Séries e TV

Stranger Things e o que significa a nostalgia pelos anos 80 para quem não viveu a época

Como alguém nascido muito depois dessa "era de ouro" vê a tendência de reviver o passado
-

Era difícil saber o que esperar da "continuação" de Stranger Things considerando o quanto a primeira temporada da série da Netflix gira em torno de uma única palavra: nostalgia.

Eventualmente o seriado se provou maior do que as referências, mas é complicado negar que a criação dos irmãos Duffer nutre um carinho quase obsessivo pela década de 1980 - algo que está longe de ser único. Há uma tendência de resgatar os clássicos, seja apenas no relançamento de consoles como o Nintendinho ou na reformulação de obras já estabelecidas, como a nova adaptação de It - A Coisa, de Stephen King. Existe um carinho enorme por reviver o passado, mas isso levanta a questão: Stranger Things e a atual onda de nostalgia têm algum impacto para as novas gerações?

Eu definitivamente não peguei os anos 80. Na verdade, só fui nascer quando a década seguinte já estava para acabar, em 1997. Minha infância e pré-adolescência só foram ocorrer nas décadas de 2000 e 2010. Como muitos da minha geração, eu certamente não me enquadro no público nostálgico, mas há um sentimento comum em trabalhos construídos como homenagens ao passado: familiaridade. Finn Wolfhard, o Mike de Stranger Things, explicou ao Omelete como esse vínculo pode existir mesmo para quem não viveu a era que desperta tanta nostalgia, "Penso que a década de 1980 serve como base para esse século. A música e o estilo são reutilizados nos dias de hoje, muitos artistas nunca seriam tão bons sem essa época pois não teriam a mesma sensibilidade sonora ou visual."

Há alguns fatores que tornam os anos 80 tão criativos e influentes. Com o crescimento do VHS, a década abriu a possibilidade dos filmes e séries de TV ganharem vida nova fora do cinema e horários de exibição, mudando a noção de que um fracasso de bilheteria representava um produto de baixa qualidade. Cineastas passaram a experimentar mais em suas criações, enquanto o público tornou-se mais fanático. Assim surgiram algumas das obras mais influentes da história - que marcam as vidas da próxima geração de diretores, roteiristas e criadores em geral.

Isso foi carregado até hoje. Minha geração foi criada por filmes, séries e jogos diretamente inspirados por clássicos oitentistas. Toda desventura que Nathan Drake sofre em Uncharted traz lembranças da icônica música do personagem homônimo de Harrison Ford em Indiana Jones. Toda jornada com grupos de crianças enfrentando problemas sem a ajuda dos adultos tem aquele gostinho de Os Goonies e Conta Comigo. Existe até mesmo obras como o livro Jogador Nº1, de Ernest Cline, que são criadas em cima de referências à Blade Runner, Rush e outros marcos da época.

Dessa forma, Stranger Things faz sentido para uma nova geração porque nós crescemos acompanhando tudo que foi inspirado pelas mesmas obras que o seriado glorifica. É a familiaridade através de terceiros, de conhecer os derivados a exaustão. O caminho inverso também pode ser trilhado: investigar o que influenciou seus artistas e trabalhos favoritos podem levar a descoberta de clássicos atemporais.

A trilha sonora de ambos os volumes de Guardiões da Galáxia, por exemplo, serve como uma bela playlist para uma nova geração encontrar cantores e bandas como Fleetwood Mac, Cheap Trick e Marvin Gaye. Eu, por exemplo, sempre fui grande fã de jogos de tiro, o que me levou a conhecer Doom, game de 1993 que praticamente criou o gênero. Pesquisar suas referências me levou até Aliens: O Resgate (1986) e Evil Dead (1981), hoje dois dos meus longas do coração.


Os anos 80 foram um período fascinante onde maior experimentação criativa calhou de se aliar com uma mudança nos hábitos de consumo, dando início à uma nova legião de nerds. Não só era possível consumir seus filmes favoritos no conforto de casa como também os grandes lançamentos eram aproveitados em todas as mídias: os bonecos de Os Caça-Fantasmas (1984), o jogo de Sexta-Feira 13 (1989) para Nintendinho, as HQs de Predador onde a ideia do crossover com Alien foi apresentada. Pela primeira vez a cultura pop estava em todo lugar, então ficar obcecado por ela não parecia mais uma ideia absurda.

Algo único ocorreu nessa transição do analógico para o digital, um choque cultural que dificilmente será repetido. É possível, porém, que, apesar de todas as revoluções e clássicos atemporais, a década de 1980 eventualmente será apenas mais um caso de nostalgia. Parte de um ciclo sem fim que, muito em breve, verá as pessoas da minha geração lembrando carinhosamente de suas infâncias com PlayStation 2, canais de TV paga e bandas que ainda estão na ativa. Até lá, é bom saborear esse estranho sentimento de familiaridade por uma época que, para mim, nunca existiu.

Stranger Things
Estreia em 15/07/16 Produção: 2016 8 episódios
sobre a série

kkkkkk boa, gostaria muito, kkkkkk

Tem uma frase q digo: 'Saudades de um tempo que não vivi...'

Foi ironia kkkkkk...mas realmente eu n ligo e respondi só pra te zuar.

Perfeito. Hoje tem que ser tudo bem cuidado e asseado.

Se não ligasse nem tinha respondido. KKKKKKKKKKKKKK

Muito.

Ahahah...fiquei dias pra achar onde estava esse comentário. Eita Disqs...Bom, estava desconfiada que se referia a isso. ;)

Blzz, só pra encerrar incomodados q se mudem, n gosta da geração atual então vai morar numa ilha isolada com pessoas da sua geração.

O meu sobrinho aqui tem de ficar falando pra ele tirar a cara do celular um pouco. Os amigos dele são a mesma coisa.

Pse, ele me disse q nao tem nenhum amigo na rua dele, aí ele só fica no celular msm. Já to imaginando como ele vai ficar quando derem um computador a ele...

provavelmente se ele tentar vai acabar brincando sozinho. Infelizmente, todos da idade dele estão nessa pegada de celular, youtubers, etc. Nada de esforço, tudo artificial. Tenho sobrinhos desse jeito.

Sou da geração oitentista, achei o texto totalmente pertinente!

lógico que me ofendi, vc postou ofensas quando se sentiu ofendido. kkkkk

Vc q deve ter se ofendido já q veio usar seu direito de réplica, mas se tua geração colocou a minha no mundo a culpa n é só da minha geração.

Eu não me expressei bem, por "indireto" eu quis dizer as coisas do começo dos anos 80 que eram reprisadas lá no fim dos anos 80... Eu entendo que você pode ter participado dos anos 80 sendo criança, você está certo, só que a impressão de quem tinha 15 anos ou mais também foi marcante, ambos estamos certos, não tem como não ser influenciado pelos anos 80 tendo vivido nessa década. Seja criança ou jovem na época, ambos foram afetados pelos 80.

Cara, deixa de exagerar, aposto que você concorda comigo em muita coisa. Eu não estou mais sendo hater com Liga da Justiça, eu nem vi o filme.

Eu não posso falar mal de um filme que não vou ver no cinema, a única coisa contra é que escolhi não ver o filme kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

kkkkk se ofendeu floco de neve a minha geração te pos no mundo!!

Muito bom o texto, parabéns !! A série é ótima, assisti ontem, uma maratona danada, toda a primeira temporada, e começo a segunda hj !! Músicas, filmes, video games.. realmente nostálgicos, anos 80 foram tudo de bom mesmo !!

Essa gurizada tá virada...e estão perdendo anos de vida real!

Tb tenho essa impressão. Quando eu era criança, nos anos 80, percebia que havia um fascínio com os anos 50 e 60, os anos dourados. Agora não ouço mais falar deles, só dos anos 80. Por esse motivo, ouso pensar que os anos 70 devem ter sido a treva, pq nunca vi ninguém com saudades deles.

Não esquenta. Foi apenas o dia em que nasci

Mto bom, me surpreendo com as crianças de hj em dia, fui cortar o cabelo ontem e tinha uma criança lá q se comportou e ganhou um pirulito do cabeleireiro, e o pirulito tinha um apito no palito, mas criança simplesmente NAO sabia oq fazer com o apito, eu q tive q mostrar onde soprar. Hj elas já começam ganhando celulares e tablets, pra mim isso é um erro. Nasci em 1997 e a minha infancia foi mto parecida com oq vc descreveu, eu nunca parava em casa, era andando de bicicleta na ladeira e me ralando o chão, fazendo balanço na arvore perto de casa com uma corda, imitando o q eu via nos filmes, roubando barro da construçao do vizinho, e quando eu ficava em casa era jogando no Nintendo. Era tudo tão incrivel, tão simples... Sempre aconselho meu primo de 8 anos a soltar um pouco o celular e ir brincar, mas ele nunca escuta.

Que texto lindo, por isso admiro tanto ST. A série trás para a nova geração o marco que foram os anos 80 e ajuda a repopularizar clássicos. Além disso, é uma série muito boa no que se propõe. Peguei o final dessa década tão mágica e sinto como se tivesse vivido nela. E isso me fez procurar influências de outras décadas, me deu um sentimento de carinho pelo passado, onde conheci de Hitchcock a Beatles. Nostalgia educa!

Cara... Meu Deus eu já tinha pensado nisso... Uma década não vira do avesso de um ano pra outro, ela ainda precisa criar sua própria identidade e isso é gradativo...

Graças a Deus eu nasci em 79 e fui ver os Goonies no cinema!!!!! Deus foi bom comigo... Anos 80 foi tudo de bom!

Pra definir quem não viveu nessa época, quer uma boa comparação, formula 1 nos anos 70,80 e 90 era menos carro+piloto+perigoso+emoção, hoje mais carro-menos piloto-perigo-emoção. É mesma coisa não é porque o cinema e entretenimento podem ter ficado modernos, mas agora e mais lucro e menos paixão.

Os anos 80 são bem frescos na minha mente: lembro das coisas boas assistir Chaves, ver muitas vezes De Volta Para O Futuro e outras mais ainda um filme sensacional chamado Space Camp: Aventura no Espaço que contava a história de um grupo de adolescentes num "space camp" da NASA e que tem lindas referências a Star Wars (olha o que se fala na matéria: obras dos anos 80 que foram influenciadas ou que citam a década anterior), e bom...de tanto ver Space Camp, ter a expectativa de ver o Halley (até hoje lembro de uma pixação aqui da cidade onde se lia "O HALLEY PASSOU E NINGUÉM VIU" pois era o assunto do ano de 86... Lembro de namorar alguns brinquedos que nunca tive como Genius e o maravilhoso PoliOpticon (um brinquedo educativo que você montava uma luneta, um binóculo,caleidoscópio e vários outros objetos com lentes...)acompanhar a antiga TVS (pré SBT), ver muito filme no videocassete - entre eles O Último Unicórnio, uma animação belíssima baseada no livro de Peter Beagle onde uma unicórnio parte numa jornada em busca de outros de sua espécie pois ela seria o "último dos Unicórnios" (a quem não conhece recomendo muitíssimo essa animação. Esse filme embora fosse reexibido com certa frequência pela Bandeirantes (naquela época não era ainda a BAND) eu volta e meia alugava O Último Unicórnio na locadora, além de outros filmes que o dono nos recomendava e algumas vezes juntava os vizinhos - que não tinham videocassete, frequentar a videolocadora nos finais de semana e nunca esquecer de devolver as fitas - REBOBINADAS - na Segunda, sem falta sob pena de pagar multa. Lembro dos filmes toscos que a TVS passava como A Gang dos Dobermans (de dobermans treinados para roubar bancos) e hoje as pessoas acham inacreditável que tenham feito um filme e com esse título...ahahahaha mas era um filme muito legal e tinha uma série que era muito massa, O Super Herói Americano sobre um professor muito desengonçado - e por acaso fora dublado pelo saudosíssimo Marcelo Gastaldi nos estúdios da MaGa dentro da TVS e o Ralph, o Super Herói do título tinha a voz do Chapolin. Ah...como era bom! Teve o lado não muito bom fora dessa área do entretenimento mas que foge do escopo do que o artigo aborda. Então...por tudo isso, pra mim, os anos 80 são de uma lembrança muito boa e tema de igualmente boas conversas entre os amigos.

Mas o que aconteceu nessa data ?É porque procurei na Wikipedia e não achei nada de relevante neste dia. Ah, teve a morte do Cliff Burton, baixista do Metallica... Achei que tivesse sido a explosão da Challenger, mas essa tragédia ocorreu em 28 de JANEIRO de 86.

E eu que tenho quase o dobro do autor do artigo e nunca fiz nada de notório na minha vida. ;/

Nunca ouvi falar. Homens e suas formas carinhosas de demonstrar afeto pelos outros...

kk

Eu lembro dos Planos Cruzeiro, Cruzado, Cruzado 1, Fila da Carne, a campanha pra estimular as pessoas a fiscalizarem o aumento de preços - que com a hiper inflação eram remarcados da noite para o dia - a famosa campanha "LIGA PRA SUNAB!LIGA PRA SUNAB!LIGA PRA SUNAB!' Coisas pré PROCON...É...realmente para os adultos não foi tão bom assim mas...teve o outro lado bom "para os adultos': o País vivia a "abertura" política e estava sentindo o gosto do que era voltar a ser uma democracia. Bons maus tempos aqueles, mas eu...como fui criança naquela época como o Rédibenguer ali em cima disse, bom, eu curti muito e sinto a tal da nostalgia oitentista bem forte.

Anos 80. Para muitos, a melhor década. A década mais criativa em se tratando de tudo: filmes, música, TV, games, quadrinhos, etc. Eu nasci em 86, portanto não pude curtir muito dessa maravilhosa época, porém me identifico com essa sensação de nostalgia por uma época que não vivenciamos. É algo que representa nossa identidade e personalidade. Já os anos 90, eu já pude curtir mais.. E posso dizer felizmente que tive uma infância inesquecível, em que ainda se brincava na rua, corrida de bicicleta, salada mista lol, esconde esconde , enfim. E ah, meu nintendo. Como eu era viciada!! Sem falar no jogo de botão.. Enfim, coisas que não voltam mais e que nada apaga. Fico feliz que em ver que muitos adolescentes estão buscando mais referências dos anos 80 e isso é mais um grande mérito de Stranger Things. Anos 80 é cultura pura e merece ser revisitado sempre. Mas é até engraçado mesmo. Vivemos a era da internet, da tecnologia e das redes socias.. Porém, vivemos ao mesmo tempo a era da nostalgia, em que tentamos resgatar essa época antiga de todas as formas.

Deve ter apanhado tanto que afetou seu cérebro, rs.

"Antigamente todos eram amigos de todos" Mentira.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Eu acho que posso responder a isso. Eu tive minha infância nos anos 80, e não tenho más recordações daquela época. Então, geralmente quando fazem uma homenagem a aquela época eu só tenho a sensação de nostalgia. Porém, em plenos anos 80 eu vi filmes e ouvi músicas de décadas passadas, como músicas dos anos 50 e 60, e filmes também de décadas longínquas da minha geração. Vi o King Kong de 1933 nos anos 80, vi o primeiro Star Wars de 1977 nos anos 80, a série do Hulk (que começou nos anos 70) nos anos 80, desenhos da Hanna-Barbera dos anos 60, a série do Batman dos anos 60 nos anos 80, joguei Atari 2600 nos anos 80 sendo que é um video-game dos anos 70. E digo, todas essas coisas que não pertenciam a década de 80 eu já achava fascinante mesmo não pertencendo a minha geração. Aliás, comecei a ver Chaves e Chapolin nos anos 80, que foi quando o SBT começou a passar as séries, e as duas séries são dos anos 70. Então, eu não curtia só coisas da minha época (como He-Man, Rambo, Freddy Krueger, RoboCop, Punky Brewster, etc), eu curtia coisas de outras épocas também. Acredito que a geração atual pode curtir as coisas dos anos 80 mesmo não tendo vivido aquela época da mesma forma que eu curtia coisas dos anos 30, 50, 60 e 70 quando era moleque. Até coisas dos anos 20 eu curtia nos anos 80. Meu tio, por exemplo, tinha em VHS toda a coleção de filmes do Charlie Chaplin. Toda vez que ele ia lá em casa ele levava algumas fitas pra gente ver. Eu comecei a ouvir Rock com Chuck Berry, Elvis, Beatles, todos de décadas anteriores aos anos 80. Hoje em dia então é MUITO mais fácil pras crianças e adolescentes terem acesso a coisas de décadas passadas, e eles podem curtir numa boa. Eu nunca tive preguiça com coisas de décadas anteriores a minha. Eu via o desenho do Popeye dos anos 30/40 nos anos 80. Via Tom & Jerry. Via os desenhos antigões da Disney. Não sei a geração atual, mas eu nunca tive preconceito com coisas de décadas de antes dos anos 80.

Tem uma coisa mercadológica a se considerar aí, né não? Eu, nascido em 80, estou nesse momento trabalhando, e sou parcela importante dos que estão economicamente ativos. Daí, todo mundo tem que dar um jeito de calar a boca e levar meu dinheiro! Não tem melhor forma do que ficar me lembrando de (e tentar me vender) coisas de quando eu era moleque. E é como vc falou....vc tem 20 anos, espere mais uns 5 ou 10 pra vc ver se não vão focar em você...

Um dos segredos do sucesso da MARVEL, também está ligado aos anos 80: se você reparar, TODOS os filmes da MARVEL tem uma pegada meio anos 80, parece ques os estúdios de cinema largaram mão de vez desse "feeling" oitentista, a MARVEL apenas emula essa jeitinho tosco de se fazer cinema que todos que viveram aquela época amam, eu sou um....

A grande sacada da Netflix foi fazer uma série para assinantes que viveram aquela época. Quem tem no mínimo 40 anos, vai se tornar assinante sem pestanejar.

Acho que têm o contato com esse tipo de história, que não é muito utilizado ultimamente, mas que marcou uma geração e que influencia muito nas produções e no estilo de vida atual, é como ver as origens disso. Espero que provoque interesse em conhecer gêneros e temas abordados na série, e que os estúdios vejam que ainda vale a pena fazer filmes nesse estilo, o último que tinha visto foi Super 8.

exemplo

Espero q não mais é fato que só piora mesmo, os anos 2000 era bem melhor

Antigamente na escola onde eu estudava na minha infancia, tinha uma brincadeira chamada "hoje não", que era basicamente comer o outro de porrada até o pobre infeliz dizer as palavras "Hoje não". O mais interessante que todos eram amigos e isso em nada atrapalhava a amizade de ninguém. Nao sei se alguém aqui conhece....hehehe...mas fico pensando como seria hoje em dia.

Phuta que pariu, piorar? ??? Espero que não

Era ao menos muito mais seguro para se criar filhos.

Eu passei minha infância na década de 70 e adolescência na década de 80. Creio que a década de 80, foi a mais sem pressão que tivemos, longe do liberalismo da década de 70 e sem a informatização da década de 90.

Eu imagino daqui 30 anos a gente falando os anos 2017... Como era bom, pois pelo jeito q esta só tende a piorar!!!

Acho q só perde essa nostalgia quem nasceu de 95 pra frente, mesmo as crianças q cresceu nos anos 90 pegou tudo esses filmes na TV, principalmente sessão da tarde e cinema em casa

Volta anos 80!!!! Disseram que o mundo iria acabar em 2000, e não foi tão errado assim.... está indo de mal a pior.

Como amei minha infancia, e detestei minha adolescencia, fico com os anos 80...rsrs Tenho lembrancas mais vivas da decada de 80 do que 90. Com 6 anos, me lembro claramente de estar na casa de um amigo procurando pelo cometa halley da janela. Lembro quase de detalhe por detalhe do que propriamente do meu primeiro beijo, este que deveria ser mais marcante...rsrs

Isso. Ahaha

É como se fosse um círculo vicioso e tals haha

tenho 37...a infância realmente foi nos anos 80...mas a curtição e começar a aproveitar a vida foi nos anos 90....porém, entre os anos 7o que não vivi e os anos 80 que vivi um pouco, prefiro a primeira opção...é estranho rs

Esse eu nunca vi por aqui. Esses outros eu já vi, mas não sei dizer sobre eles. O Ética eu me lembro de ter interagido com ele. Com os outros, não. Agora esse último aí nunca vi. Mas eu já notei sua insinuação. Cara, acredite, não tenho tempo pra isso. Eu acho até que já perco muito tempo aqui. Na verdade isso aqui é mais uma descontração. Mas ainda assim, ainda acho que perco tempo.

Ja li uma materia bem interessante dizendo que uma decada leva 5 anos pra ganhar identidade propria. Tipo: a decada de 70 morreu de fato em 85, que foi quando ganhou sua propria identidade, e a perdeu em 95.

Verdade

Eu acho que os anos 80 foi uma decada mais "voltada" a criancas e adolescentes do que adultos. As referencias sao maiores.

O adulto tem sempre mais dificuldades. Hoje sabemos a luta do dia a dia. É difícil para nós o hoje, assim como foi difícil para nossos pais.

Exato. Principalmente a primeira metade dos anos 90, pois aqui, o reflexo do final dos anos 80 ainda estava "chegando" para nós, em relação aos EUA.

Dr. Imaginação.

Em alguns casos, sim. Mas eu nem imagino do que você está falando.

Acredito que pra quem era criança e adolescente apesar das dificuldades para alguns e outros não, os anos 80 aqui no Brasil foi nostálgico, mas pra quem já era adulto naquela época não foi lá essas coisas não...

Sim e 2+2=5.

Tenho 36 anos. Minha infância foi nos anos 80. Os melhores desenhos passavam nessa época, entre outras coisas que tenho muita saudade. Mas entendo essa sensação de ouvir falar de uma época onde vc não viveu. Há um tempo atrás faziam isso com os anos 70.

Belo texto....tenho 37 anos e particularmente curti muito mais os anos 90 (e os acho melhor pois vivi com mais intensidade eles) porém, claro que nos anos 90 haviam muitos resquícios dos anos 80 pela proximidade de épocas, o que faz com que tudo seja interligado de alguma maneira...os anos 80 possuem "detalhes" que vivi quando era muito criança e isso são coisas que marcam

Guardiões não lançou tendência alguma. Essa tendência já existia muito antes.

Já falei nos tópicos de Stranger Things, o quanto a série conseguiu retratar o que para mim, foi uma década incrível. Ou melhor, década de 80 na influência sobre cultura geek, livros, cinema, quadrinhos e etc. Década de 90 reforçou essas influências e ainda acrescentou a música. Pois tivemos a transição do rock no final dos anos 80, para toda a onda "alternativa". O público curtia cada show como se fosse o último, nada de câmeras e celulares, nada de platéia morna como hoje em dia. Outros tempos.

Estou falando de um produto que lance tendencia e não uma vibe nostalgica qualquer.

Não os conheço.

Ética, DCNAUTA, Icelug, Fator Martha, Madruguinha, Gabriel Machado também devem pensar isso.

Eu sou bem nostálgico com os anos 80, mas não quero voltar no tempo, não. Deixa ele lá, me contento com as boas memórias.

Mas melhor seria um diálogo entre seus fakes.

Continuo afirmando que, por mais que eu nao tivesse esta percepcao total da nolstalgia e referencias dos anos 60, nao faz sentido afirmar que, uma pessoa nascida em 1980 nao curtiu a decada. Lembro-me de tudo. E nao soh das coisas boas. Mas das ruim. Digo que lembro mais da 80 do que da 90, por ser uma decada que nao curti muito. Na verdade, acho que os anos 80 foi uma decada mais voltada as criancas e adolescentes do que para os adultos. Bozo, Xou da Xuxa, Hora do Capeta, He-Man (talvez o simbolo maximo dos anos 80), album de figurinhas, o surgimento dos videogames e dos computadores domesticos, os brinquedos, balao magico...O entretenimento para as criancas era mais visivel do que para adultos.

Os anos 80 são cultuados desde 2000. Guardiões já é produto tardio desse culto. Até a Ética, DCNAUTA, Icelug, Fator Martha, Madruguinha, Gabriel Machado sabem disso e você, um mago, não saberia.

Essa onda começou de pra valer la em 2014 com Guardiões né

Concordo. Para as crianças era uma década incrível. As amizades eram valorizadas, a rua era um mundo, a família importava e o social também. O respeito aos os pais dos amigos como se fossem nosso pais. Violência era contida. E os adultos, com as suas dificuldades. Hoje também é assim, sabemos as dificuldades para criar um filho e manter uma família nesse mundo de hoje.

Ética, DCNAUTA, Icelug, Fator Martha, Madruguinha, Gabriel Machado... é hoje o dia de começar a falar mal da Liga... bem, vocês já falavam antes, dá na mesma.

Achei que que ia dizer que quem pensa diferente é apedeuta.

Nem que surgisse gente mala como você por causa do Disqus

Po Omelete, eu tinha postado um comentario falando dos filmes que eu sentia nostalgia aqui ontem, e hoje o comentario foi apagado ... Sacanagem.

Chato como um hater que passa o dia todo falando mal da DC e do filtro soturno do Snyder e ofendendo os outros com inúmeros fakes.

Você resumiu perfeitamente. o Lado humano era bom, mas o resto era muito ruim. Telefone e um ótimo exemplo. Muita gente não lembra que a telefonia era estatizada. Ninguem tinha telefone. Só rico, porque uma linha custava uma fortuna. As pessoas tinham que fazer fila pra usar aquele bendito orelhão vermelho. Que era um pra um bairro inteiro.

Sobre os filmes dos aos 80. Aqui está uam bela homenagem a eles que encontrei no youtube https://www.youtube.com/watch?v=FSMU-GarFwg&t=196s

só era melhor no sentido humano (de maior envolvimento com outras pessoas) e na segurança interna economicamente e na infraestrutura era um caos Meu pai andava quase 1 km atras de orelhão quando eu era novo

Exato. A nostalgia faz esquecer tudo o que era ruim, ressaltar o que era bom e de maneira idealizada. Por isso muita gente esquece de todas das agruras dos anos 80.

Fora que, existe uma coisa criada pelos românticos (filosofia moderna que dominou a cultura entre os fins do século XVIII e início do séc. XX) de que o passado ou o futuro foi/será melhor do que o presente... pois ninguém (saudável) sente nostalgia de coisa ruim...

Nos anos oitenta o transporte era melhor que hoje? Vc morava em outro pais, não no Brasil. O Transporte publico era um lix0. Não existia nem metro! Era tudo precário! Não tinha grandes congestionamentos, porque grande parte da população não tinha como ter carro, que era um luxo de difícil acesso devido a hiperinflação. O Brasil nos anos 80, do ponto de vista e econômico e desenvolvimento, foi um desastre completo. Tanto que pra analistas e a época aqui e chamada de a década perdida. Porque o Brasil não só não se desenvolveu como andou pra trás em relação a década passada.

Quando eu era adolescente nos anos 90 (fiz 12 aos em 1990) eu tinha profunda nostalgia pelos anos 70, porque a base do que gostava lá. Já anos 80 eu vivi, e não via a menor graça... mas hoje, às portas dos 40, amo a época de minha infância.

Os caras não soltam logo a crítica para travar esse site kkkk

A melhor década da história.

Os tempos eram outros. A geração 80 era mais rústica e forte. A atual é frágil e delicada como bolinhas de sabão. Antes as palavras fortaleciam. Hoje palavras machucam. Antigamente todos eram amigos de todos não importando etnia, gênero, tribo, adiposidade. Hoje odeiam o diferente, só se é amigo se tiver a mesma linha de ideias e doutrinação.

A, to tranquilo aqui em.. mas parece ter sido legal.

Melhor época para ser nerd é agora(menos de 24hrs para estreia de LJ).\0/

Digo o mesmo da sua, otário.

cês eram hardcore mesmo em, caramba

Huum legal, ngm liga...kkkkkkkkkk

Don't worry be happy ! ;)

pode crer kkkk

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus