Queremos explodir os velhotes do Oscar! | OmeleTV

Ou como Mad Max é muito mais filme que O Regresso

Mesmo antes das discussões sobre preconceito, o Oscar já está visivelmente caduco no que se refere ao perfil de filmes que costuma privilegiar. Neste bloco, colocamos Mad Max e O Regresso para brigar e comentamos como o prêmio ignora mesmo o cinema-pipoca mais bem feito e competente.

OmeleTV é o programa do Omelete que vai ao ar de segunda a sexta-feira. Na sexta-feira, você confere a nossa já tradicional live no YouTube, comentando assuntos ainda mais quentes.

Pra você que tem o costume de assistir a todos os blocos na sexta-feira, sem problemas: a playlist estará disponível como sempre.

Se gostou do programa de hoje dê um "joinha" lá no vídeo e saiba que tem muito mais lá no nosso canal youtube.com/omeleteve. Clique em "Assine" (ou "Subscribe").

Para assistir ao programa sem pausas, clique aqui e tenha acesso à nossa playlist!

Comentário perfeito.

Mas é exatamente isso que o video está criticando. Primeiro pq ele não é um bom filme de ação. Ele é um EXCELENTE filme de ação. TUDO na ação dele é acima da média. E depois por que pra quem sabe ler nas entrelinhas, ele não é SÓ um filme de ação. Tem muita coisa profunda na jornada dos personagens.

Pois eu acho que uma das maiores qualidades de Mad Max está no fato de que é um perfeito blockbuster de ação e entretenimento e nem por isso é raso, e também na simplicidade do roteiro. Não só por ser simples, mas por ser simples e construir de forma verossímil e coerente seus personagens. Acho um pouco inconsequente dizer que ele não tem um roteiro trabalhado. O silêncio dos seus personagens diz muito, ele conta a história deles sim, não conta apenas a sequencia de acontecimentos do filme, mas conta as jornadas de seus personagens, principalmente a do Max, da Furiosa e do Nux. O filme é feito de poesia visual e narrativa também, e trata de assuntos mais abstratos e pessoais como redenção, objetivo e busca, mas também aborda coisas como consumismo exacerbado e machismo. Fiz um texto sobre isso no meu blog... http://scriptovisual.blogspot.com.br/2015/07/sobre-o-filme-mad-max-estrada-da-furia.html

Adorei Mad Max! o melhor filme de aventura dos últimos anos, mas o filme se apoia totalmente em sua direção unica e sua técnica espetacular, dizer que ele tem diálogos magistrais, que tem um roteiro trabalhado e uma história relevante, isso com certeza não tem, sua força vem de suas imagens. Meu preferido é Spotlight, ainda não vi O regresso, mas essa birra ridícula com o diretor é um pastiche... a primeira qualidade de um critico é ser neutro, analisar a obra pelo que ela é, o que acontece fora, quem, como e quando foi feita não importa, isso é arte, o produto atemporal criativo que vai se perpetuar durante os tempos então vamos comentar a obra por favor?

Eu coloquei o título em francês pq não lembrava como escrevia "Belleville", só o nome do diretor, joguei no google e apareceu em francês, aí eu dei ctrl C + crtl V, simples assim rsrs. Olha, eu amo Procurando Nemo, de verdade. Mas animação não precisa ser necessariamente um filme pra criança. E mto embora eu admita que a Pixar/Disney fazem coisas de mta qualidade, ainda assim os filmes que eu citei trabalham mais a forma e o conteúdo, permitem diversificar a arte da animação e conferem um aspecto mais autoral para os diretores. Além do que, eu realmente acho "O Ilusionista", "As Bicicletas de Belleville" (satisfeito? rsrs) e o "Menino e o Mundo" filmes lindos e maravilhosos que deviam ser divulgados para toda gente assistir e que merecem mais o oscar do que Procurando Nemo...

Por que colocar os títulos em francês? Escreve "As Bicicletas de Belleville" e "O Ilusionista". A propósito, "Procurando Nemo" não fica devendo em nada a essas duas animações. O que me parece é que você carrega uma certa "pretensão" em querer preferir obras mais, digamos, obscuras e desconhecidas, já que eu não devo conhecer nenhuma criança que viu "As Bicicletas de Belleville"

Obrigada pelo comentário! Muitos dos membros da acadêmia nem sequer assistem as animações indicadas, muito menos os curtas de animação. Votam só no que os filhos deles viram e gostaram ou o que vende bonecos em todo lugar, é uma vergonha. Tratam animação como se fosse coisa de criança enquanto muita coisa boa sendo feita acaba ficando no esquecimento.

verdade só espero coerencia quando forem abordar o tema, e fujam do politicamente correto !!!

Concordo com a crítica ao oscar, mas para mim Mad Max não seria nem indicado. O filme é péssimo, tive que me esforçar muito pra não deixar de assistir no meio.

Hahahahaha vc vai achar a minha resposta meio simplória comparada a sua elaborada teia de pensamentos e conhecimentos antropológicos, sociais, históricos, etc. Aliás, mais do que isso, talvez vc utilize algum termo como “pensamento mágico”, quando na verdade quer dizer “história da carochinha pra manipular o boi e fazê-lo dormir” rsrs. Mas já que vc me perguntou, seria pouco educado não responder né? rsrs. Eu concilio da mesma forma que William Wilberforce no filme Amazing Grace (Jornada Pela Liberdade, em português), já assistiu? Obs1: protagonismo feminino nem tanto, só se for no sentido da mulher ter real relevância para a história, se vc ler minha resposta pro outro carinha vai perceber que não estou tão preocupada em ver mulheres na primeira capa, papeis principais, à frente de homens, etc. Palavras como “empoderamento feminino” podem nos presentear, mas tbm podem ser bem falastronas. Pra mim, interessa que haja personagens bem construídas e complexas, além de espaço para que as mulheres tbm possam criar, seja como roteiristas, diretoras, produtoras, etc. Pelo simples fato de que mta coisa boa e de qualidade se perde por não haver um certo “equilíbrio” (eu não sei como chamar) nas oportunidades, como tbm acontece com negros e outros. Obs2: E esse negócio da mulher que não é uma dondoca burra feito uma porta, mas sabe usar um sabre de luz/metralhadora/varinha mágica se for necessário, acho bem válido tbm rsrs. Agora, na real, sobre representatividade e tentar diminuir desigualdades e injustiças sociais, eu não tenho uma preocupação propriamente social ou revolucionária, são temas que me importam na medida em quem me importa o amor pelas pessoas, cachorro, papagaio ou árvore, pelo próximo de uma maneira geral. Eu acho que nós devemos fazer tudo quanto for possível pra diminuir e amenizar os sofrimentos causados e padecidos pelos seres humanos. E não se trata apenas de uma obrigação moral, mas de uma compaixão que só quem já recebeu e viveu na pele, de maneira totalmente imerecida, sabe como vira do avesso seu mundo e a forma de olhar as pessoas, tornando a indiferença um peso impossível de carregar. Desculpa se te dei a ideia de uma “natureza humana” cuja transformação nunca se dará. Acredito em transformação. De fato, eu mesma me considero uma “prova factual”, com o perdão do pleonasmo, de que apesar de todos os meus estudos, os princípios dados pelos meus pais, as leis e códigos que regem a sociedade, apesar do Médico que tenta esconder e a abafar o Monstro, há violência em mim, há espaço para fazer a alguém o mal que eu não quero e deixar de fazer o bem que eu quero, há luta, mas tbm há transformação, todos os dias. Só não acho que essa transformação seja uma verdade na vida de todos os seres humanos, embora esteja acessível ao mundo inteiro. Talvez vc ache mto pretencioso ou metafísico da minha parte, talvez seja rsrs. Mas não precisa se preocupar com “visão determinista”, não se trata da inferioridade ou superioridade de qualquer cor, raça, etnia ou credo. Eu mesma não me considero superior a quem quer que seja, ou pelo menos, procuro me lembrar constantemente de que definitivamente não sou superior a quem quer que seja. Mas acredito numa força superior e transformadora cuja chave motriz é o Amor, ao qual nem todos recebem e praticam. Então, sim, eu acho que existirá barbárie, guerras e violência até o fim (da Terra), não porque a mudança não seja possível e acessível, mas por acreditar que o primeiro ato de violência na história da humanidade se deu no interior de uma família, de um irmão para com o outro, não por causa de terras, mercadorias ou quaisquer propriedades, mas por sentimentos de inferioridade, inveja, ciúmes, raiva, coisas que nem a mais igualitária distribuição de bens ou oportunidades no mundo poderia curar mesmo em 10 bilhões de anos. Ele foi avisado, teve escolha, mas resolveu seguir por um caminho que, infelizmente, mtos ainda vão trilhar. Chame de maldição, carma, trevas, mal ou, se quiser, pecado. Não é a natureza humana propriamente dita, é o que a contamina, é a doença que leva homens, mulheres, crianças e idosos a cometerem atos violentos contra o seu próximo. A erva daninha amargando a vida. Longe de mim descartar as condições históricas e materiais, pois as considero parte fundamental do processo, mas não a causa primeira, a microcefalia ou talvez o mosquito, não o vírus. E a cura? Cura mesmo? Para os males que parecem não ter solução? Não está em nós, não está em toda capacidade e intelecto humano por mais impressionante que ainda possa se mostrar ao longo dos séculos. Pra mim, e eu acredito mesmo nisso, só tem uma cura, historicamente documentada, ainda que vc possa duvidar dos historiadores rsrs, ela se dá nessa ordem: João 3:16, João 10:10, Romanos 3:23, Romanos 6:23, Romanos 5:8, 1 Coríntios 15:3-6, João 14:6, João 1:12, Efésios 2:8-9. Desculpa o textão, desculpa se for mto incompreensível, “metafísico” ou bobagem demais pra ler, mas vc perguntou rsrs, e depois de eu ter avisado que provavelmente tínhamos chegado ao um ponto inconciliável rsrs.

Bla bla bla |Bla bla bla |Bla bla bla |Bla bla bla |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas culpa do imperialismo americano |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas tem que dar vagas para negros |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas ah cara me poupe você e seu falso moralismo e que ao invés de incentivar novos atores a ingressar no cinema fica falando besteiras na internet como qualquer Cão raivoso em luta do politicamente correto, na luta por |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas |Bla bla bla | Cotas mais cotas como se fosse solução para tudo, para cara, se esqueceu que isso vem sendo reparado quando se dá mais oportunidade para negros, gays, Asiáticos, mulheres, Indígenas, Mexicanos, Xicanos e latinos na industria do Oscar, desde quando o trabalho de uma pessoa é medida pela cor de sua pele ? quer fazer reparação ?? comece a prestigiar o trabalho dos negros assistindo as suas obras. Ficar latindo por mais cotas não resolve nada. O face é meu e pelo que eu sei ainda vivemos em um pais livres, posta a fota de quem eu quiser não tenho nada a esconder, sou negro e tenho capacidade para tal e não fico choramingando pela incapacidade dos outros.

Então você basicamente insiste em xingar os caras e deduzir as opiniões deles sem ao menos saber direito que o assunto que eles vão falar é esse? E ah sim, porque tem tudo a ver uma indústria que movimenta trilhões de dólares anualmente, com 120 anos de existência (dos quais por quase metade do tempo os negros foram totalmente ou parcialmente excluídos) e que emprega um número pitoresco de pessoas (das quais um número bem pequeno são negras - só olhar os indicados a categorias técnicas) com o OMELETE que deve ter lá seus 30 funcionários, isso contando todo mundo. Sem contar a minúscula diferença de interesse das pessoas por INDÚSTRIA CINEMATOGRÁFICA AMERICANA e por SITE DE NOTÍCIA NERD BRASILEIRO né. E exemplo do que cara, o Omelete é uma empresa que funciona por demanda de funcionários para contratar, não tem nem como eles aplicarem cotas porque os caras trabalham num ramo tão restrito (jornalistas -> jornalistas da área cultural > críticos > jornalistas interessados no meio digital) que é basicamente impossível aplicar isso. Agora você vai me dizer que o número de negros interessados em atuar, ou número de negros já atuando (porque as cotas em questões são as para entrar na Academia) não é alto ou satisfatório? Me poupe cara, eu teria vergonha de colocar minha cara (e de minha parceira) num perfil pra vir falar umas bobagens dessas e discutir com se estivesse na quinta série desse jeito.

Bom, não é uma questão de acreditar ou achar, é factual, historicamente documentado. Não defendo essa visão idílica de que as sociedades primitivas eram um paraíso, inclusive a luta contra a natureza pela sobrevivência era mais aberta e brutal. O que eu quis dizer é que os problemas de hoje são diferente dos de ontem. A "natureza humana" de ontem, é diferente da de hoje. Com essa ideia de "natureza humana" imutável que se justificam idéias horríveis, como a de superioridade de gênero ou raça. . E no mais, não se trata de acreditar ou não numa paz plena, céu na terra ou coisa parecida, mas de ver que muitos dos problemas que parecem não ter cura, ou com uma causa metafísica (maldição, carma, "da natureza"), na verdade tem condicionantes materiais que podem ser transformados. Só me pergunto como você concilia esse papo todo de representatividade e protagonismo feminino com essa ideia de natureza humana aí. . Mas tá, admito, elas contam. hahaha

o retardado ele mesmo falou isso no inicio do Vídeo, então maluco, se eles forem comentar sobre as cotas no Oscar que aposto que vão dar uma de politicamente corretos, quero que ao menos eles deem o exemplo disso RETARDADO !!!

Então você decidiu se adiantar e fazer seu comentário sem nexo antes mesmo deles expressarem a opinião deles?!? Tá bom então né, tem louco pra tudo...

Como ignora o cinema-pipoca? Titanic ter vencido significou o que?.Quer me enganar que Titanic merecia ter vencido Los Angeles-Cidade Proibida,filme com melhor roteiro e mais bem acabado .

Como ignora o cinema-pipoca? Quer me enganar que Titanic ter vencido Los Angeles-Cidade Proibida significou o que?

eles disseram que vão comentar sobre o assunto !

É triste quantas pessoas o Iñarritu consegue levar junto na ladainha pseudo-artística e autoral dele. Meus queridos, assistam Tarkovsky e Malick (principalmente seus filmes de início de carreira) que são diretores que sabem doçar o quanto é necessário levar a sério o seu cinema, além de não serem uns trouxões (o que, por mais que muitos não vejam, fica muito evidente por parte do Iñarritu mesmo dentro de seus filmes - Birdman "olha como eu faço arte!!!" que o diga). Ambos diretores que citei são espirituais e artísticos sem forçarem a barra e sem quererem aparecer. Por isso a "birra" com ele, porque é realmente foda um filminho desses ganhar em cima de uma obra-prima de gênero que é o Mad Max, que trabalha diversos temas (opressão, traumas, inclusão, alienação, autoritarismo, revolução, união) dentro de basicamente cenas de ação.

Então o ponto do seu comentário foi qual exatamente? Falar que tem um motivo certo ou errado pra achar a academia injusta?

Eu não disse?

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

...você tá aqui pra ouvir a opinião dele/do site, tá reclamando do que? E o Iñarritu é um touxa.

Se o Oscar funciona assim por que Tangerine, filme protagonizado por atrizes trans, não foi indicado então? Por que o filme, que inclusive falam ser horrível e propaganda pura, sobre as Suffragettes não foi indicado? E Hillary Clinton ligado ao movimento feminista? Mad Max "uma verdadeira bomba no quesito de roteiro e dramaticidade"? Aconselho procurar um psicólogo ou procurar ler mais sobre qual for o assunto que quer comentar, porque sua situação tá feia amigo.

Quem não acompanha cinema direito sempre vai achar a academia justa (ou que ele serve para medir qualquer critério de algum filme).

Haahahahahahahaahahahahahahahahahahahahaha ELES NEM FALAM ISSO NO VÍDEO, vocês são esquizofrênicos demais, jesus cristo.

Ai cara sério? Vc acha mesmo que não havia disputas territoriais entre povos indígenas? Que não havia brigas e disputas internas? Que tem povos que vivam no mais perfeito "paz e amor"? Que o pior da barbárie humana começa com as relações mercantis, Estado, divisão de classes e capital? Que não há e nem havia nada de errado com a gente antes disso? Que é só dar uma boa educação pra todo mundo, oportunidades iguais, divisão de bens, etc., e não vai existir mais assassinato? Vamos mudar e evoluir até a paz? Vc acredita mesmo nisso? Que pouco a pouco o ser humano está combatendo o que há de errado no mundo? Tá bom, mas chegamos num ponto inconciliável, não vou conseguir entrar em consenso nenhum com vc a partir daqui. Só admite que a Sarah Connor e Ellen Rpley contam ;). Tchau rsrs.

Antes não ter do que ter apenas pra cumprir cota. Cadê a dignidade ? Fica parecendo aquelas situações de colégio que o coleguinha só está no time por que foi o último a ser escolhido.

ex machina é melhor que mad max

Mad Max melhor filme de 2015? Ta de sacanagem! Só para começar, um filme que leva o nome do "protagonista" e ao mesmo tempo rebaixa este à condição de coadjuvante, não pode receber prêmio de nada por incoerência interna. Sem falar que não tem enredo nenhum, nada se sabe dos personagens ( pois quem não viu os filmes com o Mel fica boiando e quem viu tem um ataque ao ver o que fizeram com o personagem). O máximo que ele poderia ganhar seria fotografia, trilha sonora e efeitos, mas os demais concorrentes eu não vi, então não posso falar. Outra coisa, vcs do Omelete, parem de justificar tudo com jargão de inclusão social e afirmação das mulheres, não precisa desconstruir um filme para isso, existem exemplos de filmes bons que já promovem essa agenda, vide Jogos Vorazes.

Na real, o que ele perguntou é porque ser gay tá com a conotação negativa no seu texto. Como algo imoral e tals. Você coloca a palavra homossexuais junto com a palavra vitimismo (seja lá o que isso signifique, parece algo ruim né). E é curioso vc pedindo respeito e moralidade pro omelete, xingando o camarada que não fez nada demais.

Sim, a literatura (mesmo nas formas mais populares) tá anos tá a anos-luz na frente do cinema (Jane Austen, Virginia Woolf já escreviam coisas assim muitos anos antes da "popularização" do feminismo). É, concordo que o Jedi reflete nada mais que as figuras monásticas que existiram em várias sociedades patriarcais da antiguidade (o Bushido Samurai do Japão feudal, os Hashasin do Irã antigo, cavaleiros Templários da Idade Média), superar estes "arquétipos" ainda vai chão. . Agora, uma divergência de fundo, que não é o foco desse site, mas seria desonesto ficar em silêncio haha. Não, barbárie, militarismo, guerras e violência não são parte da "natureza humana". Nem sempre foi assim, nem sempre vai ser assim, porque afinal, as coisas estão em movimento e mudando todo o tempo. Esses atributos que usamos de exemplo só existiram/existem sob condições específicas. Existem várias comunidades primitivas onde não existia disputa pelo excedente produtivo, ou uma divisão do trabalho alienada, e portanto, não havia necessidade da pilhagem (barbárie), nem de Estado (força militar etc.) p. ex. os povos originários do Brasil, tribos germânicas antes da invasão da Gália pelos romanos, tribos israelitas antes do exílio babilônico etc.. . Mesmo hoje, quanto mais rica (riqueza aqui não é dinheiro, mas bens socialmente úteis) e maior o nível de apropriação que os indivíduos de uma sociedade fazem dessa riqueza, menor é a disputa pelo seu excedente. (p. ex.: quanto menos desigualdade social e miséria, menos violência; quanto mais independência nacional, menos submissão econômica a países ricos; quanto mais autonomia da mulher frente ao homem, menos machismo). . Os únicos aspectos que compõem a natureza humana são 2: 1) O fato de sermos construídos sob e em condições históricas-materiais determinadas, que independem da nossa vontade. (e nisso somos iguais aos animais e o resto da natureza) 2) Que não somos passivos frente à nossa própria natureza. Produzimos nossos meios de vida, e superamos nossas necessidades pelo trabalho (desde a invenção da roda, do fogo e da agricultura, até a cura contra bactérias resistentes e a escrita de romances feministas). Ou seja transformamos nossa natureza pela práxis social, de formas mais ou menos conscientes; mais ou menos alienadas do conjunto do gênero humano. (e nisso nos diferenciamos dos outros animais). . A opressão da mulher, historicamente falando, não vem de uma arbitrariedade do homem, por não ter sido dado o "poder" para ela. O poder e a educação não são uma entidade abstrata, mas estão enraizadas na divisão do trabalho e na luta pelo excedente de produção de cada sociedade. No caso das mulheres, lá no neolítico, quando esta divisão do trabalho era mais determinada por aspectos naturais (atributos do corpo, força física, idade etc.), elas se ocupavam de outras atividades que os homens, sem isso ser exatamente um problema (e não quero dizer a clássica divisão, já superada pela antropologia, de homens caçarem e mulheres cuidarem dos filhos, pois isso varia bastante de acordo com a sociedade). . Com o advento da troca e das relações mercantis e portanto da riqueza e da desigualdade, as funções do cuidado da sociedade como um todo (guarda, mediação de conflitos, funções religiosas/intelectuais) passam a advogar para o lado mais rico (o clássico, quem paga a banda, escolhe a música), e ai surgem a sociedade de classes e o Estado (aquelas funções viram o que hoje conhecemos como Exército, Direito e Governo respectivamente). Nesse contexto, com o fortalecimento do direito de propriedade, os diferentes modos de família e hereditariedade (consanguinea, punaluana, poligâmicas, poliândricas, matriarcais etc.) vão progressivamente dando espaço a família patriarcal, monogâmica e heteronormativa, onde o direito de herança e controle familiar ficam na figura do homem...tai a gênese da dominação da mulher, em quase todas as sociedades humanas (no nosso caso, tem a ver com o patriarcado na sociedade ateniense e judaica), que claro, se modificou muito ao longo dos anos, aparecendo de diferentes formas ao longo da história. . É óbvio que educação, conhecimento e funções políticas ("poder"), são muito determinantes das relações sociais, mas estão sempre fundamentadas na produção material (divisão social do trabalho) e na disputa pelo excedente produtivo, inclusive quanto maior o excedente, maior o grau de autonomia destas esferas (educação, cultura, política) frente a economia, o trabalho e as necessidades mais imediatas/primitivas. . É curioso que essa história (das classes sociais), apesar de ser contada quase como uma tragédia, foi uma mediação necessária para que a sociedade se desenvolvesse até o ponto que estamos hoje, com o universo de produção que temos e que permite que a dominação do homem sobre a mulher e a desigualdade social pareçam uma piada de mau gosto. Claro que sempre existiram escravos se rebelando, e mulheres impenitentes à suas posições sociais, mas é só sob as condições que vivemos hoje, que podemos vislumbrar a superação definitiva do machismo e dessas injustiças. Escrevi esse textão, porque entender de onde vem as coisas, é fundamental pra saber pra onde vai e como combater, e claro, pra mostrar que a nossa "natureza humana", tá sempre se modificando. =)

E o jeito é engolir, pq esse já é o argumento pronto do Borgo e do Hessel para os diretores que eles pegaram birra (Nolan e Iñárritu). O Del Toro, George Muller, Joss Whedon, JJ Abrams são os caras 100% criativos e criadores, não se inspiram em ngm, não repetem nada que já fizeram em outros filmes, inventam as próprias técnicas, o modo de filmagem, etc. Agooooora, Nolan e Iñárritu, ahhh esses só fazem o que outros já fizeram kkkkkkkkkk e nem fazem mto bem por sinal rsrs (modo ironia ligado). Eles falam mais do diretor do que do filme propriamente dito. Obs.: O Del Toro é um super diretor, merece vários elogios, mas acho que os sentimentos do Borgo por ele tbm tem a ver com o cara ser um amor de pessoa rsrs.

A qualquer dos dois que levar, Mad Max ou O Regresso, a estatueta estará bem entregue.

Disparado.

Ahh, Gladiador é melhor, mas eu acho o Tigre e o Dragão um ótimo filme (o outro eu não assisti), uma vez que Gladiador levou a estatueta de melhor filme, não vejo mal nos outros serem reconhecidos de alguma forma rsr. Exitem injustiças no Oscar, mas mta coisa é questão de percepção.

queimem este herege TESTEMUNHEMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

Cara, como eu queria poder dar mais de um upvote pro seu comentário. Disse tudo!

O filme é legal? É legal. Mas não é um filme pra Oscar, gente! É um bom filme de ação e... só.

serio o_O

chega a ser vergonhoso isso, parei de ver o omeletv, pq não aguento mais ver o borgo xingando e sempre dando patadas nos outros, não deixa eles nem expressarem a sua opinião.

Obrigado por complementar minhas informações querida... e sinto muitissimo se você achou que filmes como os que citei mereciam competir com ele hehehehe

assisti sim, o regresso é bom, meio cansativo as vezes, mas MAD é agitado e tem tema preocupante que todos deveriam se ligar.

Nem veja... não é propriamente ruim... mas Tarantino vc vai achando que vai ver algo realmente cool... e esse oito odiados é mais do mesmo... parece que um critico acertou ao dizer que parece o Tarantino imitando o Tarantino.

Parece não... é birra de adolescente! Borgo parece um moleque que não saiu da frauda em alguns momentos! Haja paciência!

O dia em que Romaricas discordar de Erico Borges, o mundo acaba... sério.

É verdade.

Gladiador teve 12 indicações, 5 viórias, incluindo o de melhor filme! Não tá bom não? rsrs Tem que deixar os outros ganhar alguma coisa tbm rsrs

"Mad Max: Estrada da Fúria" é o grande vencedor do Chicago Film Critics Association Awards 2015, a premiação dos críticos de Chicago! "Star Wars", "Carol", "Mad Max" e outros são escolhidos como melhores filmes do ano no AFI Awards 2015, a premiação do Instituto Americano de Filme! "Mad Max: Estrada da Fúria" é o grande vencedor do London Critics’ Circle Film Awards 2016, a premiação dos críticos de Londres! "Mad Max: Estrada da Fúria" é o filme mais lembrado pelas listas dos Melhores Filmes de 2015! "Mad Max: Estrada da Fúria" é escolhido como Melhor Filme do National Board of Review 2015" Não sei de onde tiram que Mad Max Estrada da Fúria não está ganhando prêmios principais ou não está sendo lembrado, sem contar que George Miller ja ganho alguns prêmios pra melhor diretor. Infelizmente a academia não vai premiar esta obra-prima do cinema moderno como melhor filme, e caso isso aconteça vamos festejar.

O que a academia não prestigia em termos de cultura pop na categoria de melhor filme, ela faz na de melhor animação rsrs. E pensar que Shrek, Os Incríveis e Procurando Nemo já ganharam oscars enquanto obras de arte como Les Triplettes de Belleville, L'Illusionniste e O Menino e O Mundo vão permanecer na lista de indicados ao lado de filmes como Lilo & Stitch, Carros e Kung Fu Panda rsrs, isso me deixa mais inconformada do que a possibilidade de O Regresso levar a estatueta em cima Mad Max. Blockbusters e demais filmes de ação, fantasia e ficção cientifica contam com o carinho e a fidelidade dos fãs e todos que consomem cinema por entretenimento, sempre haverá investimento e espaço para esses caras no mercado. Mas tem uns filmes arte que dependem de indicações e premiações para chegarem a um conhecimento público mais amplo e democrático, do contrário ficam super restritos ao ambiente acadêmico, o que é uma pena!

Perfeito, Bia!!!

O Omelete não gosta de histórias de superação que tenham ingleses nobres. Só curtem um mimimi de dançarino de boate - né Hessel?

Na LATA!!!

Sem dizer que Mad Max já foi feito mil vezes na história do cinema. Básico filme de bomba, corrida, explosão, salto, giro, bla, bla, bla.

Tem um filme antigo, Furia Selvagem, q é basicamente a mesma história de o Regresso e consegue ser muito melhor.A unica coisa q gostei no Regresso foi a fotografia.

Mas entende-se os motivos. Para ser estabelecida na cultura popular, Hermione já debutou em tantos livros quanto filmes. Teve mais tempo para ser maturada e desenvolvida. Já Rey, até agora apenas um filme.

Na minha opinião Cisne Negro, A Origem, O Lutador e Bravura Indômita foram todos melhores que o Discurso do Rei.

Há exceções.

Ok.

Adorei Mad Max, fazia tempo que eu não curtia assim um filme de ação. Mas melhor filme do ano??? Nããã... Mas fazer o que... Me enquadro nesse perfil ai de "velhos", que acha Alejandro González Iñárritu muito foda e acredito que o Regresso merece o Oscar. Ps. Birdman é espetacular. Ao ouvir a opinião de vocês sobre ele, entendo todo o seu mimimi sobre o Oscar deste ano. rsrs Porque minha vontade era xingar vocês.

Isso é coisa de b*chona barbuda mal-amada! Esses dias numa LIVE em que ele tava cherado ele fez questão de dar indireta pra antigos funcionários dele> Coisa de gay enrustido que tem rancorzinho dos outros.

Ooops, esqueci de mencionar o movimento Sionista ( judeus ) que domina a Academia há quase 30 anos e rivaliza como todos os outros movimentos!

O fato é que esse " Mad Mary: A estrada da feminista " só está no páreo pra fazer apologia ao movimento feminista igual o péssimo " Clube Compras Dallas " que foi indicado apenas como propaganda pro movimento gay. A Academia hoje em dia é isso: uma fogueira de vaidades de movimentos neo-liberais que rivalizam entre si pra ver quem tem mais destaque por ano ( são Gays vs Negros vs Feministas ) e como esse ano lá nos EUA vãoi ter eleições pra presidente e a senadora Hillary Clinton é pré-candidata pelo partido Democrata não se espante se esse filme, que a despeito de boas cenas de ação é uma verdadeira bomba no quesito roteiro e dramaticidade, faturar o Oscar principal da noite " em nome da mulheres e mimimi... " Sinal dos tempos! =/

É que ESQUERDA-CAVIAR militante do PSOL é assim mesmo: Eles falam em marxismo cultural 24 hs por dia mas não praticam o que pregam!

Chicago pra mim é um dos melhores filmes já feitos e um dos melhores musicais se enquadrando nesses que vc citou

PS: Mad Max foi provavelmente meu filme favorito do ano. Mas eu sei separar o que é um filme mais me agrada, e um filme que é melhor. O pessoal do Omelete, claramente não.

O Discurso do Rei é um filme EXCELENTE. Falaram muita merda nesse vídeo, impressionante.

overrated

Eu acho que O Regresso deveria ganhar o Oscar de melhor filme !

Eu discordo de tudo o que foi falado. Tem que premiar o melhor filme, independente se é algo que já foi feito ou não. Mad Max é filme muito bom, mas não é melhor que os outros indicados. Usou efeitos práticos e blá, blá, blá, ok... parabéns, mas é só isso. Spotlight, O Regresso, A Grande Aposta, e Perdido em Marte foram todos filmes mais poderosos e com histórias mais impactantes, são filmes mais importantes. Eu achei que esse vídeo fosse tratar das questões raciais e tal, mas aparentemente é só o pessoal do omelete torcendo pro filme que eles acharam mais "foda".

Acho que quem discorda dele lá e expressa isso deve ser mandado embora. Duvido nada. Por isso todos ficam no sorriem e acenem

david o russel é um ótimo diretor

Achei esse um argumento ridículo também. O fato de Malicck já ter usado uma fotografia que se parece com a do Regresso, diminui em que a fotografia deste último? Uma contradição no próprio argumento.

1) Não me refiro a sub-16 quanto à classificação oficial, mas sim a quem o filme é destinado. Seu verdadeiro público. Tem muita película com classificação livre que não é pra crianças e outras tantas proibidas pra menores de 18 que são altamente adolescentes. 2) Tarantino faz o que poderíamos chamar de "filmes adultos para adolescentes". Por isso é tão "ame ou odeie" e tem tanto alcance. 3) Dois oscars de melhor roteiro e outra três indicações, inclusive melhor diretor. Não sei o que você chama de "não premiam da mesma forma", o cara é muito bem visto. Vai ver quem tem um currículo desse.

gostei desse omelete...falta uma geração de vanguarda sendo reconhecida.

Gosto de musicais, na realidade até gosto de Chicago. Só acho meio absurdo ele ganhar o Oscar no ano em que concorriam "O Pianista", "Gangues de Nova York" e "O Senhor dos Anéis". Chicago ainda precisaria comer muito feijão para ter o nível de outros gigantes do gênero como A Noviça Rebelde, Moulin Rouge,Cantando na Chuva, O Mágico de Oz, Os Miseráveis, Mary Poppins, Grease ou Um violinista no telhado.

boa pergunta

acho dificil não ganhar esse ano a menos que eles tenham relamente alguma birra, agora se me perguntarem os atores que gosto de ver atuando ele não esta entre os 3 primeiros, não acho que seja um ator tão ecletico assim que sempre mude dependendo do papel, você ve o papel que ele esta fazendo e vc pensa é o leonardo dicaprio, não o jack, mark, michael etc

aonde esta a representatividade negra no OmeleteTV ?? e ou no Bloco X ?? antes de falarem em cotas e diversidade raciais devem ao menos dar o exemplo para não passarem por hipócritas !!!

Di Caprio é um bom ator, Cibela. Acho q só não achou aquele que seja "o papel" ainda. Pense no próprio McConaughey, que até poucos anos atrás era um atorzinho marromeno de comédias românticas. A coisa mais diferente que tinha feito foi o Van Zan em Reino de Fogo, e que não era la um primor de atuação. Mas bastou ter um papel bom em mãos, foi é mostrou o que sabia. O Di Caprio já vem mostrando talento há tempos, falta agora esse grande papel. Eu ainda não vi, mas pelo que dizem pode ser que O Regresso seja o caso.

tarantino é 18 anos ou mais e eles não premiam da mesma forma

esse inarritu é o david o russel da vez

será que ele ainda não vai vener igaul (provavelmente) o stallone?

e ele tem razão

Esse era o problema!Os anos que o Di Caprio esteve como melhor ator no Oscar,a concorrência era fortissima por isso acredito que esse ano enfim ele leva por não ter concorrentes a altura embora este não seja o seu melhor papel (segundo muitos críticos que assistiram o filme).

Quem só vê filmes sub-16 sempre vai achar a academia injusta.

Gosto do Di Caprio e adorei o Lobo, mas naquele ano não dava pra ele. Ainda que não tivesse o MM (que bateu os outros 4 juntos fácil), ainda tinha um Chiwetel Ejiofor no caminho dele. Era difícil.

Impressionante essa birrinhado borgo com o Iñárritu .supera até o ódio que ele(s) tem pelo Nolan. O omelete decaiu MUITO desde que o ego megalomaníaco tomou conta do Érico. a opinião dele TEM que ser absoluta, se vc não concorda com o mesmo não é nerd de verdade, pois ele se encontra no direito de fazer até mesmo isso. jã não bastou a vergonha alheia com aquele omeletv do ano passado, onde falaram que Os vingadores mereciam levar o oscar de 2012 eles agora vem com essa uhashas, Mad max é um filme bom, mas nem merecia está na disputa, é um blockbuster acima da media, vcs gostando ou não o mesmo vai sair no máximo com prêmios técnicos. ano que vem, o Iñárritu vai está disputando de novo, então ch%up@!!!! Querem ver seus filmecos ganhando prêmios deem espaço no site com cobertura a premiações como MTV ou people's choice awards vai ser o máximo que essas porcarias vão ganhar.O Oscar é para filmes de verdade, se ele frusta tanto o site é só deixar de falar dele oras.

Omelete censurando posts, que nível chegou isso.

e se querem falar de implicância da Academia, vamos falar da birra dos velhinhos com o Cris Nolan. Essa sim, está ficando feia. O melhor diretor da atualidade (dividindo ali com JJ, David Fincher, Aronofsky...) ignorado em suas maiores obras. Espero que ele não desanime...

boa!

Omelete é um site Nerd, não um site de cinema. Cada vez mais os editores me convencem mais disso. Pior, querem nos convencer de que as coisas nerds são melhores do que todo o resto. Vamos saber separar! Injustiças existem em todas as premiações e sempre existiram desde a criação da Academia. É que o pessoal do Omelete não estava lá para ver...ou não se informou sobre o assunto. E mais, achar que MAD MAX merece ganhar como melhor filme só demonstra desconhecimento da sétima arte. Um ótimo filme de aventura, com visual fantástico, mas só.

Eu gosto mto da Rey e ela ficou mto bem como a "dona do filme", além disso, não posso falar por todas as mulheres, mas quanto a mim, não me importa tanto o fato dela ter o maior destaque no poster ou estar a frente do Poe e do Finn. Me importam as motivações da personagem, a construção, a personalidade. A Hermione nunca foi "dona do filme", nem mesmo teve sequer um livro cujo título levasse seu nome ao invés do famoso "Harry Potter", sempre foi ele a cumprir a jornada do herói por excelência e as pessoas sempre criticaram isso, pq ela merecia ter mais destaque, mais importância, etc. Isso nunca me incomodou pra falar a vdd, pra mim ela tinha toda importância do mundo, ela tinha a própria função e personalidade no trio, única e singular. Uma personagem escrita por uma mulher e com a qual foi fácil, fácil, se identificar em milhares de momentos nos livros. Se é pra falar de evolução na representatividade feminina, pra mim Hermione Granger ainda está na frente da Rey.

Nem assistiu o regresso ainda, vai assistir depois comenta.

Barbárie, militarismo, guerras e violência, não se dão apenas por patriarcalismo ou estereótipo de gênero masculino, estão na natureza humana, existem desde sempre e, na minha opinião, existirão até o fim. O patriarcalismo está, entre outras coisas, no fato de que não era dado às mulheres o poder de se defender, apenas de serem defendidas. Não foi uma mudança simplória e as personagens acima citadas fizeram parte disso. Então, o "guerreiro" assim como o "herói" não são de exclusividade de gênero A ou B. Também não pretendo negar que existe um avanço e um aumento nas representações femininas, mas inédito, inédito eu não sei... A literatura sempre deu muito destaque para a força feminina, o romance praticamente nasceu com ela (Moll Flanders). "Ahh mais eram homens escrevendo personagens femininas". De fato, mas a Rey tbm não deixa de ter sido escrita por um homem, e por mais que eu saiba que no universo de Star Wars existem jedis mulheres, se eu conhecesse apenas os filmes da saga e me mantivesse atenta somente a eles, seria fácil pensar que sim, que a Rey está fazendo coisas "de homem" ao empunhar um sabre de luz, inclusive essa é uma dúvida que eu tive que tirar pra umas duas pessoas (ambas amigas minhas) que conheciam Star Wars mto por cima, a dúvida "se podia ter Jedi mulher". A Rey tbm é um avanço, não estou dizendo que não, só não é invenção da roda e me causou uma certa impressão de que para muitos, talvez ela se encaixe melhor como representação feminina porque mantem um aspecto mais "franzino e delicado", não há nada de errado nisso. Mas Sarah Connor e Ellen Ripley, contam sim =P

Aliás, acertaram em cheio com este tema: O protagonismo da Rey é algo que faz toda a diferença no filme. Esse é o ponto que faz Star Wars VII ser reverenciado. Ela ser a dona do filme.

kkkkkkkkk

Só discordo da parte em que o Borgo fala "Quem lembra de O Discurso do Rei"? Do OSCAR 2010 vi os três principais favoritos (A Origem, Discurso do Rei e A Rede Social) e digo que, apesar dos outros dois serem muito bons, O Discurso do Rei merecia mais Melhor Filme - pode não ser um filme revolucionário, mas é o filme que, quando está passando, você para tudo para assistir. Tem uma história esperançosa, de superação, marcada principalmente pelas atuações. O conjunto do filme é muito melhor se comparado aos outros dois. Acho que o certo é os grupos votantes da academia debaterem sempre sobre quando é o momento certo para premiar um filme clássico ou um filme revolucionário, de vanguarda, em vez de homenagear somente o clássico. Nesse quesito, acho que Mad Max ainda ganha o OSCAR de Melhor Filme, é o certo a se fazer. E tem uma mensagem esperançosa no final, que uma das coias que a Academia mais privelegia - mas não vou ficar triste se Spotlight ganhar o prêmio principal. Minha opinião.

Sinto muitíssimo acabar com suas ilusões Thiago, mas a representatividade das mulheres no Mad Max acabaria em 10 minutos de filme se por uma obra do destino e da sorte não houvessem cruzado o caminho do Mad Max. A Furiosa é apenas isso , furiosa ; mas burra como uma porta...

Sim. Muitos outros bons exemplos são bem vindos. Apenas mencionei A Dama de Ferro, porque é cunhado na realidade, ainda que muitas partes sejam ficcionais para servir de amarras na trama. Aliás, acho que é por isso que nunca fui fã de Tomb Raider, e acredito que muitos são fãs do jogo por conta da sua jogabilidade e não somente porque a protagonista é mulher. Poder jogar com a super-gostosona é um plus que atrai o gamer casual, acredito eu. A indústria é fogo e este é um assunto delicado. Não fosse assim, em pleno século XXI, não haveria toda essa névoa sobre tais assuntos.

Discuta aqui no site Discuta aqui

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus