HQ/Livros

Por que a Batgirl dos Novos 52 merece uma chance no cinema

Versão recente dos quadrinhos está pronta para estrelar o filme de Joss Whedon
-

A notícia de que o filme da Batgirl que Joss Whedon deve escrever, produzir e dirigir para a Warner se baseará na versão da personagem dos Novos 52 - a reformulação editorial que zerou a cronologia do Universo DC em 2011 - não deve ser surpresa para ninguém. A interpretação de Barbara Gordon feita pelos roteiristas Cameron Stewart e Brenden Fletcher com a desenhista Babs Tarr é a chance que a DC Comics tem de renovar seu público no cinema.

Antes de mais nada, há duas versões da Batgirl nos Novos 52: antes e depois de Burnside, o bairro hipster de Gotham onde se passam as aventuras da heroína na fase Stewart/Fletcher/Tarr. Gail Simone, importante roteirista de personagens femininas da DC, que basicamente definiu Batwoman como a principal personagem lésbica dos quadrinhos de super-herói, foi a responsável pela série nos primeiros anos do reboot. É um período de transição, porque em 2011 a DC decidiu rever a paraplegia de Barbara Gordon (resquício de A Piada Mortal na continuidade) mas ao mesmo tempo transformou o trauma do tiro dado por Coringa em um elemento central nessas novas histórias. Embora voltasse a caminhar, Barbara ainda tinha pesadelos com o ataque.

Esse período de transição foi longo, durou 34 edições, com um revezamento de vilões que focavam nesse trauma e na superação do medo. Do Boneco de Pano ao Ventríloquo, os antagonistas dos primeiros arcos representavam, acima de tudo, um potencial de ameaças sexuais, como foi o Coringa em A Piada Mortal. É improvável que essa versão vá para os cinemas no filme de Whedon, antes de mais nada porque ele está sendo descrito como um longa isolado, e não como parte da cronologia estabelecida após O Homem de Aço. Citar o Coringa (apesar do apelo da imagem de Jared Leto) envolveria vincular esse filme aos demais. No mais, o tom sombrio dessa fase não parece combinar com o estilo de Whedon, puxado para o pop e o lúdico desde os tempos de Buffy.

Quando o noticiário de Hollywood fala que a Barbara Gordon do filme será a dos Novos 52, portanto, isso se refere ao que veio a partir do fim de 2014, em Batgirl #35. Essa edição marca um recomeço da vida da heroína: ela se muda para o bairro de Burnside, para estudar e morar com suas amigas, e a Gotham soturna que todos conhecemos das histórias do Batman fica irreconhecível na fase Stewart/Fletcher/Tarr. A HQ tem uma pegada mais próxima dos mangás e se encerra num universo que parece mais próximo de Homem-Aranha: De Volta ao Lar do que de Batman vs Superman, com tramas que envolvem o dia a dia escolar, ativismo social e a esfera mais imediata de relações de amor e amizade. Se a Warner procura, na negociação com Whedon, atrair a fatia da audiência que se identifica com os Vingadores e assim renovar seu público, não faz sentido buscar nos quadrinhos atuais outra Batgirl que não seja a de Burnside.

O que há são os pequenos ajustes. O filme poderia fazer menção a eventos passados (assim como a HQ, que manteve o trauma da paraplegia numa releitura, apenas como um elemento narrativo para impulsionar a reviravolta no clímax da história) sem que isso mexa demais na essência da personagem: Barbara é a filha de James Gordon e, a título de rebeldia, desafia o pai e o Batman e torna-se vigilante por vontade própria, usando de suas habilidades de memória, investigação e combate corpo a corpo. Não é necessariamente a superação da paraplegia que define a Batgirl, embora muitos fãs entendam assim. Antes de A Piada Mortal, ela já se marcava pela autonomia profissional, numa época em que ver mulheres solteiras no mercado de trabalho ainda era tabu, e nunca foi uma ajudante obediente do Morcego.

Independente do enfoque escolhido, o novo filme tem a oportunidade de dar à Batgirl a autonomia que ela merece como símbolo teen.

Leia mais sobre Batgirl

Mas a Batgirl de Burnside não é a da "DC You"? Acho que quando a Entertainment Weekly diz "Batgirl dos Novos 52" quer dizer, de fato, a Batgirl da Gail Simone: http://ew.com/movies/2017/03/30/joss-whedon-batgirl-movie-barbara-gordon/

Legal. Torço por isso então.

A Batgirl dos Novos 52 que vai pros cinemas não é a de Burnside (a hipster). A Warner vai adaptar a Batgirl de Gotham a que voltou a andar, mas ainda está traumatizada com o tiro que levou

O Novos 52 tem duas Batgirl A de Gotham ou Ano Um que reassumiu o manto e estava agindo em Gotham, mas ainda estava traumatizada pelo tiro que levou tendo pesadelos com esse momento e de a Burnside que é a Batgirl teen que você se refere. Então é a Batgirl de Gotham que o Joss Whedon vai adaptar As tramas da Batgirl de Gotham ou Ano Um é mais a cara do Joss Whedon tanto que ele próprio não gostou do que fizeram com o roteiro que ele fez pro filme da Buffy de 1992. O roteiro do filme seria sombrio como foi o seriado, mas reescreveram pra uma trama teen e ele não gostou

A Warner está realmente levando seu universo infanteen da tv para o cinema. triste isso. Sinto falta de filme mais adultos. Antigamente, na adolescencia da maioria de nós, os teens não eram esquisitos assim.

batgirl teen hipster é o fim do mundo. alias, qualquer coisa teen hipster é o fim do mundo. estamos ferrados.

concordo acho que o Joss Whedon vai adaptar a Batgirl pré Novos 52 que foi antes da Batgirl de Burnside. A Batgirl pré Novos 52 despretensiosa, mas ainda traumatizada pelo tiro é mais a cara dele. Ele próprio não gostou do que fizeram com o roteiro que ele fez pro filme da Buffy de 1992

inclusive o filme da Liga da Justiça vai mostrar essa amizade deles

Eu realmente NÃO quero que seja a Batgirl de Burnside. Ela é teen demais! As histórias são muito simples e sem emoção.

Eu falei "daquela cena" do desenho...

E o Batman é fundador dos Renegados. Alan Scott, o Lanterna Original, também atuava em Gotham City e divide Solomon Grundy na vilania. Batman é amigo do Barry Allen também.

tenha dó né, a DC tem infinitos personagens mais legais e interessante pra retratar no cinema. A DC viaja demais!

Você quer um filme dos Novos Titãs certo? Então tem que ter o filme do Asa Noturna já que além de ter ligação com o Batman o Asa Noturna também tem ligação com os Novos Titãs, afinal o Grayson foi o primeiro Robin e depois que saiu da Mansão Wayne fundou os Novos Titãs com o Kid Flash e o Aqualad. Além disso não esqueça que a Donna Troy (que é membro original dos Novos Titãs) pode fazer um cameo no filme da Mulher Maravilha que vai estrear esse ano

E o líder dos Novos Titãs é o Robin só complementando

Na primeira edição da HQ dela nos Novos 52 a cena do tiro aparece

Pois é. Fico pensando em trazer personagens clássicos dos quadrinhos para o cinema seria bem viável, como o Monstro do Pântano, o Lobo e os grupos que citei. Só o Batman dá segurança para a Warner. Infelizmente.

1. Novos Titãs também tem Batman na parada: Asa Noturna. 2. Liga Sombria também tem o Batman: Etrigan vive em Gotham, Zatanna é amiga de infância do Bruce nos quadrinhos dos dois já tiveram vários rolos juntos. 3. Eu acho engraçado é que Aquaman ganhará filme solo primeiro que o suposto "dono" da DC como pessoal tanto diz. Que teve o filme adiado para no mínimo 2019. Eu fico pensando se a DC anunciar um filme do Gladiador Dourado e Besouro Azul, por exemplo. Todo mundo dirá que é uma bagunça, pois como fazem filmes de dois heróis desconhecidos do grande público primeiro que o suposto dono da DC.

É Universo de Filmes da DC ou do Universo de Filmes do Batman???????? Quando não é da Liga da Justiça nos videos-games o que é lançado são jogos com a mitologia do Batman, nas animações são lançadas com a mitologia do Batman, filmes infantis são da mitologia do Batman, só as séries se salvam. Agora a mitologia do Batman tá tomando contra dos filmes também!!! Filmes do Gotham City Sirens, Asa Notura e agora da Batgirl. Sério?! Se só a Warner querer ter alicerce como a mitologia do Batman para suas filmes não boto fé para acompanhar não. Por que não varia dentro da DC inteira gente. Tinha que ter filmes de heróis como Nuclear, Gladiador Dourado, Besouro Azul, Gavião-Negro, Super Choque e até Arqueiro Verde, e ainda de grupos como Novos Titãs, Legião dos Super-Heróis e Liga da Justiça Sombria. Enquanto Flash, Liga da Justiça 2 são adiados, o que surgem são Asa Noturna e Batgirl. Brincadeira né essa Warner/DC Films.

Por mim, esse filme já valeu a pena só pra ver o CHORORÔ dos marvecos, que ameaçou inundar a internet na semana passada. O que teve de marveco cometendo suicídio ao ver o diretor dos dois Vingadores indo pra DC não tá escrito.

O projeto parece cair como uma luva para o Whedon, ele gosta de trabalhar com heroínas e o filme não precisa ser uma mega-produção, com um monte de gente metendo o bedelho.

Imaginando o Whedon fazendo uma trilogia das heroínas: Batgirl, Supergirl e Mulher Gavião ou Mulher Maravilha 2.

Essa questão poderia abrir uma boa forma de adaptar como proximo filme do Batman a historia de "a piada mortal"... A DC tem que aprender a adaptar as melhorea historias do Batman antes de qualquer coisa. Se quisessem, poderiam até fazer uma junção unindo essa historia com a morte do Robin, até para explicarem o que houve com ele...

Hessell e a sua NÃO manjação do universo DC.vá acariciar o Tatum!

Melhor comentário do dia! Super apoiado

James Gordon Jr.Para vilão.

Imaginem se poe "aquela" cena da Piada Mortal no filme... Entendedores entenderão

Desnecessário.

Nao quiseram dar o filme da viuva negra para ele... Agora faz a da batgirl! E vou ir ver com certeza. Torceria para ter nudes... Só que nao vai ter.

Na verdade os rumores falam que eles vão seguir a fase da Gail Simone http://ew.com/movies/2017/03/30/joss-whedon-batgirl-movie-barbara-gordon/ (6° parágrafo) Já disse em outro post e repito: não sou hater nem nada, mas o Omelete tem que pesquisar um pouco mais antes de postar um artigo desses

O que o Whedon não conseguiu ao trabalhar os traumas da Viúva Negra, ela vai conseguir ao trabalhar os traumas da Batgirl. Não sei se será agora no primeiro filme, mas em algum momento ele vai trabalhar isso. A questão será o Coringa, mas tudo ao seu tempo. Agora, isso de não ligar o filme com o DCU é balela, talvez não diretamente, mas vão estar relacionados.

Mas eu acho que fica "too much" pro filme das Sereias,pra mim não tem problema apresenta-las diretamente no filmes das Aves(tipo uma apresentação resumida,como feito em SS)mas coloca-las no filme das Sereias me parece gratuito e jogado.

mas apresentaram a Mulher Maravilha sem filme de origem. Capaz de fazerem isso com elas de novo

Eu gostaria da formação:Batgirl/Oráculo,Canário Negro,Caçadora,Katana e Supergirl.

É pq eu acho um pouquinho "too much" apresentar a Canário e a Caçadora sem precedentes antes. A Barbara eu ja acho muito provavel,já que o Batverso ja ta caminho andado.

Mas vai ter a participação das Aves de Rapina já que a Hera Venenosa e a Arlequina fizeram parte das Aves de Rapina e sairam pra formar as Sereias de Gotham com a Mulher Gato

Elas podiam aparecer separadamente ( tipo a Canário ) só pra me deixar feliz kkk

Eu acho que faz todo sentido.E seria difícil as Aves aparecerem em GCS,acho mais fácil só a Barbara aparecer.

um filme de combate ao crime talvez q revele a intergang nesse universo

Batgirl merece uma chance não pq é dos "novos 52" (argh), mas pq ela é novinha, ruiva e terá o Joss Whedon diringdo, roteirizando e produzindo o filme dela. Pronto. Só por isso.

É melhor as Aves de Rapina aparecerem no Sereias de Gotham. No Sereias de Gotham a Barbara Gordon pode ser apresentada como Oráculo e fica escondendo das colegas que está fazendo fisioterapia pra voltar a andar. Já no filme solo da Batgirl ela surge como Batgirl recuperada da paralisia, mas ainda traumatizada com o momento do tiro como na primeira versão dos Novos 52

Sim,sou a favor de um filme contido,que faça parte do universo mas conte sua própria história, esse filme não precisa ser cheio de explosão.

As Aves eu acho que não,mas a Barbara talvez,se bobiar até a Katana.

Birds versus Sirens (BvS 2)

Tomara q seja da Aves de Rapina. N sei pq mais a coisa q eu mais quero no cinema é a Canário Negro

nem todo vilão precisa conquistar ou destruir o mundo em todo filme

Deixa as Aves de Rapina pro Sereias de Gotham já que a Hera Venenosa e a Arlequina também fizeram parte desse grupo. Elas poderiam aparecer no Sereias de Gotham no momento que a Hera Venenosa e a Arlequina traem elas.pra formar as Sereias de Gotham com a Mulher Gato

Cara,eu acho que vai a primeira versão.O filme pode ter uma pegada despretensiosa e ao mesmo tempo desenvolver o drama da personagem.E é meio óbvio que o filme faz parte do DCU. Mesmo assim,ainda acho que vai ser as Aves de Rapina.

Espero que seja a primeira verção. pq fazer trama sem ligação profunda com o universo, e ainda todo teen pra frescos que mal acompanharam a personagem, nem nas animações, é de entristecer pesado! Mas só vendo o projeto encaminhado pra ter uma opinião melhor... mas pra mim, essa coisa teen de escola, em referencia a um Batman que ja ta nos 45, não me desce!

Queria que fosse dirigido pelo Nicholas Winding Refn, mas blz ne.. Fazer o q

Eu até agora estou gostando bastante da ideia, mas ao mesmo tempo acho péssimo ela não fazer parte do Universo DC. Seria um tiro no próprio pé, já que a DC está com dificuldades em se manter estável.

com certeza vai ser a primeira versão antes de ela se mudar lembrando que o seriado Buffy - a caça vampiros era sombrio o Buffy pop e lúdico foi o filme de 1992

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus