teve que enfrentar na vida? Que você pode revelar, é claro.

Não penso nessas coisas como "batalhas". É só a vida, sabe? É só uma questão de seguir em frente, não parar. Não se acomodar. Não deixar que os outros passem por cima de você. E acho que é isso que fiz na minha vida: não abaixei a cabeça. Todos nós temos nossos desafios e desanimamos às vezes, mas você precisa se levantar e precisa seguir em frente.

Você se preocupa com a imagem que está passando para a nova geração? Porque aqui a Fiona é uma guerreira e no seu próximo filme, com Tom Cruise, sua personagem definitivamente não é uma dama em apuros... Você pensa em passar uma imagem mais pró-ativa das mulheres?

Sim, com certeza. Só estou sendo verdadeira com aquilo em que acredito. Acho que o que é tão maravilhoso nesse filme, com Shrek e Fiona, e também em Encontro Explosivo, com Tom, é a parceria. Não estou sozinha. Minha mensagem para as garotas não é que você precisa depender de um homem, você é uma donzela em apuros até que um cavaleiro em armadura brilhante venha te salvar, para que você possa começar a ser feliz. E também não é o extremo de que você não precisa de um homem, você é capaz de fazer tudo sozinha. Não é nada disso, é sobre parceria. Eu acredito nisso completamente.

Nesse filme, Fiona é a líder de uma revolução e está sempre cercada por um monte de homens. E uma vez você declarou que cresceu com muitos meninos, com muita testosterona. Isso é verdade?

Sim. Eu e minha irmã sempre fomos muito molecas, cresci fazendo esportes, que eu amo. Eu amo jogar, amo falar de esportes, amo assistir, amo ir aos jogos, mas esse é a penas um aspecto da minha pessoa. É útil, porque você consegue andar com os meninos. E o comportamento masculino não me ofende, de maneira alguma. Mas também sou feminina, ao mesmo tempo, amo ser mulher. Então nada é preto no branco.

Você também surfa, certo?

Sou surfista sim, mas faz muito tempo que não surfo.

Quais esportes você mais gosta de praticar?

Eu não consigo mais praticar esportes, hoje em dia. Eu e minhas amigas sempre falamos em organizar um jogo de beisebol no fim de semana, mas nunca conseguimos porque estamos trabalhando o tempo inteiro. É também por isso que não surfo há tanto tempo, ou faço snowboard - perdi a temporada inteira do ano passado. Então é uma questão de arranjar tempo para isso.

Já que você falou que não consegue ter tempo para tirar férias, qual é a viagem de férias que você mais se lembra? Aquela que você mais gostou?

Eu amo sair de férias com grandes grupos de pessoas. Adoro fazer meu grupo de amigos parar por um segundo. Vamos todos juntos surfar, ou fazer snowboard ou cozinhar. Vamos sentar e só comer, durante uma semana. Faz tempo que não consigo tirar esse tipo de férias, as circunstâncias têm sido diferentes para mim nos últimos anos, mas isso era muito comum.

Você poderia falar um pouco sobre como foi trabalhar com Seth Rogen e Michel Gondry em Besouro Verde?

Sim. Eu adoro trabalhar com Seth. Ele é incrível, muito divertido, talentoso, engraçado. Eu mal conseguia fazer a maioria dos takes sem dar risada. Mas não tive muito tempo nesse filme. Trabalhei nove dias no total. Fiz seis dias no começo das filmagens, aí fiz Encontro Explosivo e voltei entre o Natal e Ano Novo e fiz mais três dias em Besouro Verde. Então, voltei para Encontro Explosivo depois do Ano Novo. Não participei da ação, nem nada. Minha personagem fica no escritório. Michel é incrível, ele é um total gênio louco, como todos dizem. Ele é brilhante e vê o mundo de um jeito único. Foi muito divertido.

Você definitivamente serve de modelo e inspiração para muita gente. O que você diria para jovens atrizes que estão começando? E o que você pensa sobre educação, porque eu sei que você fez o colegial mas não fez faculdade?

Bem, acho que é diferente para cada pessoa. Se existisse uma fórmula para essa carreira e para ser bem-sucedido, então todos seriam bem-sucedidos. O único jeito que eu conheço de ter sucesso, que foi o que funcionou para todas as pessoas que eu conheço, é trabalhar muito, ser dedicado e querer muito fazer aquilo. Porque essas pessoas amam muito o que fazem. É preciso ter paixão, com certeza. E acho que se você tem essa paixão, tem essa motivação para qualquer que seja a profissão que você quer, então deve seguir isso. Não existe um caminho, então eu digo: siga seu coração. E quanto à educação, eu acredito na educação do mundo. Viajo desde os 16 anos e não vi necessidade de fazer faculdade e ter uma educação acadêmica. Eu também nunca fui boa aluna, hahahahaha. Não conseguia aprender do jeito que ensinavam na escola. Não era bem daquele jeito que meu cérebro funcionava, então segui meu coração durante toda minha vida. Até agora deu certo, hahahahaha.

Shrek para Sempre já está em cartaz, em cópias 2-D e 3-D.

Shrek Para Sempre
(Shrek Forever After) Direção: Mike Mitchell Estreia em 09/07/10
sobre o filme
Galeria de imagens (36)

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus