Vídeos
Entrevistas
.

TV e Internet estão enterrando o cinema?

Selton Mello comenta seus novos projetos e conta como seria se fosse Youtuber

Selton Mello Youtuber? O ator, diretor e dublador não para de criar, e neste OmeleTV nós conversamos com ele sobre O Filme da Minha Vida, a animação Lino, sua série na Netflix, Hollywood e, por que não, vídeos na Internet. Ele conta o que acha dessa história de que a TV e o YouTube são o "novo cinema".

Assistir um filme no cinema é uma experiência sensorial coletiva, por isso uma sessão do mesmo filme é diferente da outra. Isso faz com que o cinema seja uma experiência única, por isso nunca irá acabar. Acho que a tecnologia é que esta deixando os cineastas mais acomodados... Assistindo a faixa de comentários de diversos diretores, comentando filmes das décadas de 70, 80 e 90..., vc chega a conclusão de como existia a necessidade de superação por falta de recursos de efeitos tecnológicos. Os caras tinham de ser mais criativos pra resolverem os pepinos do Set de filmagens. Richard Donner relata os vários desafios que teve ao filmar o Superman de 78, desde os figurinos de Krypton que foram desenvolvidos com papel laminado, até efeitos óticos que tiveram que desenvolver para fazer um homem voar. Até o publico tá bitolado nessa coisa do CGI... - Oh, esse CGI tá muito tosco... Parceiro, foi criado o critico de CGI. E é muita comodidade pros diretores, os caras tão refazendo filmes aos 45 do 2º tempo. Cade a criatividade narrativa, a emoção que assistimos vendo um ET, o terror de um Exorcista ou A Profecia, a ação divertida com um Duro de Matar... Quando vc ve idolatria a Michael Bay, Snyder, Paul W.S. Anderson, J J Abahans... tu chega a conclusão que tem muita coisa errada. Os caras com todos os recursos orçamentarios e tecnológicos, e ainda fazem filmes ruins... que preguiça são esses tempos contemporâneos.

Enquanto existir dinheiro público pra esses vampiros sugarem ele estará por aí.

Massificação. Estamos caminhando pro Mojoverso.

O que pode derrubar o cinema são os conteúdos de streaming, se tornando assim a nova plataforma, ainda mas com lançamentos de tecnologias de video de alto resolução para uso domestico

Pirataria é crime!!

É o próprio cinema q está se enterrando...excesso de remakes, de continuações, de reboots, de prequels. Falta cinema autoral, falta bons roteiristas, boas trilhas sonoras, etc etc etc

Vc acertou. Existe cinema pra tudo... O pior é aqueles que só veem cinema comercial e quer ser dono da razão, como o Whygson faz.

A televisão nacional sempre foi maior que o cinema nacional

Voltou este ano, com uns dois filmes que são muito bons

Na minha opinião, falta também criatividade, já que a maioria das ideias boas (e ruins) para filmes

É verdade nas salas de cinema têm muitos frescos dá classe A como você!!!!!

não vai ser enterrado...mais já não tem a força que tinha antigamente..

Não são a tv e a internet que estão enterrando o cinema.. É a própria incompetência do cinema que não está sabendo competir.... Falta originalidade..por isso vemos os excessos de Remakes.. sendo que bem poucos que realmente valem a pena... no cinema nacional, a enxurrada de comédias... nos cinemas.. poucas sessões com filmes dublados..excesso de filmes em 3D sem necessidade, somente para ter mais dinheiro, então como o pessoal hoje tem mais opções de escolha.. vai deixando o cinema para quando o filme é realmente bom..

Não

Nem entrei na questão que você observa: As pessoas que gostam de filme legendado são na maioria de uma classe social mais alta e pelo visto, essas pessoas devem sofrer ver um filme na mesma sala que o filho da empregada. Nesse sentido, as pessoas que gostam de ver filmes legendados não vão ao cinema porque não querem assistir com o "filho da empregada"? Ou seja, além de um preconceito que não tem pesquisa alguma em que se basear, dá a entender também que os "filhos da empregada" são preguiçosos e não querem ler legendas. O que a gerente nacional te falou não corresponde à realidade, se ela imagina que o cinema está perdendo público por esse preconceito absurdo. Está perdendo porque a maioria dos filmes (blockbusters, animações, terror, comédia) se destina à faixa entre 10-16 anos, que é o que sustenta hoje em dia as cadeias de cinema.

Exceções existem, como "Dunkirk". E em certos casos de franquias famosas os caras dão colher de chá. Em Macaé, "Rogue One" legendado foi colocado em horário nobre (19h30), pois é sabido que os fãs prezam esse detalhe.

Achei até estranho que "Dunkirk" foi exibido predominantemente legendado nos cinemas.

Vai numa sala de cinema que descobre.

Assim como o cinema nunca destruiu completamente o teatro. Essas formas de comunicação e entretenimento vão conviver, mas o fato é que elas vão desbancando as modalidades de sua importância social, por assim dizer. O teatro hoje, por exemplo, é um tanto elitizado e o cinema nos anos 1990 chegou a ser intolerante m regiões interioranas. Entretanto, o cinema se tornou um pouco mais popular pora conta da economia de escala das redes de cinemss que hoje oferecem seus serviços ao público.

Isso faz parte do que falei, classes C e D tem menos educação. O que afugenta os consumidores de filmes legendados, A, A+, B e AB.

Leitura é fator social. Deveria dar uma pesquisada no IBGE.

Digo Deadpool aqui foi 16, mas teve o mesmo problema.

Estão enterrando? JÁ enterraram, considerando o papel que o cinema representava outrora. Hoje, cinema é um "evento social" como o teatro, diferente do meio de comunicação que até chegou a ser. O cinema "enterrou" o teatro e o circo A TV "enterrou" o cinema. A Internet está "enterrando" a TV.

Não! o motivo real é a que falei. Quem quer atingir essa faixa são os estúdios. Afinal, o exibidor não tem poder de alterar a faixa etária de um filme. Deadpool que era 18 anos teve o mesmo problema.

Esse Selton Melo ainda está na ativa? Pensei que tivesse desistido há tempo!

*prezo

Admiro muito o Selton Mello desde o Emanoel Faruk, em A Indomada (1997). Tudo o que ele faz é irretocável. Vocês precisam fazer mais entrevistas no estúdio assim.

Isso já tinha começado na época das locadoras. A procura por dublados era sempre maior e essa praga foi pros cinemas também. Filme dublado é uma m...

Quem perde é o cinema; esse público que o mantém hoje em dia logo vai sumir quando as distribuidoras lançarem os filmes ao mesmo tempo na internet, o que não está longe de acontecer. Cinema, daqui a uns anos, possivelmente existirá apenas para blockbusters e filmes indicados a Oscar.

Essa gerente nacional deve saber que filmes hoje só querem atingir em média faixa etária 10-16 anos.

Cinema hoje em dia é praticamente apenas para a faixa etária 10-16 anos. Depois ainda reclamam que a maioria não quer mais ir às salas.

mesmo problema aqui o cinecercla na minha cidade, legendado só a tarde

Detesto comida no cinema, balas, celular, selfies!!! Esta geração não sabe se portar numa sala cheia. Imagina numa sessão dublada com barulho.

Não é fator social o povo não lê é preguiçoso. Pergunto para os meus amigos: Você lê algum livro? Não detesto. muitos reclamam que não conseguem ver a ação direito e ler a legenda. Tudo desculpa esfarrapada!!! E os SURDOS como ficam? Meu primo depende da Legenda no cinema.

Concordo. Os donos de cinema não estão entendendo o cenário atual. Se mantiverem a ganância, vão rodar.

O cinema brasileiro nunca precisou de internet ou televisão para se enterrar.

Frequento cinema desde o final dos anos 80 aqui onde moro já existe um cinema com todas as sessões dubladas, como o dono relatou pra mim:"Devido a ALTA procura do público este cinema só passa filmes dublados, isso acontece a 2 anos. O Outro que é o do único shopping da cidade que priorizava os legendados, começou à alguns meses a diminuir o número de sessões legendadas, ontem foi a gota d`água quando assisti o IT às 16 horas, reclamei com o gerente, mandei mensagens para o cinema. PALHAÇADA SE O POVO É PREGUIÇOSO PRA LER UMA LEGENDA, os que gostam pagam o pato.

kkkk... ta ai o comentário de quem entende.

Sei não héin ? Essa tendência da tecnologia de você poder ver o que quiser a hora que quiser, ainda vai mudar muita coisa na indústria.

cinema so n faliu pq tem povo ralezao e burro pra ver todo filme botam akele humor ensosso e forçado chega ser ridiculo essa industria so filmes horriveis

Veja isso! Que cena real de tiro mano!!! Vídeo da câmera corporal de um Policial mostra tiroteio tenso em Glendale, Arizona https://youtu.be/ISZkVt2MmXM

Celular eu deixo no silencio, mas não desligo porém não pego nem para ver as horas. Uma coisa que odeio nas sessão e pessoas conversado na sessão ( It tinha muita gente conversado ) ou pessoais gritando quando aparece algum personagem ou coisa e tal.

Não dava para esperar coisa melhor de um país que o aluno bate na professora. E parte do povo aplaude.. E isso vale para todas as classes sociais.. Não se educa em casa. E nem na escola.

Ainda bem que na minha cidade tem muita sessão legendadas, pois eu presso muito por filmes legendados especialmente os que concorre ao oscar. Hoje o que me incomoda no cinema são os filmes 3d, quando o filme tem esse recurso, não fica uma sala disponível em 2d do filme.

Não acho que seja tanto por classe social, mas sim por falta de educação da novas gerações.. E admito que é maior nas classes menos favorecidas. E um tal de falar no cinema. Ligar celular.. Isso desmotiva o verdadeiro cinéfilo. Eu jamais vejo o cel no cinema. Na verdade devo ser um raro exemplo de quem segue a regra de desligar. Uma vez no unibanco(Atual itau da augusta)chutei o banco e dei um esporro no cara da frente.. Por ficar com a tela brilhante do cel ligada.. Como sou altinho,1.86 e era meio fortinho.. Nego fica quieto..mas não faço mais isso.. Teria de brigar com meia sala..

Sou o filho da empregada quero saber que preconceito é esse!!!!!

Falaram a mesma coisa com o surgimento da midia visual no inicio do Seculo XX, e com o lançamento da TV a cores, mas o cinema só se fortaleceu de lá pra cá, o cinema nunca vai ser "enterrado", ele sempre será bem presente no mundo. Cinema, TV e Internet iram sempre coexistiram.

O públicos desses filmes é que está sumindo. As pessoas que gostam de filme legendado são na maioria de uma classe social mais alta e pelo visto, essas pessoas devem sofrer ver um filme na mesma sala que o filho da empregada. PS: Sou colega de um gerente nacional de uma importante produtora de exibição do Brasil e infelizmente, esse é o fator que determina a maioria dos filmes serem dublados.

O novo do Tom Cruise, 0 legendado.

Nem mais nas últimas sessões tem filme legendado. As sessões legendadas estão sumindo.

Aqui onde moro duzentas sessões de "It", nenhuma legendada.

Eu acho vc acordou do coma recentemente né?.. Desde 2010/11 as dubladas predominam nos cinemas de SP. Sessão legendado só nas últimas sessões a noite e poucas salas.. Infelizmente..

Demais! Selton é um artista incrível!!

E o pior já está acontecendo: Predomínio de sessões dubladas no cinema. Palhaçada no CineFlix única sessão legendada às 16 hrs da tarde. Estão me correndo do cinema por causa disso.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus