Assista Agora

Projeto X - Uma Festa Fora de Controle | Crítica

Que balada é essa!?

Marcelo Forlani
15 de Março de 2012

Projeto X - Uma Festa Fora de Controle

Projeto X - Uma Festa Fora de Controle

Project X
EUA , 2012 - 87 min.
Comédia / Documentário / Drama

Direção:
Nima Nourizadeh

Roteiro:
Matt Drake, Michael Bacall

Elenco:
Thomas Mann, Oliver Cooper, Jonathan Daniel Brown, Kirby Bliss Blanton, Alexis Knapp

Bom
Projeto X
Projeto X
Projeto X

A esta altura você já deve conhecer muito bem o nome de Todd Phillips, que faturou mais de 1 bilhão de dólares nas bilheterias ao redor do mundo com os dois filmes da franquia Se Beber, Não Case (Hangover). E é ele que, por meio de sua produtora Green Hat Films, rompe novamente as regras do que é socialmente aceitável e lança Projeto X (Project X, 2012).

O filme conta a história de três adolescentes que fazem parte da "turma invisível" da sua escola, mas que, no aniversário de um deles, resolvem aproveitar que a casa estará vazia e fazer uma festa inesquecível. E - sem medo de spoilers, posso dizer - conseguem!

Apesar de utilizar mais uma vez o estilo de filmagem encontrada (found footage) popularizado em A Bruxa de Blair, Projeto X consegue escapar das armadilhas da fórmula apresentada pelo gênero, ao focar basicamente na tal festa adolescente que foge - e muito!! - do controle, e acaba virando notícia nacional. A câmera na mão pilotada por um colega do trio protagonista faz todo o sentido aqui e te coloca no lugar em que você mais gostaria de estar, no meio da festa, dançando com muita gente bonita, tomando tudo o que aparece na frente e aproveitando ao máximo cada segundo. Somam-se à câmera principal trechos captados por iPhones, Blackberries e Flips que a produção forneceu aos atores e figurantes durante as 25 noites em que a balada durou, em Los Angeles.

Já dá para imaginar que deve ter muito crítico por aí torcendo o nariz. Dou até um pouco de razão, primeiro porque as primeiras notícias que apareceram sobre o filme diziam que ele era uma comédia - o que ele não é. Mas a verdade é que este filme não é para eles, pessoas que gostam de cinema de arte, de preferênica com takes longuíssimos em que só se ouve o barulho do vento batendo no microfone. Projeto X foi feito para a geração YouTube, que vê o mundo em cortes rápidos, através das telinhas das filmadoras digitais barateadas, dos celulares que captam todas as cenas do cotidiano, enfim, do vídeo democratizado. Se você não vestir a jaqueta da Geração Y, jamais vai entender ou curtir o filme.

Apesar de curto - apenas 87 minutos - o ritmo estroboscópico do longa faz parecer que ele é muito maior do que realmente é. Até aí, tudo bem. O problema é que o roteiro do promissor Michael Bacall (Scott Pilgrim, Anjos da Lei) não consegue manter o ritmo ou dar um desfecho que combine com o que havia sido mostrado até então. Ao trazer de volta um personagem que havia aparecido lá atrás, a história vira outra coisa e a festa apenas termina.

Resumindo, Projeto X é um Negócio Arriscado batido com um Superbad - É Hoje, mas sem a parte cômica de um McLovin' ou o sexo no trem. De resto, estão lá a vontade de ser popular, o anseio de finalmente pegar alguém, a dificuldade de conseguir bebida, o carrão intocável do pai e até o final em que o festeiro se dá bem na vida.

Como pai, eu acho que o filme realmente é uma afronta à sociedade. Mas o adolescente que ainda vive dentro de mim curtiu muito a balada.

Leia mais sobre Projeto X



Comentários (96)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

André André (13/07/2013 22:00:28)   -3 0
Esse filme é uma afronta à sociedade moderna, apologia ao vandalismo, ao uso de drogas, sexo inconsequente, e a lista é enorme. Absurdo o Omelete dar 3 ovos pra esse filme e ter desprezado filmes que valiam a pena. Perdeu um leitor pela falta de bom senso.



Jefferson José Jefferson José (15/05/2013 20:04:43)   1525 3
Tosco, tosco, tosco!
Sem roteiro, sem atores e feito exclusivamente para jovens anencéfalos.

O estilo documental só tenta disfarçar a produção porca, é o tipo de material que está cheio no YouTube. Eu achava que era difícil ficar pior que American Pie, mas esse superou.
Todd Phillips e Michael Bacall deviam estar nessa festa e esqueceram que estavam fazendo um filme. Crap!

1#5



Jorge Luís Jorge Luís (25/09/2012 11:55:45)   76 -2
Se uma das funções da comédia tem sido chacoalhar as estruturas de uma sociedade a cada dia mais acomodada em dogmas politicamente corretos “Project X” então pode tomar pra si o papel de legítimo herdeiro dos filmes juvenis amalucados presentes nos cinemas desde obras como “Animal House”, “Porky’s” e mais recentemente, a série “American Pie”.

Aqui o importante antes de tudo é a diversão, e Project X é extremamente bem sucedido ao retratar uma geração acostumada a não ter limites, principalmente em se tratando de festas.

Mais importante que propriamente fazer rir, o filme investe em mostrar com requintes de realismo documental situações cada vez mais absurdas, mas não por isso, inverossímeis. Em um mundo obcecado por juventude, beleza e prazer sem limites, não é difícil acreditar que uma simples festa adolescente possa tomar as proporções épicas e destrutivas mostradas no filme.

7.5/10.0



sem avatar Lucas (18/08/2012 05:43:23)   2 -1
Apesar de não gostar desse tipo de filmagem gostei bastante do filme realmente da uma puta vontade de estar naquela festa,o diretor de fato levou tudo ao extremo e tocou o foda-se ao politicamente correto. Muito bom



sem avatar Fernando Morais (17/07/2012 11:07:42)   7 -1
Gostei do filme, confesso que demorei pra tomar coragem e ve-lo hoje pois bem eu ate que gostei,e vou dizer um segredo nao so pra que nao curtiu esse filme e outros tantos por ai,eu curti o filme como ele é, não ter que buscar explicativas mirabolantes, ou filosoficamentes corretas,liguei minha tv e vi o filme sem esperar que luz do mundo e os segredos do universo me iluminasse simples assim, acho muito babaca as pessoas quererem analisar as coisas assim,o filme é o que ele é e cumpri tudo aquilo que prometo, uma festa de arromba e ponto final, pode ser
tudo uma mentira televisa, sim pode e dai nao quero o segredo do santo Graal
quero apenas curtir a historia, é assim que vejo um filme, eu entro na historia compro ela sendo ruim ou nao me transporto pro enredo e na duraçao do filme aquilo que vejo eu compro se o filme é ruim ou nao, nao compete a mim dizer so acho babaquice um monte de discussao ai em cima se o filme é uma merda ou uma obra do cinema, WTF, cada um com sua opiniao



DJ Rodrigs DJ Rodrigs (13/07/2012 14:54:21)   31 -1
Ta brincando?!! Esse filme é fodastico!!! \o/

Vi várias vezes ja!! É a festa dos sonhos de qualquer jovem!! (grande parte)
O filme ti faz sentir a vontade de estar la naquela bagunça, trilha sonora fantástica!!

E ti faz pensar, se fosse na minha casa isso?! kkk bem loko.


Sem dúvida , só mi arrependo de não ter visto no cinema, vi em DVD.

"Pra mim, filme muito bom, cumpri seu objetivo e seu papel, diversão sem limites."


Quem nunca teve vontade fazer uma zona quando está só em casa?!



Breno Breno (01/07/2012 02:08:37)   93 0
vi esse filme hoje e achei sensacional. Realmente o negócio sai do controle. Daria 4 ovos.


sem avatar Mauricio (01/07/2012 12:09:45)   6 1
A parte do carro sendo jogado na piscina, ao vivo, foi muito bem construída. Eles acertaram na direção estilo documentário. O filme começa simples, você pensa que vai rolar só uns amassos, e depois, conforme a festa vai saindo do controle, tudo fica inesperado. Aí está o merececimento de quatro estrelas.
Muita gente acha que o filme pode ter má influência, o que é uma besteira. Se fosse na vida real, com as vizinhos pirados que nós temos (vivem de olho nas nossas vidas e não na deles)a polícia já teria sido chamada em menos de meia hora. Em um hora, uma hora e meio no máximo a festa teria acabado.



cheio de neuras quanto a ladrões








sem avatar Ice (18/06/2012 13:58:36)   -1 -1
Eu achei o filme demais.
Não o que o filme mostra, no sentido de achar que a festa em si foi boa, achei demais a ideia do filme.
A grande sacada foi concentrar, numa só festa, todos os medos dos pais qdo deixam seu filho adolescente sozinho.
Tudo o que não poderia acontecer, aconteceu nessa festa e isso que foi engraçado.
Achei ótimo, dei muita risada e depois do filme me coloquei na situação do pai.
No fim, o filme ainda mostra algo muito verdadeiro, que é o descontrole crescente que ocorre quando há reunião de muita gente.



Malenna Malenna (10/06/2012 17:56:52)   1036 0
sinceramente, achei o filme bem insano, bem "fora do controle" e tem certos pontos bem engraçados, mas não mudou nada na minha vida nem me acrescentou nada.



sem avatar Pedro (08/06/2012 03:23:19)   4 -1
Excelente critica, completa!



Publicidade
William William (07/06/2012 19:17:48)   1 0
Ok Fernando! Você expôs a sua opinião, tem necessidade de repeti-la várias vezes?
Sinceramente, me surpreendi com os comentários de vossas pessoas que se intitulam "inteligentes". Se acham melhores, apenas pelo fato de não gostarem de um filme? Aplausos para vocês.. realmente são muito inteligentes!

Adorei o filme, gostaria de estar presente em uma festa dessas, como estarei em qualquer dia desses, mas não significa que eu seja delimitado a isso.

Pelo fato de vocês não gostarem de determinada coisa, não significa que são melhores do que aqueles que gostam! Aceitem as pessoas como elas são, cada um tem a sua maneira de ser feliz.

Um comentário do tipo: "Não gostei do filme, não me identifico com uma situação dessas" é simples e aceitável. Agora quando um ser vem e fala isso: "não tem nada mais que eu odeie do que essa maldita Geração Y", o que significa? Precisa ter rancor por algo que não te agrada? Ou será que em algum momento de sua vida você foi afetado de alguma forma constrangedora ao ponto de odiar essa maldita Geração? hahaha..



Henrique Henrique (14/04/2012 16:50:12)   98 0
Bons tempos os de “Garota Sinal Verde”... Se bem que ele é praticamente da mesma época de “A Última Festa de Solteiro”, um dos primeiros e piores filmes na carreira de Tom Hanks, já apresentando as sementes que no mundo moderno originariam algo como “Projeto X”, uma obra irresponsável no topo da classificação "brainless teenager movie", perfeito para adolescentes desmiolados e adultos que sofrem de “revival”, como o próprio "tiozão vizinho penetra", personagem do filme.

Este tipo de filmagem (“found footage” como em "A Bruxa de Blair" e "Cloverfield") remove a “película ficcional” que existe como filtro em filmes como “Hangover”, e tem muito mais potencial de incentivar “fogo na cortina” do que um episódio de Beavis and Butthead...

O filme possui a atmosfera de uma série americana, em estilo reality show, que a MTV exibiu por aqui tempos atrás, onde jovens burgueses viviam os conflitos da vida fútil em festas “VIP” e, ao contrário do que dizem por aí, tem sim moral... Mas do avesso, constituindo péssimo exemplo para os idiotas pré-dispostos que podem se encorajar a realizar coisas semelhantes, cultuando comportamentos e valores invertidos, infelizmente tão em voga nos dias atuais.

Durante a sessão no cinema fiquei preocupado com as risadas em certos momentos nada meritórios, mas nada que se compare à sensação de ouvir a plateia aplaudindo ao final do filme. Com o que, ou quem, este pessoal se identifica? Em determinado momento, uma garota ao meu lado ficou com nojo de um gordinho suado que aparece no filme, exatamente como uma das “bitches” se enojaria nesse tipo de história... O personagem “Costa” é uma versão “C” e sem carisma de Seth (Jonah Hill em Superbad) que, convenhamos já é “B”. Que diabos afinal está acontecendo?

Como esperar que uma audiência que aplaude tal filme, que aplaude a popularidade dos protagonistas e a “moral inversa”, tenha condições de mudar a sociedade para melhor?

Pelo contrário. São como zumbis que um dia vomitarão no vidro dos carros, com ou sem o Romero dentro.

Tal obra deveria suscitar revolta, preocupação, reflexão... Tudo menos risadas histéricas. Confesso que sorri em três partes do filme (perseguição por um traficante a la “Terminator 2”, adolescentes seguranças, e a fúria do anão saindo do forno) que juntas não compõem um único minuto. Ganharia mais (tempo e diversão) assistindo um vídeo no Youtube.

Apesar de não concordar, é fácil entender um tipo como Flash Thompson (das histórias do Homem Aranha) ser popular no Colégio ou Universidade, pois mesmo humilhando outros estudantes ele ainda é atlético e bonitão, e o pessoal tende a relevar mais estes atributos quando jovens do que outros mais, digamos, “saudáveis”. Mas não é fácil entender um mundo moderno onde até mesmo os motivos para popularidade se tornaram mais supérfluos, fúteis e ignóbeis... Desde quando prover uma festa que "destrói, perturba, fere e coloca em risco" é motivo suficiente para tornar populares três seres patéticos que normalmente são chutados por “Flash Thompsons” nos corredores? Este “new nerd” é a antítese do nerd estilo Peter Parker. É o nerd que talvez mereça ser chutado na bunda e enfiado latrina abaixo...

Quando o filme muda de “tom” ao final, tornando-se quase um “disaster movie”, minha vontade foi a de ver junto com a chegada dos policias uma unidade ED-209 para alvejar os transgressores...

Ainda acho que a “festa americana” do comédia MTV é bem mais saudável. Recomendo.



AgSmith AgSmith (31/03/2012 10:55:33)   1 1
Achei o filme muuuuiiiito engraçado! Quando você pensa que já viu tudo, acontece algo ainda mais absurdo. As pessoas têm levado filmes muito à sério e esquecido de duas coisas:
1- Filme é ficção, é exagerado. Mesmo quando baseado em fatos reais, não assume o compromisso de ser exatamente fiel à história original. Assim, dizer que um filme como esses inspira festas reais é como dizer que o super-homem inspira alguém a se jogar de um prédio achando que vai voar. 2- Filme é entretenimento. Problemas, bastam os da vida real. Quer "lição de vida", procure um bom livro de um autor renomado. Não recebo, e nunca recebi ou receberei, "lição de vida" de um roteirista de cinema. Menos, bem menos.... Tenho visto ótimos filmes, comerciais ou não - pouco me importa, de comédia, suspense, ação, aventura, drama, romance,policial, terror. Quanto a ser escrachado. Sorry! "Humor não precisa ser politicamente correto".
ET, quer dar gargalhadas do início ao fim: entre no clima, na pilha do filme. Só as tiradas do cachorro voador e do anão fdpta valem o ingresso.



' Maurício ' Maurício (23/03/2012 21:02:10)   -6 -1
vo fica no meu projeto A messmooo!



sem avatar Isadora (21/03/2012 17:33:36)   52 -1
Até aquele filme dos anos 80, em que o Tom Hanks participava de uma despedida de solteiro, dá de dez a zero nessa presepada feita para a "geração Y seja lá o que for"



sem avatar marcus (21/03/2012 17:20:48)   2 3
não existe comentário mais inútil e desagradavel do que falar:
Esse filme é um lixo!!
ou
Esse filme é uma merda!!
Se quiser expressar sua opinião, pelo menos tente argumentar, esse tipo de comentário só denota falta de educação!!



Oren Ishii Oren Ishii (20/03/2012 21:22:19)   54 -1
Antes de mais nada:O que diabos é geração Y??



Diego Diego (20/03/2012 08:28:13)   3 0
No primeiro parágrafo não seria 1 bilhão ao invés de 1 milhão?



Majin-Boo Majin-Boo (17/03/2012 16:24:53)   538 -1

Ruim e chamar essa Cagada de filme. Mistura daqueles videos de Bailes Funk Proibidões com Party Hardcore, só que sem sexo.

Tem nem roteiro essa bosta, Forlani Fala do roteiro raso do anjos da Noite, mas essa birosca que nem tem estória tudo bem. Já vi filme Porno com história, dialogos e atuações muito melhores do que essa birosca, e eu não estou sendo irônico, sem falar que porno tem a vantagem de ter sexo.

Se for assim, se essa porcaria ai for cinema, saio por ai aprontando altas putarias, filme tudo, junto, e coloco um titulo tipo: Uma Semana de Putaria. Pronto tó rico.



Majin-Boo Majin-Boo (18/03/2012 15:25:23)   538 -3
Comentário mal avaliado pelos leitores. Clique para ler.

sem avatar Thiago (18/03/2012 18:34:42)   -8 0
Eduardo é o senhor da razão desde quando?

:)

e não, não tenho nada pra falar do filme.. só achei engraçado como vc quer ser O cara dos comentários.

Quanto a crítica aparenta ter sido justa com o filme, mas de fato os ovos não podem mais ser levados em consideração
nesse site.



Majin-Boo Majin-Boo (18/03/2012 18:48:21)   538 -1

Ai a chiliquenta, não gosta que os outros falem mal de nada. O Eduardo chiliquenta e moderador dos comentários agora. Eu não mando email pra produtores porque eu estou comentando a critica.

hahah eu não posso reclamar do filme, mas vc pode reclamar da minha reclamação. A chiliquenta deve tá de TPM, Ao inves de reclamar dos outros porque vc não dá sua opinião, vc não passa de um critico de comentários.

Vou usar um trecho seu pra justificar: "Vai arranjar algo util pra fazer do que ficar reclamando dos comentários dos outros porra!!!!"

Ao invés de ficar reclamando ai da minha reclamação, porque não me manda um email reclamando aqui vai ele: dilmarousself@gmail.com.
Ou me manda uma reclamação em 3 vias pros meus advogados. aqui vai meu endereço: Palacio da Alvorada; Zona Cívico-Administrativa Brasília - DF; CEP 70150-903.



sem avatar Niels (19/03/2012 11:07:18)   -6 -2
Eduardo, você não se cansa de ficar escrevendo um monte de asneiras? Se o site foi aberto para comentários, isso vale para desabafos em relação à degradação da sétima arte... Como tenho perdido alguns segundos lendo os seus comentários, pude perceber que você fala "coisa com coisa", não sabe diferenciar figuras de linguagens básicas (por exemplo: locuções denotativas e conotativas); tudo tem que "meter a colher" e ser prolixo ao máximo. Ah... E se acha que este espaço não é para "desabafos", peço-lhe, gentilmente, que também não seja para apreciadores abobalhados, que só tecem elogios... Isso, além de ser chato, é uma atitude bem juvenil (para não dizer inocente).

Jetro Jetro (19/03/2012 20:13:04)   216 -3
Comentário mal avaliado pelos leitores. Clique para ler.

sem avatar Niels (20/03/2012 09:15:10)   -6 -2
Caro Eduardo,

Não precisa se sentir tão honrado, pois não mereço o mérito de fazer que alguém seja louvado... No mais, não estou criticando o filme, mas criticando quem não aceita críticas sobre filmes (ou seja, numa posição contrária a sua, visto que critica pessoas que fazem críticas sobre filmes). Agora, gostaria que você me explicasse qual é a relação entre "não criticar" e ser maduro(?), pois sempre pensei que essa analogia fosse justamente o contrário disso.

Alex Alex (20/03/2012 19:12:49)   7 1
concordo com o eduardo esses cara ou vem aqui pedindo a cabeça do forlani ou do hessel e não acrescentam nada esses caras que se acham superiores que todos e a opnião deles que é a certa primeira vez que vejo alguem reclamando parabens eduardo

Jetro Jetro (20/03/2012 22:53:12)   216 -2
Ok, vou tentar ter um pouquinho de maturidade e parar de ser um ogro nos comentários pra não ferir os sentimentos de pessoas muito sensíveis. Vou tentar ser um pouco mais educado:

Esse filme é um excremento cinematográfico.


Breno Breno (17/03/2012 13:10:49)   594 0
Um das criticas mais sinceras que eu já li no Omelete. Parabéns Forlani. Alias, to pensando em ver esse filme por ser do Todd Phillips.



Publicidade
William William (16/03/2012 20:22:42)   -111 0
Bom com certeza se eu for a uma balada de verdade vou beber bem, rir muito, ouvir a música que quero e ainda faturar umas minas... que Projeto X que nada.



Rhumas-Jetzer Rhumas-Jetzer (16/03/2012 19:44:47)   1332 2
"Se você não vestir a jaqueta da Geração Y, jamais vai entender ou curtir o filme."

Muito obrigado, Forlani, eu tenho 15 anos, mas eu odeio essa geração Y, sou bem Old School então eu vou passar longe e assistir Shame.


sem avatar Fulvio (17/03/2012 17:15:34)   42 -3
Comentário mal avaliado pelos leitores. Clique para ler.


sem avatar Fernando (16/03/2012 19:04:09)   -8 -1
Como o próprio Forlani disse, aproveite como se estivesse em uma balada que conseguiu ser transformada em filme. É tanta insanidade junta que acabou ficando bem feita. Falei mais sobre ele no blog: http://temumcoelhonocinema.blogspot.com/2012/03/projeto-x-uma-festa-fora-de-controle.html



sem avatar Priscila (16/03/2012 16:51:48)   -2 -2
http://trollandofilmes.blogspot.com/ https://www.facebook.com/TrollandoFilmes



Fábio Henrique Fábio Henrique (16/03/2012 16:36:34)   42 0
Saiu uma notícia de que um jovem morreu nos EUA porque foi imitar uma das situações do filme. Acho que o Rubens Ewald tem uma certa razão quando diz que as pessoas subestimam o poder de influência do cinema (bem como de outras mídias).


Alerson Alerson (16/03/2012 18:41:04)   1323 0
O cinema não tem tanto poder de influencia assim,as pessoas é q possuem mente fraca.

Anderson OXS Anderson OXS (21/03/2012 21:23:15)   1 -1
Tudo tem poder de influencia e sempre havera mentes fracas.

Agora, esse tipo de filme tem que ser pensado com uma faixa etaria, mas sinceramente pra que fazer esse filme?rs


Romualdo Romualdo (16/03/2012 15:53:42)   1617 0
Quem bom né... já são filmes com câmera amadora que foram bons esse ano então: Poder Sem Limites e Projeto X.



Please No Please No (16/03/2012 14:28:01)   130 2
Filme bom é aquele que você assiste e curte sem ter que vestir nenhuma jaqueta pra gostar/entender o filme.

Passo.



sem avatar tamis (16/03/2012 14:05:44)   16 1
Eu achei interessante o filme, ainda não vi, pretendo.
Isso não faz de mim "mais uma adolescente preguiçosa que não consegue ler um texto, ou ver um filme decente, e só fica na internet". Porque a maioria dos comentários que eu li aqui estão falando isso. Estão generalizando toda uma geração. Eu adoro ler. É a coisa que eu mais faço. Ler, escrever, assistir filmes. Posso ser diferente de muitos adolescentes da minha idade, eu sei disso, mas não sou a única. Existem muitos adolescentes dessa geração que são mais do que viciados em tecnologia. E só porque eu tenho pouca idade, não significa que eu não aprecie bons filmes, ou boa música, ou bons livros. Nem todo mundo aqui é alienado. Garanto que muito de nós, adolescentes, gostaríamos que nos tratassem com mais respeito. Muitas pessoas mais velhas gostam de falar mal de nós, da nossa geração, dos nossos costumes, mas eles não tentam nos ajudar, ou ao menos compreender.


Anderson OXS Anderson OXS (21/03/2012 21:26:44)   1 -1
Sou professor de escola publica e vc é uma excessão, e quando falamos de geração falamos da "massa" e nao do individuo, dou parabens para voce, mas a "sua" geração é uma tranqueira. Vc é apenas especial no meio deles.

E graças a Odin existem sempre alguem especial no meio de geraçoes de merda como a sua e a minha (tenho 31 anos). Nossa geração nao é tao melhor assim, mas ninguem quer olhar isso.

"Somos burgueses sem religião. Somos o futuro da nação. Geração Coca-Cola"

E olha como esta a nação rs.


Renan Renan (16/03/2012 13:40:09)   2440 1
Pensa em um filme ridiculo. Esse é pior. Se o Forlani reclamou do roteiro do Anjos da Noite 4 como que não reclamou do roteiro(?) desse? O filme não tem história, é só imagens de uma festa.

Pegue a sexta ou o sabado a noite que vc pensa em ver este filme e vá em uma festa de verdade, é bem mais produtivo e pelo menos vc não vai só ficar vendo cerveja e mulheres, podera beber e comer.


sem avatar Renato (19/03/2012 14:47:52)   4 -1
Ô Renan, não me leve a mal, mas onde é que tu leste Anjos da Noite 4? O Forlani falou em Anjos da Lei. Acho que são dois filmes beeeem diferentes...

Renan Renan (21/03/2012 12:51:51)   2440 0
@Renato, eu to falando da critica do Anjos da Noite 4, o Forlani que fez e reclamou que o filme não tinha roteiro. Capiche?


R@finha VERDÃO Rises R@finha VERDÃO Rises (16/03/2012 12:22:09)   705 2
Cara quanto tempo eu num vou numa balada...



Publicidade
sem avatar Carlos (16/03/2012 12:10:08)   12 1
Poxa, que confusão, O Forlani deu a opinião dele, e está certíssimo quanto a isso, todo mundo que tem uma certa faixa etária (17-22), e que é da geração Y (eu sou, mas nem por isso, não vejo filmes clássicos ou cult, sou viciado, não vou citar aqui pra não querer passar por old school hahaha), com certeza vai gostar do filme. já quem não gosta, ok, beleza, mas saber respeitar os gostos alheios é fundamental.



Rodrigo Rodrigo (16/03/2012 11:47:01)   11 1
e outra, isso é apenas um filme. Como poderia ser uma música. Será que um desempregado sem ensino fundamental (por exemplo) que gosta de música clássica deveria ser superior a um astronauta que gosta de escutar "Ai se eu te pego!"? Assiste o filme quem quer e ponto.



Rodrigo Rodrigo (16/03/2012 11:41:40)   11 2
Acho engraçado que os grandes críticos (não oficiais do fórum) tentam fazer a cabeça dos outros falando pra não assistir o filme. Por que isso? Talvez eu não tenha idade pra ser dessa tal geração Y mas sei respeitar a opinião dos outros sem ter a necessidade de me mostrar maior do que sou ou tentar impor minha verdade. Tem muita gente aqui que come macarrão e arrota lagosta.



Zé José Zé José (16/03/2012 09:44:24)   104 6
"Se você não vestir a jaqueta da Geração Y, jamais vai entender ou curtir o filme".
Obrigado por avisar, vou passar longe.



Rachel Rachel (16/03/2012 09:31:55)   46 9
Ao assistir John Carter nessa semana, eu e uma amiga vimos o trailer desse filme. Um grupo de jovens aparentando ser da mesma faixa etária dessa tal geração Y que estavam sentados atrás de nós ficou animadissima.Eu e ela não reagimos com tanto entusiasmo. Aí minha colega me falou: "é amiga, estamos ficando velhas!". Eu respondi da seguinte forma: "não estamos ficando velhas amiga, apenas, mais inteligentes..."


jf jf (16/03/2012 14:37:24)   21 3
Boa ...a geração y seria a geração "YDIOTA" ..

Please No Please No (16/03/2012 15:01:22)   130 0
Por isso que não vou assistir esse filme.

Faço parte da mesma geração da Rachel: I, de INTELIGENTE.

Matheus Matheus (18/07/2012 19:01:43)   -2 0
@Please No
@Rachel

coloca a geraçao I de vcs na b...

sem avatar Sra. (10/11/2013 04:45:29)   0 0
Eu assisti, achei bom.
Não sou idiota.
Você esta ficando velha.


Adriano Tenório Adriano Tenório (16/03/2012 09:06:43)   226 -1
"rompe novamente as regras do que é socialmente aceitável"...

Clichê demais.



Bruno Bruno (16/03/2012 08:16:31)   63 2
Caramba, Marcelo Forlani... Eu não posso respeitar ninguém que se diga crítico de cinema e use o termo "filme de arte".

Não estou dizendo que esse filme seja indefensável, mas acho que o Forlani precisa entender um pouco de teoria de cinema pra criar seus argumentos.

E só pra constar: eu sou da Geração Y e não acho que o público se divida entre cinéfilos que gostam de "takes longuíssimos em que só se ouve o barulho do vento batendo no microfone" e adolescentes que vão idolatrar um found fotage de uma festa.

Somos um pouco mais do que isso, Forlani.


André B André B (16/03/2012 20:03:19)   945 1
Não gosto de falar do crítico ao invés da crítica, mas acho que o Forlani pisou no tomate nessa.


Kainã Kainã (16/03/2012 07:27:42)   58 4
Olha, eu sou jovem, não da "Geração Y" odeio esse nome, não quero vestir essa jaqueta. Eu adoro filmes longos, com takes e tudo mais, mas eu tambem gosto de balada.
E gosto quando o Found Footage é bem usado.



Diego Francisco Diego Francisco (16/03/2012 07:21:52)   897 0
O que esse filme tem para ser 18 anos?



Majin-Boo Majin-Boo (16/03/2012 04:56:53)   538 -1

"Se você não vestir a jaqueta da Geração Y,jamais vai entender ou curtir o filme"

Tai um belo motivo pra não assistir, não tem nada mais que eu odeie do que essa maldita Geração Y.



William William (07/06/2012 19:26:56)   1 1
hahaha... Um ser se define pela sua forma de pensar e as suas palavras. Não precisa nem defini-lo!

Pergunta off.. Você já sofreu bullying?.. hehe



Publicidade
DR. Zaius, ministro da ciência e defensor da fé! DR. Zaius, ministro da ... (16/03/2012 01:56:04)   1030 -2
"Mas a verdade é que este filme não é para eles, pessoas que gostam de cinema de arte, de preferênica com takes longuíssimos em que só se ouve o barulho do vento batendo no microfone."PASSEI A VIDA ESPERANDO UMA CRÍTICA ASSIM!!!!
FORLANI, VOCÊ É MEU HERÓI!!!!!!!!!!!!!!



sem avatar Marco A (16/03/2012 01:51:26)   680 0
Até acho que deve ser legal, mas pra ver em casa. Não gastar 25 paus num cinema.



sem avatar Marcelo (16/03/2012 01:35:38)   0 0
Concordo com o texto do Forlani! E digo pra vocês, assistam essa bagaça que é muitooo foda!! haehea

Na pré estréia do omelete até rolou aplausos!!!



Thiago Thiago (16/03/2012 00:43:10)   392 0
Estou louco para ver este filme....



Ronny Ronny (15/03/2012 22:09:37)   113 -4
Comentário mal avaliado pelos leitores. Clique para ler.

Majin-Boo Majin-Boo (16/03/2012 05:07:33)   538 0

Então vá esse filme, que ele foi feito pra você. Uma das caracteriscas da Geração Y e ser superficial e que tem preguiça de ler um texto que tem miseros sete paragrafos, Hoje dia, na verdade não ler nada que tenha mais que 140 caracteres.



Dark Dark (16/03/2012 10:04:51)   630 -1
geração Y, a pior de todas nos últimos 12 mil anos!

Ronny Ronny (16/03/2012 20:35:32)   113 -2
nada a ver o comentario do nosso amigo majin-bon.A chamada geraçao y é q gosta justamente desse tipo d filme,coisa q nao faço parte.. Tenho horror a qualquer coisa feita para TEEns.Tenho preguiça d ler qualquer coisa relacionada a isso ai,agora sobre outros filmes podemos ficar aqui o dia todo.


André B André B (15/03/2012 21:55:10)   945 1
Não vou deixar de perder.


sem avatar Clovis (16/03/2012 00:00:12)   -3 0
Não perca a oportunidade de perder esse filme.


Bruno Bruno (15/03/2012 21:40:06)   120 0
1 bilhão Forlani, não 1 milhão.


Diego Francisco Diego Francisco (16/03/2012 07:20:27)   897 -1
1 milhão deve ter sido o que Todd Philipps ganhou pelo dois filmes.


sem avatar Santos D. (15/03/2012 21:18:28)   1260 0
A premissa é bem batida mas mesmo assim pode render algo divertido.Pretendo conferir.


sem avatar Fernando (15/03/2012 21:42:14)   -14 0
quando sair em dvd não vale a pena ir no cinema


Raul Raul (15/03/2012 21:04:24)   1069 1
Assistirei.


sem avatar Fernando (15/03/2012 21:16:41)   -14 -1
não vai e muito ruim


sem avatar Fernando (15/03/2012 20:32:37)   -14 -1
ir no cinema pra ver um filme sem historia onde so tem pessoas pulando dançando e maltrando o cachorro e perca de tempo



Publicidade

Omeletop : cinema

Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.