Assista Agora

Lou Reed e Metallica - Lulu | Crítica

Se a ideia da colaboração já parecia ser ruim, o disco é pior ainda

Fernando Scoczynski Filho
04 de Novembro de 2011

Lulu

Lulu

Lou Reed e Metallica
Estados Unidos , 2011 - 87:04 minutos
Warner Music

Ruim

Entre as mais diversas colaborações que já aconteceram na história do rock, a que mais recentemente ganhou notoriedade é também uma das mais inusitadas: Lou Reed e Metallica, que se uniram para gravar o disco duplo Lulu. O ex-vocalista da banda The Velvet Underground e o grupo de metal mais conhecido do mundo têm históricos obviamente distintos, tornando igualmente óbvias a surpresa e a curiosidade do público sobre o projeto. Como poderiam dois artistas tão diferentes combinar?

O primeiro single do álbum, "The View", veio a ser o maior exemplo da principal e mais evidente falha de Lulu. Basicamente, é um disco onde Lou Reed fala (leia-se, não canta) suas letras, enquanto o Metallica toca o seu típico metal. Pode parecer uma descrição simples e redutiva, mas é a mais apta. O problema está no fato de que a química entre a voz de Reed e o metal simplesmente não existe. A combinação dos dois artistas é tão natural quanto um mash-up de um audiobook de poesias de Reed juntado a demos instrumentais do Metallica; ou talvez ainda menos natural que isso.

Essa ausência de qualquer simetria na colaboração era exatamente o que parecia ser errado no conceito da parceria - e, no decorrer do álbum, efetivamente dá errado, de maneira desastrosa. É cômica a forma como Reed repete "Fru-fru-fru-frustration" ou "Pumping blood", sobre os riffs pesados das faixas de mesmo título. Se um humorista decidisse, há um ano, realizar uma paródia de como seria um eventual lançamento de metal do cantor, ele provavelmente soaria assim. Conforme o disco progride, a completa falta de química entre os estilos musicais de cada artista se torna mais evidente, ora transformando o cômico em trágico.

As contribuições de cada metade da parceria não são particularmente ruins, por si só. A instrumentação do Metallica está longe de reinventar o metal (como já fizeram vez ou outra), mas exibe uma consistência próxima àquela que desenvolveram em Death Magnetic (2008). Infelizmente, a constante presença de Lou Reed torna até os melhores arranjos do Metallica praticamente impossíveis de se aproveitar. Enquanto isso, a reação dos fãs do cantor pode, ocasionalmente, ser oposta à dos fãs do Metallica, acolhendo Lulu como algo experimental e inovador, mesmo que desagradável em sua sonoridade. Porém, esses casos certamente serão raros e isolados.

Durante algumas canções, um princípio de alinhamento sonoro parece surgir entre os artistas - mais especificamente, aquelas em que James Hetfield (vocalista do Metallica) divide os refrões com Reed. É o que ocorre em "Brandenburg Gate", "Iced Honey" e "Cheat On Me", nas quais a voz de Hetfield, claramente combinando mais com a instrumentação, abafa momentaneamente a de Reed. Também seria o caso de "The View", não fosse por Hetfield repetindo o ridículo verso "I am the table!" - que já virou motivo de piada na Internet. Também há alguns elementos isolados que parecem funcionar relativamente bem, como a instrumentação acústica em "Little Dog", o zunido persistente ao fundo de "Pumping Blood" e "Mistress Dead", o riff de "Dragon" e os arranjos de violino em "Junior Dad". São pequenos exemplos que se destacam em suas respectivas canções, mas que, incorporados ao todo, não conseguem esconder suas falhas.

Após noventa minutos de confusão sonora, a questão proposta no primeiro parágrafo só tem uma resposta possível: esses artistas não poderiam, jamais, combinar. Seria apenas racional pensar que ambos tiveram, em algum momento, um motivo especial para trabalhar juntos, algum resultado bom que inspirasse confiança suficiente para gravar uma obra de uma hora e meia de duração. Mas esse motivo não está aparente, de maneira alguma.

Enquanto há raras ocasiões em que os músicos parecem estar em sintonia, elas são tão curtas e insignificantes que não dão explicação de porque eles sequer decidiram entrar em um estúdio. Tem-se a impressão de que essa falha conceitual básica, da clara ausência de química, passou totalmente despercebida por todos que trabalharam no projeto; mesmo após sua finalização, tanto Lou Reed quanto Metallica proclamam aos quatro ventos, em todas suas entrevistas, que é uma das melhores coisas que já fizeram na vida. Tendo em vista alguns dos projetos mais bizarros que Reed já produziu, tais declarações não são tão impactantes; no entanto, para o Metallica, que não teme em admitir que, por exemplo, seu oitavo trabalho (St. Anger, 2003) foi um fracasso, é assustador ver sua confiança no sucesso de Lulu.

Talvez a única redenção para esse disco esteja no fato de que ele é tão bizarro quanto o nome "Lou Reed & Metallica" sugere. É uma combinação peculiar, até interessante, que se manterá notória por muitos anos, e continuará atraindo ouvintes curiosos. Estes serão recompensados com algo ainda mais estranho do que esperado, e tão desagradável e perturbador quanto sua má reputação prometia. Lulu deve se consolidar como uma das maiores provas de que ideias ruins podem sair do papel, serem executadas de forma ainda pior, e lançadas ao público sem qualquer intervenção do bom-senso.

Leia mais sobre Lulu
Leia mais sobre Lou Reed
Leia mais sobre Metallica



Comentários (72)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

sem avatar João (15/11/2011 13:50:40)   -4 -1
...comentar/classificar a arte é sempre difícil...por exemplo eu achei aquele disco solo do Noel (ex-OASIS) patético, quase dormi ouvindo...pra num falar coisa pior...já o Omelete classificou o disco como "memorável" (KKKKK)...deu até dor de barriga... já o Metallica com o Lou fez um disco muito interessante , diferente , na minha opinião excelente!!...


Kellar Kellar (06/12/2011 18:47:31)   24 0
Kralho, eu não tô sozinho mais 2 pessoas acharam LULU Fodastico agora somos 3...bom ja da pra montar uma banda cover e um fã clube...eu acho...
mas q o album é foda isso é vdd. por q sera q ninguem reclamou de Sepultura e Zé Ramalho???ou Gorilaz e Denis Hooper???


sem avatar João (15/11/2011 13:45:44)   -4 -2
...os fãns tem que aprender que o artirta esta em constante mudança...num da pra ficar tocando "The Unforgiven" versão um , dois , três... já encheu o saco...quando o Metallica surgiu era algo novo , diferente , chocante ...assim como Lou na sua época.....é só assim que o artista evolui dentro de sua obra...experimentando fazendo coisas diferentes ...achei o disco "Memorável"...Nota 10.


sem avatar João (15/11/2011 13:50:54)   -4 0
desculpe...tá difícil...

sem avatar João (15/11/2011 13:54:00)   -4 0
"fãs"...descule!!


sem avatar Rodrigo (14/11/2011 22:15:21)   0 -1
Como já foi dito por alguém, essa crítica foi uma das mais fracas que já li até hoje na internet.
O tal do Fernando não explicou nada sobre o projeto. Ele diz que faltou bom senso do Metallica e do Lou Reed. Faltou bom senso dele e do Omelete em publicar um texto vomitado onde o autor sequer se deu ao trabalho de fazer uma pesquisa.
Gostei do trabalho feito pelo mestre Lou Reed! E parabéns ao Metallica por, mais uma vez, não temer a nada e apostar em algo diferente.

Achei que o Reed usou bem a textura que o som do Metallica oferece. Claro que não é o melhor trabalho nem do Reed ( que já fez trabalhos como Velvet and Nico e Transformer ) nem do Metallica ( Master of Puppets e And Justice For All ). Mas cumpriu bem o papel de apresentar algo diferente.



sem avatar João (15/11/2011 13:36:12)   -4 -1
comcordo com voce Rodrigo...o Omelete é POP só fala bem de disco "arroz-com-feijão" como o do Noel (ex-OASIS)... que o Omelete classificou como "memorável"...kkkk


Marlos Marlos (08/11/2011 15:46:15)   457 0
A galera que defende LULU é tão intelectual que preferem negativar todos os meu comentários ao invéz de vir aqui e debater hahaha



Lemmy Kilmister Lemmy Kilmister (07/11/2011 03:15:52)   59 1
É uma porcaria!

Sou um grande fã de heavy metal, mas tenho cabeça muito aberta em relação esses estilos mais experimentais de música, tanto que sempre admirei o Velvet desde quando ouvi pela primeira vez na trila sonora de THE DOORS!Mas quando ouvi esse LULU, digo com toda certeza que é umas das maiores piadas do ano, não pelo Metallica, que continua com seu feijão com arroz, mas com Lou Reed, cada vez mais fora de si, querendo continuar com esse lixo de música não-música sabe?O cara entrou em umas doidices nesses últimos anos que pelo amor de DEUS!



 EU ACHO!!! EU ACHO!!! (06/11/2011 21:55:07)   1204 2
EU SOU O MESA

EU SOU... EU SOU... EU SOU...

EU SOU O MESA

SE "The View" É A MELHOR MÚSICA DO ALBUM
EU NÃO QUERO NEM OUVIR O RESTO!!!
O CORO JÁ FALO BASTANTE.

EU ACHO = SUBJETIVO



sem avatar Adilson (06/11/2011 17:16:49)   20 -1
lulu é um disco ótimo, esse fernando só fez o que os fãs fiéis do metallica queriam, para quem ficou falando do mastodon, que não é grande coisa, difícil de concordar com esta crítica



sem avatar Madaleno (06/11/2011 13:22:59)   1 -1
Tudo o que eu tenho a dizer é mto obrigado omelete por ter me mostrado um dos melhores albuns que eu ouvi neste ano.



Jota Jota (04/11/2011 22:08:42)   22 0
Gente, vcs tão parecendo uma testemunha de geová, um terrorista muçulmano e um membro da Opus Dei discutindo. Eu nao acredito como vcs possar ser tao ignorantes para com a opiniao e os gostos dos coleguinhas.
eu vi um cara dizendo q o disco era tao ruim q quem gostou devia ser proibido de falar a opiniao...
ta na hora de entederem q nem tudo q se fala aki eh pessoal



Renan W Renan W (04/11/2011 19:34:41)   35 0
Não sou fã de nenhum dos dois. Gosto só de algumas músicas deles. Só pelos singles esse CD já parecia ser ruim mesmo. E depois foi comprovado.
A única coisa "positiva" desse CD para mim é o fato de tentarem fazer algo diferente do habitual deles.
Eu gosto quando uma banda tenta se reinventar, mudar um pouco o estilo ou tentar coisas novas ao invés de ficar fazendo sempre a mesma coisa. (Embora nisso o Metallica já fez muito bem com o álbum Black).

Pessoal do Omelete por que vocês não fazem uma crítica do novo CD da Björk (que está excelente como sempre) e do Coldplay (que eu achei uma porcaria)?



Publicidade
Jose Felipe Jose Felipe (04/11/2011 19:32:06)   -15 0
Melhor disco do ano e só fica melhor a cada ouvida. Onçinha pintada
Zebrinha listrada
Coelhinho peludo
Vão se fuder!

Disco doente da porra! adoro q seja odiado. daqui a alguns anos será visto como clássico e vira filme. Spermless like a girl. Rí muito. Genial.


José Luiz José Luiz (05/11/2011 19:04:27)   -70 1
A verdade é uma só, para quem gosta de M**** esse álbum vai saciar a fome de muito fã cabeça dura como a do nosso amiguinho Jose felipe!!!

Marlos Marlos (06/11/2011 17:07:06)   457 0
Igual Metal Machine Music né? hahaha


Majin-Boo Majin-Boo (04/11/2011 17:45:51)   432 1
I am the table. I am the table. I am the table. I AMMMM THE TABLE. I am, I am, I am, I am. I AMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

The book is on the Table.


sem avatar Lonely Wolf (11/11/2011 09:44:53)   8 0
HA hahahaha muito engraçado!!!































NOt!!!!


Samuel Samuel (04/11/2011 17:08:14)   34 2
Conheço o trabalho dos dois e, realmente, a crítica procede.

A velha história de mascarar algo ruim em licença poética or something. Simplesmente dizem que "você é burro de mais pra entender o album" e coisas assim quando, na realidade, de poético ou verdadeiramente artístico não existe absolutamente nada na obra. É apenas o desconexo ali, desovado a esmo.

Não existe liga, não existe química. Pra galera mais casual entender, é como tentar misturar uma instrumentação de pagode com um vocal de Death Metal ou coisa parecida UAHSUahs

Pouquíssimas são minimamente interessantes. De resto, completamente descartável. Um dos piores trabalhos em que o Metallica trabalhou, sinceramente, MUITO pior que o St Anger lol



sem avatar Paulo Vinicius (04/11/2011 16:17:14)   73 0
é bom... é bom... eu gostei do disco e não sou o maior fã de lou reed do mundo... sei lá é de uma estranheza bacana, sei lá curti...



andres andres (04/11/2011 15:16:26)   -44 0
vou ouvir, pois sou fanzasso de metallica, vamos ver no q dá.

aposto q tem um monte de gente ai embaixo metendo o pau sem se quer ter ouvido uma faixa do disco!


Marlos Marlos (04/11/2011 15:39:22)   457 -1
Vai escutar lulu por que é fã de metallica? Meus pêsames amigo...

Joel Schumacher Joel Schumacher (04/11/2011 16:13:57)   444 2
Cara, se você é fã de Metallica não escuta Lulu... Eu acabei de escutar o disco inteiro, é ruim, mas se você conseguir esquecer que o Metallica tem algo a ver isso, talvez você se sinta menos mal.

Marlos Marlos (04/11/2011 16:54:00)   457 0
exatamente travis


habib habib (04/11/2011 14:16:19)   5 1
Cara essa foi a melhor critica de musica que eu ja li na minha vida.


Porra o Fernando conseguiu resumir todos os defeitos e expectativas que esse album tinha gerado.

Uma verdadeira bomba.



AVGN AVGN (04/11/2011 13:44:07)   14 2
I am the table!

http://www.youtube.com/watch?v=jwaV_YZMIqY



Frank Frank (04/11/2011 19:28:18)   104 -1
Boa!kkkkk!


sem avatar Arthur (04/11/2011 12:18:57)   6 0
Suicide & Redemption melhor musica do metallica


Lucas Lucas (04/11/2011 14:03:54)   1 0
@Frank

A crítica não é péssima por não conter a minha opinião. Esse é um mal que não me atinge, diferente de vários outros frequentadores deste site.
A crítica está ruim justamente porque não cumpre seu papel mais fundamental, que não é só dar uma avaliação de gosto, mas contextualizar também. Tem um cara que até falou que nem sabia que havia obra original, pra você ver como a crítica (o texto) deveria ter informado isso. Outra coisa: se Lulu é bom ou não, é claro que vai ficar a cargo de cada um. O problema não é esse. O problema é que, ao meu ver, oq Metallica e Lou Reed fizeram (seja bom ou não pros ouvidos) está em conformidade com a ópera do Alban Berg (que é igualmente difícil de digerir). Se o crítico tivesse atentado a este fato, talvez seus comentários sobre o álbum fossem mais brandos (e mesmo assim poderia considerá-lo ruim, mas teria mais base para sacar onde os músicos quiseram chegar).
Eu leio e lido com críticas de arte a tempo suficiente para saber qual o papel delas. Eu mesmo já escorreguei várias vezes.

Frank Frank (04/11/2011 15:41:12)   104 -1

Lucas,
Desculpe então pela conclusão precipitada que tive sobre sua critica á critica. Mas foi que entendi do seu primeiro comentario.



Lucas Lucas (04/11/2011 11:36:30)   1 0
Não sou de reclamar das críticas do Omelete, mas esta é péssima. Parece-me que o autor não ouviu a obra "Lulu" original do Alban Berg, compositor erudito que fez essa ópera soar estranha, estridente, dissonante, um pouco vanguardista. E acho que tanto o Lou Reed qto o Metallica se basearam na premissa original de Berg que é soar estranho, denso, nada comercial ou harmônico. Desse ponto de vista, o recém-lançado Lulu foi ótimo. Dane-se que o Reed não canta, pois sua voz passa todo o desconforto necessário que a história pede e que era a intenção de Berg.


Marlos Marlos (04/11/2011 11:49:55)   457 0
mas ele está analisando o CD como MÚSICA.

Frank Frank (04/11/2011 12:49:42)   104 1
Não é necessário, em absoluto, ouvir a obra original (sinceramente nem sabia que existia uma obra original) para se chegar a uma conclusão sobre esse LULU recém-lançado. A obra começa e termina nela própria. E a conclusão que tive foi que Lulu é simplesmente intragável. Se ele é “ótimo” em ser tão ruim como a obra original, aí realmente só ouvindo ambos para saber. Mas essa comparação não foi o intuito da critica. A critica não deve ser classificada como péssima simplesmente por ser diferente de sua opinião.

Nilto Nilto (04/11/2011 13:32:35)   75 0
Esse disco é genial, é como um Dark side of the moon ou Hot Rats, não é pra qualquer um.

Marlos Marlos (04/11/2011 14:07:53)   457 -1
Engraçado pessoal querendo pagar de intelectual com um cd bosta assim.

Nilto Nilto (04/11/2011 14:34:06)   75 0
não precisa ser intelectual, é só não ser ignorante

Marlos Marlos (04/11/2011 14:49:48)   457 -1
Aquela bateria rídicula, a falta de conexão entre o vocal e o restante, os riffs sem graças, sim sim, é genial

Nilto Nilto (04/11/2011 15:08:15)   75 0
@Marlos já ouviu falar em art rock e rock progressivo?

Marlos Marlos (04/11/2011 15:24:27)   457 0
Já sim, e daí? Vai colocar Lulu no nível de Pink Floyd, Rush, Beach Boys ou The Who? Se vai, prefiro parar a discussão por aqui.

Marlos Marlos (04/11/2011 15:33:47)   457 0
Oh, perdão, já até comparou Lulu com a Obra-prima Dark side of the moon. É, não vale a pena continuar tentando falar algo. Até outra hora.

Lucas Lucas (04/11/2011 15:44:29)   1 0
Gente, ninguém quer pagar de intelectual aqui. Acontece que cada um tem seus gostos, seus ouvidos e sua maior ou menor afinidade com outras áreas da música e as articula melhor e pior.
Se eu conheço a ópera do Alban Berg, melhor pra mim que tive oportunidade um dia de conhecê-la. E a conhecia muito antes de qualquer parceria entre Metallica e Lou Reed.
E o NILTON também não tá pagando nada de intelectual. Ele ouviu o disco e curtiu, viu méritos nele para julgá-lo bom. Quem não viu méritos, tá tudo bem também.

sem avatar Filipe (05/11/2011 12:06:52)   13 0
Gostei da sua análise, Lucas, as impressões que eu tive do disco são as mesmas que vc descreveu: algo tenso, perturbador, pesado e ESTRANHO. É isso que ninguém põe na cabeça, que os objetivo dos artistas não era fazer música pop (sim, pois metal é música POP, assim como o Rock), mas fazer uma ópera rock extrema. Quanto às acusações de estar esnobando os outros pq vc conhece ópera, não se preocupe. Tem gente que se ofende por não saber das coisas...

(Orppheu) (Orppheu) (05/11/2011 18:33:19)   10 2
Gostar ou não gostar de Lulu está virando a grande discussão do momento, na música. Agora, comparar esse albúm com "Dark Side of the Moon" já é demais! Menos aí galera!

Long Live Rock 'n' roll

Marlos Marlos (05/11/2011 19:18:49)   457 0
E quem acusou o Lucas de ''estar esnobando os outros pq vc conhece ópera''???

Umas aulas de interpretação textual cairiam muito bem para vc caro Filipe.


kauhl kauhl (04/11/2011 10:46:57)   64 1
Já era esperado. Reunião de dois nomes em franca decadência.

Há pelo menos uns 10 anos que ouvir Lou Reed é um teste de capacidade volumétrica escrotal.
O cara nem se esforça pra cantar mais. Apenas recita versos monocordicamente.


Marlos Marlos (04/11/2011 15:36:01)   457 0
Sad but true.


Publicidade
fernando fernando (04/11/2011 10:38:14)   2 2
Eu sempre defendi que cada um deve ter o direito de ter sua opinião e gosto musical respeitados. Mas esse disco LULU deve ser uma exceção. O Metallica parece que se supera negativamente constantemente. O que dá mais raiva é que eles poderiam tocar com qualquer um. Repito: qualquer um! E escolhem aquele que tem o vocal mais morfético da face da terra! Eu previa que LULU seria um lixo total mas fui supreendido pois é pior do que eu imaginava. É um disco tão ruim que ainda não inventaram uma palavra para qualificá-lo. E ainda tem uns caras de pau dizendo que os headbangers tem a mente fechada e não consegue apreciar a arte contida em LULU. Na boa, tem gente que até come fezes e acha uma forma de arte. Gostar de LULU é mais ou menos isso.


(Orppheu) (Orppheu) (05/11/2011 18:40:33)   10 1
fernando, realmente tá tenso afirmar que "Lulu" não é legal. Não guento mais esse papo de que se a pessoa não gosta, ela tem a cabeça fechada, ela é radical!!
Eu não gostei, achei mediano, mas o resultado final é de que não gostei e pronto. Não curto o vocal do Lou Reed e nem a sonoridade adversa do albúm.
Ah, tem uma questão que me aflinge:
* Se em "Lulu", a parceria de Lou Reed fosse com outros artitas e não o Metallica? (Tipo, a sonoridade fosse exatamente a mesma, mas os parceiros musicais fossem outros)
A galera iria gostar e defender tanto assim esse disco, ou so o faz pela presença do Metallica?

Long live rock 'n' roll


Caio Cezar Caio Cezar (04/11/2011 09:26:51)   20 0
Alguns podem gostar de experimentação outros da simplicidade de um AC/DC ou Ramones, mas ninguém é obrigado a curtir e esse tal de Lulu é uma perda de tempo, tenho todos os vinis e cds do Metallica até o disco preto, depois só veio merda mesma tirando Death Magnetic que salva.


Felipe Felipe (04/11/2011 09:53:59)   5 0
Frase mais clichê do metal: "para mim banda acabou em And Justice for All ou no Black Album" toda matéria sobre o Metallica algúem tem aparecer para falar isso...tsc

fernando fernando (04/11/2011 10:45:40)   2 0
O que o Abajur falou pode até ser clichê. Mas é a pura verdade.

sem avatar Eder (04/11/2011 10:52:59)   4 0
Felipe, todos dizem pq é a verdade. É cliche falar que a terra é redonda?

Felipe Felipe (04/11/2011 11:37:56)   5 0
Um clichê (do francês cliché), chavão ou lugar-comum é uma expressão idiomática que de tão utilizada e repetida, desgastou-se e perdeu o sentido ou se tornou algo que gera uma reação ruim em vez de dar o efeito esperado.
E nenhum momento eu argumentei contra a opinião do Abajur... só comentei que essa afirmação virou rotineira. Quanto aos álbuns pós Black álbum (Load e Reload) não são dos nível ou da importância musical dos trabalhos anteriores, mas são ótimos discos de Hard Rock. St. Anger foi marcado pelo péssimo momento da banda, e acredito que isso seja normal em qualquer grande artista.

Marlos Marlos (04/11/2011 11:58:11)   457 0
Metallica acabou no black álbum.

Frederico Frederico (04/11/2011 14:33:57)   7 0
acabou no black album!?? puts... pessoal ta foda mesmo, ninguem ouviu "fuel", "until it sleeps" ou "the memory remains"? e muitas outras otimas musicas...

Marlos Marlos (04/11/2011 14:59:12)   457 0
Sim, tem muitas músicas boas pós-black álbum. Mas um álbum completo bom? ai já é de mais.


sem avatar leandro (04/11/2011 06:56:52)   18 0
Eu fui do tempo do AND JUSTICE FOR ALL... e do BLACK ALBUM ! Que saudade daquele tempo que não volta mais !



sem avatar Denis (04/11/2011 06:22:23)   0 0
Bão gostei muito do trabalho, mas essa crítica desse 'Fernandinho' é muito ruím, parece que acordou de mal humor e ouviu o disco 'pulando' as faixas!



James James (04/11/2011 01:41:39)   147 1
Hum... Para quem lançou Metal Machine Music isso é fichinha.

Agora, sobre a falta de química...Pode ser.Afinal, uma das grandes dores de cotovelo do ex-líder do Velvet, foi o de não ter as manhas de seu colega David Bowie.




Diego Diego (04/11/2011 00:28:52)   90 2
Concordo em gênero, número e grau. Uma banda como Metallica, que já lançou obras primas como black album e master of puppets pode se dar ao luxo de fazer experimentações e confesso que não sou um fã redical do Metallica, daqueles que só curtem a fase pré black album dos caras, na verdade eu curto tudo que o Metallica já lançou até hoje, inclusive o Load, Reload e St. Anger, os quais são álbuns que fogem do trash metal mas são música boa, ROCK bom de se ouvir. E esse é o defeito desse LULU. Não é música, é apenas um velho chato falando sobre um som ruim do Metallica. É CHATO, SEM GRAÇA E IRRITANTE. E olha que me esforcei pra gostar disso já que sou fã do Metallica e defendo tudo que os caras fazem. Quer dizer, defendia, porque depois desse LULU aí, agora eu posso dizer depois de 28 anos os caras ERRARAM. E erraram feio demais!!! Quem é fã do Metallica jamais deveria ouvir esse álbum pois a sensação de decepção é tão grande que chega ser dolorosa.


Bruna Bruna (04/11/2011 08:42:58)   42 1
Nossa Diego, era exatamente isso que eu ia comentar aqui. CD chato, nada inventivo...Parece que eles estavam sem nada pra fazer e resolveram abrir aquela csixinha de experiências que todo mundo tinha quando era pequeno, daí saiu esse lixo.
Bom saber que alguém gosta do Reload! Hahaha! Pra mim é um dos top album do grupo, mas quase ninguém concorda comigo!

(Orppheu) (Orppheu) (05/11/2011 19:03:42)   10 2
Opa Diego!!
Rapaz, também não gostei de "Lulu"! Achei esse albúm mediano, mas no geral não gostei. Porém, até gostei um pouco de umas duas músicas, mas o resultado final é meio estranho e irritante, nisso concordo contigo. De 0 a 10, dou nota 4.
E, Diego, vc curte St. Anger?? Respeito a sua opnião, mas acho esse albúm péssimo.

Bruna, eu também gosto pra caramba do Reload! É realmente um albúm excelente!! Então, sim...eu também concordo com vc!! :-)

Long live rock 'n' roll




Omeletop : musica

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.