Assista Agora

Carregando player...

Contra o Tempo | Omelete Entrevista Duncan Jones

Diretor dá mais detalhes de seu segundo longa-metragem

30 de Setembro de 2011

Estreia nesta sexta no Brasil Contra o Tempo (Source Code), o segundo filme de Duncan Jones (Lunar). O Omelete conversou com parte do elenco e o próprio diretor, começando pelo protagonista, Jake Gyllenhaal. Hoje publicamos o bate-papo do nosso correspondente em Hollywood, Steve Weintraub, do Collider, com o cineasta. Filho de David Bowie, Jones deu mais detalhes de como entrou para o projeto

Várias pessoas comentaram que jogaram Rock Band ou Guitar Hero no set.

Certo.

Eu acho que como diretor é muita coisa para você.

Quer saber... Eu tentei desesperadamente botar um PS3 no meu escritório enquanto filmávamos Contra o Tempo, mas eu não tive tempo nem de relar nele. Ele estava parado lá esperando para ser usado. Não foi jogado uma vez sequer.

OK, agora vou fazer uma pergunta mais séria. Vamos falar sobre a edição: você está lidando com coisas que acontecem a cada 8 minutos. Existem várias locações mas vocês têm uma locação principal. Você pode falar como foi o desafio de editar este filme? Foi mais difícil do que você esperava, ou vocês já tinham tudo definido nos storyboards?

Muitas vezes nós seguimos os storyboards. Mas, para ser honesto, foi mais um choque, na verdade. O que tínhamos que fazer era: nós tínhamos três locações principais para o filme. Existe o interior do trem, existe algo que chamamos de "cabine", e existe esta base militar onde Goodwin e Rutledge estão. Cada uma delas teve que ser dividida em sub-locações. Então, você tinha um trem com dois andares, que tinha dois compartimentos: um com a cafeteria e outro com a antessala que unia os dois. E repentinamente nota-se que uma locação é repartida entre quatro ou cinco ambientes. O mesmo vale para a cabine, onde se tem um ambiente que no começo parece ser uma coisa e no decorrer do filme acaba se transformando em algo mais. E você tem o laboratório onde Rutledge e Goodwin estão, e nós dividimos aquilo como se fossem as horas de um relógio. E ao decorrer do filme nós realmente movemos a câmera ao redor do relógio. Então visualmente, todo o caminho percorrido, embora existam alguns ambientes pequenos e claustrofóbicos, você está sempre descobrindo coisas novas e vendo coisas novas.

Lunar foi um sucesso. Não digo comercialmente, fazendo o que digo parecer besteira, mas qualquer um que tenha visto, adora o filme. Quanta pressão você sentiu para achar seu projeto seguinte, e o que havia neste projeto que te fez dizer: "É este".

Não foi tão difícil quanto você acha. Eu ainda estava fazendo a divulgação de Lunar, quando me encontrei com Jake Gyllenhaal para discutir algum projeto que pudéssemos trabalhar juntos. Eu tinha um filme que achava que ele poderia estar interessado. Ele tinha um roteiro que achou que eu me encaixaria bem, por ter visto Lunar. Então ele me passou o roteiro de Contra o Tempo. Eu li e fiquei muito empolgado quanto ao roteiro e eu pensei: "Eu posso fazer algo com isso". Me dá a oportunidade de trabalhar com Jake, não fala sobre um cara em seu próprio espaço, como todos os outros roteiros que me mandavam. E eu poderia fazer ação, romance, mistério. E eu fiquei muito empolgado. Eu liguei para Jake e dei minha ideia do que eu faria com ele, o fato de que eu gostaria de clarear bastante o tom do roteiro, e tentar colocar algum humor nele. E partimos daí.

Você esteve no festival South by Southwest.

Sim.

Como foi esta experiência para você?

Eu adorei. Adorei aqueles caras, adorei o festival todo. Eu tive uma ótima experiência por lá com Lunar, quando fui pela primeira vez. Ninguém sabia o que esperar e nós tivemos uma ótima reação para aquele primeiro filme. Foi um pouco intimidante voltar para aquele festival, onde eu sei que, ou eles te põe nos ombros ou arremessam tomates em você. E eu estava preocupado, mas também estava empolgado, porque eu sei que este filme é muito diferente de Lunar, principalmente no tom. Mas felizmente tudo correu muito bem, foi fantástico.

O que os fãs deste filme podem esperar no DVD/ Blu-Ray, eu sei que é cedo falar sobre isso, mas existem muitas cenas que foram deletadas, ou tudo foi parar no filme?

A maior parte do que filmamos foi para o filme. Nosso cronograma de filmagem era muito apertado. A disponibilidade do Jake foi realmente o problema principal. Ele tinha acabado de filmar O Príncipe da Persia, e ele ia sumir enquanto fazia a divulgação do filme. E nós tínhamos que filmar com essas limitações. Então talvez não existam tantas cenas extras, mas o que pode ter é que Russell Peter apareceu para atuar neste filme, e ele faz o papel de um comediante de stand-up chamado Max Denoff, e existe uma cena em que ele tem a oportunidade de fazer stand-up. O que nós pudemos colocar na edição do filme foi o único pedaço que não era tão pesado, e que pudemos colocar por causa da censura. Então temos muitas coisas fantásticas e engraçadas, que eram muito adultas para o filme.

Eu tenho que terminar, mas rapidamente: o que você está pensando para seu terceiro filme? Você está fazendo reuniões, já sabe o que vai fazer?

Oh, eu sei o que quero fazer. Eu realmente sei o que vou fazer. Vai ser uma ficção científica. E acho que vai ser o melhor dos dois gêneros. É o melhor dos dois mundos, é algo pelo qual eu estou empolgado, que eu estou escrevendo, que eu acho bastante original e me empolga bastante. Mas eu espero conseguir dinheiro para fazer o filme da maneira que eu quero. Eu mal posso esperar.

Eu tenho que encerrar, mas parabéns pelo filme eu espero que tudo corra bem para você.

Muito obrigado.

O suspense de ficção científica Source Code, que no Brasil se chama Contra o Tempo, é o novo filme do filho de David Bowie, Duncan Jones (Lunar).

Contra o Tempo conta a história de um soldado (Jake Gyllenhaal) que faz parte de um programa experimental do governo para investigar um atentado terrorista. Um dia ele acorda num corpo desconhecido, é forçado a viver e reviver uma angustiante explosão de trem até que consiga encontrar o responsável pelo atentado.

Michelle MonaghanVera Farmiga Jeffrey Wright também estão no elenco. Farmiga interpreta uma oficial de comunicações que controla Gyllenhaal no exercício. Monaghan faz uma mulher no trem com quem o homem tem um envolvimento romântico.

O filme já está em cartaz no Brasil.

Leia mais sobre Contra o Tempo

Vídeos Relacionados

1 de 2 >

Últimas novidades

1 de 927 >

Comentários (0)

O Omelete disponibiliza este espaço para comentários e discussões dos temas apresentados no site. Por favor respeite e siga nossas regras para participar.
Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada. Respeite a opinião dos demais. E, por favor, nos auxilie na moderação ao denunciar conteúdo ofensivo e que deveria ser removido por violar estas normas.

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Cinema

Os filmes em cartaz, a programação das salas de cinema, bilheterias, trailers, criticas de filmes, cartazes, entrevistas com astros e as novidades de Hollywood.

Séries e TV

As séries de televisão dos EUA, minisséries, os destaques da TV e as novidades na programação.

Música

Os shows que vem por aí no Brasil, os lançamentos musicais, novos álbuns e música grátis para download.

Games

Os novos games, críticas de jogos, trailers, imagens e mais novidades do mundo dos videogames.

Quadrinhos

As novidades das histórias em quadrinhos no Brasil e no mundo, previews de HQs e críticas de lançamentos nas bancas e livrarias.