Filmes

Velozes e Furiosos 4 | Crítica

Elenco do primeiro filme continua correndo atrás da ação
-

Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster e Michelle Rodriguez estão de volta ao submundo dos rachas em Velozes e Furiosos 4 (Fast and Furious, 2009), quarto capítulo da franquia, mas que está sendo vendido pelos próprios atores como a primeira sequência de verdade justamente por reunir os protagonistas que deram início à série. Os oito anos que separam a trama do primeiro filme para este mudaram pouca coisa nos afazeres dos personagens. Dom (Vin Diesel) continua se envolvendo em planos arriscados ao lado de Letty (Michelle Rodriguez). O'Conner (Paul Walker) está seguindo carreira no FBI. E Mia (Jordana Brewster) está linda como sempre.

A reunião do grupo acontece depois de um funeral que força o foragido Dom a voltar a Los Angeles e investigar o que aconteceu. A morte também está ligada a um traficante que transporta drogas pela fronteira do México para os Estados Unidos e por isso envolve O'Conner, que mais uma vez ganha a oportunidade de se infiltrar entre os rachadores para chegar mais perto dos bandidos.

A disputa por entre ruas de Los Angeles mais uma vez é intensa e envolve explosões e batidas espetaculares. Porém, se minha memória não está me pregando peças, este me pareceu o filme menos empolgante da série quando o assunto são os carros voando no asfalto (ou por baixo da terra). Há, é verdade, menos computação gráfica, que deu lugar ao uso dos efeitos práticos com os carros andando de verdade, mas nem parece que o diretor Justin Lin é o mesmo do terceiro capítulo, que tinha rachas pelas curvas das estradas nipônicas.

Um dos motivos para essa mudança talvez tenha sido justamente o que trouxe Vin Diesel a volta à série. Apesar de estrelar fitas de ação e não perder a chance de usar uma camisa justinha, o capilarmente prejudicado ator continua tentando emplacar seu lado dramático. E momentos mais densos estão aos montes no filme, tentando elevar um pouco o nível da trama. Se consegue ou não, já é outro assunto.

Independente do fato de estar menos veloz e mais furioso atrás da vingança, é bom notar a boa dupla que formam os caricatos Paul Walker e Vin Diesel nas telas. O primeiro faz o estilo galã preocupado e desesperado, enquanto o outro tem o seu jeito quase zen e tiradas bem humoradas. Dentro da série, que não tem a pretensão de ser um drama shakesperiano, funciona e diverte - algo que muito crítico discorda, mas mantenho a minha opinião e predileção pela pipoca tunada. Enquanto continuar não se levando mais a sério do que deve estarei lá sentado e com o cinto de segurança afivelado.

Velozes e Furiosos 4
(Fast and Furious) Direção: Justin Lin Estreia em 03/04/09
sobre o filme
Galeria de imagens (44)

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus