Assista Agora

Ataque dos Titãs #1 | Crítica

Mangá de Hajime Isayama apresenta um ótimo conceito, mas peca na execução

André Sollitto
06 de Dezembro de 2013

Ataque dos Titãs

Ataque dos Titãs

Shingeki no Kyojin
Hajime Isayama (tradução: Erika Abreu)
Japão , 2013 - 196 páginas
Ação / Ficção científica Panini Comics

Bom

Ataque dos Titãs (Shingeki no Kyojin), de Hajime Isayama, é um dos maiores fenômenos recentes entre mangás. No seu Japão natal, foi a segunda série mais vendida de 2013, atrás apenas de One Piece. Nos Estados Unidos, cinco volumes ficaram na lista de graphic novels mais vendidas. Uma indicação no Festival D'Angoulême sacramenta o ano de Ataque dos Titãs, que agora tem seu primeiro volume lançado no Brasil pela Panini.

O mangá conta a história de Eren, sua irmã Mikasa e seu amigo Armin, habitantes de um mundo em que cidades foram muradas para impedir o avanço dos titãs do título, seres com alturas que variam de quatro a 15 metros que devoram pessoas sem razão aparente. A mãe de Eren é morta em um ataque dos gigantes e o garoto jura vingança, começando uma jornada para exterminar os monstros. Como o primeiro volume termina antes de uma grande reviravolta na trama (é como se fosse uma longa introdução ao universo da HQ), ainda não dá para entender direito os motivos que transformaram Ataque dos Titãs em uma febre.

O conceito criado por Isayama é bastante interessante e poderoso. Um mundo em que os humanos vivem enclausurados é interpretado como uma metáfora para a sensação de desesperança da juventude de hoje. Independente do que o mangaká quis mostrar com essa história, ele conseguiu construir um universo com potencial para ser explorado; os melhores momentos da HQ são justamente aqueles que explicam o que aconteceu com o mundo, o que os humanos sabem sobre os titãs e de que maneira foram criados sistemas de segurança para impedir os ataques dos gigantes.

Mas ao focar tanto no belo universo que criou, Isayama acabou negligenciando a construção dos personagens. Vemos o sofrimento de Eren e entendemos suas motivações, mas a nossa identificação com o drama do protagonista não é imediata. Podemos até admirar a silenciosa e durona Mikasa, mas também falta empatia à heroína. A série traz alguns bons ganchos, mas talvez o leitor retorne aos próximos volumes de Ataque dos Titãs por pura curiosidade, não porque nos importamos com esses personagens, necessariamente.

Outro fator que prejudica a leitura é o desenho. O próprio mangaká disse em entrevistas que seus traços são "amadorísticos", e isso fica claro logo nos primeiros momentos. As cenas de ação são um pouco confusas, e algumas páginas são desenhadas com um estilo diferente, como se um arte-finalista tivesse corrigido os erros. Não há nenhuma explicação sobre essas mudanças no estilo, que destoam muito do resto da HQ.

Este primeiro volume foi publicado no Japão em 2009, e desde então Isayama evoluiu muito, tanto na arte quanto na narrativa. O anime baseado em Ataque dos Titãs também ajudou a popularizar a saga dos gigantes. O mangá pode começar um pouco devagar, mas a vontade de saber o que acontece na história, especialmente após os acontecimentos mostrados nas páginas finais, deve garantir a volta dos leitores, apesar de tudo.

Leia mais sobre Ataque dos Titãs



Comentários (61)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

sem avatar Nilton (12/01/2014 12:29:53)   78 1
Eu acho que algumas pessoas que leram a critica tem alguma dificuldade de compreensão de texto.
Todo mundo reclamando que o mangá melhora e tal, que o cara é iniciante, mas gente é o que a crítica diz.
A crítica foi feita sobre o primeiro volume lançado no Brasil, esses problemas apontados estão lá, os outros volumes tudo vai melhorando, mas sinceramente antes de reclamar preste atenção ao que está lendo e não leia só o primeiro paragrafo.
Os últimos falam positivamente das melhorias e tal, não há razão para choro.



Bergkamp Bergkamp (13/12/2013 16:29:46)   154 1
Parei de ler a critica quando li ``O mangá conta a história de Eren, sua irmã Mikasa e seu amigo Armin``

Mikasa n eh irma do eren ta sabendo legal.



Tiago Tiago (12/12/2013 10:05:27)   77 0
Comprei por curiosidade e achei muito bom. Roteiro bacana. Quanto ao traço, geralmente os mangás acabam melhorando muito com o tempo.



sem avatar Caio (11/12/2013 11:58:55)   11 3
Nunca faço login pra comentar, por que acho muito ruim esse sistema de comentários do Omelete, mas, algo me chamou muito a atenção... essa crítica totalmente infeliz.
Para começar deveriam ter chamado alguém que realmente entendesse do assunto, que por sinal não tem ninguém no Omelete.
O mangá tem como propósito acabar em 20 volumes, porque não esperaram para fazer a critica depois de terminado? A arte se vocês dessa redação não sabem vai melhorando com o avançar da história e o mesmo para o enredo, isso nem seria algo criticável afinal é uma história que tem inicio meio e fim. MAS se trata de um artista que está iniciando e já nos apresenta tamanha obra. Olha eu poderia ficar o dia todo falando o por que essa critica é totalmente infeliz, mas acho que pelos comentários abaixo vocês já se "tocaram" da burrada que fizeram.

Se quiserem me negativar fiquem a vontade, só disse a verdade.



Phelippe Phelippe (10/12/2013 02:08:30)   21 1
O pessoal do Omelete não entende nada quando o assunto é mangá e anime, vão no site do Chuva de Nanquim, lá tem o melhor conteúdo desse gênero.



sem avatar Renan (10/12/2013 00:50:51)   5 1
Gostei bastante dessa série, mas eu e todos aqui hão de convir: o traço não é dos melhores e as cenas de ação às vezes são sim prejudicadas por isso, o que não é muito difícil de acontecer em muitos outros mangás também. Mas é comum também a melhora gradativa dos autores nesse aspecto de técnicas do traço depois de um tempo, como é o caso em muitos mangás famosos.



Kéfren Cezar Kéfren Cezar (09/12/2013 22:17:16)   2 0
A critica faz jus a forma de lançar mangás no Japão, o custo de produção e lançamento é caro.[Lançar um mangá é óbvio mais barato do que lançar um anime]. Então os primeiros mangás tentam sempre despertar curiosidade, deixando sempre mal explicado quase tudo. Sobre o estilo, isso pode variar muito por que o(s) desenhista(s) pode(m) ter feito realmente de propósito o desenho mal feito por causa do tema obscuro, o fato de estar lidando com gigantes pode causar desenhos desproporcionais, etc. Achei que a critica esta valendo por ter sido feita apenas para o primeiro volume. O desenho é fantástico, o anime é sensacional, é épico, dramático, violento, inesperado, etc. Não sou tão exigente, sou da época de baixar Evangelion à 10K/s na discada, hoje vejo em Full HD fazendo download em menos de 30min. Me gusta!!



Adriano Firefox Adriano Firefox (09/12/2013 17:54:30)   222 -2
Talvez não tenha sido inspiração pro autor, mas eu não pude deixar de notar muita coisa parecida entre Attck On Titans, e Game of Thrones. Uma muralha que protege a humanidade de inimigos que não são vistos faz muito tempo. Um grupo de soldados de elite que vão combater os titãs, mas que muitas vezes são questionados sobre sua necessidade, já que os titãs não aparecem há muito tempo, principalmente no começo. A pouca profundidade de alguns personagens, ou profundidade até exagerada em certos momentos justamente antes daquela pessoa que você achava que seria o melhor amigo do protagonista, ser dilacerado num combate. Escola George R. Martin de matar personagens, mas a história é boa, as reviravoltas bem legais! Recomendadíssimo!


Noir Noir (10/12/2013 02:18:09)   241 2
Cara, mas isso que vc associa ao Martin é bem mais velho do que ele e do que qualquer conto hipster da atualidade.

Klebson Klebson (10/12/2013 02:53:09)   9 1
Escola Martin...

Esse cara é um comediante.rs


Pedro Sérgio Pedro Sérgio (09/12/2013 11:18:32)   110 -1
Qual mangá veio primeiro, este ataque dos titãs ou Gantz/31?

suponho que eles não sejam a mesma coisa, pois os gigantes de gantz são desenvolvidos tecnologicamente, mas possuem enredo muito semelhante.

Não li ainda este dos titãs, mas já vi algo de gantz/31 e é bem chocante.


Milton Milton (10/12/2013 00:15:11)   282 0
Gantz se iniciou bem antes.


Eric Eric (08/12/2013 15:54:48)   6 2
A crítica do Omelete foi em relação apenas a primeira edição (está no título da matéria) e não a obra inteira.

Quem comprar o manga direto na banca sem nunca ter ouvido falar em Ataque dos Titãs vai ter a mesma opinião da crítica, desenhos ruins, sequências de quadros pouco explicativas principalmente nas cenas de ação e poucas ou nenhuma passagem que estabelece os personagens (entendo que são muitos mas pareceu que o autor estava correndo com a história pra conseguir mostrar no final da edição o destino de Eren).

É obvio que a série evoluiu desde então, afinal é um manga de 2009 e não fez sucesso atoa. Mas a análise aqui não é do anime e nem do que já saiu no Japão mas sim da apresentação da série aqui no Brasil usando o material que nós temos nas bancas.

Eu apoio a ideia de se ter críticas de mangas aqui, afinal o Omelete é site de entretenimento e não apenas de filmes e séries.



Publicidade
sem avatar Fernando (08/12/2013 15:08:35)   239 -1
Adoro o manga, mas concordo que alguns caps eu reli pra entender algumas cenas hehehehehe, a história demora pra engrenar e o Eren é uma mula com heroi.



Klebson Klebson (08/12/2013 03:39:21)   9 0
Só acho que o pessoal do omelete tem que se informar melhor antes de escrever uma crítica sobre determinado assunto.

"As cenas de ação são um pouco confusas"


Isso pra mim é puro achômetro.Não dá simplesmente pra tirar uma conclusão lendo um único volume; é a mesma coisa que dar nota para um filme vendo só sua primeira parte.Há mais de 10 volumes na internet, era só ler os outros mangás pra saber que a história evolui e muito ao decorrer dos capítulo.


Essa crítica sim merece 2 ovos.


Samir Samir (10/12/2013 13:38:22)   3 1
O que você Klebson, chama de achômetro (embora eu acredite que essa palavra nem exista)chamamos de análise crítica dissertativa. Então vamos por partes.
Os primeiros traços do autor não complementam a história. Um bom mangá deve transformar seus desenhos e protagonistas da narrativas. O que Isayama faz nas primeiras páginas é um emaranhado de rachuras que comprometem tanto a sombra quanto a iluminação de sua obra. Isso se corrige ao longo dos próximos volumes. Quanto o tratamento da história, ela beneficia pouco os protagonistas, focando mais nos antagonistas e a história que os envolve. Bem, antes de criticar o critico entenda primeiro como criticas são feitas. Abraço, espero ter ajudado.


Emerson Emerson (07/12/2013 18:08:40)   2036 0
Gostei muito do mangá e da série baseada nele.



Joselito Joselito (07/12/2013 15:10:41)   298 2
Omelete com critica de manga? wtf..

A arte é amadora mesmo (principalmente no começo) mas tem sua razão por ser assim. É um mundo feio, grotesco e sombrio, a arte é perfeita para ele. Quando comecei a ler esse manga eu via uma historia de horror.

Pessoas gigantes estão devorando as pequenas, não é uma realidade bonita...


Eric Eric (08/12/2013 16:09:11)   6 0
Mas não justifica o braço do titã colossal parecer massinha antes de ele bater nos canhões da muralha.

Joselito Joselito (08/12/2013 20:35:27)   298 1
"não explica bater como massinha.." huh?

É um dos primeiros capítulos do manga de um artista iniciante. Precisa de mais alguma justificativa?

E o manga ta cheio de cenas de ação exageradas e desproporcionais,é até uma marca dele. Da pra se acostumar fácil e curtir sem problema.


Ramon Ramon (07/12/2013 15:03:58)   42 0
o Mangá de Shingeki no Kiojin é demais eu já li a maior parte a trama é muito boa .. e o Omelete não sabe falar sobre Anime e Mangá só ficam no pop e não se aprofundam no que dizem ! Essa ficou devendo



sem avatar Rodrigo (07/12/2013 13:22:58)   0 0
Mas que pessoal mordido, o mangá é meio fraco mesmo e o anime quase insuportável devido a quantidade de gritos. Realmente não da pra entender porque Ataque dos Titas virou essa febre, muito fraco.



Zé (07/12/2013 09:12:24)   2454 3
Podia ser pior, um review do primeiro de volume de Kami Nomi zo Shiru Sekai aloprando que Kaima é apenas um nerd que tem a sorte grande de virar protagonista de dating sims na vida real.

O que é verdade, mas perdendo totalmente o foco do que realmente é interessante: o drama, os mistérios, as reviravoltas no roteiro, a chegada do Vintage, as deusas do panteão grego, viagens no tempo e paradoxos temporais para resolver que aparecem nos volumes seguintes.

Não se pode avaliar mangás como se fossem american superhero comics.



Leandro Leandro (07/12/2013 09:08:44)   3 1
O omelete é péssimo para crítica de mangas, deveriam deixar isso para quem entende!!!



Maldi♱☯ Kakar☯♱♱☯ Maldi♱☯ Kakar☯♱♱☯ (07/12/2013 09:05:43)   992 1
poise tambem achei estranho essas do omelete.



sem avatar Leandro (07/12/2013 08:46:09)   11 2
Bom para quem acompanha o mangá no Japão sabe que a história te prende e é muito interessante, consegui ler 06 vol.s em 3 dias e depois disto já alcancei o japão. No momento espero o novo cap. que deve sair esta semana dia 09 pra frente.
Percam seu tempo lendo que não vão se arrepender, os traços ora melhoram ora pioram um pouco, mas faz parte. :D
O anime ainda não assisti, mas um dia eu vejo.



Publicidade
sem avatar Fabiano (07/12/2013 03:27:35)   2 2
Não sei se estou errado, mas o que eu gosto do mangá é exatamente o traço, visto que parece algo realmente feito a mão, com cuidado, mostrando que o autor se preocupa com o seu desenho. Mas, concordo que a seqüência dos quadros é um tanto confusa, porque deixa coisas importantes de fora. Mas, não entendi a avaliação do Omelete, porque o primeiro volume é muito bom.


sem avatar Augusto (07/12/2013 10:28:22)   12 1
sempre li HQ, mais vou começar a ler este primeiro manga.. li apenas a primeira edição.. gostei bastante.. mais realmente nas partes de ação.. é meio difícil entender o que esta acontecendo.. mais mesmo assim vale a pena.. alguém sabe quantas edições vão? se já acabo no japão


Eric Eric (06/12/2013 23:20:56)   6 0
Assisti ao primeiro episodio de Shingeki no Kyoujin por curiosidade e logo o anime me conquistou. Alem dos traços serem muito bons a atmosfera dramática e a ambientação são perfeitos, com destaque para a trilha sonora que dispensa comentários. Assisti todos os 25 episódios e todos prenderam minha atenção do começo ao fim.
Por esses motivos esperei com altas expectativas a chegada do manga no Brasil e apesar de não ter ficado decepcionado algumas coisas me incomodaram. O traço é realmente amador mas não chega a incomodar tanto e vai ser interessante ver o desenvolvimento do autor, mas a narrativa as vezes é ruim mesmo. Um bom exemplo disso é a sequência em que Thomas é devorado pelo titã anormal, no anime eles avistam o titã e quando Thomas vai em direção a ele, o titã pula, morde Thomas e bate em um prédio. No manga nada disso é mostrado, em um quadro Thomas grita avisando do titã anormal e no quadro seguinte se não me engano já aparece o titã com a cara enterrada no prédio.
Senti falta também de algumas passagens do anime (apesar de saber que o manga veio antes) que ajudam a criar elos emocionais com os personagens e estabelecem suas personalidades, por exemplo o treinamento dos recrutas (Eren usando o equipamento danificado e mesmo assim conseguindo se equilibrar é uma de minhas sequências favoritas).

Mesmo com esses problemas estou ansioso pelos próximos números pois sei que a serie vai amadurecer muito ainda.



Zé (06/12/2013 21:47:30)   2454 2
Realmente o Omelete está longe de ser o site com melhor cobertura a anime e mangá no Brasil. Muito longe.

Imagino o que diriam do primeiro volume de Yu Yu. Mas não importa porque Togashi é mestre. E o Isayama escreve uma trama excelente.


sem avatar Fernando (08/12/2013 15:07:26)   239 0
Mas o Togashi peca pra caramba em alguns volumes, chega a ser irritante o desleixo dele, fora os hiatus gigantes que faz.


sem avatar Paulo (06/12/2013 19:59:25)   -1 -2
Difícil concordar completamente com uma avaliação do omelete, mas dessa eu concordo e sempre achei que esses pontos apontador me incomodavam, principalmente essa arte feia.



Guaxini Guaxini (06/12/2013 19:57:11)   720 -1
Assisti somente ao anime e não é inovador, mas achei muito legal.


@_mangekyou @_mangekyou (06/12/2013 21:06:48)   1 0
Discordo totalmente, se tem uma coisa que ele ou talvez a unica coisa que tenha é inovação, existe sim os clichês nos personagens mas a história é totalmente original.

Ele está bombando no japão exatamente pela história (já que o traçado é pobre).


Elvis Elvis (06/12/2013 19:45:57)   20 2
Não sei porque o Omelete ainda tenta dar atenção para algo japonês, já se provaram completos leigos no assunto, temos outros veículos especializados que prestam um serviço muito melhor.


Klebson Klebson (09/12/2013 21:38:22)   9 0
Melhor definição dessa crítica até agora.

Muito Boa Elvis!

^^


sem avatar Ary (06/12/2013 19:19:05)   4 -4
Comentário mal avaliado pelos leitores. Clique para ler.

sem avatar Fabiano (07/12/2013 03:24:05)   2 0
Ary, bem, não tem como comparar One Piece e Bleach com Attack on Titan, eles são muito superiores, porém eu sugiro você continuar a assistir o anime, o quê mais chama atenção é o fato dos personagens não possuírem poderes especiais, o que normal nos animes (com exceção do Erem). A história é envolvente e os mistérios prendem sua atenção. Infelizmente o final da temporada deixou a desejar com relação ao mangá, porém ainda é muito. Dê uma chance ao anime você vai gostar... rs..


Gus Gus (06/12/2013 19:04:31)   209 2
O manga eu não sei, mas o anime é foda de mais, o design soa titãs são bem "perturbados" e as cenas de ação e movimentos são fodas de mais.



Rock Rock (06/12/2013 17:38:02)   10 1
Só eu que acho errado julgar um mangá, hq ou série apenas com o primeiro episódio/volume? Acho que a história se desenvolve no ritmo de cada criador quer, e isto muitas vezes não pode ser julgada em um volume. Acho injusto.

E me desculpe, o crítico deu 3 ovos, para não levar crítica do povo, porque pela resenha, parece que deu 2, e olha lá.

Obs:. concordo que o traço é realmente amador. Mas, há traços piores por aí, que fizeram MUITO mais sucesso.


sem avatar Marcos (06/12/2013 18:25:14)   282 0
Tipo YuYuHakusho. O traço era muito ruim também.

Gus Gus (06/12/2013 19:01:54)   209 0
Eu penso pelo contrario. É corretíssimo realizar uma critica de acordo com um episódio/volume. Afinal, no caso dos mangás, o primeiro volume é utilizado pela editora como um volume teste para ver a apelação do publico e se críticos aprovam mesmo que minimamente possível, para assim sair mais do trabalho do mangaká.

@_mangekyou @_mangekyou (06/12/2013 21:11:12)   1 1
Concordo com você, prematuro demais julgar uma história baseada em apenas 1 volume.

Mangá não é HQ.

Rock Rock (07/12/2013 11:28:27)   10 1
Acho injusto tanto HQ, quanto Mangá. Seriado ou anime...

Eu sempre, sempre assisto os cinco primeiros episódios de qualquer coisa antes de julgar.

Por exemplo: Breaking Bad (que é a moda do verão). Sinceramente, os primeiros cinco episódios não me prenderam, tanto que nem terminei o quinto, mas isto foi há uns dois anos atrás. Hoje, todo mundo só elogios, embora acho que a série só começa a melhorar do sexto episódio para frente.

O que quero dizer é, os roteristas desta série de sucesso levaram SEIS episódios para começar a evoluir os personagens, o que é plausível. E hoje é um sucesso mundial (embora tenha estourado nas últimas duas temporadas)... Por que julgar mangás, animes, seriados e livros com apenas um volume, edição ou episódio?!

Bom, deixo claro que tudo é a MINHA opinião.

sem avatar Leandro (07/12/2013 18:02:26)   11 1
É a mesma coisa eles quererem agora dar crítica de filme vendo somente o trailer.
Essa coisa de dizer que não aprofundou os personagens é besteira, tem que ler os outros mangás pra falar disto, nenhum mangá já sai contando a historia dos personagens no 1°vol. Acho uma besteira querer fazer critica de mangá sem o mesmo nem ser concluído.


Raizo Raizo (06/12/2013 17:36:46)   160 0
Para entender porque virou febre, deve primeiro assistir o anime. A febre não é o mangá, e sim o anime. A não ser no Japão.

Pois o mangá foi bem adaptado para a TV. Em questão de qualidade, trilha sonora, essas coisas. É inegável que ficou muito acima da média. Já o enredo, aí cada um tem sua opinião e seus gostos. Eu achei bastante emocionante, sem falar nos inúmeros plot twist que tem no decorrer da série.


William William (10/12/2013 22:06:17)   22 0
Exatamente. Quando eu estava lendo o mangá, percebi que o que mais chamava a atenção para mim não era os gigantes, e sim a trilha sonora que acompanhava! Não que o enredo não seja intrigante, pelo contrário, mas a trilha sonora caiu como uma luva em todas as cenas. Mas ainda sim é um bom mangá. Achei a nota justa, pelo menos para esse primeiro volume.


Publicidade
Milton Milton (06/12/2013 17:04:00)   282 3
"ainda não dá para entender direito os motivos que transformaram Ataque dos Titãs em uma febre." Sério,eu acho Shingeki no Kyojin o melhor mangá dos ultimos tempos, sei lá acho q o kra que fez a crítica lê muita hq americana e pouco mangá!!!


sem avatar Leandro (09/12/2013 18:25:26)   11 2
Concordo com vc, é um dos melhores nos últimos anos o mangá. A febre é por parte do anime eu acho que não assiti. O pessoal não tem costume de ler os mangás, que pessoalmente não troco por adaptação pra anime, principalmente pq hoje em dia nem esperam a obra ser finalizada para fazer a adptação. Já não assisto anime que não seja original. Adaptação somente de series concluidas, o que é raro...


John John (06/12/2013 16:43:32)   -2 -2
Tem que querer gostar muito, pois o traço é horrível. Kurumada sensei é perfeito perto desse mangá.
Comprei e tive as mesmas impressões que a resenha, mas darei uma chance pelo roteiro que de certa forma é intrigante.



Alexandre Alexandre (06/12/2013 16:34:57)   144 0
"ainda não dá para entender direito os motivos que transformaram Ataque dos Titãs em uma febre."

Não li o manga ou vi os desenhos, mas vendo os comentários na internet, os Titãs são uma espécie de substituído do "Zumbi" na cultura Pop, da mesma forma que os "ninjas" ficaram marcando os filmes dos anos 80.

Parece ser normal do ser humano temer e atacar um criatura parecida com humano, sem ter culpa :)


@_mangekyou @_mangekyou (06/12/2013 21:14:05)   1 0
Quando vi o primeiro episódio do anime também fiz essa associação com os Zumbis, mas com o tempo você percebe que os zumbis não são nada perto deles.


Cicero Cicero (06/12/2013 16:31:30)   173 0
No meio de tanta coisa que sai no japão, o mangá do queijinho trouxe uma boa historia.

Ninguém ali é o herói ferradão, eles tem medo dos titãs e rola todo aquele trauma nos personagens ao ficar de frente aos gigantes.

Mas realmente o traço do artista é meio sujo, chegando muitas vezes a ser amador. Idéias boas o mangá tem, mas não sei se justifica essa fama toda. Só quero ver que explicação vão dar para a existência dos titãs.

E não podemos esquecer como foi irritante os fãs chorando e mimizando na internet sobre a tradução do titulo do mangá.


Milton Milton (06/12/2013 17:15:13)   282 0
Amador???? se tu achas isso é amador imagina o que tu pensas do mangá dos Cavaleiros do Zodíaco!!!

Matheus Matheus (06/12/2013 17:54:27)   104 0
Sorg, é vc ?

Cicero Cicero (06/12/2013 19:10:41)   173 1
Amador sim. E Cavaleiros? Milton, aquilo é tão ruim que só aceitamos por causa da nostalgia! Kurumada pode ter feito sucesso e tal, mas ele não sabe desenhar.

WillCesar WillCesar (08/12/2013 15:47:25)   292 1
Também acho o traço fraco. Assim como foi citado CDZ por aqui, conheci a obra através da série de tv, fiquei decepcionado quando vi a obra original.
Se não fosse o estúdio de animação que caprichou e fez bonito, isso teria sido encarado como mais um fanzine.


Subotai Subotai (06/12/2013 16:24:52)   933 4
o Estúdio de Animação que Produziu o Anime tah de Parabéns, Ficou Fodásticamente Foda




Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.