Música

Venda de fitas k7 cresce 74% nos Estados Unidos

Dados foram colhidos por empresa do segmento
-

A Nielson Music realizou um estudo no qual constata um crescimento de 74% nas vendas de fitas cassete nos Estados Unidos, de acordo com matéria da The Vinyl Factory.

Dados colhidos pela companhia apontam que em 2015 foram vendidas 74 mil unidades enquanto em 2016 os números chegaram a 129 mil. Materia da Billboard norte-americana destaca que o aumento se deve ao lançamento da trilha sonora de Guardiões da Galáxia em conjunto com Purpose, de Justin Bieber, Beauty Behind the Madness, de The Weeknd, entre outros títulos do rap e do pop.

Outro detalhe curioso sobre os novos cassete é que eles vêm acompanhados por um código para que as pessoas possam fazer o download do material, caso não tenham um player para a mídia, o que indica a aquisição do produto não sé pela música.

No entanto, comparado com a venda de vinil, que cresceu 10% e atingiu 13,1 milhão, não é muito, mas surpreende por já ser considerada pela indústria uma mídia morta.

Ainda em 2016 o Green Day também lançou um box com toda a sua discografia em K7 - saiba mais.

se for assim, quem usa ventilador é hipster, pois é um negócio inventado em 1880 se não me engano..temos 6 bilhões de hipsters no mundo.

Vc tem que entender que a "volta" dessas mídias antigas em plenos 2017 não é pra substituir ou concorrer com os formatos digitais que são muito mais práticos e superiores em quase todos os aspectos. Essas mídias estão voltando pura e simplesmente pra satisfazer o saudosismo de quem viveu a época em que elas reinavam ou matar a curiosidade de quem quer saber como era. O cara que compra um vinil ou uma fita K7 hoje não quer maior qualidade e nem eficiência. Ele não vai deixar de usar as mídias digitais e serviços de streaming. Ele só quer reviver aquele ritual de botar o vinil no toca discos, arrumar a agulha, virar pro lado B, ouvir aqueles estalinhos... Mesma coisa com a fita. Colocar no tocador, rebobinar, ouvir o som abafado. Isso é o "saudosismo" a que me refiro. E outra, a notícia diz que a venda de K7 cresce 74% e dá a entender que "a fita k7 está voltando com tudo e vai ameaçar o mp3 e o mundo não faz sentido e bla bla". Mas isso é click bait. A quantidade de fitas vendidas aumentou, mas continua ridícula perto das mídias modernas. Apenas temos uma geração que cresceu ouvindo K7 que agora trabalha, tem grana e está disposto a pagar por esse tipo de material pura e simplesmente pela nostalgia. Sem contar a moda hipster que pega embalo nessas coisas retrô e alimenta ainda mais esse tipo de mercado.

viagem de hipster e nostalgia pros saudosistas

Não tem sentido prático, mas é saudosista... É a mesma coisa de roupas e eletrodomésticos com design de décadas atrás.

Pode crer rs rs rs Estragava com a sua trilha sonora original rs rs

O ruim era quando botavam uma vinheta no começo ou meio da música, ou então quando cortavam antes de acabar. Era osso. kkkkkkkk

Kkkkk Áudio ruim fazia parte do charme. Colocava 6 musicas no lado A e 6 no B. Kkkkkkk, música pra caramba!!!! E Ainda gravava direto do programa da rádio. Kkkkk

Carai, eu lembro disso brutalmente! rsrs E alguns pra achar o driver era fuedaaaaa! Giz de fetaaal! \m/

Duvido voltarem pras fax-modem de 14.400 da USRobotics...

Coisa de hipster. Usar mídia defasada...morta pra bancar o diferentão. Há um tempo atrás era moda entre os hipster usar maquina de escrever. Daqui a pouco ressuscitam o VHS.

Usar K7 só se for no Toca-Fitas de carro antigo pela "nostalgia" e olhe lá...

Sério?! Essas fitas são problemáticas até a tampa. Era melhor voltarem com os bonecos do fofão

Mídia Morta? Pensei que estava morta, cremada e jogada ao mar. Juro que pensei que não existia mais. Vinil eu sei que tem quem colecione, curte, ou trabalha ainda no caso de DJs, mas k7 ????? Eu, hein!! O disk-man já é ultrapassado, imagina usar um walk-man, rsrsrsrsrs

Faz parte da minha também, mas a lembrança que tenho é a de gastar um tempaço pra fazer uma seleçãozinha minúscula de músicas, pra depois a fita desmagnetizar e ficar aquela bela porcaria de áudio. Sem falar na parte da fita ser engolida pelo aparelho... Um pouco de nostalgia? Sim, pela época. Mas não, obrigado: K7 nunca mais kkkkkkkk

Caneta e K7 fazem parte da minha história de vida. Vivas pra fita, Ainda tem fôlego, mesmo que seja apenas pela nostalgia, já que vc baixar a música se não tiver onde tocar.

Que m@#$%, hein! Isso é o que eu chamo de hipsterismo. Vinil eu até entendo, pelo encarte e arte da capa e tals... Agora isso aí, vai me desculpar... rsrs

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus