O Espetacular Homem-Aranha - Omelete Entrevista Andrew Garfield, o novo Peter Parker

Ator fala da importância do herói na sua vida e por que a origem do personagem deve ser recontada

Durante a Comic-Con 2011, um dos painéis mais aguardados foi o que mostrou elenco e cenas de O Espetacular Homem-Aranha, filme que vai relançar o Amigo da Vizinhança nos cinemas, agora em 3D, interpretado por Andrew Garfield (A Rede Social) e dirigido por Marc Webb ((500) Dias com Ela). Antes de ir para o palco da sala H, o ator inglês parou para conversar com o Omelete e falou sobre a importância do herói na sua vida e porque ele acha que a origem do personagem deve ser recontada mais uma vez.

O que este Peter Parker tem de diferente de qualquer outro Peter Parker que já vimos nos quadrinhos e em tudo mais?

Peter Parker foi um dos meus personagens fictícios mais queridos que tive durante a vida. No meu primeiro Dia das Bruxas, eu tinha 2 anos de idade e me fantasiei de Homem-Aranha, e eu comecei a ler os quadrinhos dele assim que aprendi a ler. E quando cresci e percebi que era um garoto magrelo, e tinha ganhado um corpo magrelo, aquilo para mim não fazia sentido algum, porque eu achava que deveria ser fisicamente mais forte. Então, por dentro eu me sentia forte, mas por fora aparentava ser um fracote. Tipo: por dentro eu era um leão, mas por fora eu era um macaco-aranha. E Peter Parker também é assim para mim. E há esta fantasia se concretizando, esta fantasia pura e pessoal que cada garoto magrelo possui, de querer ficar mais forte. E Peter Parker, Homem-Aranha e as criações do Stan Lee têm inspirado minha vida, pessoalmente falando. Então, quando entrei nisso, eu me senti equipado, de certo modo, pois ele tem vivido dentro de mim por tanto tempo, assim como dentro de milhões, bilhões ou inúmeras pessoas. Mas eu também sinto um grande peso nisso.

E por que vocês estão contando a história de sua origem novamente, sendo que todos já conhecem a história do Homem-Aranha? Por que você acha importante conhecer a história, recontá-la?

Sim, é uma ótima pergunta. Houve muitas versões das histórias em quadrinhos, e houve muitas versões do desenho animado da TV. Esta é só uma nova versão dos filmes. Os três primeiros filmes que Sam Raimi fez, nunca serão esquecidos por fã algum. E especialmente por mim. Como parte do legado do Homem-Aranha, aqueles filmes significaram muito para mim. E a performance de Tobey também significou muito para mim. Eu ficava na frente do espelho tentando imitar a forma como ele dizia algumas falas, mas eu nunca consegui direito.

Então, eu acho que os quadrinhos e os filmes são como mitos modernos. E acho que eles guardam temas universais sobre o que é ser humano, coisas das quais precisamos ser lembrados, várias e várias vezes. Acho que este esforço que Peter Parker passa por ser um garoto normal, como todo mundo, é que leva o mundo a se espelhar nele. Tudo isso só acontece porque ele é como todos nós. Não é diferente de ninguém. E é por isso que, para mim, ele é o super-herói mais importante.

Mas eu acho que... eu realmente aprecio muito que a história esteja sendo recontada, mas é claro que nós estamos abordando de uma maneira diferente. Marc tem uma outra "pegada". Ele está deixando o filme mais pé no chão, realista e energético do que os três primeiros filmes.

Muito obrigado.

O Espetacular Homem-Aranha, dirigido em 3-D, estreia em 3 de julho de 2012

Leia mais sobre Homem-Aranha
Leia mais sobre O Espetacular Homem-Aranha

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus