quadrinhos

Nova editora de quadrinhos começa com HQs eróticas e história da censura no Brasil

Peixe Grande faz o lançamento de Maria Erótica e o Clamor do Sexo este mês
-

A editora Peixe Grande estreou este ano nos quadrinhos com dois lançamentos para explorar a fatia do mercado de maior sucesso internacional: as HQs pornográficas. Mas com respeito.

Quadrinhos Sacanas, lançada em junho, é uma caixa com quatro volumes que reúnem os famosos "catecismos" - livrinhos de bolso clandestinos com histórias pornográficas famosos no Brasil das décadas de 1950 e 1960. Com organização de Toninho Mendes, cada volume traz um "gênero": Sexo Espacial, Defloramento, Sexo com Animais e Terceiro Sexo, cada um deles com mais de 100 páginas.

O lançamento mais recente é Maria Erótica e o Clamor do Sexo: Imprensa, Pornografia, Comunismo e Censura na Ditadura Militar: 1964-1985, do jornalista Gonçalo Junior. Não uma HQ, embora recheado de imagens, o volume de 500 páginas enfoca a história das pequenas editoras Edrel e Grafipar, que ousaram publicara HQs eróticas num período de grande repressão na história do país.

Maria Erótica terá lançamento com sessão de autógrafos no dia 26 deste mês, quinta-feira, das 19h às 23h na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1.998, São Paulo-SP). Tanto o livro quanto a coleção Quadrinhos Sacanas têm o preço sugestivo de R$ 69 cada.

Peixe Grande
(Big fish) Direção: Tim Burton Estréia em 20/02/04
sobre o filme
Discuta aqui no site Discuta aqui
O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

blog comments powered by Disqus