HQ/Livros

Marvel vai lançar heróis asiáticos visando o mercado chinês

Editora deve lançar Swordmaster e Aero no próximo ano
-

A Marvel confirmou durante a San Diego Comic-Con 2017 que vai lançar em breve dois heróis visando expandir seu mercado na China. Conhecidos como Aero e Swordmaster, eles devem ganhar suas primeiras publicações em 2018. Confira as primeiras imagens (Via Bleeding Cool)

Os novos personagens contarão com uma equipe totalmente asiática, com Sword Master sendo escrito por Xi Shanshan e com desenhos de Chen Xioyun, enquanto Aero será uma obra de Zhou Jiajun e arte de Xu Ming.

“A Marvel conta com muitos personagens asiáticos, porém nossos fãs sempre sentiram que, de alguma maneira, eles pareciam estereótipos. Então, teremos novos roteiristas locais  para criar uma história para esses novos heróis e, depois, os colocaremos no nosso universo”, afirmou CB Cebulski, editor da Casa de Ideias.

Acompanhe a cobertura completa do Omelete na San Diego International Comic-Con pelo siteFacebookTwitterYouTube e Instagram.

Leia mais sobre San Diego Comic-Con

Galeria de imagens (2)

Se saírem boas histórias disso que mal pode haver? Rick BragaHQ https://youtu.be/YJrUIO5rM8Y

Shang Chi merecia uma serie solo

Shang Chi seria uma boa,acho ele mt massa,merecia uma serie solo

Queria que o Shang Chi fosse introduzido em Punho de Ferro na 2 temp,pra dps ter sua propria serie,ele tem uma historia mt boa pra se explorar,envolbe MI6 e artes marciais,gostaria que o Jon Foo protaganizasse

é complicado , quando tiram os personagens originais reclamam , fazem personagens novos reclamam também.

Entendo o seu ponto de vista, mas essa questão da Marvel mudar características de personagens consagrados já leva a discussão para outro caminho. Debater mudanças em personagens conhecidos e discutir a cerca de criações voltadas para um público, do qual não fazemos parte, são coisas diferentes.

Isso como caça-níquel.

Atualmente a linha entre esteriótipo e cultura é tênue.

Que seja. Afinal de contas, a Marvel é uma empresa, e como qualquer empresa, visa o lucro. Mas, para deixar bem claro meu ponto de vista, não sou contra novos personagens, desde que sejam criados com o objetivo de contar boas estórias e que não sejam descartados logo que o frenesi da sua criação passe. E que a Marvel pare de mudar ( como foi dito várias vezes) o gênero/orientação sexual/etnia de um personagem apenas para " fazer bonito" nas mídias. Se precisa de um personagem homossexual/Negro/Asiático etc,etc não altere, crie, mas crie para algo novo, não por modinha.

No caso desses novos personagens, acredito que a Marvel não os criou por causa do "politicamente correto", mas sim porque o mercado asiático é muito grande e a editora quer explorá-lo de uma maneira mais adequada. Se esses personagens forem um grande sucesso na China, a Marvel vai ganhar bastante dinheiro com isso.

Sério? pode ser não fundamento para você ou ele, mas se você reservar um tempo para ler os outros comentários, não só dessa matéria, vai ver que muita gente tem opinião igual ou semelhante a minha. Nós queremos diversidade, sim, mas de uma forma autêntica, que objetive enriquecer o universo Marvel, e não para entrar na onda do politicamente correto, que vem assolando todas as mídias. Se precisarmos de personagem novo para contar uma estória, ótimo, criem! Mas não criem apenas para atender este ou aquele "mercado" que se acha discriminado pela falta de representatividade. O Brasil tem apenas 2 personagens na Marvel e um na Dc, e nem por isso ficamos de MIMIMI nas redes sociais pedindo mais personagens.

Vai ver ele sentiu que sua crítica era sem fundamento, então resolveu respondê-lo.

Se fosse esse o caso, por quê responder ao meu comentário em primeiro lugar? Era só deixar passar batido.

DC e Marvel deveriam no futuro fazer filme pra cada grande mercado, queria ver um filme da fogo da DC.

Acredito que o Kurama quis dizer que esses novos personagens tem como foco o público asiático, então nesse caso pouca importa a sua opinião sobre eles.

Sendo sincero, sim. Já que tenho assinatura. A Marvel já tem personagens asiáticos; Ao invés de criar novos, que logo irão cair no ostracismo, deveriam criar estórias melhores para os que já tem, ex: Shang Chi, Yuriko, Samurai de Prata etc. etc. E quem disse que a Marvel não fez nada para mim? Eles criaram o Thor, Homem-Aranha, Pantera Negra, Luke Cage, Jessica Jones, Homem-de-Ferro.......Devo continuar?

questão é q tem personagens para se trabalhar e desenvolver , ate mesmo mudar em caso de acharem estereotipado ou desatualizado tem ate vilões como Samurai de prata para mudarem de lado e fazerem uma caminhada de redenção .

Bem, é como o Cebulski disse: eles tem bons personagens, mas muitos deles soam como esteriótipos. Eu não sei quanto ao Solaris pois não estou familiarizado com ele, mas o Shang Chi é um chinês que luta Kung Fu, não que ele seja um personagem ruim, mas do ponto de vista asiático deve soar bem etereotipado além de não ser lá muito único...

Você consegue ler ou comprar tudo? Me admira ficar reclamando por algo que eles claramente não fizeram para você.

Interessante que a Marvel sempre faz alguma coisa pra almejar o mercado asiático, tipo os mangás do Homem-Aranha ou aquele acordo com a Toei que resultou no Battle Fever J e no Supaidaman :v

e precisa criar? basta usar os q já tem como Chang Chi, o mestre do kung fu (q seria uma serie muito melhor q Punho de ferrugem) e o Solaris

mais modinha. Marvel indo ladeira abaixo.

Não alterando etnia/sexo/origem de um herói existente que somos apegados e que existe ha mais de 60 anos esta bom

Só fazer um filme solo do Wong kkk

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus