Filmes

Mulher-Maravilha | Diretora compara super-heróis aos mitos romanos e gregos

Patty Jenkins acredita que gênero não vai morrer
-

Durante participação na WonderCon (via HH), Patty Jenkins, a diretora de Mulher-Maravilha, falou sobre a mitologia dos super-heróis e o que pensa quando dizem que o gênero vai cansar o público:

“Isso que é incrível sobre a diversidade de super-heróis, e uma das razões pelas quais quando alguém pergunta ‘essa coisa de super-heróis vai morrer?’, ou algo assim, eu sempre penso que é maior do que isso. Não é sobre super-heróis. É sobre um método universal de contar histórias para todas as pessoas, que não é uma religião, ou outra coisa, é algo que a América inventou como uma forma de contar essas metáforas sobre esses diferentes tipos de existências. Então, para mim, os super-heróis são a mesma coisa dos mitos gregos, dos mitos romanos, ou figuras religiosas de qualquer religião. Esses são os nossos personagens comuns que usamos para expressar histórias sobre ser uma pessoa melhor, ou sobre o que você faria se tivesse que enfrentar várias coisas. Para mim isso é uma coisa incrivelmente poderosa. Existem milhares de filmes para serem contados com esses personagens”.

Mulher-Maravilha tem estreia marcada para 1º de junho, com Gal Gadot e Chris Pine no elenco. Nós visitamos a ilha de edição do filme com Patty Jenkins, onde vimos trechos do filme e conversamos com a diretora - saiba como foi

Leia mais sobre Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha
(Wonder Woman) Direção: Patty Jenkins Estreia em 01/06/17
sobre o filme
Galeria de imagens (356)

Isso com certeza não é!! Eles usam só o google tradutor! O cleiton rosa que tá certo!!

Acho que vc nao entendeu é porcaria nenhuma do que ela falou. Pega o livro do Genesis, onde se diz que Deus criou o mundo em 7 dias. O próprio papa fala que não é pra ter como verdade e que isso é uma alegoria para a maneira como Deus criou o mundo. No budismo, vc tem os devas que são seres não-humanos,, mais poderosos que humanos, capazes de se locomoverem por grandes distâncias rapidamente e de voar e mais um monte de coisa sobrenatural. Pros budistas, eles são vistos apenas como metáforas úteis para entender aspectos da mente. E então vc tem as historias de superherois que não são uma religião, mas como figuras religosas servem pra passar uma mensagem, como metáforas sobre esses diferentes tipos de existências, alegorias pra algo que nos é valioso.

Olha aqui o Galdete, burro e ignorante aqui é você, vê lá como você se expressa por aqui porque eu não sou da sua laia e nem tampouco obrigado a concordar ou babar ovo por uma diretora de cinema ou quem quer seja, o que ela ta falando eu sei e eu critiquei o porque ela falou isso, pra mim ela poderia ser até a reencarnação do Hercules, se ela dirigiu um filme da mais clássica heroína da cultura pop e deu uma cara cara espartana pra esse filme e veio fazer a comparação que ela fez então pra mim foi uma conveniência sim e daí??!!...eu achei isso pronto e acabou e vem você me falar das reais intenções dela ???...não me interessa ...vai lavar uma louça que você ganha muito mais ao invés de vir aqui querendo me dizer o que ela quis dizer na verdade. Ela disse o que disse e eu achei o que eu achei e você tá sobrando...ah me poupe ...cada tipinho metido a besta !!! Afff

não falou coisa com coisa. existirem mais de uma religião não muda o fato de existirem personagens superpoderosos resolvendo as coisas por aí.

Discordo, esse negócio que personagem de quadrinho equivale a religião é mito e não tem nenhum fundamento histórico ou antropológico. A primeira diferença é que por toda a história religiosos tem acreditado em suas crenças enquanto ninguém jamais acreditou que o Homem Aranha ou Mulher Maravilha tenham existido. A segunda grande diferença é que desde os tempos gregos romanos as religiões têm coexistido com histórias de personagens que tinham o caráter de entreter. Um exemplo pode ser dado na idade média européia onde a população cristã acreditava em Jesus mas ali existiam histórias consideradas hoje equivalentes as dos quadrinhos como a do Rei Arthur e a Divina Comédia. Na Roma antiga, existia muitas religiões mas também existiam personagens de cultura pop que apareciam em textos , nos teatros de rua e no famoso circo romano. Podemos concluir que o que chamamos hoje de 'personagens de quadrinhos' são apenas personagens e sempre foram encarados dessa forma e ninguém jamais acreditou neles, levou eles a sério ou se baseou neles para qualquer coisa , são apenas usados como produtos para gerar renda ou entreter.

Com certeza.

Mitou. Essa mulher é muito foda!

http://historiacinemaeafins.blogspot.com.br/2017/04/espartaco-e-revolta-de-escravos-que.html Roma e Espártaco!!

Ja minha experiencia com HQs foi essencialmente na Vertigo/DC. Historias como V de Vingança, Hellblaiser, Livros da Magia, Watchmen... nunca curti essa coisa de superheroi padrão kkkkkkk entao eu concordo com ela q eles nao precisam ser necessariamente inspiradores. Eles podem servir pra contar historias que ecoam em nós de outras formas, inclusive obscura.

Há 3 dias atras eu postei o video com o painel completo com o Geof Johns e a Jenkins na Wondercon. Quem saca de ingles nao precisa esperar o Omelete. https://www.youtube.com/watch?v=A5czUya8bPQ

Mas é burro, hein? Ela não tá falando sobre o filme dela e sim da função que as historias de superherois têm na cultura. Coisa que ela compara com a mitologia grega, romana ou religiosa.

Sim, cara! Fala melhor que o proprio Geof Johns. Em contrapartida, Zack Snyder fala mal pra carai! kkkkkkkk Nesse painel onde ela fala isso, estavam apenas o Johns e ela, e o Johns pagou pau pra ela quando ela falou isso. Ele disse q era por isso q ele amava ela.

Essa mulher sabe falar mano... nunca vi um artigo menos que ótimo quando essa mulher fala sobre Mulher Maravilha ou dá alguma entrevista.

Elecom = Elenco.

Huahuahuahua Ou então abrindo o pacote de fandangos, derramando o todynho de caixinha dentro e comendo com uma colher... Eeeiiittttaaaaa!!!

Não desejo Dollynho pra ninguém. Isso não se faz... Huahuahuahua

Tiago , valeu, vc sempre nos trazendo novidades e informação completa, até mais que os sites. valeuu

Elecom da Liga da Justiça?

Tinha que ser fandangos com Dollynho!

Dave Grohl + Liv Tyler = Patty Jenkins.

Será que o SuperHomem vai estar no Elecom da Liga da Justiça?

kkkkk... agora fiquei imaginando um cara abrindo uma latinha de nescau e virando num pacote de fandangos, depois enchendo a mão, enfiando tudo na boca e empurrando tudo pra baixo com um copo de fanta uva sem gelo! kkkkkkkkkkkkkk

Quando seu nível mental é bom, pode comer fandangos à vontade, agora quando se é retardado e mistura com nescau, dá efeitos colaterais...

Neh... deixa os haters pra lá. Eles vão ver o filme junto com todo mundo. E eu gosto de fandangos... presunto.

Aos haters, o choro e fandangos com nescau.

Mas também...com o que mais ela poderia comparar ...com extraterrestres ???...o filme que ela dirigiu é um misto de Ben-Hur com Alexandre o Grande e mais um terceiro elemento que deveria estar encostado lá no fundo do depósito dos estúdios da Warner. Cada um fala o que lhe convém e soltar uma pérola dessa é bem conveniente pra ela no momento atual.

O ponto positivo é que hoje em dia eles não são usados para manipular ninguém.

Os caras pegam a declaração inteira das pessoas e separam parágrafo por parágrafo pra render 20 postagens diferentes...Parabéns Omelete.

Independente de voltar ou não a vida em Liga, o sacrifício do Super em BvS, demonstra bem isso.

Acho idiota essa história de heróis inspiradores. O que me chamou sempre para HQ de super heróis sempre foi o sacrifício acho isso que falta ao universo Marvel e DC, Isso tinha de sobra no desenho da liga da justiça no do homem aranha dos anos 90.

Gente... soltem a matéria por inteira pelo amor de Deus! Ou vcs ainda estão tentando traduzir oq a mulher disse no evento?

Só abraço? Meu abraço seria um daqueles com a mão boba (esperta).

Peidou ?

não sei não...

Não é só vc. Tenho acompanhado esse filme desde o 'germe' em 2012, logo após o estúdio concorrente ter colocado pressão na DC. Tirando o lado de fã, estou gostando do que estou vendo: teasers e trailers com muita ação, uma estória de fundo e um propósito. Como GoG não estão entregando nenhuma virada ou algo relevante do vilão principal, e isso é ótimo.

Isso msm Patty, q esse genero nunca morra e a gente tenha mais e mais filmes de super-heróis. Manda mais q ta pouco!

Sou só eu,ou da muita vontade de dar um abraço na Patty Jenkins e na Gal Gadot? kkkkkk

Aos Heróis, o Paraíso. Aos vilões, o Inferno. A nós, os filmes!

Esse filme deve ser muito bom, Jenkins quer fazer esse filme a 10 anos e se tornou realidade pelo Snyder querer expandir, ela deve ter tido no mínimo estudado muito a MM para esse filme.... Junho chega logo...

Há 3 dias atrás, postei o video com esse painel, onde ela fala essas coisas e o Geof Jonhs paga prau pra ela: https://www.youtube.com/watch?v=A5czUya8bPQ O cara que fez um video chorando vendo o trailer de Mulher Maravilha encontra ela no evento e ela reconhece o cara: https://www.youtube.com/watch?v=A5czUya8bPQ

Entrevista fresquinha (publicada há uns 50 min) com a Patty Jenkins pra Empire: http://www.empireonline.com/movies/features/talking-wonder-woman-director-patty-jenkins/ Entre outras coisas, ela fala sobre a sorte do Zack ter escolhido a atriz perfeita para o papel: Gal. Sobre a musica tema dela ser um tema pra uma Mulher Maravilha já adulta. Sobre o papel do Zack no filme ser mais instrumental (ajudando na execução da visão que ela tinha). Uma coisa interessante é que parece que o entrevistador dá alfinetadas, sinalizando pra criticas ao DCEU (como a crítica que os herois não inspiram esperança etc). Uma das perguntas é: Empire: Quão importante é para esses personagens serem inspiradores ainda permanecem humanos? Jenkins: Eu não acho que eles têm que ser qualquer coisa. Eu acho que eles são uma metáfora com a qual você pode fazer todo tipo de coisas. Mas, eu certamente acho que a grande tradição e a razão número um que eles evoluíram foi para ser inspiradores. Então, sempre haverá um lugar para isso. Mesmo que eu acho que há um lugar para todos os tipos de outros diálogos, também. Eu acho foda como na resposta ela defenda a abordagem de outros diretores, como o Zack que colocou aspectos controversos.

kkkkkkkkkkkk

hehehehehehehehehehe

Se mora perto de um banco deve ser um caixa eletrônico.

Já noticiaram isso

https://omelete.uol.com.br/filmes/noticia/liga-da-justica-ele-esta-velho-e-cansado-diz-ator-de-game-of-thrones-sobre-o-lobo-da-estepe/

omelete já postou faz tempo isso.

Só li verdades!!! Parabéns Patty Jenkins! :)

Noticia velha.... A Patty aparentemente estudou muito sobre a personagem. E entendeu bem. Pelo menos nas entrevistas ela transmite isso, mas o Ayer também demostrava isso... Então vou com cautela. P.S.: Saiu uma entrevista do Ciarán Hinds confirmando que é o Steppenwolf e dizendo que será um ser em CGI e captaram apenas os olhos e a boca dele. Uma pena... Outra criatura de três metros. Acorda ai, Omelete.

Ta chegando, ahhh caralhooooo!!!

Na época que o mitos ainda eram legais.

Como essa mulher fala bem, se a direção dela tiver metade dessa qualidade já vai ser pelo menos muito bom.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus