Séries e TV

Game of Thrones | Estreia da sétima temporada arrebata o público logo na primeira cena

Programa retornou com avanços expressivos de norte a sul de Westeros
-

Quando David Benioff e D. B. Weiss avisaram - repetidas vezes - que a sétima temporada de Game of Thrones teria um ritmo muito mais acelerado, eles não estavam brincando. O penúltimo ano abriu com um episódio de tirar o fôlego, digno do que os fãs esperavam do retorno da saga de Jon Snow (Kit Harington), Tyrion Lannister (Peter Dinklage), Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e os demais habitantes de Westeros. Logo no primeiro episódio, tivemos, finalmente, a chegada da Mãe dos Dragões à Westeros, após seis longas temporadas de preparação em Essos. Além disso, no outro extremo do continente, Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) e Meera (Ellie Kendrick) chegaram à Muralha - os dois eventos são fundamentais para definir o que irá acontecer daqui em diante na série.

Contudo, a primeira cena foi o ponto alto do episódio veio antes mesmo da saudosa vinheta. Em uma das melhores cenas de todas as temporadas, Arya Stark (Maisie Williams) volta sob a face de Walter Frey (David Bradley) e encerra a vingança contra a casa que traiu sua família. Após lembrar que os inimigos mataram covardemente uma mulher grávida, a mãe de cinco filhos e seus próprios convidados, ela revelou o erro deles: deixar Starks vivos. "Se deixar um lobo vivo, as ovelhas nunca estarão seguras. O inverno chegou para a casa Frey". Arya caminhando entre os corpos de todos os que mataram Catelyn (Michelle Fairley), Robb (Richard Madden) e seus aliados no Casamento Vermelho foi um momento tão aguardado quanto à morte de Ramsay (Iwan Rheon) aos olhos de Sansa (Sophie Turner).

O primeiro episódio achou tempo ainda para brindar o espectador com cenas de personagens carismáticos como Lady Lyanna Mormont (Bella Ramsey) - o diálogo sobre mulheres e homens serem treinados igualmente foi uma lembrança de como Game of Thrones constrói personagens extremamente fortes, sem distinção de gênero. Alías, falando em personagens que se tornaram fortalezas, Kit Harington e Sophie Turner têm brindado o público com as interações entre Jon Snow e Sansa Stark desde seu reencontro no último ano. Ambos evoluíram de forma diferente e, mesmo que eles tenham embates sobre quais são as melhores estratégias, é um deleite ver os diálogos da dupla e a confiança incondicional entre eles.

Sobre a chegada de Bran na Muralha - logo na primeira cena do personagem no episódio -, é interessante ver como ele voltou a ser um Stark relevante no último ano - principalmente se considerarmos que nem ele, nem Meera deram as caras durante o quinto ano da série. Contudo, o rapaz acumulou responsabilidades que fazem dele um dos sobreviventes de Winterfell mais importantes no momento: Bran carrega informações e habilidades fundamentais para pavimentar o caminho de outros personagens importantes.

Tão importante quanto Bran em termos de deter informações, o primeiro episódio mostrou Sam Tarly (John Bradley-West) sendo decisivo em um dos encontros mais importantes da trama, o de Jon Snow e Daenerys. É ele que faz a ponte entre Pedra do Dragão ser um depósito de vidro de dragão e a busca de Jon Snow pelo material. Aliás, é no núcleo de Sam que temos o encontro mais inesperado do episódio: o melhor amigo de Jon encontra ninguém menos que Jorah Mormont (Iain Glen), com a pele do braço cada vez mais tomada pelo escamagris.

É importante falar também de outra aparição (além, obviamente, da de Ed Sheeran): Cersei Lannister (Lena Headey). O panorama problemático pintado por seu irmão Jaime Lannister (Nikolaj Coster Waldau) e a resolução disso logo em seguida, com a chegada de Euron Greyjoy (Johan Philip Asbæk), foi ótimo do ponto de vista de evitar tramas desnecessariamente prolongadas. Há, contudo, uma pegadinha interessante nessa cena: no grande mapa de Westeros onde os irmãos/ amantes se encontram, Cersei aparece sobre a região conhecida como o Gargalo, enquanto Jaime está na região dos Dedos. Fãs mais afoitos podem especular sobre uma indicação nas entrelinhas de uma profecia não dita na série, de que um valonqar (irmão mais novo) usaria os dedos para enforcar Cersei até a morte.

Conforme a trama avançava, era impossível não sentir falta de uma pessoa - Daenerys Targaryen. Logo em sua primeira cena, reencontrar suas origens em Pedra do Dragão foi tão emocionante quanto o reencontro de Jon e Sansa Stark na temporada anterior. Emilia Clarke conseguiu passar a emoção de um personagem encontrando aquilo para o qual foi destinado, se reconectando com seu passado e caminhando rumo ao seu futuro. Daenerys em Pedra do Dragão é o ponto final em um longo ciclo em que a jovem Targaryen amadureceu e gradativamente foi se tornando, de fato, uma líder - ainda que nem sempre isso tenha acontecido da forma mais fácil. Nesse ponto da trama, não é só o sangue de Daenerys que faz com que ela se sinta impelida a lutar pelo trono, mas a certeza de que o conjunto de experiências que viveu faz dela uma governante melhor que a maioria das opções disponíveis em Westeros.

Game of Thrones é exibida na Brasil pela HBO. O próximo episódio da sétima temporada vai ao ar em 23 de julho, às 22h.

Leia mais sobre Game of Thrones

Game of Thrones
Estreia em 17/04/11 Produção: 2011 41 episódios
sobre a série
Galeria de imagens (1006)

Não sei porque ainda insistem nessa teoria do Valonqar. A Profecia do Valonqar só foi citada no livro, logo, ela não existe na série. Na série só foi citada a profecia da rainha mais jovem.

Mas a questão é que eles já foram mortos por morte matada, e não só morte morrida

Nem Jamie, Nem Tyrion e nem Arya. É Daenerys a valonqar da profecia e o motivo é a Cersei conspirar a favor do fim da dinastia Targaryen em Westeros "Rainha sereis... até chegar uma outra, mais nova e mais bela, para vos derrubar e roubar todo aquilo que vos for querido." Pode ser que tenha um momento que a Daenerys acabe se apaixonando pelo Jamie, mas assim que Tyrion que sabe das intenções do Jamie notando que ele é aliado da Cersei conta que Jamie foi o assassino do Aerys II e é filho do Rei Robert. Daenerys se irrita e leva o Jamie Lannister pra servir de comida para os seus três dragões "- E quando as vossas lágrimas vos afogarem, o valonqar enrolará as mãos na vossa pálida garganta branca e estrangular-vos-á até vos roubar a vida." Nisso Tyrion leva Daenerys até Cersei. Daenerys se apresenta a Cersei para o pavor da Cersei ao descobrir que a Daenerys está viva, então com frieza e sem piedade a nascida da tormenta enforca a Cersei com as próprias mãos A Daenerys se encaixa mais com a profecia do valonqar do que com a da Nissa Nissa justamente por ser a irmã mais nova do Rhaegar além de ser a jovem e bela rainha que irá derrubar a Cersei e roubar tudo aquilo que for querido da Cersei. Além disso mortalha é a roupa que os cadáveres usam nesse caso a Maggy a Rã se referiu a mortalha dos Lannister que é de ouro.

"Cersei aparece sobre a região conhecida como o Gargalo, enquanto Jaime está na região dos Dedos. Fãs mais afoitos podem especular sobre uma indicação nas entrelinhas de uma profecia não dita na série, de que um valonqar (irmão mais novo) usaria os dedos para enforcar Cersei até a morte." A ideia de o Jaime enforcar a Cersei por sua tamanha loucura de governanta não parece-me ruim. Cumpriria a profecia (dos livros) e faria sentido - com o livro. Agora me vem a mente, Jaime dobraria os joelhos à Khaleesi?

acho dificil a Daenerys voltar a ser aquela ingenua de antes ainda mais agora que ela aprendeu a governar quando assumiu Meereen e ainda por cima tem o Tyrion e o Varys que ensinaram ela jogar o jogo dos tronos de Westeros. Agora ao chegar em casa que é a Pedra do Dragão é que ela entrou pra valer no jogo dos tronos de Westeros Além disso a Emilia Clarke mesmo disse em uma entrevista que agora nessa 7ª temporada é que a Daenerys vai deixar de ser aquela moça dócil das temporadas anteriores

Ela vai terminar a serie como começou,como uma docil e leal esposa de um rei

ela vai ser a Rainha dos 7 reinos e não uma dependente de homens como ela era na primeira temporada/primeiro livro, pois ela vai acertar as contas com o Jamie Lannister já que ele matou o pai dela fazendo o Robert usurpar o Trono de Ferro e a Pedra do Dragão ordenando os três dragões cuspirem fogo no Jamie ou seja o Jamie não passa. Além disso tem a grande possibilidade do Tyrion matar a Cersei sendo o valonqar da profecia já que o Tyrion tem muito mais motivos pra matar a Cersei que o Jamie, pois ela junto com o pai deles humilhava e desprezava o Tyrion E sem contar que o Jon Snow pode recusar o Trono de Ferro optando ficar apenas como o Rei do Norte, não esquecendo que o Aegon (que provavelmente vai aparecer na oitava temporada) pode não ser filho do Rhaegar ou seja é o dragão de pano

Cara fiquei me perguntando também. Esse ''presente'' deve ser muito importante pro Euron conseguir a confiança da Cersei.

Aaaaata, agr entendi, pelo q eu já vi da Cersei ela realmente não é mto boa de estratégias de guerra, e ela nao parece mto interessada em ouvir o Jaime tbm. Mas isso foi um erro mto grave, deixar uma terra daquela simplesmente vazia, uma fortaleza. Pena q na série ficou assim, foi meio idiota xD Obg por explicar.

Ainda assim, é um erro estratégico crasso. Se você não vai ocupar uma fortaleza, você derruba ela pra que seus inimigos não usem. Deixar ela lá só porque "meh... é longe" mostra o tanto que a visão da Cersei é estreita.

Sou um dos que não achou o episódio esse fenômeno todo. Foi um bom episódio, mas basicamente só relembrou em que pé estão as coisas (e, nesse ponto, é como vários primeiros episódios de temporada de várias séries, não só de Game of Thrones). Adorei a cena da Arya com os Frey (e cheguei a pensar que era um flashback do Casamento Vermelho pra finalmente mostrar Lady Stoneheart hahaha), mas teve um gostinho de requentado depois do que ela já tinha feito com o Walder Frey na temporada passada. De resto, tirando o diálogo entre Sansa e o Jon, que mostrou que a relação entre eles pode ser mais conturbada do que se supunha, o resto foi mais do que a gente já tinha visto no último episódio da sexta temporada: Cersei é a rainha, Jaimie não tá muito na dela, Jon tá se preparando pro ataque dos Caminhantes Brancos, Sansa tem que aguentar o Mindinho fazendo dança do acasalamento toda vez que ela aparece, Sam tá em Oldtown, e Danaerys, Tyrion, Missandei e Lord "The Flash" Varys passaram um ano na proa daquele navio indo pra Westeros. E tanto é assim que a fala final do episódio ("Shall we begin?") indica claramente que a temporada começa pra valer no próximo episódio.

Os dela me parecem bem vivos. Quando/se morrerem, daí acho que poderão discutir quem tem mais vida política ou "qualidades de líder".

É um dos erros da Cersei (que, como estrategista, é ótima pinguça). É ÓBVIO que a Pedra do Dragão tinha que ter sido ocupada tão logo ela ficou sabendo que Stannis & Cia. tinham subido pra Muralha. Se não ali, depois da morte dele. Mas não... ela só se preocupa com o que ela enxerga a 100 metros de distância. Nos livros, se me lembro bem, rola uma treta lá com o que restou de apoiadores dos Baratheon e ela envia o Loras pra batalha pra ver se ele morre lá. Ainda que ela também tenha visão limitada nos livros, pelo menos o pessoal simplesmente não simplesmente abandonou uma das fortalezas mais estratégicas de Westeros ao Deus-dará.

Vi o episódio mais uma vez. Tive a mesma impressão. Para mim, Bran estava na "mente" do Gig@nte Zumb-i.

Vi o episódio mais uma vez. Tive a mesma impressão. Para mim, Bran estava na "mente" do Gig@nte Zumb-i. Bran, superpoderoso

Quem morava lá eram os baratheon, que saíram pra batalhar.

Kkkkk é só q achei bem estranho o lugar estar simplesmente vazio, nenhuma resistência, enfim xD

e dragões já foram mortos kkssk

Pra mim o cão enterrando os corpos foi muito mais emocionante que a chegada da dany na pedra do dragão. O ator é tão foda q consegue passar emoção em meio a furia que é o cão.

Não vi ninguém comentando sobre a fala do Euron Greyjoy, mas na hora q vi a cena fiquei com o certo receio pelo Tyrion... Acho bem difícil matarem ele nessa temporada, mas o Euron disse q ia trazer um presente para a Cersei. E o que mais ela desejaria se não a cabeça do Tyrion? O ator que interpreta o Euron disse em uma entrevista que o personagem seria pior que o Ramsay. Seria por matar um personagem tão querido do público? Ele vai armar uma emboscada para capturar o Tyrion? Ou simplesmente seria um outro presente que poderia agradar a Cersei? Se for isso, qual seria?

Episódio mto bom, foi de 1 hora mas não achei q teve nenhuma parte chata, tava td bem interessante. Só fiquei com uma dúvida no final, pq não tinha ninguém nas terras q a Daenerys chegou no final? Ninguém chegou a se aproveitar do terreno já q estava inabitado?

Eu acho que a trajetoria toda da saga é pra contar a historia rei lendario Azor ahai,a sexta temporada me deixou a certeza que ele é a canção de gelo e fogo.acho que isso terminar com jon reinando sobres os poucos sobreviventes

Matando ou não, ela é HOJE rainha dos Sete Reinos. E em relação a Jon Snow, o norte precisa ser visto com cautela. Costumes antigos oriundos dos primeiros homens que não são aceitos no sul de Westeros. E realmente ele assumiu o trono de Winterfell após a batalha dos Bastardos. Mas lembre-se!! Brandon Stark está voltando para Winterfell, e teoricamente ele é o HERDEIRO LEGÍTIMO de Ned Stark. Contudo, sabemos que para ele não caberá reinar no norte, pois ele possui poderes especiais que serão mais necessários na batalha contra o Rei da Noite. Não acho que Jon Snow será rei de Westeros. Até porque acho que não haverá Westeros depois da passagem dos White Walkers. Daenerys reinará por um tempo. E depois da destruição dos Outros, será construída uma nova forma de governo. E o papel de cada um ainda é um mistério.

Cersei assumiu depois de matar de milhares de pessoas,mas todos sabem que ela é odiada.se usar exemplo Jon snow acabou de se aclamado rei no maior dos sete reinos preterindo a irmã legitima e mulher

Nadas a ver - Parte IV: Cersei acabou de assumir como RAINHA em Westeros (e ela não possui rei e todos os seus filhos estão mortos)........ E segundo a profecia da bruxa do bosque: ......"curto será teu reinado, pois logo serás substituída por uma rainha mais jovem".....

Mesmo que Jon não tenha prova que foi legitimado,voce sabe muito bem que em westeros existe o mesmo preconceito ou ate maior com mulheres no trono do que com bastardos.E Daenerys ainda é esteril,se não for por Jon snow a linhagem dos dragões morrera!

Nadas a ver - Parte III. Jon Snow é, com absoluta certeza, filho de Rhaegar Targaryen. Mas aí está o problema!! Com Lyanna Stark. Um filho ILEGÍTIMO, filho de uma relação ILEGÍTIMA. Rhaegar era OFICIALMENTE casado com ELIA MARTELL, e seus únicos filhos LEGÍTIMOS foram mortos (versão TV) por Gregor Glegane na Rebelião de Robert Baratheon. Se não houver prova OFICIAL de que Rhaegar RECONHECEU Jon Snow, ele apenas deixará de ser um bastardo SNOW (dos senhores do norte), e passará a ser um bastardo FIRE (da dinastia Targaryen). Um bastardo NÃO ENTRA na linha de sucessão monárquica............ Daenerys continua como legítima herdeira!!

Novamente voce esta enganado,Jon snow é filho do principe herdeiro reaghar targaryen o legitimo herdeiro do trono de ferro.e qualquer problema que dany causar aos direitos dele,ele tem um irmão pra worgar seus dragões e uma irmã pra matar dany com a cara de qualquer um que tenha confiança dela

Novamente uma grande diferença entra as duas situações: 1.) Renly era um herdeiro ILEGÍTIMO ao trono com apoio APENAS da Casa Tyrell. 2.) Daenerys é herdeira LEGÍTIMA ao trono de ferro (única filha VIVA e LEGÍTIMA de Aerys II e Rhaella) sendo apoiada por Dorne, Jardim de Cima, e além de seu exército pessoal. E novamente (já sendo repetitivo), ele possui 03 ENORMES dragões que podem sozinhos (sem exército nenhum) pôr abaixo a capital de Porto Real e queimar o fiofó da Cersei e do Jaime..............

Ela tem um exercito do mesmo tamanho que Renly Baratheon tinha,e isso não salvou ele?

testando

Jon Snow mostrou que nasceu para o trono de ferro

O pai de criação de Jon snow exilou o querido amigo de Daenerys por ser traficante de escravos,a escravidão não existe a seculos no sete reinos então isso não é merito.e o exercito sulista de Dany é quase inutil numa guerra no inverno. Dany ameaça a queimar qualquer um que questione suas ordens,e jon mostra justiça e mesericordia.

Nadas a ver!! Daenerys Targaryen se mostrou tão competente quanto Jon Snow neste sentido. Ela conseguiu abolir a escravidão em Meeren, Astapor e Yunkai (mesmo que com falhas). Esmagou a rebelião dos mestres e dos filhos da harpia. Unificou, pela primeira vez na história, os Dothraki em um único exército. E mantém os Imaculados ao seu lado. E sem falar que seus dragões continuam a crescer dia após dia, e se tornam máquinas de guerra cada vez mais poderosos. Sem Daenerys é IMPOSSÍVEL vencer os White Walkers. Jon Snow necessita de seu exército, seus dragões, e principalmente do estoque de Vidro de Dragão em Dragonstone......

Eu fiquei achando que não pode ele ter dito que era uma nova.

ótima episódio. dá uma visão geral nos núcleos da série, começa a desenvolver muito bem os personagens e os conflitos. teve até duas revelações importantes, a 'mina' de vidro de Dragão e por onde os Outros vão invadir Westeros, e a cena inicial deu uma satisfação incrível. a chegada da Daenerys também foi linda, toda tomada por um silêncio contemplativo e aquele sentimento de antecipação de todo caos que está por vir.

Achei o episódio muito bom.

Eu gosto da emilia clarke,é o personagem dela que é intragavel

Ela nunca sera! A unica coisa que ela pode ser é rainha-esposa do Rei Jon

A mão de Jon ja é o Sir Davos

Lembrando que o canal Cinemax também exibiu o.episódio da série. Agora não sei dizer se continuará exibindo os próximos.

Porque ela tem três dragões, e os três cospem fogo.

Ainda vi na reprise para ter certeza. Pelo visto o Bran é o "Merlin" da historia, se ele desenvolver todo seu potencial e controlar dragões vai ser sensacional! ( quero ver a cara da Daenerys kkk)

Arya odeia a Cersei desde que esta exigiu a execução da Lady, "loba da Sansa", Joffrey e Cersei foram os primeiros nomes anexados na lista negra da Arya.

Cara que onda. Não sabia que isso é possível. Bran é realmente especial.

Nada disso, pelo contrario prefiro uma historia bem desenvolvida do que ações, mas nesse episódio nem isso teve, espero que ela se engrene rápido igual foi a melhor temporada que ja assisti no caso a sexta temporada

Review: Dragonstone>> http://bit.ly/2u338zN

O que tanto? Arya vingando a familia dela, Samwell descobrindo um lugar de vidro de dragão para ajdar na guerra, daenerys chegando em westeros e um papinho dos irmãos lenister...

Quem compõe é o cantor que ia visitar a shae, quando o Tyrion coloca ela em uma casa em porto real depois de voltar pra ser mão do rei, até por isso na letra fala sobre mão.

Muito lobby. Até hoje não acredito que ela foi indicada ao Emmy pela terceira temporada de GoT , e a Michelle Fairley não , sério Michelle teve uma atuação brutal a temporada inteira e massacrou no Casamento Vermelho , vai entender.

Emilia Clarke é péssima, so faz caras e bocas vai entender pq ela é indicada ao emmy

por isso que eu comentei 6 e 7 que vão ser os últimos

Nos livros já existia foi o Tyron que compôs apos matar a Shae

Na série essa musica nunca apareceu Mas nos livros o Tyrion compôs ela após matar a Shae por isso o refrão "mãos de ouros sao sempre frias " pois ele mata ela com a corrente de ouro que tem mãos no lugar dos elos

Mais ou menos, mais ou menos - claro que questão de opinião. Mas os nortenhos nunca gostaram da ideia de se juntar com "o resto". Tanto que qualquer coisinha proclamam um rei do Norte. hehehe. Sem contar os Greyjoy / Ilhas de Ferro que tb nunca gostaram da ideia de viver num mesmo reinado que os outros.

É exatamente oq estou falando, minha expectativa era muito maior q um simples início de temporada comum. E a primeira cena me deixou bem empolgado, aí depois foi ladeira abaixo, até me irritar com o discurso da Lyana (1 é pouco, 2 é bom, 3 é demais) e ter achado a volta da Daenerys uma das coisas mais sem graça q já fizeram. Era para ser emocionante, foi muito sem sal.

Eu tenho uma teoria melhor.Os sete reinos, como o conhecemos, foi obra da unificação forçada realizada pela família T.argaryen.Logo, o direito de governar a W.esteros estruturada por séculos de administração dos dragões dá a D.aenerys a legitimidade sobre o trono.

Sr Jorah falou a mesma coisa para Daenerys em um episódio desses aí.

Nenhum. Os Targaryen vieram e tomaram as terras dos homens livres. Que por sua vez tb tomaram as terras dos "Filhos da Floresta". Que não fala, mas tb podem ter tomado as terras de alguém. Logo, é a lei do mais forte. Quem tiver mais força, que fique com o trono. Darnerys não tem motivo nenhum para ficar revoltada.

Não foi incrível, mas também não foi fraco. Diria que foi um episódio muito bom (mais um entre tantos que a série faz).

Por qual motivo a Daenerys deveria ser rainha?

por isso que a Daenerys decidiu voltar ela sabe que o lugar dela é na Pedra do Dragão

Acho que quem achou o episódio incrível devia assistir de novo, pq n teve nada de incrível fora a cena da Arya. Foi mais uma estreia de temporada. Para uma estreia de uma temporada mais curta, esperava muito mais.

Na vdd a Cersei não teve participação no casamento vermelho exatamente, mas sim na morte do Ned...

Correrrio é o centro político das Terras Fluviais, tem o mesmo peso que Winterfell tem para o Norte, Pedra do Dragão não tem importância alguma, nem política, nem produtiva.

Pedra do Dragão é um lugar decadente , Stannis sempre se viu injustiçado por ficar com esse castelo , além do mais ele não é um símbolo de poder como Winterfell é para o Norte ou Correrrio é para as Terras Fluviais , o poder da Casa Baratheon se concentra em Ponta da Tempestade , Pedra do Dragão nunca despertou interesse político, é improdutiva e mesmo quando era habitada sua situação era de quase abandono , teve época que as pessoas e nobres de lá passaram fome.

Não vi nada acelerado nesse episódio, pelo contrário teve momentos lentos (não significa que foi ruim), foi como qualquer estréia de temporada de GoT, esse serviu mais pra solidificar os peões em suas posições nessa temporada, único momento que senti urgência foi Jaime falar que eles precisam de aliados e Cersei aparecer com uma aliança 2 minutos depois com o Euron (Que sinceramente não sei como ele conseguiu tantos navios em tão pouco tempo , já nas Ilhas de Ferro não tem nada, agora ele aparece com uma frota que parece ser maior ou igual a da Dany, magia do roteiro é claro), isso evita enrolação. No mais foi um bom episódio , Arya roubou a cena totalmente "Se perguntarem o que aconteceu aqui, diga que o Norte se lembra. Diga que o inverno chegou pra Casa Frey." e o Casamento Vermelho está totalmente vingado. "reencontrar suas origens em Pedra do Dragão foi tão emocionante quanto o reencontro de Jon e Sansa Stark na temporada anterior. Emilia Clarke conseguiu passar a emoção de um personagem encontrando aquilo para o qual foi destinado" , de verdade essa cena não me passou emoção alguma , pra mim ela não passou nada , diferente da cena do Jon com a Sansa que foi bem emocionante, essa da Daenerys foi tipo "c@guei" pra ela , atriz infelizmente não passa verdade em nada , a cena foi de uma frieza absurda, claro que em my opinion.

A menina Bella Ramsey vai ter um grande futuro nos cinemas e séries, a menina é fantástica fora a Maisie Williams

Localização estratégica de um; irrelevância do outro.

Cara, eu vou especular aqui apenas, mas acho que foi porque realmente ninguém tinha a possibilidade/capacidade de fazer isso. Devido a sua localização, poucos tiveram a possibilidade de fazer isso. Dorne poderia ter tentado algo, mas primeiramente por causa do pacifismo de Dorian e, logo em seguida, pela união à Daenerys, isso não deve ter sido cogitado. Esse último motivo, aliás, também serve para os Tyrell. Os Lannister enviariam um sinal de força tomando DragonStone de volta, mas, ao mesmo tempo, diminuiriam ainda mais suas forças em porto real, o que não é recomendado, tendo em vista a atual situação política. Acho que isso por si só já deve dar um panorama da situação. Mas, novamente, é tudo achismo :D

expectativa errada para um inicio de temporada de GOT. Episodio mostrou muita coisa.

Como só vai ter 7 episódios, a coisa vai pegar fogo mais cedo nessa temporada.

O episódio foi tão bom qto o texto. Direto ao ponto, sem enrolação.

Episódio apenas ok nada demais

Assim como todo início de temporada de GoT, começa devagar, só posicionando cada personagem. Mas comparando a outros inícios eu achei bom, mas depois de assistir seis temporadas eu não esperava algo muito diferente para um primeiro episódio.

Deixa de ser estúpido cara, aqui o assunto é Got não twd seu imbecil

O sétimo é o último dessa temporada...

Também queria saber.... Tipo o castelo dos Tully tava na posse dos Freys q foi recuperado pelo Peixe-negro pra depois os Lannisters ter q tomar de novo por causa da incompetência dos Freys q devolveram pros mesmos pra tomar de conta outra vez dando o ultimo aviso q não fariam isso novamente. E me pergunto...o povo pra disputar esse castelo viu?! E ainda um castelo habitado. E enquanto Pedra do Dragão tá lá entregue as baratas sem uma alma viva...vai entender!!! (Opiniao) Se alguém aí puder responder...ficaria agradecido. :D

Excelente. Uma luta de espadas feminina sobre as ruínas queimadas terminando com a morte enforcada de Cersei kkkkkkkkkkkkkkkkk Ai a Danerys monta o dragão e se casa com o Tyrion S2 S2 S2

Episodio não poderia ser melhor, tudo nos eixos

mas é por isso mesmo ao ver as ruinas do Septo de Baleor a Daenerys se revolta e as duas tem uma luta entre elas, mas Cersei fica paralisada ao ver o Tyrion aí Tyrion percebe que ela tem mais medo dele do que do Jaime até que Cersei acaba confessando a profecia da Maggy a Rã e Tyrion com as próprias mãos mata a Cersei enforcando-a na frente da Daenerys. Lembrando que o Tyrion tem muitos motivos pra matar a Cersei

só faxina esse episodio, só teve gordo limpando coco de véio kkkk

essa teoria eu não tinha visto, mas tem alguma coisa nele sim, ele viu o fogo fácil demais.

Aí a cersei aproveita e coloca fogo-vivo embaixo do túmulo. Então explode ele na cara da Daenerys KKKKKKK mas esqueceu de um detalhe: A CERSEI EXPLODIU O SEPTO DE BAELOR. Lá ficavam os corpos dos Targaeryen

Vc gosta de lutas, explosões e dragões voando só, pelo jeito.

Excelente episódio, sem enrolação como TWD costuma fazer. Até porque TWD não tem data pra terminar, já GoT é diferente, e isso com certeza faz uma enorme diferença. Além de que a trama é bem mais trabalhada do que a de TWD. E alguém poderia me dizer porque outros não tomaram DragonStone pra si? Realmente não me lembro.

Único? Esse episódio tá sendo bem criticado. E não,, não gosto de bancar o diferente. Mas, fora a primeira cena, achei ruim e anticlimatico. Não lembro de nada q realmente gostei. Fora o medo do vazamento, bem ruim, ser real.

Cara, foi lindo!E aquela participação do Ed Sheeran?Se seguir este nível até o final, já estarei satisfeito.Que saudade daquela da trilha da introdução... =~~

não teve nada que você gostou brother? ou até teve, mas seguindo a tendência de todo mundo que adora ser único você só lembra de comentar o que não curtiu?

Sinceramente eu achei esse episódio um tédio! Chegou até dar sono só teve a cena da arya no começo é só

Esqueceu de falar do cão, gostei do episódio foi bem legal o começo foi f#da

Discordo de ambos.

se o trailer mostrou o Drogon atacando os Outros com tudo então ela sabe que o Jon Snow estava certo e vai liberar o vidro de dragão. Quanto ao Norte após o Sam lembrar que o Jon Snow é o Rei do Norte o Tyrion aconselha o Jon Snow começar a agir como um Rei e ter um Mão

kkkkkkkkkk

Sonsa inútil n entende por** nenhuma de política e fica querendo da pitaco, tenha dó

meeh, mais do mesmo , vão encher linguiça essa temporada quase toda ai a partir do 6 e do 7 acontece alguma coisa

Sim, agora vai ser pé na táboa e sem freios, hehe...

Concordo

Tbem achei que foi meio forçado

Kkkkkkkkkkk Vdd

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus