Riverdale
Séries e TV - Comedy
Riverdale (2016)
(Riverdale)
  • País: Estados Unidos
  • Classificação: Não definido
  • Estreia: None
  • Duração: indisponível

Riverdale - 1ª temporada | Crítica

Mesmo problemática, seriado da Turma do Archie acerta a mão nos personagens

A CW já dominou o gênero de heróis na TV mas seu lado de séries adolescentes, raíz do canal, anda deixando a desejar quando se trata de conteúdo inédito. Alguns novos seriados foram pensados para solucionar isso, mas apenas um sobreviveu à alta demanda do público, ganhando até mesmo uma renovação: Riverdale, a adaptação televisiva de A Turma do Archie.

O seriado apresenta uma versão sombria dos quadrinhos, acompanhando o desenrolar de um estranho assassinato que impacta a vida de todos os moradores da cidade. Rapidamente descobrimos que as coisas não são como aparentam, e que todo mundo tem um podre a esconder. É a mesma abordagem utilizada na icônica Twin Peaks, grande influência visual e de tom para o seriado. O que diferencia Riverdale também parte da mesma ideia que David Lynch aplicou em seu clássico de 1990: a mistura de gêneros.

A trama foca-se no cotidiano de Archie (K.J. Appa) e sua turma de amigos, abordando temas como intrigas entre famílias, ansiedade e, é claro, relacionamentos. Por mais que isso seja maçante para muitos, o programa apresenta personagens com carisma o bastante para te manter interessado mesmo com os problemas mais mundanos possíveis

Além disso, a morte de Jason Blossom (Trevor Stines), fio condutor da narrativa, raramente é deixada de lado. A busca pelo assassino do garoto serve como tópico de debate e motivação em quase todo capítulo, sempre avançando o enredo ao mesmo tempo que desenvolve os protagonistas. Riverdale consegue alcançar um bom balanço entre uma história de investigação e drama adolescente.

É claro que isso não significa que não há erros. Enquanto o carisma dos personagens disfarça, é complicado não notar o quão limitado o elenco é. Frequentemente a história toma rumos dramáticos que os atores não estão preparados para enfrentar. Isso resulta em cenas sem emoção, no melhor dos casos, e lamentáveis, no pior.

Isso não se aplica à todos. O núcleo adulto, vivido por atores de séries de TV clássicas como Luke Perry (Barrados no Baile) e Mädchen Amick (Twin Peaks) e de filmes como Skeet Ulrich (Pânico), assume o papel dos pais dos adolescentes e traz performances de respeito, acertando a mão nos que os jovens erram. Jughead Jones, interpretado por Cole Sprouse (Zack & Cody: Gêmeos em Ação), também é um grato destaque. O menino consegue passar o ar excêntrico e misterioso que o personagem necessita, carregando o enredo sozinho por muitas vezes. Infelizmente seu caso não é regra, e os demais intérpretes deixam a desejar.

O roteiro também não ajuda. Os primeiros episódios são altamente explicativos, constantemente abusando da capacidade de compreensão do espectador ao encaixar toneladas de informação em diálogos supostamente comuns. Por mais que eventualmente a escrita encontre sua voz, não é difícil dar de cara com falas vergonhosas mesmo nos momentos finais, como o infame discurso de Jughead durante sua festa surpresa.

Cherryl Blossom (Madeline Petsch), irmã da vítima, é um ótimo exemplo disso: durante toda a série a caracterização da garota é inconsistente, fraca e difícil de crer, apesar dela ter potencial para ser um dos rostos mais marcantes da narrativa.

Riverdale surpreende pelo bom equilíbrio entre gêneros, ótima qualidade artística e personagens divertidos e marcantes, porém há muito o que melhorar. Conversações mal escritas e atuações medianas não passam muita confiança para uma segunda temporada, ainda mais com um gancho final pouco convincente e gratuito.

A suposta introdução de elementos sobrenaturais talvez leve o programa em direções mais interessantes. Se não for o caso, a história da cidade e seus habitantes foi cativante o suficiente para 13 episódios agradáveis, ainda que problemáticos.

Nota do crítico (Bom) críticas de Séries e TV
 

Não sei o que dizer dessa série, eu juro que fiquei esperando Charlie brawn jr tocar na intro para justificar as atuações.

Assisti só um episódio, não curti.

credo kkkkkkkkkk

Nem um nem outro KKKKK Eles cantam pouquíssimas vzs,mas em Glee pelo menos é super produzido com pessoas que sabem cantar (90% né KKKKKKKK) A série é para um público alvo bem jovem,as não acho que inova em qualquer aspecto da TV.

vixiii... é um Glee misturado com Malhação então

Jughead é insuportável! O que ele diz é chato, a toquinha que ele usa é ridícula, seu drama familiar é um porre. Enfim: um adolescente típico. A ideia dele narrando os episódios é digna de um prêmio "Jerico of the Year". No mais, grande crítica do Eloi. Riverdale é isso: muito potencial, muita promessa, execução precária.

O roteiro é paupérrimo, a única coisa que salva são os atores. Só vejo promessas boas naquela série.

O final da série todo envolve isso, sem contar o gancho enorme deixado pra season 2 fazendo com que o clima fique extremamente pesado numa sequencia

Pelo pouco que eu assisti, essa série parece ser o novo sucesso da CW. É legalzinha até. E também acho que Riverdale tá lançando alguns atores promissores como a Camila Mendes.

Eu particularmente acho a Lili Reinhart, a ótima Betty, segura muito bem a personagem, além de ser o destaque da série! Bem oposto do KJ, já que seu Archie é bem apático e sem nenhum protagonismo. Fora que o elenco adulto é incrível! CW acertou dessa vez

Nãã..a série que é ruim mesmo.

Velho eu sou muito tapado. Já vi esse vídeo umas 200 vezes , ainda mais depois da versão de Sugar, Sugar que teve na série. E ficava me perguntando quem era a tal Sabrina da barraca do beijo KKKKKKKKKK Agora me toquei quem é a tal Sabrina (Porque você disse HaHaHa) e vi que ela usa magia no vídeo também. Tudo faz sentido.

Vc está velha

O pessoal anda pegando muito pesado hoje em dia........ não da para esperar que todo mundo seja um Anthony Hopkins, Adrien Brody e etc, rs Não digo que essa é a melhor série, mas ela cumpre bem o seu papel A maioria dos atores é um pouco inexperiente ainda, mas mesmo assim eles compensam com carisma que é muito importante, muito mais em series com a temática mais teen que visa um público que a siga em rede social, compartilhe conteúdo e talz. Além disso, como foi falado no texto ela mistura bem a investigação do crime com coisas mais banais e isso deixa a série dinâmica. Para um público mais velho que já assistiu 1 milhão de séries de High School pode não apreciar tanto, mas para a galerinha mais nova acho que vão curtir sem problemas. Agora só esperar para a segunda temporada e esperar um aprimoramento.

A sabrina apareceu no do desenho https://www.youtube.com/watch?v=h9nE2spOw_o

A sabrina apareceu na epoca do desenho https://www.youtube.com/watch?v=h9nE2spOw_o

Eu não gosto nem desgosto da Elena. Ela ser sonsa faz parte do personagem KKKKKKKKL Momentos como a morte do irmão dela na serie, a atuação dela estava no ponto!

Espero que façam outra série da Sabrina... será que rola um crossover? kkk

Penso da mesma maneira. Geralmente essas séries voltadas para adolescentes são bem fracas, tirando algumas, como a excelente Freaks and Geeks dos anos 90 ou a 13 Reaons Why lançada recentemente, que apesar de não ser uma exceleeente série, pelo menos discute conteúdo importante na história, diferente da maioria das séries teens de hoje.

Não acompanho essa, mas vejo as pessoas falando bem. Deve ser mesmo.

Confesso que não gosto da Nina, mas preciso concordar que ela é uma exceção. Conseguiu interpretar cada personagem de forma única (incluindo a insuportável Elena - desculpa se tu curte o personagem). Mas, generalizando, são poucos os que se destacam. Em TVD mesmo, ela é a única do trio de protagonistas que tem uma atuação diferenciada.

Até que se fizerem isso de uma maneira não forçada seria bastante interessante de ver. Se tem nas HQs é válido.

Putz! Eu já assisti a série da Sabrina , mas não sabia que a personagem fazia parte do mesmo universo da turma do Archie nas HQs.

acho que jane the virgin é a exceção

Nossa, sabrina não merece isso.. Alem de fazerem um remake ainda querem meter nessa série. medo

E os momentos musicais? Tipo o amor do Archie pela música é muito dificil de acreditar sabe, e as músicas cantadas...mds ;O É de sangrar os olhos e ouvidos. Os pontos altos da série foram os que envolveram coisas mais obscuras e sérias.

Eu tive de ir conferir se era ele mesmo.

melhora depois, quando eles param de ficar apresentando a trama

Nos quadrinhos a Sabrina é da cidade vizinha a Riverdale e volte e meia tem crossover, a hq pelo que entendi tem seu sucesso mesmo que pequeno.

Poh4 cara, Vampire Diaries teve uns momentos ótimos de atuações...nao de todos é claro. Mas Nina Dobrev interpretou umas 5 personagens diferentes,e bem críveis por sinal.

acho o pior do elenco²

sério? Não sabia disso...adorava o seriado da Sabrina.

Menino, vi 5 episódios e abandonei. Parecia que estava vendo um looping infinito de um mesmo episódio. Não sei se to velho pra dramas adolescentes, mas esse não tem NADA que chame a atenção além de rostos bonitos. História, roteiro, tudo fraco. Momentos tão clichês,que me pergunto como tiveram coragem de por aquilo na tela? A incosistência também é marcante nos personagens. Dessa série passo longe.

Oque teve de supostamente sobrenatural até agora foi a Vovó mecha ruiva que previu a gravidez de um casal de gemeos da Polly.

Sabe uma série chamada Sabrina aprendiz de feiticeira? do fim doa anos 1990, inicio dos anos 2000? é baseada na personagem Sabrina da turma do Archie. Isso pode levar a introdução de elementos sobrenaturais na segunda temporada ou a uma série nova da Sabrina

O showrunner quer colocar a Sabrina (a aprendiz de feiticeira) na segunda temporada, trazendo alguns elementos sobrenaturais (existem nos quadrinhos do Archie) https://omelete.uol.com.br/series-tv/noticia/riverdale-sabrina-a-aprendiz-de-feiticeira-pode-aparecer-na-adaptacao-de-turma-do-archie/

Como assim "A suposta introdução de elementos sobrenaturais"? Alguém que estiver sabendo algo a respeito , por favor diga.

não vi a série, mas lembro que ele era péssimo ator antigamente, e olha que na época eu era criança e pré adolescente, a atuação dele era tão ruim que eu já notava naquela idade.

"Rapidamente descobrimos que as coisas não são como aparentam, e que todo mundo tem um podre a esconder. É a mesma abordagem utilizada na icônica Twin Peaks, grande influência visual e de tom para o seriado" Discordo. Lynch nunca faria um visual tão afetado e adotaria o tom de Riverdale.

Talvez seja o pior do elenco.

Discordo quanto ao Cole Sprouse,acho o ator limitadíssimo.

O problema da série é a quantidade de diálogos fracos. De fazer inveja às novelas da Globo.

Os atores mais veteranos ja foram mais jovens e crus tb. O cara do barrados no baile era o suspiro da galera nos anos 90 mas atuava mal pra calicula.

Cara eu só quero que, caso alguem tenha oa episodios de archie e seus misterios, compartilhe comigo por favor. Era minha infancia esse desenho

"CW" e "bons atores" não combinam na mesma frase hahaha mas, no geral, gostei bastante da série. Consegue se diferenciar bastante de outras séries teens.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus