Assista Agora

Crítica: Os Famosos e os Duendes da Morte

Finalmente um filme que dá voz aos emos e aos miguxos

Marcelo Hessel
01 de Abril de 2010

Os Famosos e os Duendes da Morte

Os Famosos e os Duendes da Morte

Brasil , 2009 - 101
Drama

Direção:
Esmir Filho

Roteiro:
Esmir Filho e Ismael Caneppele

Elenco:
Henrique Larré, Ismael Caneppele, Tuane Eggers, Samuel Reginatto, Áurea Baptista

Bom
os famosos e os duendes da morte
os famosos e os duendes da morte

Primeiro longa-metragem do diretor paulistano Esmir Filho, diretor do hit online Tapa na Pantera e figura constante em festivais com seus curtas, Os Famosos e os Duendes da Morte transforma aqueles miguxos que tiram autofoto sem camisa com a webcam em uma expressão superior de arte, o que não é pouca coisa.

Acompanhamos, em uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, o drama de um adolescente (vivido pelo ator local Henrique Larré) que bloga com o nome Mr. Tambourine Man. A fixação por Bob Dylan se estende ao Flickr e aos vídeos que ele segue, postados por uma morena de cabelos finos que assina como Jingle Jangle (outra referência à música de Dylan).

No MSN, instigam o garoto a conhecer o mundo. E o jovem Sr. Tamborim não vê mesmo a hora de ir embora.

Há um mistério cercando a trama, e ele começa a se revelar quando descobrimos que aquelas pessoas que o Sr. Tamborim vê no YouTube não são estranhas em sua cidade. Ademais, falar de trama é um pouco complicado. O que Esmir Filho nos dá, inspirado no romance de estreia do escritor Ismael Caneppele, Música para Quando as Luzes de Apagam, é um relato sensorial (ou uma viagem de erva, se você preferir), beirando o realismo fantástico, sobre projeções, idealizações e outras ficções que criamos para preencher nossos vazios.

A mãe do Sr. Tamborim tem uma ficção muito comum: para superar a viuvez, ela conversa com o seu cachorro como se fosse um filho. De certo modo, a ficção do adolescente também é usual: espelhar-se no ícone da música (o "famoso" do título) para imaginar uma vida melhor, cheia de poesia, onde ele possa compreender sua ambiguidade sexual, longe daquela cidadezinha de eventos coletivos e ancestrais como a festa junina e os suicídios.

É aí que Os Famosos e os Duendes da Morte dialoga com a geração que não acredita na Internet como um passatempo, mas como uma opção existencial.

Os devaneios emos do Sr. Tamborim são filmados com aquela mão pesada de cineasta que quer preencher todos os vazios do enquadramento com muitos significados, emulando um Paranoid Park, mas Esmir Filho deixa a sua marca quando mistura o granulado do vídeo online com o real. É o YouTube visto como passado e presente, o registro ao mesmo tempo efêmero e definitivo da existência. (!!)

Leia mais críticas da Mostra 2009

Leia mais críticas do Festival do Rio 2009



Publicidade

Comentários (6)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

giuseppe giuseppe (30/07/2011 01:47:33)   59 0
eu adorei cada segundo desse filme.. é sensível e bem fotografado, além de ter uma trilha sonora do caralho.. nota 9,5



Walker Walker (12/04/2011 12:20:46)   6 0
Esse filme é lindo! bem melancólico, e até mesmo confuso algumas partes, ada que desmereça o filme, só que muitos não o entederão ou gostar, é um filme para poucos. Meu filme brasileiro favorito!



sem avatar Isadora (23/06/2010 16:52:46)   52 0
Asssiti recentemente a esse filme e, como a história é muito fraca, o que chama mais atenção é o uso de referências a Bob Dylan e tal.



Jorge Leberg Jorge Leberg (10/04/2010 11:39:59)   1 0
Depois dessa crítica, até que me interessei mais pelo filme. Tou meio defasado em matéria de filmes atualmente, assistindo um ou dois por mês em média, mas procurarei vê-lo (assim que sair em DVD, claro *CSC - cidade sem cinema). E também não consigo dissociar a vida "real", analógica, da digital, virtual; costumo dizer que tenho uma segunda vida, minha vida virtual, mas ela também não faz parte do meu cotidiano, do meu itinerário diário e prático? Partindo daí, como posso dissociar uma coisa da outra? Estão interligadas, são inclusive partes de uma mesma vida, como o vínculo visceral que um artista tem com sua obra, no sentido, aliás, de que esta também é resultado de práticas e experiêncas, e a própria prática (já tou entrando no terreno da epistemologia, já pensando na práxis teoria x prática, experiência x discurso, etc).



sem avatar Thiago (09/04/2010 12:12:51)   0 0
não vi o filme ainda, mas preste atenção na frase de entrada: "Finalmente um filme que dá voz aos emos e aos miguxos". Um pouco ignorante o comentário, se alguém acha que não saber separar o mundo virtual do analógico é uma modinha e não a tendência das novas gerações. Se hoje é assim, veremos em dez anos.



Daniel Daniel (01/04/2010 22:02:49)   0 0
Achei que tem coisas bacanas, a direção de fotografia e de som fizeram coisas que valem a pena serem destacadas.

A história não me satisfez, embora um amigo esteja lendo o livro no qual foi baseado e tenha me dito que é bem legal.

Mesmo com esses pontos positivos, para mim, faltaram alguns ingredientes que deixariam a trama mais interessante. Admito que tenho dificuldades com o que o Hessel descreve como:

"... relato sensorial (ou uma viagem de erva, se você preferir), beirando o realismo fantástico, sobre projeções, idealizações e outras ficções que criamos para preencher nossos vazios."

Abs,




Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.