Filmes

Renovação no Oscar | "Agora as coisas podem mudar", diz Anna Muylaert

Brasileiros convidados a integrar a Academia falam ao Omelete
-

Em um esforço de renovação de seu quadro de votantes para o Oscar, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas acaba de convidar 283 novos possíveis membros, incluindo uma esquadra brasileira da qual fazem parte diretores, fotógrafos, produtores, montadores e até animadores, como Alê Abreu, de O Menino e o Mundo, e Renato dos Anjos, que trabalhou em Detona Ralph e outros blockbusters.


"Ao ver o e-mail, eu achei que era um trote, mas aí abri, fiz a inscrição e agora sou votante. Entrei para a Academia", brinca Anna Muylaert, a diretora de Que Horas Ela Volta? que prepara para 21 de julho o lançamento no Brasil de Mãe Só Há Uma, premiado em fevereiro no Festival de Berlim com um prêmio da imprensa LGBT da Alemanha.

"É uma situação meio folclórica. E é um folclore forte. Mas o bacana é que desta lista de convidados, 47% é de mulheres, o que mostra uma preocupação da Academia em mudar. Este ano, Que Horas Ela Volta? tinha chances forte. Mas quando não entrou, a minha publicista me procurou para dizer que filmes com mulheres de meia idade têm pouca chance de entrar para concorrer. Como a massa votante é de homens, eles, em geral, votam em mulheres mais jovens. Agora, com esse gesto, as coisas podem mudar", diz a diretora.

Receber o e-mail-convite da Academia também foi uma surpresa para Rodrigo Teixeira, hoje um dos mais prolíficos produtores em atividade na indústria internacional, com 32 longas-metragens creditados em seu nome, como Alemão, visto por 975 mil pagantes em 2014, e filmes indie estrangeiros, como Mistress America e Love. "Quando o e-mail com o convite da Academia chegou eu achei que era um spam pois nem conseguia acreditar num reconhecimento tão grande como esse para a classe de produtor. É uma honra sem tamanho que me deixa muito feliz em especial por valorizar o trabalho que venho fazendo nos Estados Unidos", diz.

Teixeira acaba de produzir, a partir de sua RT Features, o drama Call Me By Your Name, do italiano Luca Guadagnino (de Um Sonho de Amor), com Armie Hammer e Michael Stulhbarg no elenco.
Além disso, produz agora 24 Frames para o aclamado diretor iraniano Abbas Kiarostami, enquanto vê seu A Bruxa ser apontado por sites como Awards Daily como um potencial oscarizável. "Este filme que me deu tantas alegrias virou um nome forte para a temporada de prêmios dos EUA, mas acredito que outro filme nosso, Indignation, possa ter chance pelo tamanho de seu realizador, James Schamus, que escreveu O Tigre e o Dragão."

Além deles, entraram na lista nomes como Lula Carvalho (diretor de fotografia dos dois recentes As Tartarugas Ninja), Affonso Gonçalves (montador da primeira temporada de True Detective), Antonio Pinto (compositor de trilhas consagradas como a de O Senhor das Armas), Pedro Kos (montador, com filmes como Frida no currículo), Vera Blasi (roteirista de O Sabor da Paixão), Marcelo Zarvos (também compositor, que musicou Rock em Cabul).

Não sei se vai mudar alguma coisa, mas ela merece este reconhecimento. Excelente profissional e de uma humildade e simpatia difíceis de encontrar neste meio. Já tive a oportunidade de entrevistá-la para um especial sobre a TV Cruj, que ela ajudou a criar, e fiquei admirado. Parabéns também aos demais!

Parabéns, pelo reconhecimento. Anna Muylaert, grande Cineasta, Rodrigo Teixeira, grande produtor. Sucesso!!!

Bem... Conheço pouquíssimos, e não sei bem que tipo de conversa e processo rola nessas votações, então pra mim tanto faz...

Divertidamente é um filmaço, porém O Menino e o Mundo pode extrair anos a fio de subjetividade interpretativa. É possível fazer isso com a produção da Disney? Sim, mas na minha opinião, bem menos do que o nosso longa animado...

Seria mais justo criar uma categoria só para casos assim. Mas teria de ser um caso onde não haveria vencedores ou perdedores, apenas uma homenagem aparte com uma estatueta. Mas acabaria por prolongar a cerimonia e atualmente a ideia reduzir o tempo.

Apesar de raramente concordar com o Oscar, eu gostei da última premiação. Mad Max me surpreendeu !

Comparar a atuação do Sylvester Stallone com a do Mark Rylance, um monstro dos palcos...

Keenen Ivory Wayans, will.i.am, Dakota Johnson, Damon Wayans Jr....são nomes que senti forçado estarem na Academia.

Não sei não Tanus, particularmente eu achei Divertidamente e até As Memórias de Marnie bem superior a O menino e o mundo. É a minha opinião óbvio, mas não acho que uma obra deva ganhar só por que ela foge do convencional - que é o que eu vi na animação.

Concordo contigo... mas sei lá, de boa, é tudo marketing, manobra pra valorizar o próprio produto... tipo: Hollywood é uma máquina de produções, todas ligadas a empresas que apostam caro em troca de um retorno maior ainda, e essa máquina ambulante de filmes sustenta muita gente direta e indiretamente, sendo assim, no fundo no fundo toda indicação ao Oscar tem uma visão restrita àquilo que convém a indústria Hollywoodiana... e se não fosse assim, os candidatos estrangeiros também seriam candidatos a melhor filme como são os destaques da premiação, afinal, filme é filme, cinema é cinema e não tem essa de ser de uma língua diferente que mereça simplesmente ser taxado de "estrangeiro", afinal, muitos deles são até melhores que o grande vencedor da premiação... Mas esse preconceito parte da gente também, sabia? Lembra de quando tinham as locadoras de filmes? Pois é, era comum a gente ver nas prateleiras uma separação dos filmes Brasileiros dos demais... tipo: tinham os catálogos de Ação, Comédia, Terror, Infantil e Nacional... Se a gente parar pra pensar, a forma como a gente vê cinema, pelo menos o grande público que na sua maioria é leiga, acha que cinema tem a ver com Hollywood, e que filme de outros países ou quer imitar filme americano ou deveria imitar para ser bom...

Tô contigo. Maior injustiça da história da humanidade.

Sem bairrismos, mas não dá para entender como uma obra tão profunda - entre outras nacionais - como "O menino e o Mundo" não ganharam o Oscar. Sim, é claro que eu sei. Mas é uma oportunidade perdida da academia ter votado em uma narrativa sincera, e realmente ótima. Não apenas mais do mesmo. No final, eles dão uma de "Glória Pires" e sequer assistem aos filmes. Ou se assistem, há um desdém. Aliás, a trilha sonora da animação "Airgela" é espetacular. Até o Emicida, que fez uma faixa, ganhou meu respeito...

De certa forma, quando um filme, ator ou diretor muito cotados ao menos pelo público não levam nada, isso já seve como discussão pro resto da vida entre aqueles que amam cinema...

Essa academia é caracterizada pelas injustiças através dos anos; e poucas vezes, ao longo dos mesmos anos, foi sinônimo de coerência e competência para a escolha dos que realmente se sobressaíram no respectivo ano. Atualmente, é um amontoado de pseudo-conhecedores de cinema, cuja politicagem em favor de interesses próprios determina os ganhadores e perdedores. :)

Sim. Mas eu vi o Mark Rylance, e achei o melhor dos indicados mesmo. Pq se vc parar pra pensar a academia podia dar o Oscar pro Sly pela contribuição do personagem Rocky pro cinema e nesse quase aniversário de 40 anos do filme e tudo mais, mas não rolou, acredito eu, não pq não gostem dele mas não consideraram o melhor mesmo. Não concordo com a academia tbm em muitas escolhas, achei injusto os Oscares do Inarritu, pra mim Richard Linklater e George Miller mereciam bem mais, mas fazer o que..

O principal prêmio termômetro antes do Oscar é o SAG, onde tem mesmos votantes que na academia,e no qual Stallone não foi indicado, ele venceu o Golden Globe sim, mas o Mark Rylance tinha ganho o Critic Choice e Bafta, então acredito que ele era o favorito mesmo e não tínhamos percebido antes por conta na nossa torcida.

Não necessariamente, mas chega um momento em que é preciso mais do que apenas dar para aqueles que eles dizem que foi o melhor, isso é subjetivo, devemos confiar na escolha deles? Será essa a escolha do público? Algo mais justo é analisar todo o momento do ator e a obra desse, lembrando que Sly havia ganho os principais prêmios anteriores, e não lhe deram o Oscar apenas porque a academia não gosta dele, pois como já disse são políticos disfarçados de pseudo conhecedores da sétima arte.

Nada impede que se abram exceções, a academia já fez tanta coisa errada que mais uma em nada prejudicaria (sendo que essa até seria certa), mesmo porque dizer exatamente que fulano foi melhor que outro é bem subjetivo ao gosto de cada um, assim se dois ou mais concorrentes de equiparam, nada mais justo do que ver a sua contribuição maior a arte. Caso você não tenha visto os dois em ação não poderá afirmar que o outro foi melhor do que o Sly e não venha me dizer que leva 100% a sério a escolha dos acadêmicos.

Quem disse que "Que Horas Ela Volta?" não iria dar resultado? Precisamos é respeitar e reconhecer mais nosso próprio cinema.

Mas oscar é para trabalho momentaneo, senão os mesmos vão ganhar todos os anos sempre...

So não larga na mão do povão, senão transformers da vida serão melhor filme...

Como mano?? Mark Rylance tinha vencido um Critic Choice e o Bafta, por mais que nosso Sly tivesse ganho o globo de ouro e tinha nossa torcida, o velho era o favorito mesmo.

Pra isso existem prêmios especiais, como Prémio Cecil B. DeMille, no Oscar e outras premiações é avaliado quem teve o melhor trabalho momentâneo sim, se for pela sua lógica o De Niro em 2013 merecia bem mais o Oscar de Coadjuvante do que os outros mesmo não sendo o melhor. Amo Sly, espero que ele tenha outras chances de ganhar a estatueta, mas dessa vez não deu, fez um ótimo trabalho, mas não era o melhor, simples assim.

Depois de roubarem a estatueta do Sly perderam meu respeito, maior vexame ter dado aquele Oscar pra um ator que era a última opção entre os indicados.

Um premio ja tem dono...Trilha Sonora: Batman vs Superman.

Essa academia é caracterizada pelas injustiças através dos anos, muito pouco foi ao longo do tempo sinônimo de coerência e competência para a escolha dos que realmente se sobressaíram no respectivo ano, é um amontoado de pseudo conhecedores de cinema, cuja politicagem de interesses próprios determina os ganhadores e perdedores.

A questão não é estar melhor, Sly merecia pelo conjunto da obra e contribuição para a sétima arte, isso é bem mais do que ter feito um bom trabalho momentâneo.

Nope,Mark Rylance mereceu pela excelente perfomance.

Amo Sly tbm, mas Mark Rylance tava melhor mesmo.

Quando faz certo temos que reconhecer, belo trabalho da academia.

Stallone não ter ganho o Oscar foi injustiça, merecia!

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus