Filmes

O Poderoso Chefão | 45 anos depois, elenco do filme se reúne

Encontro aconteceu no Festival de Tribeca
-

Festival de Tribeca contou com uma rara reunião de integrantes do elenco de O Poderoso Chefão. Participaram do encontro Robert de Niro, Al Pacino, Robert Duvall, James Caan, Diane Keaton, Talia Shire e o diretor Francis Ford Coppola - veja na foto abaixo (via The Guardian):

O Poderoso Chefão

O evento, organizado por de Niro, relembrou histórias da produção da trilogia, iniciada há 45 anos. O local foi decorado como a famosa biblioteca de Don Corleone, com direito a uma foto do personagem vivido por Marlon Brando na parede. Também foram exibidas as partes 1 e 2 da trilogia.

Por lá, o elenco relembrou a difícil batalha para colocar o longa no cinema, já que Coppola era um diretor novato à época e Pacino, cuja experiência se resumia ao teatro, enfrentava resistência por parte da Paramount. Nem mesmo o material original - o livro de Mario Puzo - era tido por muitos como uma base boa para um filme. "Fiquei decepcionado com o livro quando o li pela primeira vez porque é muito longo, e meio feijão com arroz", disse o diretor.

A resistência da Paramount também cansou Pacino, que teria desistido do papel de Michael Corleone se não fosse por Coppola. "Pensei que não era um papel muito bom. Achei que ficaria melhor como Sonny", referindo-se ao papel de Caan. De Niro, que fez o jovem Vito Corleone na parte II, também fez testes para o papel de Sonny.

 

Recentemente, foi anunciado que os bastidores da produção de O Poderoso Chefão vão virar um filme - saiba mais.

Leia mais sobre O Poderoso Chefão

O Poderoso Chefão
(The Godfather) Direção: Francis Ford Coppola Estreia em 07/07/72
sobre o filme

Direção, roteiro, fotografia, trilha sonora, coreografia, vestuários, elenco de qualidade incontestável, destacando é claro o saudoso MARLON BRANDO, "um Monstro" que deu um show na arte da interpretação...enfim um grande filme!

Quem tocava ao piano era nada mais, nada menos que o pai de Coppola. O rapaz que estava a escutá-lo, recostado no piano, era Willi Cicci - soldado do caporegime Clemenza - que iria se destacar no The Godfather Part II na CPI. Willi Cicci era motorista de táxi e foi convidado para o papel por Coppola.

Uma das melhores trilogias da história do cinema. Filme que faz você até sentir pena do protagonista, mesmo sendo um bandido feladaputta.

Olá Cristina... saudades das suas indicações de Filme. Tem alguma outra boa lembrança? rs

Exatamente. Debater, argumentar, pensar é uma coisa. Crítica é outra. Depende muito do olhar de quem analisa sim, mas nunca me deixo levar por críticas.

Amo demais essa animação. Já assisti umas 18 vezes acho.

kkk...boa! Ainda mais nesse filme cheio de referências religiosas, é um verdadeiro sacrilégio confundir.

Eu vi várias vezes o filme. Excelente. Para complementar filmes do gênero eu recomendaria Scarface ( com Al Pacino) e Casino ( com De Niro). O filme ainda conquista pessoas nem haviam nascido quando das filmagens, Meu filho é um deles. E até sua trilha sonora ainda faz sucesso,.

E o Marlon Brando nem se tivesse vivo estaria nessa reunião já que ninguém em Hollywood gostava dele como pessoa mesmo, kkkkk

O filme é fichinha perto da máfia na vida real que tomou conta do Brasil.

Meu filme de cabeceira o I,a cena inicial já discorre o respeito e a hierarquia, da máfia, a transformação do personagem de Paccino, também é feito com maestria, sem contar a saudade do talento e presença de Brando, inesquecível , Bravo.

Maravilhoso!! O Poderoso Chefão I e II são os meus filmes preferidos de todos os tempos. Isso é cinema de verdade!!

Li o livro 'O poderoso chefao' quando eu tinha tinha uns 15 ou 16 anos... muito bom, por isso ate demorei para assistir a trilogia. Quando finalmente assisti, vi que o Coppola respeitou a obra original, teve 3 filmes para isso. Tenho que reve-la, isso ja faz quase 10 anos eu acho, se nao tiver por streaming, ta baratinho a caixa em DVD, Blue-ray não rola, ate tenho o player, o que foi um dinheiro jogado fora.....rsrsr, essa midia acabou antes de começar. Fica a dica... LEIA O LIVRO, é mais gostoso que assistir ao filme, ou, tanto quanto, eu garanto :)

Que demais, imaginem se eles pensaram em um Poderoso Chefão parte 4??? Além do mais 2 dos maiores atores de todos os tempos de Niro e Pacino...

Oi PS... Matrix foi revolucionário, original e inteligente, captou o momento e redefiniu a sci-fi na telona, foi mesmo um marco. O que eu disse foi que os irmãos se perderam totalmente nas continuações, muito aquém do original, erro que o 'Poderoso chefão' não cometeu. Devo dizer que em 1999 saí da sala em estado alterado da mente, juro, foi muito impactante...só quem viu no cinema há de concordar. SUPER-HEROIS - Assisti, na pre-estreia o tal 'Esquadrão Suicida'...excelente trilha sonora e efeitos, mas roteiro que é bom, nada. Filme confuso ao extremo, ritmo de MTV, um corte de cena a cada 10 seg., exagerado, nem os fans aprovaram. Por essas e outras que não boto fé nessa leva de super-herois caça-niqueis do cinema, aquilo não é arte, é entretenimento de baixo QI. Mas é um filão que vão filmar à exaustão, mas isso não é cinema, repito, é comercio e por vários motivos, tem publico, especialmente os jovens. Sem problemas sobre quem curte, mas não vale a expectativa que criam em torno dos lançamentos. Acho que os HQ's na telona perdem muito, cada diretor tem uma visão mais maluca ou quer inovar (reinventar a roda) e distorcem os herois e suas estorias que são bem legais.

Olha...não sei porque a impaciência com filmes longos, ja que hoje a moda eh fazer 'maratonas ' dessas séries da Netflix..... isso não cola. As series com no minimo 10 cap. são obviamente muito maiores que um mero filme de duas horas e a turma assiste em um dia, um fim de semana. Não entro nessa de mundo dinâmico e radical, tudo rápido e fast-food; A satisfação de ver algo mais trabalhado é muito maior do que consumir algo que se esquece na prox. esquina. Mas claro, há filmes longos e chatissimos, isso também existe.

Bom feriado e obrigado pelo debate sobre Era uma vez na América.

Abs

i dai ..ninguém quer saber ..

Como eu disse, até hoje não conseguiram fazer um filme de máfia/família, sobre a vida familiar de um renomado mafioso, como essa trilogia, entendeu?

Sim, é um dos melhores do gênero.

Seria realmente uma boa ideia mostrar os Corleone numa fase tecnológica, enfrentando outros tipos de máfia.

Pessoal vou me despedir da salinha. Foi ótimo o bate-papo com todos vocês sobre esta obra-prima, Poderoso Chefão. Estou online - trabalhando também, claro, desde às 11 horas, quando entrei no chat. Foi ótimo. Flavio Venturini, na linda canção "Noites com Sol", diz: "Certas canções são eternas"... eu digo, certos filmes também são eternos. Abs e bom Feriado a todos!

Em "O ano mais violento", ele parece interpretar Al Pacino rsss

Pô Nemo, valeu mas não assisti essa série... Mas que bom! Valeu pela informação! Lembranças ao seu pai e à Dory!

Oscar Isaac lembra bastante o Al Pacino jovem.

como voce.

O Coppola anda tão afastado dos filmes, tirando a produção que faz dos filmes de sua filha, que não sei se ele embarcaria nessas ideias de spin offs ou nova sequência, mas seria um favor para o cinema. Ele tem um grande talento, hoje meio que desperdiçado. Não sei se o Affleck seria um bom nome, mas certamente ele tentou pegar elementos do Coppola em "A lei da noite". Acho que algo parecido com "O poderoso chefão" ou mesmo uma continuação poderia ter Oscar Isaac e Milo Ventimiglia. Mas eu continuaria a história principalmente com o Andy Garcia, que teve uma grande atuação no terceiro. E traria a Diane Keaton de volta também.

Valeu! Vou procurar!

Não deixe de ver em Blu-ray: a fotografia ficou perfeita. Volta e meia aparece em promoções da Saraiva.

Você tem razão!

Beto, gostaria de poder rever este clássico na telona... infelizmente só tive acesso à Fita DVD. Mas é inesquecível.

Cara, essa trilogia dispensa comentários e, com certeza, reuniu o elenco mais estrelado da história do cinema. Isso por que ainda tínhamos o icônico Marlon Brando.

Hum... legal!

Obrigado! Fico feliz de ter lhe trazido esta recordação.

Era uma vez no oeste.

Sim... fantástico... e a musica de Enrico Morricone é cortante...

Exatamente!! Sei que gosto cada um tem o seu mas olha, percebo que o seu é excelente!! Obrigado pela lembrança Cristina. E quem sabe, revê-lo nesse feriado?

Espero que aprecie. Esse é com Charles Bronson.

Vou ver então.. confesso que não vi..Obrigado pela dica.

Também é.

O Joe Pesci é tão bom... que levo a crer que não é um mero personagem! rs

Mas esse é do Sergio Leone?

Sim, apesar do contexto girar em torno da mafia, ele tem outra proposta... é uma ode à amizade e a lealdade.. é diferente de Poderoso Chefão.. não se comparam, ambos são obras-primas mas estilos diferentes.

Belíssima cena. E estreia da Jeniffer Connelly como atriz.

Era uma vez no Oeste é outra obra-prima, embora o filme de 84 me pareça melhor.

Sim, para mim é um dos mais belos filmes de todos os tempos...

Exatamente!! É qdo ele perdeu o amor da vida dele qdo fez aquela violência no táxi e o taxista, indignado nem quis cobrar a corrida... Um filme espetacular mas que acredito por não ter tantos "problemas" na realização, talvez não tenha alcançado o mesmo status de "lenda" como o filme de Coppola!! Putz!! Mas que bela lembrança vc me trouxe agora Cristina!

Sim, uma pena. Este filme é de Sergio Leone, não me lembro de outra obra prima dele....

Concordo. Mas destaque-se: a versão estendida, nunca lançada nos cinemas.

Sim.. é belissimo! Impactante...

Elenco que ajudou a fazer talvez a maior trilogia da história. Se tivesse a qualidade dos três primeiros, Coppola deveria fazer um quarto filme.

Exato... a trilha é linda! Comovente é a cena do De Niro olhando a bela bailarina pela fresta de uma janela - quando ainda menino, e depois se recordando quando adulto, é uma das mais belas que ele já protagonizou no Cinema.

Lindo esse filme Cristina! A trilha musical é maravilhosa e triste de Enio Morricone!! E a cena final qdo ele encontra o Woods que pensava que tinha morrido... A bela Elizabetb MacGovern que sumiu... Filmaço tb!

De Niro não participou do Chefão I, de 45 anos atrás. Ele apareceu no II.

Sem dúvida Akira é uma das melhores animações já feitas.

É uma obra muito rica , acredito na geração de hoje um filme desses não seria criado , somente uma época em que a máfia comandava o mundo que foi na década de 70 que uma obra dessas seria criada

Não queria me intrometer , mas eu vou . Era uma vez na América é UM GRANDE CLÁSSICO E FILME ,

Só uma frase define isso LENDAS O poderoso chefão é uns dos melhores filmes da história do cinema e mesmo apos 45 anos é uns dos mais lembrados e memorizados pelos cinéfilos , tanto o filme quanto o livro são obras excelentes de primeira qualidade

Bela lembrança!

Tem outros muito bons , eu destacaria dois : era uma vez na América e os bons companheiros , não são trilogias , não são do nível de poderoso chefão , mas são excepcionais , dos mais "recentes" achei " gangster americano " muito bom também.

Temos jovens e promissores atores. James McAvoy, Benedict Cumberbatch, Michael Fassbender... São alguns os atores que prometem ser aclamados no futuro.

Um baita clássico. Pena que não se faça mais filmes assim.

Recomendo também "Era Uma Vez na América", com De Niro, James Wood e Joe Pesci (interpretações magistrais). Bela fotografia e trilha também.

Vc assisti o primeiro filme e ver q ele ,inicialmente, era para ser só um filme e não três...

Tens razão... docinhos envenenados.

Verdade...

menos espetacular vc quis dizer...

Um dos filmes que define a palavra "Clássico", "obra-prima"... Foto histórica e maravilhosa!!

kaliaboki

Não são bombons são Cannolis. Olha o sacrilégio.

Essa trilogia ! o primeiro filme mostra como um pai deixa seu legado para o filho que nem queria as responsabilidades do pai de inicio, o segundo mostra como o filho e diferente do pai e mostra sua queda matando o proprio irmao e separando a familia que era o que ele mais se importava, o terceiro mostra sua redencao com a morte de sua filha e Michael Corleone se arrenpendendo de tudo que ja fez.

Partindo do princípio que é apenas uma representação, não achei tão ruim. Pior que isso é no Parte I quando Michael vai dar o segundo tiro no polícia, a testa dele já está sangrando antes de levar o pipoco. E ele ainda fica engasgando... mas de novo é só representação e até isso gera comentários.

Essa foto realmente e historica, queria ter a chance de poder conhecer essas lendas antes deles se forem, realmente todos estao com uma idade muito avancada. Mas idade nao mede talento !

Ve

Até para ser bandido precisa ter dignidade..rsss

Um m .

ele disse em uma entrevista que se fosse metade ele aceitaria, mas pagaram 5x mais para o Pacino.

mas no filme mesmo com toda a maquiagem ele estava mais conservado. Tá só o pó da rabiola.

Perfeito! Isso mesmo!

Cinem

Inesquec

Ele é impactante logo na primeira cena, quando na penumbra - num jogo de luz e sombra fantástico na época (1972), o "compadre" vai se queixar ao "padrinho" clamando por justiça. Uma cena austera de "tribunal" que ganha leveza com um singelo gatinho cinza sendo acariciado pelo Chefão. Acho que são as muitas linguagens desse filme é que o tornam obra-prima de todos os tempos.

Faço minha suas palavras.

Pois é, queriam pagar a Robert Duvall menos da metade do que seria pago a Al Pacino. Uma pena, mas compreendo a decisão de Duvall de recusar fazer parte do filme. Aí tiveram que mudar o roteiro e o resultado não foi bom.

Um

Da para fazer um novo filme. Al pacino esta mais novo do que mostrou ele morrendo na parte 3, de idade.

Porque no II o personagem dele é vários anos mais novo e foi interpretado pelo De Niro.

Filme espetacular ..

Sim, eu quando soube desse filme eu era adolescente e só tinha acesso à musica (trilha) que tocava no rádio... eu só fui conseguir ver a trilogia completa adulta, depois que inventaram a saudosa fita de DVD.

Depende muito do olhar de quem analisa. Eu não me considero cinéfila e nem tenho pretensão de ser intelectual de cinema. Eu gosto de bons filmes, densos, que tratam de dramas reais, que instiguem a pesar, que retratem a sociedade, seja de época, seja atual, mas sem maniqueísmos e bandeiras. Gosto de filmes que te deixam pensar, argumentar, debater.. como estamos fazendo aqui.

zoetrope studios do coppola e a paramout pictures (responsavel pelos dois primeiros) os produtores.

Aliás, o primeiro filme foi em 1972!!!

Exato Nemo... é uma história fascinante, que apesar da brutalidade de algumas cenas, tem um lirismo, uma delicadeza e um argumento muito bem amarrado em toda a trama. E olha que os três filmes foram realizados em 1975, 1979 e o ultimo em 1991! Ou seja, bem diferente dos seriados de hoje que são bem próximos o que prende a atenção dos seguidores. Realmente é uma obra-prima.

Obra prima essa trilogia! Quando assisti ao primeiro filme, corri comprar o livro. A interpretação de Marlon Brando é de um gênio. Dom Vito Corleone é imortal.

essa foto transpira talento é tanta gente boa que arrepiou foi tudo aq jjjkkk imagina só se o brando estivesse vivo, teria sido mais incrível ainda

e tem gente que cria uma outra conta so pra responder.

e so a minha opinião, dai eu escrevi "eu achei" tem gente que acha bvs um classico ,tem gente que não gosta dos filmes do tarantino..

principal mas nao o unico.

Que elenco, que trilogia!

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus