Música

Lollapalooza Brasil 2016 | Mumford and Sons estreia no país com show impecável

Apresentação dos ingleses gerou um dos momentos mais marcantes da história do evento
-
Crédito: Rolling Stone/Lucas Guarnieri
Crédito: Rolling Stone/Lucas Guarnieri

De todos os Lollapalooza Brasil, poucos tiveram a oportunidade de presenciar uma conexão tão grande entre público e artista como a vista no show do Mumford and Sons este ano. Pela primeira vez no país, os ingleses tocaram durante uma hora e meia e emocionaram milhares de pessoas do Palco Ônix com seus hinos de folk-pop.

Do início ao fim, fosse a música lenta ou agitada, a plateia parecia devota ao grupo, que sentiu a energia e estava visivelmente impressionado com a resposta. "Em oito anos de carreira, eu nunca vi uma plateia como essa", disse o tecladista Ben Lovett. A cada final de música era possível notar os integrantes se olhando, admirados com a força com que as pessoas cantavam não só hits como Little Lion Man ou Believe, mas outras menos conhecidas como Babel, Dust Bowl Dance e The Cave. 

Faixas dos três discos do Mumford permearam o setlist, Sigh No More, Babel e Wilder Mind, respectivamente. Os dois primeiros são calcados nas baladas folk sem guitarra e pouca bateria, enquanto o terceiro conta com guitarras mais rasgadas - o que representou uma mudança bem drástica na carreira da banda. E isso fica evidente no palco, em um bom sentido. Se o grupo cantasse somente as músicas dos dois primeiros, a apresentação tomaria cara de um culto pop country (de boa qualidade); mas com músicas como Tompkins Square Park, Ditmas, Believe e The Wolf, o Mumford and Sons assume uma atitude mais enérgica no palco e se tornam quase rockstars no palco - com direito a derrubar bateria, jogar microfone longe e tirar a camisa, arrancada pelos fãs na grade.

Na última parte do show, o vocalista Marcus Mumford chamou a fã Isabel para o palco. Ele falava em inglês e ela traduzia as falas recorrentes de artistas que chegam ao país pela primeira vez. "Vocês são incríveis", "Nós amamos o Brasil" e por aí vai. Outros dois momentos marcantes do show foram os de "Believe" e "I Will Wait", esta segunda uma das três músicas do bis. A primeira é a mais pop e eletrônica das canções do Mumford e ganhou uma performance a altura do público, que levantou os celulares para fazer um mar de lanternas no morro do palco Ônix. A segunda também obteve um coro da plateia, além dos gritos rasgados de Marcus, que ao fim da música sorria para os companheiros.

No palco, Marcus e seus companheiros conseguiram dominar o público não só com as canções, mas também com a força da performance. Era notável que as músicas do novo disco eram menos conhecidas, pois pessoas conversavam na plateia - e ainda assim, os quatro ingleses suavam e pulavam como qualquer outro hit de Babel ou Sigh No More. Marcus, o líder, a não ser pelas conversas, dispensa as interações com o público e apenas foca no show - esteja ele na bateria, na guitarra, nos vocais ou no violão. Missão cumprida. O show do Mumford and Sons no Lollapalooza 2016 entra com folga na galeria dos melhores da história do evento no Brasil.

Leia mais sobre Lollapalooza Brasil

O único porém foi aquela maluca que entrou pelos fundos do palco na última música e roubou o micrifone. O segurança até foi gentil com ela...

Apresentação fantástica!!!

Eu fui! Gostei bastante! Tirando a maluca que invadio o palco depois da Isabel, foi muito bom! E achei muita falta de informação do UOL falar que quem estava pra assistir Of Monsters and Mens é pq estava esperando o Mumfords! Tinha muitos fãs pra duas bandas!

Gosto das músicas deles. Queria ter ido ;(

E não mudou de palco por quê? O bom dos festivais é isso, ninguém é obrigado a ficar, a menos que queira, né?

Mumford me deu sono...

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus