Clive Owen
Personalidades

Clive Owen

  • Nascimento: 3 de Outubro de 1964 (Keresley, Coventry, Warwickshire, England, UK)
  • Idade: 53
  • Atividades: Ator

Clive Owen (nascido em Coventry, Warwickshire, Inglaterra, em 3 de outubro de 1964) é um ator inglês.

Sua carreira fora dos palcos tem início ainda durante a década de oitenta quando participa de um episódio das séries Rockliffe's Babies, 1987-; Boon, 1986-1992; e dos longasVroom, 1988; e Precious Bane, 1989.

Seu primeiro trabalho na década de 90 acontece emLorna Doone, 1990; seguido por Century, 1990. Logo na sequência conquista seu primeiro personagem com arco dramático representativo na série Chancer, 1990-1992. Esses trabalhos o colocam entre os nomes mais famosos do mercado inglês, no entanto, em busca de não se tornar um ator conhecido por somente um tipo de atuação, segue para um trabalho controverso no longa Três Amores e uma Paixão (Close My Eyes, 1991), no qual seu personagem vive uma relação incestuosa com a irmã. O papel o faz perder trabalhos e também acordos comerciais.

Dois anos mais tarde consegue retomar seu ritmo de aparições com personagens em Class of '61, 1993; The Magician, 1993; Century, 1993; Nobody's Children, 1994; An Evening with Gary Lineker, 1994; Na Véspera do Extermínio (Doomsday Gun, 1994), com Frank Langella, Alan Arkin e Kevin Spacey, O Retorno de um Nativo (The Return of the Native, 1994), com Catherine Zeta-Jones, The Turnaround, 1995; Bad Boy Blues, 1995;Espiral da Cobiça (The Rich Man's Wife, 1996),com Halle Berry, mais uma participação consistente na série Sharman, 1996-; destaca-se no longa Bent, 1997; com Mick Jagger, Jude Law e Nikolaj Coster-Waldau, e chega ao filme que amplia de forma significativa o alcance de sua carreira, Croupier – A Vida em Jogo (Croupier, 1998).

No mesmo ano segue para a produção The Echo, 1998; e para filmes como Split Second, 1999; Second Sight, 1999; Dedos Verdes (Greenfingers, 2000), com Helen Mirren, Sono Mortal (Second Sight: Kingdom of the Blind, 2000), Brincando de Esconde-Esconde (Second Sight: Hide and Seek, 2000), integra a produção dirigida por Robert Altman, Assassinato em Gosford Park (Gosford Park, 2001), com Ryan Phillippe, compõe o elenco de Identidade Bourne (The Bourne Identity, 2002), com Franka Potente e Matt Damon, segue para Vingança Final (I'll Sleep When I'm Dead, 2003), com Malcolm McDowell e Jonathan Rhys Meyers, Amor sem Fronteiras (Beyond Borders, 2003), com Angelina Jolie, e ganha o personagem que o coloca entre os nomes mais conhecidos do cinema ao participar de Closer – Perto Demais (Closer, 2004), com Natalie Portman, Jude Law e Julia Roberts. O trabalho lhe rende um Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante e uma indicação ao Oscar na mesma categoria. Logo em seguida, consegue o papel principal no longa Rei Arthur (King Arthur, 2004), com Keira Knightley, Mads Mikkelsen e Stellan Skarsgård, segue para a adaptação dos quadrinhos Sin City – A Cidade do Pecado (Sin City, 2005), dirigido por Frank Miller e Robert Rodriguez, com Mickey Rourke,Bruce Willis, Jessica Alba e Benicio Del Toro, segue para Fora de Rumo (Derailed, 2005), com Jennifer Aniston e Vincent Cassel, realiza uma participação não creditada em A Pantera Cor-de-Rosa (The Pink Panther), com Steve Martin, integra o elenco da produção dirigida por Spike Lee, O Plano Perfeito (Inside Man, 2006), com Denzel Washington, Jodie Foster e Chiwetel Ejiofor, e vive personagem de destaque no longa, Filhos da Esperança (Children of Men, 2006), dirigido por Alfonso Cuarón, com Julianne Moore e Michael Caine.

Segue para o elenco da produção Mandando Bala (Shoot' Em Up, 2007), com Monica Bellucci e Paul Giamatti, Elizabeth - A Era de Ouro (Elizabeth: The Golden Age, 2007), com Cate Blanchett, Geoffrey Rush e Eddie Redmayne, participa de um episódio da série Extras, 2005-2007; segue para Trama Internacional (The International, 2009), com Naomi Watts, Duplicidade (Duplicity, 2009), novamente com Julia Roberts, Os Garotos Estão de Volta (The Boys Are Back, 2009), Confiar (Trust, 2007), Os Especialistas (Killer Elite, 2011), com Jason Statham, Robert De Niro e Dominic Purcell, integra a produção de terror O Intruso (Intruders, 2011), compõe o elenco do drama Agente C - Dupla Identidade (Shadow Dancer, 2012), participa do filme produzido para a TV, Hemingway & Gellhorn, 2012; com Nicole Kidman, forma o casting de Laços de Sangue (Blood Ties, 2013), com Marion Cotillard, Mila Kunis e Zoe Saldana, contracena com Juliette Binoche em Words and Pictures, 2013; retorna para a TV com a série The Knick, 2014-; com produção executiva de Steven Soderbergh, integra o elenco do longa Last Knights, 2015; com Morgan Freeman, e The Confirmation, 2015.

Curiosidades

Começou a atuar aos 13 anos.

Na montagem de Closer realizada para o teatro, Owen viveu o personagem Dan. Na versão produzida para os cinemas, ele deu vida a Larry, enquanto Dan foi interpretado por Jude Law.

Conquistou o papel de Rei Arthur no filme 'Rei Arthur' após Russel Crowe, Mel Gibson e Hugh Jackman terem declinado do personagem. Somou-se a esse fato o veto do produtor, Jerry Bruckheimer, ao nome indicado pelo diretor, Daniel Craig, pois ele estava convencido de que Owen seria o próximo James Bond.

O teatro usa uma energia diferente. É como ir para a academia e fazer uma sessão forte de musculação. Mas alguns anos são suficientes, pois eu amo filmar. Eu realmente sou um 'animal de filmes'”,

Bond foi a melhor coisa que nunca me aconteceu. Eu nunca estive na disputa, mas quanto mais eu dizia que não, mais as pessoas achavam que eu já era o novo espião. E o que era mais engraçado sobre isso é que a minha carreira, naquele momento, estava realmente ruim na Inglaterra. Porém, meus agentes construíram uma nova possibilidade nos Estados Unidos comentando sobre todas as história sobre me tornar o novo Bond. Eu gostaria de pensar que eu fiz isso baseado no meu talento, mas isso foi realmente sorte. Se eu não tivesse usado àquele terno no 'Croupier – Vidas em Jogo', eu ainda estaria implorando por papéis que Robson Green não quis em séries policiais.