Música

A trilha sonora perfeita de mistério e fantasia em Assassinato no Expresso do Oriente

Patrick Doyle e Kenneth Branagh firmam nova parceria certeira
-

A nova adaptação da obra de Agatha Christie que chegou aos cinemas na semana passada, Assassinato no Expresso do Oriente, traz o compositor Patrick Doyle, frequente colaborador do diretor Kenneth Branagh, às composições mais uma vez. A dupla, que trabalhou pela primeira vez em 1989, em Henrique V, tem uma parceria de sucesso, concretizada também em filmes como Hamlet, indicado ao Oscar por melhor trilha sonora, e Voltar a Morrer, indicado pela trilha no Globo de Ouro.

Mais recentemente, Doyle marcou nome em diversas obras de animação e fantasia, em filmes como Valente e Cinderela, além de ter entrado para a turma da Marvel em Thor, também dirigido por Branagh. Logo antes do seu trabalho no novo longa de mistério, Doyle fez a trilha de Emoji: O Filme.

Assassinato no Expresso do Oriente criou uma baita expectativa com o público antes da estreia, mas lá trás, em seu primeiro trailer, a produção recebeu diversas críticas exatamente pela escolha musical. Quando revelou o preview do filme com “Believer” do Imagine Dragons, ele virou assunto pela má escolha da trilha, que ficou totalmente descolada do clima clássico do filme:

Felizmente, o longa não optou pela pegada “moderninha” e fez o contrário: apostou no clássico. Patrick Doyle criou uma trilha que não só potencializa o suspense devido, mas utilizou as referências de seus projetos recentes na fantasia e brincou com uma sonoridade mágica, bem apropriada ao estilo do filme. Para quem não viu e ficou curioso, a trilha original está disponível nas plataformas digitais e vale a ouvida. Já nas primeiras músicas, que apresentam o clima exótico do filme, Doyle utilizou sonoridades ocidentais e orientais para criar um clima de aventura e suspense, sem exagerar ou pesar em caricaturas.

A música dominada por piano embala a investigação de Hercule Poirot de um jeito certeiro, exemplificados em temas como “The Orient Express Suite”, “The Armstrong Case” e “Keep Everyone Inside”. O tema do próprio detetive, aliás, é outro destaque, com uma melodia melancólica no piano acompanhada por um violoncelo enigmático. Cheia de cordas e metais, a trilha acompanha o filme muito bem, sem pretensões ou pseudo-grandiosidades, criando uma música rica em emoções e contrastando muito bem a tensão e o encanto.

O filme ainda fecha com uma surpreendente performance de Michelle Pfeiffer na faixa “Never Forget”. A atriz que cantou pela última vez em Hairspray – Em Busca da Fama e no filme Susie e os Baker Boys tem uma bela voz, e arrebata nos vocais da faixa composta por Doyle, com letra de Branagh.

A parceria de Doyle e Branagh se provou mais uma vez certeira e continua frutífera. Os dois continuam juntos para o próximo projeto, Artemis Fowl, para a adaptação do livro de aventura e fantasia de Eoin Colfer. Pelo que eles entregaram na última contribuição, a harmonia tem tudo para dar certo.

Ouça a trilha de Assassinato no Expresso do Oriente:

Leia mais sobre Assassinato no Expresso do Oriente

Assassinato no Expresso do Oriente
(Murder on the Orient Express) Direção: Kenneth Branagh Estreia em 30/11/17
sobre o filme

Quem assistiu ao filme, sabe me dizer se a dublagem dele é boa ou se é melhor ver legendado mesmo?

"Quando revelou o preview do filme com “Believer” do Imagine Dragons, ele virou assunto pela má escolha da trilha,"....queria o q, q botassem AC DC??? Sabem nada de música...essa música só deixou o filme mais eletrizante do q parece

eu não gostei nao

Agora a musica quando entra o drama... coisa triste

Po...mas agora todo mundo ja acostumou com aquela canção...certeza que não vai ter?

Esse filme me fez lembrar a mumia de 99.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus